Arrecadação com repatriação de recursos chega a R$ 50,9 bilhões, afirma Receita

 
Jornal GGN – De acordo com dados da Receita Federal, a arrecadação com multas e impostos pagos com a repatriação de recursos mantidos ilegalmente fora do país atingiu R$ 50,9 bilhões. Este total se refere à regularização de recursos que somaram R$ 169,9 bilhões.
 
O total arrecadado atingiu às expectativas iniciais do governo, que esperava arrecadar R$ 50 bilhões. Porém, nas últimas semanas, era esperado que fossem arrecadados até R$ 60 bilhões.

 
“Nos Estados Unidos o programa de repatriação rendeu US$ 8 bilhões em multas e impostos. O nosso rendeu mais de US$ 15 bilhões. Foi um programa bem sucedido, e ao longo desses 210 dias de prazo que oferecemos ao contribuinte para aderir, lembrando que é um programa voluntário”, disse Jorge Rachid, secretário da Receita Federal. 
 
Em torno de 44% dos contribuintes só fizeram suas declarações de recursos no exterior na semana passada. Ana Paula Vescovi, secretária do Tesouro, disse que estes recursos deverão ser usados para quitar restos a pagar de anos anteriores, amenizar o deficit deste ano e também como reserva para riscos fiscais. 
 
Rachid ressaltou que a Receita está mais preparada para identificar recursos ilegais mantidos fora do país, além de ter convênio de intercâmbio de informações com os Estados Unidos. Também afirmou que o órgão aderiu a uma convenção multilateral que envolve 97 países, com troca automática de informações tributárias. 
 
A arrecadação com a repatriação de recursos é uma das ferramentas que serão utilizados pelo governo para tentar amenizar o deficit primário, com meta de R$ 170,5 bilhões para este ano. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

7 comentários

  1. Muito pouco

    Equivale a quase 15 bilhões de dólares e sabe-se que lá fora brasileiros possuem mais de 500 bilhões. Ou seja, temos por agora menos de 3% do total surrupiado.

    • Pra começar acho que está bom

      É só esperar mais um ou dois anos. Se os donos do dinheiro entenderem que existe segurança jurídica e que ninguém que repatriou foi incomodado, é só o governo abrir novamente daqui a dois anos.

        • Anistia é assim mesmo,

          Anistia é assim mesmo, Alexis. Não existe anistia justa. Aliás não existe acordo justo. O acordo, ou a anistia, vem para substituir, em sua simplicidade, a justiça. O ideal é a justiça. Acordos jurídicos existem a séculos, e só existem onde não se conseguiu fazer justiça, ou a justiça seria custosa demais. Nesse caso, fez-se um acordo onde, segundo me consta, a punição pelo crime foi a cobrança de multa – isso não é a primeira vez que acontece. Quando dirigindo você ultrapassa a velocidade permitida (aposto que você já fez isso), a punição é uma multa, o “gatuno” que dirige em alta velocidade não é preso não. Paga multa.

          É necessário mesmo explicar isso?

          Quando eu falei “pra começar está bom” eu estava me referindo ao valor. Não creio que em meu comentário eu tenha feito juizo de valor sobre se a repatriação é certa ou não. Mas, embora o não pagamento de impostos seja crime, isso não significa que todo mundo seja obrigado a concordar com isso. Eu, pelo menos, não gosto nem um pouco de ver os descontos que saem no meu contracheque, sabendo que ainda tenho que pagar plano de saúde, escola, segurança e etc. Considero o valor alto, mas… fazer o quê?

          • Grato

            Idiro, em primeiro luga agradeço muito a gentileza da sua resposta e o enriquecimento do debate.

            Acredito que existem instrumentos de colaboração internacional para saber exatamente quem é o dono daqueles mais de 500 bilhões de dólares de brasileiros depositados fora. Até o Snowden (ou Wikilics, nao lembro) publicou uma enorme lista de depositantes.

            Acho mais adequado então pegar a lista e chamar a uma conversa, um por um, do que aguardar a gentileza urbana de quem já provou que não tem.

    • muito….

      O crime compensa. E aqui no Brasil até se legaliza. Agora querem legalizar o dinheiro de parentes de politicos. É surreal. Ao invés de cadeia, regularização? 

  2. Ridículo prazo de repatriação curto querem dinheiro ou não?kkkk

    Rapidamente o Temerário recuou, ele percebeu que já está escancarada demais a mentirada.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome