Exemplo do Chile: a derrocada do modelo privado de aposentadoria

Entrevista ao vivo com o economista Hassan Akram, doutor em ciências políticas e sociais pela Universidade de Cambridge, Inglaterra

Jornal GGN – O Chile viveu em plena ditadura militar um processo de neoliberalização de serviços que são considerados, inclusive pelos modelos liberais, garantias públicas. Junto com as privatizações de estatais, saúde, educação e aposentadoria também foram colocados sob o controle privado. Mais de 40 anos depois, o modelo mostra os resultados.

Em meio à crise da pandemia, neste mês foi aprovado o retiro pela população de 10% dos fundos privados de pensões, aqui chamados de AFP. Isso ocorre após fortes pressões populares e, importante lembrar, as manifestações históricas de outubro do ano passado.

Para falar sobre o tema, convidamos o economista Hassan Akram, mestre em desenvolvimento econômico, doutor em ciências políticas e sociais pela Universidade de Cambridge, Inglaterra. No Chile, como membro da Comissão Técnica no Congresso, ele participou da negociação dessa proposta aprovada.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  55% dos brasileiros não têm R$ 200 guardados para uma emergência, diz pesquisa

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome