Na hora da verdade do coronavirus, Bolsonaro fala em nova cirurgia para despertar dó

Governo não sabe o que fazer e Paulo Guedes pode sair

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Falta tudo, um samba telecoteco de Roberto Gava

5 comentários

  1. Levantado lebre……
    Sem querer cair em “teoria do complô”, eu me pergunto, se tivermos uma evolução da epidemia semelhante a evolução do covid-19 na Europa, algo próximo da situação atual da Itália, com restrições severas à reuniões/aglomerações, limites enormes a liberdade de ir e vir e “isolamento” de regiões, me pergunto se isso não abre uma “janela de oportunidades” a um governo com “tendencias”(enormes) autoritárias e ditatoriais….Uma ótima “desculpa” para por tropas nas ruas….não sei do real poder de Bolso e do apoio dos milicos, mas me parece que esta é uma possibilidade à ser levada em conta……

    7
    1
    • Pessoalmente, não vejo ninguém capaz de impor qualquer ordem pois não acredito que os militares possuam qualquer estrutura que lhes permita minimizar para si mesmos os riscos de contrair a infecção.
      Se nos primeiros dias puder haver uma tentativa de controle, o mais provável para as primeiras será de descontrole total. E a desordem já estará generalizada quando pessoas, imunes ou recuperadas, estiverem aptas a reorganizar alguma coisa, sem contar que sempre haverá o risco de que se formem quadrilhas e grupos saqueadores.
      Corremos o risco de que isso aqui vire uma terra sem lei.
      Estou pintando uma distopia que espero que nem de longe se concretize. Mas fazer o que se estamos falando de gente?

  2. DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS. Será que não seria a hora do hospital Albert Einstein, FAZER UM BEM PARA O BRASIL, fazendo exames psiquiátricos no Bolsonaro, para em seguida sugerir a ele TERAPIA, afinal Hitler também fazia? – Meu, ESTÁ CLARO QUE NÃO É NORMAL AS ATITUDES DO BOLSONARO, ora até cômicas como a dos INIMIGOS imaginários em que ele BRINCA DE GRANDE ESTRATEGISTA QUE VAI INVADIR A VENEZUELA QUE TEM PELO MENOS 5 VEZES MAIS PODERIL MILITAR QUE O BRASIL, PARA AJUDAR O INSANO GUAIDO DERRUBAR O MADURO; Pra sérias, como a de QUERER BRIGAR COM OS MAIORES PARCEIROS COMERCIAIS DO BRASIL: A CHINA E A RÚSSIA QUE JUNTAS COMPRAM 85% DOS PRODUTOS BRASILEIROS; e ainda criar mau estar com OS PAÍSES ÁRABES, QUE COMPRAM DO BRASIL 5 VEZES MAIS QUE ISRAEL; somente para agradar os Estados Unidos que o Bolsonaro acha que é amigo.

    • Precisa de exame de sanidade mental para saber que Bolsonaro é doido de pedra?
      A loucura dele sempre foi evidente. Se fosse o caso, tal exame deveria ter sido solicitado antes da campanha.
      A esta altura, a única coisa a se solicitar para ele é uma camisa de força!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome