TV GGN: As raízes do jornalismo eletrônico e os caminhos do futuro da mídia

Luis Nassif entrevista o jornalista Rodrigo Mesquita, criador da Broadcast

Foto: Reprodução

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  TV GGN: Luis Nassif conversa com Cristiano Zanin Martins

5 comentários

  1. O general Heleno está participando de manifestações Bolsonaristas hoje no Planalto para dar a entender que Bolsonaro tem o apoio das forças armadas para instalar uma ditadura fascista e neonazista no país.
    Bolsonaro de quebra está lá sem máscara.
    Tá pouco para reagirmos ou precisa de mais pessoal?

  2. Sugiro que nossos nossos jovens democratas analisem a crítica só nazismo e à repressão policial que caracteriza as ditaduras no filme In The Wall, do Pink Floyd.

    • Essa parte do filme está no YouTube num video de 6.28 segundos com o título:
      Pink Floyd – Run Like Hell & Wanting for The wormes

  3. Nassif, se racismo, misoginia, homofobia e xenofobia são crimes, o fascismo também o é. Porque até hoje no mundo inteiro, não se votou uma lei de que fascismo é crime?

  4. Eu assisti filme. Quer dizer: assisti de novo porque já o vi muitos anos atrás. Mas agora foi com outro olhar.
    Destaco a cena que o personagem Pink na pele de um verme ditador nazista manda pegar um judeu e um negro que estavam no meio da multidão.
    Destaco a multidão que aplaude e apóia Pink e que depois aparece com máscaras de porcos. Me lembrou o gado de Bolsonaro.
    A repressão policial nos regimes ditatoriais ficou muito clara.
    Essas cenas de fato servem para dar um exemplo para a nossa juventude dentro da linguagem do rock – que diga-se de passagem eu gosto muito.
    Nosso problema é que Bolsonaro não é só fascista. É neonazista também. Já ouve três incidentes no governo mostrando isso.

    Valeu sua indicação. Só faço uma ressalva. O nome do filme é The Wall e nao In The Wall.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome