TV GGN: uma pesquisa que pode mudar a luta contra o coronavírus

Entrevista exclusiva e a divulgação de uma pesquisa inédita. E o jogo político por trás das ações do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

6 comentários

  1. Que pesquisa? Muito me surpreende Nassif dando trela para essa história de cloroquina, com suposta pesquisa sem grupo de controle, sem duplo cego, defendendo q se use a substância no segundo dia de sintomas. Tem pesquisa que mostra que água cura covid19: todos os pacientes que se curaram, sem exceção, 100% mesmo, tomaram água.. que tal dar uma entrevista ao Nassif ou à Jovem extrema direita Pan dizendo q água cura covid19? Faz favor Nassif, vc é muito melhor q isso. Então, com telemedicina, se identifica o dia 2 da infecção (como, se os sintomas os mesmos de gripe comum?) e manda-se o paciente tomar cloroquina? E a receita médica para comprar vem por teletransporte? Meu deus…

  2. Eu sou cético quanto a isso, Nassif.

    Veja bem: funciona se for administrada no segundo dia dos sintomas. Ou seja, está sendo administrada, mui provavelmente, sem sequer a confirmação do diagnóstico.

    Ou seja, paciente ligou na prevent sênior, desesperado, com uns sintomas que sabe-se lá se são da doença, começou logo o tratamento e… Foi curado? Quantos? Lembremos que não existe tratamento 100%. Qual a taxa de mortalidade? E aí tem toda aquela questão dos grupos de controle, ensaio duplo cego, etc.

    Me desculpe, mas estes tipos decevidências sao muito duvidosas!

  3. Eu sou cético quanto a isso, Nassif.

    Veja bem: funciona se for administrada no segundo dia dos sintomas. Ou seja, está sendo administrada, mui provavelmente, sem sequer a confirmação do diagnóstico.

    Ou seja, paciente ligou na prevent sênior, desesperado, com uns sintomas que sabe-se lá se são da doença, começou logo o tratamento e… Foi curado? Quantos? Lembremos que não existe tratamento 100%. Qual a taxa de mortalidade? E aí tem toda aquela questão dos grupos de controle, ensaio duplo cego, etc.

    Me desculpe, mas estes tipos decevidências sao muito duvidosas!

  4. Do jeito que pitacudos dão palpite em assuntos científicos parece que a ciência é achismo. Não é, existe o processo de pesquisa que é regido pela Metodologia Científica. O filósofo Karl Popper, em 1934, publicou “A Lógica da Pesquisa Científica” que explica tudo.
    No vídeo abaixo a Drª Ho, coordenadora da UTI do Hospital das Clínicas da USP, fala sobre o estado da arte das pesquisas sobre drogas que poderão, ou não, ser usadas no tratamento da pneumonia pelo vírus Covid-19. Está do 34º ao 42º minuto do vídeo:

    https://youtu.be/38IxSb6aA08

  5. Com todo respeito ao jornalismo ali praticado (com o representante do prevent) mas, ouço a todo momento especialistas os mais diversos afirmarem: os testes de detecção funcionam A PARTIR do sétimo e décimos dias de sintoma. Portanto resta solar a seguinte questão: com que tecnologia se consegue, efetivamente, constatar em um segundo dia que o paciente “É” portador de covid-19 ? Sem este alcance, perdoem-me, soa pouco convincente.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome