Vídeo: A Amazônia e a soberania nacional

A melhor maneira de preservar a Amazônia é não dar motivos para que a política brasileira seja considerada uma ameaça à floresta pela comunidade internacional

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  “Não há segurança de que o ouro do seu anel não seja clandestino”, diz procurador do MPF

4 comentários

  1. 2 texto – Enfim, desde alta patente até alto cargo da PF que lá “trabalhavam” na época, foram presos ou fugiram e, assim, substituídos por pessoas altamente confiáveis, honestas e com amor ao Brasil. Toda regra já sabem..rs Jobim deu a patente de Gal ao Sr. Heleno que em sua completa incompetência e soberba, desprezava a vida na selva como um lord, como tbm assim queria ser tratado por lá. Um caso na base de SGabrieldaCachoeira foi levado ao conhecimento de Lula, e Gal “convidado” a trabalhar no almoxarife de uma base no RJ. Só queria que soubessem a raiz do ódio que alguns fardados tem por Lula. Lula enforcou o narcotráfico e todo tipo de contrabando em todas as fronteiras do país, e Dilma seguiu a mesma linha. Infelizmente, perdi meu filhote em confronto mas sei que partiu consciente de dever cumprido. Lá não havia tréguas pros confrontos. Não sei se pós Temer as bases continuaram ativas. Lula e Dilma defenderam nosso chão com braço firme, e pagaram preço altíssimo por isso também. Verifiquem o quanto de helicópteros das Forças caíram, na época ( internos sabotavam, entendem?). E hoje temos o demente Bozo no poder, que tristeza. Lula fazia com que toda espécie de fauna e flora fossem salvas, além dos nossos índios que ele tratou com todo carinho. Veja como era a cidade de Letícia, cidade sem lei. Fronteira lá não era nem demarcada. Um dia tomo coragem e escrevo um livro sobre essa podridão “estrelar”.Pena aqui não ter muito espaço para desabafar, pena mesmo. Tem algum e-mail que eu possa utilizar? Agradeço de coração pela atenção. Abraços, Nassif. Sou sua fã de carteirinha. Pra mim, és o melhor do jornalismo. Deus nos ajude! LulaLivre!

    6
    1
  2. Para mim o que este governo está fazendo com a Amazônia não é novidade. Esse mesmo pessoal fez o mesmo por exemplo com o Banespa antes de privatizá-lo e com a Petrobras: deprecia, desmonta, estraga tudo para que o preço fique no que os compradores querem pagar. Botar fogo na floresta, além de concretos danos, é simbólico, cria a imagem de que a Amazônia está estragada. Já pensou que é exatamente essa destruição que governos privatizantes fazem com o que é público? Porque seria diferente com a Amazônia?

    Lógico que pessoas de outros países, como da França, da Alemanha e da Suécia, reclamam porque acham que a Amazônia é em parte deles. Mas a turma que tem Bolsonaro como palhaço “entretenedor”, os EUA, estão a fim de ficar com tudo por isso mandaram Bolsonaro afugentar os europeus. “Que história é essa de europeu querer que eu não deprecie a Amazônia? A Amazônia é minha e eu já prometi vendê-la aos EUA!” Embaixadores, cônsules e as câmaras de comércio dos EUA infiltrados no nosso país agradecem.

    (***)

    Já que você vai estudar as relações dos EUA com o golpe, na minha opinião seria interessante, caro Nassif, dar uma xeretada no eixo Olavo de Carvalho – Steve Bannon. Apesar da mídia não estar reportando mais, talvez tanto as palhaçadas e impropérios do espetáculo de Bolsonaro – sinceros, pois que o cara é mesmo um incivilizado -, quanto a jogada com a Amazônia estejam sendo cuidadosamente tocadas por esse eixo, e o pior, de forma discreta a esses mentores. Nada indica que Carvalho, Bannon e alinhados pararam de influenciar a turma do golpe, apenas que essa influência continua se dando mas em segredo, entre eles. A verificar…

  3. Brilhante Nassif.
    Bolsonaro abre este enorme flanco para, enfim, cumprir mais uma de suas nefastas promessas de campanha.
    Não sei se você viu ou lembra ele falando que o Brasil é um lixo, etcetera e tal, e que a única saída para salvar a Amazônia seria se juntando com “alguma” potência que tivesse armas nucleares.
    Temos que dar a mão à palmatória e reconhecer que, em matéria de cumprir promessas nefastas, o cara é realmente bom!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome