Revista GGN

Assine
imagem de Carlos Motta
Formação Superior

CONTEÚDOS DO USUÁRIO

Postagens

Juiz de direito, guitarrista. E criador de um festival internacional de música, por Carlos Motta

Juiz de direito, guitarrista. E criador de um festival internacional de música

por Carlos Motta

A vida de músico não é fácil no Brasil. Da mesma forma, não é para os fracos a tarefa de promover a música num ambiente dominado por uma indústria que odeia a qualidade. Mesmo assim há pessoas que se dedicam simultaneamente à vida artística e à extenuante missão de levar cultura ao público. 

Haja fôlego, haja coragem, haja vontade.

A situação se complica ainda mais quando essa pessoa exerce uma profissão que exige uma atenção constante, quase como um sacerdócio.

Leia mais »

Imagens

Média: 5 (1 voto)

Um café lá em casa, um banquete para a MPB, por Carlos Motta

Um café lá em casa, um banquete para a MPB

por Carlos Motta

O guitarrista e violonista Nelson Faria não é apenas um dos mais importantes músicos brasileiros, com 12 CDs gravados, oito livros publicados, dois deles com edições nos Estados Unidos, Japão e Itália, uma videoaula e um DVD, com o grupo Nosso Trio, editados - calmamente, aos poucos, ele vem promovendo uma revolução no mercado cultural do país, com o seu programa "Um Café Lá em Casa", que tem edições semanais no YouTube, e também vai ao ar nos canais de TV por assinatura Futura e Arte1.

Nelson já levou ao seu programa, onde entrevista, toca e ouve histórias, mais de 150  músicos e cantores dos mais diversos gêneros, uma façanha que transforma o "Café" um extraordinário arquivo artístico, ajudando, dessa forma, a preencher uma lacuna deixada pelo poder público na desoladora área cultural do Brasil. 

Leia mais »

Imagens

Média: 5 (3 votos)

A difícil arte de matar um leão por dia, por Carlos Motta

A difícil arte de matar um leão por dia

por Carlos Motta

"A não ser que você esteja nas 'paradas do sucesso', a vida do músico no Brasil é uma batalha diária. Precisamos matar um leão por dia."

A afirmação é do compositor e guitarrista Mauro Albertt, um dos expoentes do jazz manouche, ou cigano, no Brasil, que exibe essa mesma garra e profissionalismo nos trabalhos que faz, tanto em palco como em estúdio.

Mauro foi um dos destaques do recém-concluído 5º Festival de Jazz Manouche de Piracicaba, evento que reuniu importantes artistas durante vários dias na cidade, considerada a capital nacional desse gênero musical, criado pelo guitarrista Django Reinhardt nos anos 30 do século passado.

Leia mais »

Imagens

Média: 5 (3 votos)

"Arraial", um disco que é uma festa entre amigos, por Carlos Motta

"Arraial", um disco que é uma festa entre amigos

por Carlos Motta

O Vento em Madeira, quinteto instrumental paulista, está lançando seu terceiro disco, "Arraial". O nome sintetiza o espírito no qual ele foi criado, uma festa entre cinco amigos que se divertem e gostam de fazer música juntos. 

"Arraial" traz nove composições instrumentais inéditas, com direção musical de Teco Cardoso e engenharia de som de Homero Lotito, que trabalharam juntos na mixagem e masterização. Na execução, Léa Freire atua nas flautas, Teco Cardoso nos saxofones e flautas, Tiago Costa no piano, Fernando Demarco no contrabaixo acústico e Edu Ribeiro na bateria. O disco conta com a participação da cantora Mônica Salmaso, que usa a sua voz como um sexto instrumento do grupo. 

Leia mais »

Imagens

Sem votos

A universal música brasileira, por Carlos Motta

A universal música brasileira

por Carlos Motta

O Brasil tem hoje um número de ótimos instrumentistas inversamente proporcional ao de políticos e autoridades que verdadeiramente se dedicam ao serviço público.

Parece que os jovens - e mesmo as pessoas de mais idade - estão procurando alguma forma de se distanciar da realidade, triste, suja, quase insuportável, que afronta a vida de cada um.

A arte, em geral, é uma fuga deste mundo que nos oprime - o artista não só busca retratar, a seu modo, a sua existência, mas pretende construir, seja com cores, letras ou sons, um universo particular onde possa se refugiar das misérias do dia a dia.

Leia mais »

Imagens

Média: 3 (2 votos)

Um país de convicções

Não sei quanto ao resto do planeta, mas o Brasil é um país pleno de convicções.

Nesta terra todos sabem de tudo todo o tempo, acham que cada achado que acham é um primor e consideram o considerado o mais acabado babado.

O brasileiro, sem querer, é doutor em tudo. Leia mais »

Imagens

Média: 5 (2 votos)

Jazz cigano, música brasileira, por Carlos Motta

Jazz cigano, música brasileira

por Carlos Motta

O Brasil é um país surpreendente.

Tem de tudo, basta procurar que se acha.

Seu caldo cultural é riquíssimo, uma mistura colorida de povos de caracteres díspares, que resultou numa monumental e maravilhosa confusão de sentimentos e ideias.

Em certas áreas é imbatível - o futebol, apesar dos 7 a 1 que tomou da Alemanha, as praias e o Carnaval não contam, da mesma forma que a vexaminosa desigualdade social.

A música popular, por exemplo, está no topo do ranking planetário das mais criativas, férteis, empolgantes e admiradas.

Leia mais »

Imagens

Média: 5 (2 votos)

"O País da Suruba", um livro que retrata o Brasil pós-golpe, por Carlos Motta

​"O País da Suruba", um livro que retrata o Brasil pós-golpe

por Carlos Motta

O jornalista Ayrton Centeno incorporou o espírito do saudoso Sérgio Porto, que sob o pseudônimo de Stanislaw Ponte Preta, retratou, em vários livros, a imensa quantidade de idiotices do Brasil mergulhado numa ditadura militar - o famoso e imortal Febeapá (Festival de Besteiras que Assola o País) -, para escrever uma obra que mostra o golpe de 2016 sob um novo ângulo: o humor.

"Um partido das mulheres sem mulheres, um deputado que discursa em defesa de um bombom, um senador que se apresta a nomear uma melancia, um presidente que troca Paraguai por Portugal e confunde Noruega com Suécia. É o que acontece em um lugar que ficou muito estranho nos últimos anos. Que país é este? Ora, é o país onde o líder do governo no Senado fala assim: 'Se acabar o foro, é para todo mundo. Suruba é suruba. Aí é todo mundo na suruba, não uma suruba selecionada.' Pode-se chamá-lo então de o país da suruba”, diz trecho do release distribuído pelo autor para divulgar o seu trabalho.

Leia mais »

Imagens

Média: 5 (3 votos)

O chorinho, ou o que o Brasil tem de melhor, por Carlos Motta

​O chorinho, ou o que o Brasil tem de melhor

por Carlos Motta

O Brasil que deu certo está por toda a parte, só não vê - ou ouve - quem não quer.

Está nas ruas das cidades, nas escolas, nas praças, nos teatros, nos palcos mambembes, nos salões da elite, nos botecos pés sujos, está em qualquer lugar onde caibam algumas pessoas - em mínimos metros quadrados os representantes desse Brasil que deu certo são capazes de mostrar o seu imenso talento.

Leia mais »

Imagens

Média: 5 (1 voto)

Quatro autores esquecidos pelo país dos modismos, por Carlos Motta

​Quatro autores esquecidos pelo país dos modismos

por Carlos Motta

Neste país destroçado pela realidade da injustiça, desigualdade social, interesses dos poderosos e impunidade para os verdadeiros criminosos, refugiar-se na ficção talvez seja uma atitude, se não sábia, ao menos compreensível, e de certo modo, paliativa para as dores provocadas por este momento trágico.

Devorador de livros desde o primeiro que meus olhos de criança avidamente percorreram, o imortal "A Ilha do Tesouro", de Robert Louis Stevenson, tive outro dia a vontade irrefreável de encontrar, entre as pilhas ocultas num armário, algumas obras de determinados autores brasileiros, lidas há um bom tempo, mas que nunca fugiram da memória.

Leia mais »

Imagens

Média: 4.8 (6 votos)

A hora e a vez das formigas, por Carlos Motta

A hora e a vez das formigas

por Carlos Motta

A humanidade não deu certo. 

Prova disso é o desejo, cada vez mais forte, de o homem exterminar os seus semelhantes, os de sua própria espécie.

O caso do atirador americano que matou dezenas de pessoas que assistiam a um show de música em Las Vegas é o exemplo mais recente dessa insanidade.

Ele não é, como muitos podem supor, um caso isolado de um surto psicótico, de uma patologia individual.

Leia mais »

Imagens

Média: 4 (6 votos)

Os donos da lei, por Carlos Motta

Os donos da lei

por Carlos Motta

Nós, cidadãos comuns, podemos punir um prefeito ladrão não votando nele numa outra eleição. 

É possível proceder da mesma forma com um vereador, um deputado ou senador - o sujeito pisou na bola, cartão vermelho para ele.

O problema de fiscalizar e punir ocupantes de cargos públicos se complica quando a gente chega no Poder Judiciário e no Ministério Público.

Leia mais »

Imagens

Média: 5 (12 votos)

Um bilhete perdido no meio de um velho livro

O conceito de Justiça é amplo, mas para mim ele é bem simples: Justiça é tudo o que equilibra as relações humanas, seja institucionalmente, seja particularmente.

Uma sociedade que aplicasse idealmente a Justiça teria menos conflitos e desigualdade, mais democracia, e daria aos seus cidadãos oportunidades reais para se desenvolverem intelectual e materialmente, além de proteger as minorias. Leia mais »

Imagens

Média: 5 (1 voto)

Você gostaria de ser julgado por Moro?, por Carlos Motta

Você gostaria de ser julgado por Moro?

por Carlos Motta

Com tantos admiradores, seguidores e, vamos ser sinceros, fãs, pelo país afora, o juiz Sergio Moro, é de se supor, deve ser considerado por eles o suprassumo do Direito.

É, pelo que se depreende das manifestações de apoio que recebe pelo que fez, faz e espera que fará em sua Operação Lava Jato, o Pelé dos magistrados brasileiros, quiçá do mundo todo.

Leia mais »

Imagens

Média: 4.6 (11 votos)

O Febeapá está mais vivo do que nunca, por Carlos Motta

O Febeapá está mais vivo do que nunca

por Carlos Motta

Baratas infestam o Palácio do Planalto.

Ministro da Saúde acha que o Brasil tem hospitais demais.

Governo discute o fim do horário de verão.

General ameaça com intervenção militar - e "juristas" debatem se ela é constitucional.

Deputado que obrigar rádios a executar músicas "religiosas".

Leia mais »

Imagens

Média: 5 (12 votos)

Fotos

Sem colaborações até o momento.

Vídeos

Sem colaborações até o momento.

Documentos

Sem colaborações até o momento.

Áudio

Sem colaborações até o momento.