Greta Thunberg nua e violentada nos adesivos repugnantes de uma empresa de petróleo

A história é absurda, mas infelizmente, por ter prejudicado a imagem de uma jovem, ninguém será punido.

do GreenMe

Greta Thunberg nua e violentada nos adesivos repugnantes de uma empresa de petróleo

Uma imagem que tem ainda o agravante de ser contra uma menor de idade. A denúncia começou com Michelle Narang, que também trabalha na área petrolífera, mas não ficou indiferente a esse absurdo. A mulher ligou para o gerente geral da X-Site, Doug Sparrow, perguntando se ele sabia que o adesivo poderia representar um incentivo ao estupro de menores. Mas, segundo Narag, conforme relatado pelo HuffPost Canada, o diretor respondeu que “Greta não é uma menina, ela tem 17 anos” e alegou desconhecimento dessa história.

No entanto, na imagem aparece a expressão ‘X-Site Energy Services’ e, de acordo com um funcionário da empresa: “O adesivo foi distribuído como material promocional para ser afixado em capacetes”.

A imagem já girou o mundo e a Royal Canadian Mounted Police não a considerou pornografia infantil. “Não há crime.”

 

A história é absurda, mas infelizmente, por ter prejudicado a imagem de uma jovem, ninguém será punido. A própria Greta, que continua envolvida em suas batalhas pelo meio ambiente e continua avançando em seus propósitos, apesar dos constantes ataques, interveio com um tweet escrito: “Eles estão ficando cada vez mais desesperados. Isso mostra que estamos vencendo “.

A resposta da empresa

empresa publicou uma nota em seu site, desculpando-se e assumindo total responsabilidade pelo ocorrido, mas há três semanas, em seu perfil no Instagram, um vídeo foi publicado com uma pesquisa perguntando se Greta deveria ou não ser o nome de sua linha mais eficiente em termos de combustível…

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora