Partido Cidadania afasta Fernando Cury após denúncia de assédio

O documento, assinado pelo presidente nacional do partido, Roberto Freire, afirma que Cury ficará afastado até que o procedimento disciplinar dentro do partido seja concluído.

Jornal GGN – O partido Cidadania anunciou hoje, dia 18, o afastamento de Fernando Cury, o deputado que assediou sexualmente a deputada do Psol, Isa Penna, durante sessão na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). O documento, assinado pelo presidente nacional do partido, Roberto Freire, afirma que Cury ficará afastado até que o procedimento disciplinar dentro do partido seja concluído.

“O Deputado Estadual Fernando Cury fica liminarmente afastado de todas as funções diretivas partidárias, em todas as instâncias, bem como de todas as funções exercidas em nome do Cidadania, inclusive junto à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo”, diz o documento.

O canal oficial da Alesp transmitia sessão quando o fato ocorreu, ou seja, estava ali, ao vivo, o assédio perpetrado por Cury contra Isa Penna. No vídeo é possível ver a parlamentar conversando com o presidente da Casa, Cauê Macris (PSDB) e Cury se aproxima, posiciona-se atrás da deputada e coloca a mão na lateral de seu seio. Isa, imediatamente, empurra o deputado para afastá-lo.

Isa Penna registrou um boletim de ocorrência contra Cury por assédio sexual e vai entrar com representação. Um abaixo-assinado já corre as redes sociais pedindo a cassação de Cury.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora