Xadrez da Lava Jato como bode expiatório da hipocrisia nacional, comentário de Rafael Ramos

A Lava Jato foi um cavalo de Tróia para destruir os pactos firmados nas Diretas Já e na Constituição de 88 e colocado em prática no entre impeachments.

Por Rafael Ramos
comentário no post Xadrez da Lava Jato como bode expiatório da hipocrisia nacional, por Luis Nassif

Muito bom, Nassif. Um texto que será lembrado nos anos que virão.

A Lava Jato foi um cavalo de Tróia para destruir os pactos firmados nas Diretas Já e na Constituição de 88 e colocado em prática no entre impeachments.

A operação se valeu do cavalo do antipetismo para destruir por dentro a social democracia brasileira.

Minha decepção com o FHC intelectual foi não ter percebido que o seu partido foi tão alvo como o PT. O banana até ajudou o processo com suas entrevistas semanais, seu sorriso de deboche e suas alfinetadas no Lula.

Há muito o PSDB deixou de pensar o Brasil, virou um partido de nicho. Provavelmente o FHC tem opiniões mais relevantes sobre os pactos eleitorais no interior paulista que sobre algum contraponto democrático ao governo Bolsonaro.

O mesmo se deu com o (P)MDB. A banda do temer achou que se usasse aquela ponte de capacho eles seriam reconhecidos como foi o Itamar.

(P)MDB e PSDB sofreram mais com a lava jato que o PT. Provavelmente os dois partidos mais o PT juntos sairão das eleições municipais do tamanho que qualquer um dos três sozinho era há 6 anos.

Tudo o que foi construído da queda do Collor à queda da Dilma está em risco. O pacto que permitiu PT e PSDB governarem no executivo com o apoio do (P)MDB foi destruído pelo desejo de destruir o PT, numa guerra total em que só sobraram as baratas do bolsonarismo após o apocalipse nuclear.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Bolsonaro deve recorrer no STF para não prestar depoimento presencial

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome