Gilmar Mendes vota para ampliar foro privilegiado; Barroso suspende julgamento

Na visão de Gilmar, não deve haver foro especial quando os crimes foram praticados antes do mandato