Revista GGN

Assine

O Carnaval e o Sexo Seguro

Na década de 1980 fui diretor geral da maior penitenciária do Estado do Ceará, o Instituto Penal Paulo Sarasate - IPPS, hoje felizmente desativado por absoluta falta de condições de funcionamento. Relembro isso a propósito de sexo seguro. À época, os preconceitos e tabus em relação ao sexo eram muito maiores do que hoje em dia. A hipocrisia grassava e o homosssexualismo era abominado e abominável, por muita gente boa...

Como a AIDS já havia se instalado confortavelmente em todo o mundo e eu dirigia uma unidade penitenciária com capacidade para 800 internos e ali permaneciam um número muito maior de apenados, em sua enorme maioria homens com vida sexual ativa, obviamente minha preocupação com a AIDS não poderia absolutamente deixar de existir.

Esclareço que já existia no Estado do Ceará a visita íntima em nosso Estado. Às quartas e domingos, as esposas dos apenados, namoradas, amiguinhas e até pobres prostitutas faziam seu cadastro como visitante e ali podiam passar o dia, até o final da tarde. Havia sexo durante essas visitas? Responda você mesmo...

Pois bem: Preocupado com o terrível vírus HIV e sua manifestação maior, a AIDS, procurei a Fundação Estadual do Bem Estar do Menor e consegui fazer um convênio, com a finalidade de os profissionais de saúde daquela Fundação comparecerem ao IPPS ministrando palestras esclarecedoras e ainda distribuir preservativos para os apenados ali existentes.

Tudo correu a contento. As palestras foram ministradas com o auditório repleto. Todo mundo prestando atenção, com absoluta seriedade e não se ouvia sequer um risinho quando o palestrante ensinava a colocar o preservativo em um penis de borracha. As camisinhas eram fornecidas gratuitamente na farmácia daquela unidade penitenciária e foi uma experiência altamente positiva.

Positiva sim, para quem tem responsabilidade e amor ao próximo. Para alguns profissionais radialistas, ignorantes e irresponsáveis, a campanha nada teve de positiva. Fui levianamente atacado de estar incentivando o homossexualismo e a sodomia naquele Instituto. Vários e vários dias se ouvia galhofas cretinas nas rádios de Fortaleza... A esses programas fiz ouvidos moucos e continuei a campanha, que permaneceu incólume mesmo depois que pedi exoneração do cargo comissionado e ali permaneci ainda por muitos anos exercendo 0 cargo de Defensor Público.

Vemos hoje, passados já trinta anos, que a AIDS ainda é um gravíssimo problema de saúde. Muitas e muitas pessoas ainda contraem o terrível vírus por ignorância e/ou irresponsabilidade. Exatemente por isso abordo esse tema na véspera do carnaval, quando as pessoas se soltam, ajudadas pela bebida e pela descontração geral. Brincar o carnaval é excelente, fazer sexo é maravilhoso, viver com saúde e qualidade de vida é melhor ainda.

Ouça Alcymar Monteiro, O Rei do Forró, meu conterrâneo, interpretando SEXO SEGURO, siga o exemplo citado na mísica, use camisinha e tenha um excelente carnaval.

E viva o Zé Pereira!!!!!!!!!!!!!!!

Imagens

Vídeos

Veja o vídeo
Alcymar Monteiro - Sexo Seguro.
Média: 5 (6 votos)
26 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de jns
jns

jucá

Além de promover campanhas educativas e distribuir preservativos,

um pé de jucá foi sacrificado pra malandragem do IPPS não apanhar.

Os agentes carcerários usavam os galhos da árvore para bater nos apenados.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Valeu

JNS que árvore belíssima

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Grato, Spin F

Memória de elefante!

Tens memória de elefante, Dom JNS... Não esqueces nada!

Bom carnaval e um abraço do luciano

Seu voto: Nenhum (1 voto)

lucianohortencio

Luciano, o problema é

Luciano, o problema é arranjar mais lugar pra lhe colocar no alto da minha tabela de conceitos!

Parabéns pelo trabalho! É o máximo que posso expressar!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Amigo José de Almeida Bispo!

Assim você me deixa ainda mais encabulado do que já sou normalmente...

Bom carnaval e um abração do luciano

Seu voto: Nenhum (1 voto)

lucianohortencio

Grandes homens

Meu querido amigo Luciano Hortêncio - a quem ja digo amigo, quando uso sempre o termo colega para tanta gente que conheço ha duas décadas- sempre surpreendendo. Mas desde o inicio senti que era "dos meus". Das pessoas livres, que pairam acima de seu tempo.  Outro dia falei que acho que poderia escrever mais sobre musica e tal, mas acho que deveria era contar suas historias, desde seus bisavos até os dias de hoje. Quem viveu tem o que contar. Parabéns pela coragem e pela preocupação e cuidado com as pessoas que estavam presas sob sua direção.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Grandes amigos!

Amiga Malu!

 

O que se conta de melhor na vida são os bons amigos que fazemos...

Obrigado pelas carinhosas palavras.

Abraço do folião luciano!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

lucianohortencio

imagem de DanielQuireza
DanielQuireza

Parabens pela história e pela

Parabens pela história e pela coragem !

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Amigo Daniel Quireza!

Eram outros tempos, amigo Daniel. Tempo em que ainda havia respeito e temor de punição...

Hoje em dia um diretor de presídio administra-o sem sequer ter o direito de entrar na unidade penitenciária...

De todo modo: JÁ FUI BOM NISSO... rsrsrs

Seu voto: Nenhum

lucianohortencio

Amigo José Carlos!

Quando a gente sabe onde tem as ventas, sabe onde pisa e a trilha que deve seguir, não tem medo das diatribes e aleivosias que lhe são assacadas... Como diz o grande Capiba, MADEIRA DE LEI, CUPIM NÃO RÓI!

 

Abração do luciano

 

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

lucianohortencio

Ney com outros artistas Ou: Ney e o outro

Repito  aqui um comentário que fiz no post do Luciano Hortêncio, onde começou esta coisa bacana

P.S. - Luciano, o post já saiu, não sei se vc vai ver isso, o Ney gravou belas músicas em parceria com outros cantores, muitos cantores tiveram o prazer de tê-lo ao seu lado, me lembro agora da portuguesa Eugência de Mello e Castro, veja essa participação dele(Ney) numa obra de Pedro Joía, que su todas essas participações do Ney pudessem ser separadas e lançadas num DVD

Duas Nuvens, em "Jacarandá", de Pedro Joia

http://www.mashpedia.com/videoplayer.php?q=0IzndAFnTN8&lang=pt

O Ciúme,  em "Jacarandá", de Pedro Joia

http://www.mashpedia.com/videoplayer.php?q=feHqL5-aL6o&lang=pt

Achei essa música, chamada Número 1, de Mário Lago, que consta deste LP do falecido ator

http://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/trivial-de-mario-lago

 

Seu voto: Nenhum

Grato, Spin F

Luciano, que história bonita essa sua história de vida

Caro Luciano, e veja só que nada é guardado,...tempos atrás eu havia publicado esse post onde guardei no post "Ney Matogrosso aos 17 anos de idade" alguma coisa sobre a estréia do show "Bandido", de Ney Matogrosso, na Penitenciária Lemos de Brito, e para minha surpresa o material já não estava mais no site onde fora publicado, pelo menos não achei, então antes que se perca de vez vou repetir aqui...ah e vc Luciano, teria sido linchado pela imprensa local se tivesse levado o Ney Matogrosso para se apresentar por lá...rsss

 

Essa liberdade  

A estréia do show "Bandido" foi na Penitenciária Lemos de Brito, após votação dos presidiários, que escolheram o cantor para ali se apresentar    

 

"Foi em janeiro de 1977 que 2000 presos da Penitenciária Lemos de Brito, no Rio de Janeiro, numa enquete   para escolher quem faria o show de encerramento do festival de música promovido por eles, escolheram o que representava a liberdade:  Ney Matogrosso.

Com a idéia de "Bandido" já na cabeça, o convite não poderia deixar de ser mais oportuno.Ney subiu no palco; na plateia 2000 pessoas com os olhos arregalados prestando muita atenção naquele corpo magro, que não parava de se mexer como uma serpente, e naquela voz fina e afinada. Alguns comentários: "Parece a Carmem Miranda." E Ney foi cantando cada vez com mais liberdade. "Canta 'Cubanacan'?" E por que não? Oshow foi o maior sucesso. A partir dessa experiência com os presidiários, veio toda a idéia do show e de um novo disco". (Revista Música - a nova impressão do som nº 7 - 1978).

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Grato, Spin F

O que me salva é minha insensatez

José Carlos, que boa lembrança. Também sempre gostei muito de Ney Matogrosso, de seu trabalho esses anos todos para liberer homens e mulheres. Tanto recalque, tanta superficialidade, tanta sensatez normativa e ainda bem que ha gente como Ney, Rita, Elis Chico, Luciano, você.....

Abraços. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Tambem tomei um susto quando

Tambem tomei um susto quando descobri que o texto era do Luciano!  Que cara!!!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Que cara...

Cara chato ou cara pálida, amigo Ivan?

 

Abração do luciano

Seu voto: Nenhum (2 votos)

lucianohortencio

Quase todo mundo quer

Quase todo mundo quer rosetar, então...

Seu voto: Nenhum (1 voto)

E sassaricar, amigo Jair!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

lucianohortencio

Saudade de você!

Fazia tempo não contava com seus excelentes comentários, amigo Assis!

Estava a fazer falta!

Receba um forte abraço do luciano

Seu voto: Nenhum (2 votos)

lucianohortencio

Conterrâneo.

Luciano, 

Eu não lhe conheço pessoalmente, mas sabendo de suas várias postagens do nosso querido Ceará, tive coragem de mandar essa mensagem para agradecer. Por favor continue a brindar o blog com mais artigos. 

Sinto carência de pessoas que tem conhecimento sobre os causos e estórias de Fortaleza. Meus pais (infelizmente),nunca tiveram interesse por esses assuntos , que ao meu ver, são fascinantes.

Um abraço e obrigado.

 

 

 

 

 

 

 

PS: Como você já trabalhou no IPPS,  poderia escrever um artigo acerca do famoso maníaco corta-bunda?Afinal é um caso famoso que acabou por virar folclóre. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Amigo Thiago Luiz!

Sempre que lembrar de algo interessante sobre nosso Ceará postarei aqui sim. Todos precisam saber que no Ceará tem disso sim... Em relação ao Corta Bunda, não tenhgo elementos para escrever sobre ele. Em 1983, quando os fatos a ele imputados vieram à tona, eu estava fazendo um Curso de Especialização em Criminologia e direito Penitenciário, afastado das funções exercidas no IPPS. Além do mais ele nem chegou a ser condenado. Foi assassinado no Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira dois ou três meses depois de ser preso. Acho que houve grande celeuma por parte da imprensa marrom e foram imputados a ele mais crimes do que ele mesmo cometeu... Apenas três das trinta vítimas que teriam sido atacadas por ele prestaram depoimento... Realmente não tenho mais elementos para discorrer sobre esse triste caso.

 

Abraço do luciano

Seu voto: Nenhum

lucianohortencio

Luciano

Estou com alguns problemas a serem resolvidos, por isso ando meio afastado do blog.

Um forte abraço

Seu voto: Nenhum (1 voto)

A nossa vida é um carnaval!

Para o amigo Assis Ribeiro!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

lucianohortencio

shhiiii, Luciano.

É bem por aí.

Obrigado.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Tiozão

Essa, vou enviar para meu tio João. Ele sempre cantou "A nossa vida é um carnaval e larialara", deixando minha tia-avo louca, e ela não abria mão de ir para todas as festas de carnaval com. Esperta ela, porque meu tio-avo era o terror da seduzione  ;) 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Turbilhão!

Ontem à noite já cantei o TURBILHÃO a plenos pulmões na praça do arsenal, aqui em Recife!

Uma coisa que todos devem fazer antes de morrer: Conhecer o carnaval de Recife!

 

Abração, amiga Maria Luisa!

 

luciano

Seu voto: Nenhum (1 voto)

lucianohortencio

Luciano,Você é incrível.As

Luciano,

Você é incrível.

As pessoas confundem cuidado com o próximo e o humanismo com muitas outras coisas.

Dá a sensação que querem mesmo é a miséria, e de tão ignorantes não percebem que de um ponto essas "maldades" tomam outros rumos e atingem a cada um de nós.

Um forte abraço.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.