terça-feira, junho 25, 2019
  • Carregando...

    Por que o STF tem o dever de soltar Lula hoje?, por Marcelo Neves

    Hoje é o momento de o STF redimir-se decidindo, mesmo tardiamente, pela liberdade de Lula, em nome da dignidade do Poder Judiciário e da reputação internacional do Brasil. Não cabe mais um adiamento em virtude de pressões externas, supostamente por forças encasteladas no gabinete do presidente do STF.

    TV GGN: opinião do Nassif

    Recado do Nassif: Lava Jato e o fim da hipocrisia

    Estamos no início do vazamento do dossiê Intercept. Como Raquel Dodge, desafeto de Janot, vai atuar? Como as revelações se desenrolam sobre o caso Lula? Como se comporta Cármen Lúcia na turma que julga a liberdade do ex-presidente?

    Destaques do dia

    Moro balança, mas não cai?, por Lincoln Barros

    Vivemos já um longo período de barbárie política assumida desde o golpe, barbárie teatralizada em pré-estreia na votação da admissibilidade do processo de impeachment da Dilma, contra o PT vale tudo.

    Microcontos a jato, por Janderson Lacerda

    Juízo final - O juiz da 17 ª Vara Federal julgou improcedente a ação penal e absolveu a mentira. 

    Coluna econômica

    Luis Nassif

    Guedes vai implodir o fundamentalismo de Bolsonaro, por Luis Nassif

    Aliás, o pecado fatal de Bolsonaro não é acreditar no terraplanismo, mas em Paulo Guedes.

    Últimos Conteúdos GGN

    Recado do Nassif: O julgamento de hoje poderá ser o strip tease final do Supremo

    Em toda votação, há suspense na Nação sobre o resultado. Sempre termina em derrota de Lula, mas com a bola raspando a trave no último minuto. Seria o destino conspirando contra a democracia? Ledo engano.

    Passar o Brasil a limpo… Começar por onde?, por Cristiane Vieira

    Paródia da música Construção, de Chico Buarque. Senhor, desculpe pela heresia.

    Excelentíssimos Ministros, imparcialidade é sinônimo de honestidade, por Sergio Medeiros

    Perguntemo-nos, qual a legitimidade de um juiz que não respeita as leis, viola a Constituição e, assim agindo, atinge de forma brutal a dignidade e a humanidade de todos nós, pois nos deixa sem a proteção que somente um estado democrático de direito pode nos conceder/reconhecer.

    O que a Vaza Jato e o filme Democracia em Vertigem têm em comum?, por Eduardo Ramos

    E assistimos dia após dia o que a nós pareceu SEMPRE, um filme de terror, de tão destoante da VERDADE, de tudo o que aprendemos a conhecer como justo, digno, civilizatório.

    O triste fim da Sercomtel, estratégica para o Norte do Paraná, por Wagner de Alcântara Aragão

    O país está prestes a perder a última empresa pública de serviços de telecomunicações, que dá lucro e presta atendimento de excelência.

    Pela primeira vez, Brasil entra na lista dos dez piores países para trabalhadores

    Precarização é debatida em audiência pública na Comissão de Direitos Humanos (CDH) na Câmara; Brasil graça ao lado de Zimbábue e Cazaquistão

    O entrecruzamento de interesses e o desafio de enfrentar o déficit de médicos. Entrevista especial com Lígia Bahia

    Em entrevista ao IHU On-Line, a pesquisadora afirma que apesar de o Programa Mais Médicos ter sido um “erro político”, ele foi, em contrapartida, “um acerto técnico” que “evidenciou” a necessidade e a possibilidade de ter médicos disponíveis para atender a todos os habitantes do território brasileiro

    Júlio César e o declínio e queda da autonomia do STF, por Fábio de Oliveira Ribeiro

    Quando as hostilidades começarem todos irão sofrer, inclusive os generais que fizeram ameaças criminosas para preservar a pantomina fraudulenta do Triplex.

    Intercept, percept, interpret: percepção pública e fatos, por Frederico Firmo

    O fantasma da Casa Grande volta a dominar divulgando a ideia de que o castigo no pelourinho é normal.

    A China segundo o olhar do governo Trump, por Williams Gonçalves

    Em relação à China, o que é tratado de maneira genérica como guerra comercial, na verdade, trata-se de uma desesperada tentativa do Governo Trump de impedir que esse país assuma a liderança da economia mundial, mediante seus êxitos industriais e tecnológicos

    D’Artagnan D’Ourinol, Episódio 1, por Rui Daher 

    Queremos convidá-lo para uma série de entrevistas, como no passado fizemos com candidatos em eleições, o “Estrelas em Desfile”, os “Dominós de Botequim”, na Terra e no Céu, mesmo a sua própria série, Harmônica.

    Vídeos