Revista GGN

Assine

Ali Kamel processa blog O Cafezinho

Sugerido por Gão

Do O Cafezinho

Ali Kamel processa Cafezinho

por Miguel do Rosário

O Cafezinho perdeu a virgindade. Eu esperava que isso fosse acontecer mais cedo ou mais tarde. Mas confesso que fiquei decepcionado, porque foi muito previsível. O diretor de jornalismo da Rede Globo, Ali Kamel, está me processando por tê-lo chamado de “sacripanta reacionário e golpista”, num post de janeiro deste ano, intitulado As taras de Ali Kamel, no qual eu procuro defender o colega Rodrigo Vianna, que fora absurdamente condenado por um chiste.

A acusação, porém, é tosca e inepta. Tem um erro grosseiro logo no início, ao dizer que eu o acusei de cometer “todo o tipo de abuso contra a democracia” e “a dignidade humana”, “se empenhar dia e noite para denegrir a imagem do Brasil, aqui e no exterior” e de utilizar “métodos de jornalismo” que “fazem os crimes de Rupert Murdoch parecerem estrepolias de uma criança mimada”.

Kamel se identifica tanto com a empresa onde trabalha, que ele acha ser a própria empresa. O meu texto, que inclusive vai reproduzido no processo, diz textualmente:

“É inacreditável que o diretor de jornalismo da empresa que comete todo o tipo de abuso contra a democracia, contra a dignidade humana, a empresa que se empenha dia e noite para denegrir a imagem do Brasil, aqui e no exterior, cujos métodos de jornalismo fazem os crimes de Ruport Murdoch parecerem estrepolias de uma criança mimada, pretenda processar um blogueiro por causa de um chiste!”

Ou seja, esses carinhosos epítetos são destinados à empresa, à Globo, e não a Ali Kamel. Ele vestiu a carapuça por sua conta.

Ainda mais incrível, o processo tenta jogar a própria Justiça contra mim, ao dizer o seguinte:

“Como se não bastasse, o réu ainda afirma que a Justiça seria ‘empregadinha dos poderosos’.”

Ora, Ali Kamel quer me processar por críticas ao Judiciário brasileiro? No caso, minhas críticas nem foram ao Judiciário em si, mas à decisão judicial de condenar Rodrigo Vianna.

Prezado Ali Kamel, os adjetivos “sacripanta reacionário e golpista” não se referem à sua pessoa, visto que não lhe conheço, e sim ao cargo de diretor de jornalismo de uma empresa ao qual eu faço duras críticas políticas. Isso fica bem claro no texto.

É realmente ridículo que o executivo mais poderoso do jornalismo da Globo, cujo maior ativo é uma concessão pública líder no mercado, e portanto constitui um agente político com grande influência na opinião pública e nos processos eleitorais, queira asfixiar as vozes dissonantes através de chicanas jurídicas.

O processo reitera que deve aplicar a pena maior possível contra o blogueiro, para “desestimular ao máximo que o imenso sofrimento do autor com as descabidas ofensas que lhe foram dirigidas no post As taras de Ali Kamel se repita ou venha a ser experimentado por novas vítimas do réu”.

Imenso sofrimento?

Quem sofre sou eu, blogueiro latino-americano, sem dinheiro no bolso, esmagado por um governo inerte (na questão da mídia), de um lado, e uma imprensa historicamente golpista e reacionária, de outro.

Kamel pede R$ 41.000,00 de indenização moral. Hahaha.

Ou seja, ele simplesmente pretende destruir o blog que noticiou um dos maiores crimes de sonegação da história da mídia brasileira, cometido pela empresa para o qual ele mesmo trabalha, porque o blogueiro lhe chamou de “sacripanta reacionário” e fez críticas à sua empresa?

Tenho esperança que o Judiciário não vai deixar barato esse ataque sórdido à liberdade de expressão, ainda mais grave porque cometido por uma pessoa que dirige uma concessão pública confessadamente golpista e, como tal, com obrigação de ser humilde e tolerante no trato com aquelas mesmas vozes que ela ajudou a calar nos anos de chumbo.

O advogado de Ali Kamel, João Carlos Miranda Garcia de Souza, é também advogado da Rede Globo. É pago, portanto, com recursos oriundos de uma concessão pública que se consolidou durante um regime totalitário, e com apoio de um governo estrangeiro (EUA). Posso afirmar, portanto, que estou sendo processado pelas mesmas forças que implantaram a ditadura no Brasil.

Eu não tenho advogado, não tenho dinheiro, nem minha conta bancária foi abastecida com recursos da ditadura ontem, e da Secom hoje.

Só que estamos em outro momento, Kamel. Ou pelo menos, eu quero acreditar que estamos.

A família Marinho, segundo noticiado hoje por este blog, é a segunda maior fortuna de mídia do planeta. Com tanto dinheiro, mídia e poder, qualquer agressão de seus diretores a blogueiros políticos que criticam a sua linha editorial se torna um atentado particularmente hediondo à democracia.

Em 1981, já nos estertores do regime militar, uma tragédia terrível aconteceu na minha família. Meu tio, Francisco do Rosário Barbosa, um homem pacato, sem filiação partidária, sem militância política, mas com alguma ideologia, foi preso num ônibus, sem razão nenhuma além de ter protestado contra a forma como os policiais estavam revistando os passageiros.  Levado a 9ª DP do Catete, foi torturado até a morte. Tinha 9 irmãos, entre eles meu pai, primogênito, e uma mãe.

Diante do sofrimento inaudito que quase levou a família à loucura, meu pai reuniu a todos e disse que a melhor forma de lidarem com aquela tragédia era a usarem como mais um instrumento de luta contra a ditadura.

Nesse momento, em que vivemos uma democracia pujante, mas conspurcada por um sistema de comunicação oligopolizado, herdeiro do regime militar, não me resta outra saída senão me aferrar àquela postura tão digna de meu pai, José Barbosa do Rosário, e afirmar que vou usar este processo do diretor de jornalismo da Globo contra minha pessoa como mais um instrumento para derrubar, ou ao menos debilitar, esse odioso oligopólio midiático liderado pela família Marinho e seus capangas.

processo é o número 0314414-68.2013.8.19.0001, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A primeira audiência de “conciliação” acontece em fevereiro de 2014. Não preciso de nenhuma contribuição financeira porque acho muito improvável que eu perca esse processo, que é surreal. E se eu perder, vou recorrer até as últimas instâncias.

Média: 5 (5 votos)
40 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Se houvesse justiça no

Se houvesse justiça no Brasil, uma notícia dessas seria recebida com graça e rapidamente arquivada. Mas na nossa insegurança, em que o direito não passa de arma na mão dos poderosos? 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de aliancaliberal
aliancaliberal

"em uma guerra, a primeira

"em uma guerra, a primeira vítima é a verdade",Já em uma guerra politica, a primeira vítima e a honestidade.

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Alô Janot!

Só vou confiar plenamente no Janot, o dia em que ele pegar o livro "Privataria Tucana" e mandar investigar.

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Um país "muito engraçado"

Neste país o rabo morde o cachorro. A Globo sonega, quem é processado é seu denunciante. O Amaury escreve um livro, com provas e tudo, sobre a Privataria Tucana, quem é processado é o autor do livro, o MP fez igual cavalo de parada para as denuncias dos tucanos larápios. Olha gente, pense bem antes de denunciar qualquer tucano pois o processado pode ser você.

Seu voto: Nenhum (13 votos)

"Neste país o rabo morde o

"Neste país o rabo morde o cachorro. A Globo sonega, quem é processado é seu denunciante."

Perfeita, Malú!

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Kamel censura

Comissão da ABI se solidariza com Miguel do RosárioEnviado por  

O Cafezinho agradece profundamente a Mario Mugusto Jakobskind, presidente da Comissão de Defesa da Liberdade de Imprensa e Direitos Humanos da ABI (Associação Brasileira de Imprensa), e Daniel Mazola, secretário executivo da mesma, e a todos, pela pronta defesa da minha liberdade de expressão, agredida covardemente pelo diretor-executivo de jornalismo do maior conglomerado de mídia da América Latina, Ali Kamel.

Kamel parece não ter noção do que ele é e do que ele representa, e ao mesmo também não entende o que eu sou, e o que eu represento. Ele representa um poder midiático descomunal. Seu advogado é também advogado da família mais rica do Brasil. Eu sou um modesto blogueiro, cujo único patrimônio é minha palavra. Se alguém representa, aqui, o conceito de “liberdade de expressão”, com certeza, não é ele, que dirige uma empresa cujo jornalismo tem um triste histórico de apoio a golpes e manipulações. Inclusive sob a direção dele, Ali Kamel. Vide o episódio da “bolinha de papel” e daquele ex-presidiário “Rubnei Quicoli”, a quem foi dado quase 10 minutos no Jornal Nacional, às vésperas da eleição presidencial de 2010, para dizer que o BNDES iria lhe emprestaria R$ 8 bilhões.

Ele quer me processar por chamá-o de “sacripanta”? De “reacionário”?

Que espécie de liberdade de expressão é essa defendida pela Globo?

Acabo de receber o seguinte email de Jakobskind.

*

Comissão da ABI solidariza-se com o jornalista Miguel do Rosário

A Comissão de Defesa da Liberdade de Imprensa e Direitos Humanos da ABI solidariza-se com Miguel do Rosário, que por escrever em seu blog Cafezinho em defesa do jornalista Rodrigo Viana está sendo processado pelo diretor executivo de jornalismo da Rede Globo, Ali Kamel.

Consideramos esta tipo de ação sem propósito e na prática de caráter punitivo em função de Rosário ter feito denúncias sobre sonegação fiscal que teria sido cometida pela empresa.

A Comissão entende que o tipo de ação proposta por Kamel, na prática se volta contra a liberdade de imprensa. Não tem sentido este tipo de ação por um comentário contrário a uma empresa, onde o jornalista que entrou com a ação, exerce o cargo de diretor executivo.

Esperamos que a Justiça leve em conta o caráter de tolhimento da liberdade de imprensa, direito fundamental para o exercício democrático e arquive o processo.

Mário Augusto Jakobskind, presidente da Comissão de Defesa da Liberdade de Imprensa e Direitos Humanos da ABI

Daniel Mazola, secretário da Comissão de Defesa da Liberdade de Imprensa e Direitos Humanos da ABI.

LIBERDADE-DE-EXPRESSÃO

- See more at: http://www.ocafezinho.com/2013/11/06/comissao-da-abi-se-solidariza-com-miguel-do-rosario/#sthash.j7iDcxXB.dpuf

Seu voto: Nenhum

 

...spin

 

 

imagem de Kamerval Tivita Marinhos
Kamerval Tivita Marinhos

O destino deste bloqueiro sujo e avermelhado pela sombra lulopet

O destino deste bloqueiro sujo e avermelhado pela sombra lulopetista será igual ao do blogueiro comunista PHA .

 

Blogueiro comunista condenado por desobedecer Kamel25 de fevereiro de 2012By

O comuna teve o troco merecido

Magister Hariovaldo e perfumados confrades desta sacrossanta catedral,

Temos motivos a comemorar, pois ainda que os petrobolívares do mameluco caraquenho tentem comprar nossas instituições, ainda há homens bons vestindo a toga.

O último exemplo disto foi a condenação sumária de Amorim, o blogueiro comunista, que  vociferou frases racistas contra um cordato e obediente funcionário da Vênus platinada, apenas para desacreditar a boa literatura de Kamel, que afirma não haver racismo neste bananal.


Uma das mentes mais brilhantes do país.

Essa ação corretíssima de nossa justiça gerou comoção inclusive entre os movimentos da gente diferenciada que trataram de enviar mensagens de repúdio ao vermelhote.

Essa é nossa mensagem de apoio a PHA (Professor Hariovaldo Almeida, claro), por sempre rechaçar com veemência todas as ações de racismo.

 

 

Seu voto: Nenhum

Miguel mexeu num vespeiro

Miguel mexeu num vespeiro daqueles, quando mostrou para todo mundo a outra face dos Marinho e seu grupo-rede globo. Ou golpe ? Acho que o clã não vai deixar passar barato, não. Esse pode ser apenas o começo do processo de sufocamento do jornalista Miguel do Rosario. 

Se segura Miguelito, que o judiciario do Rio, não é facil não. Para os que não têm dinheiro e poder, que fique claro. 

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de marcelo faria
marcelo faria

liberdade de expressão

Caro Nassif. li com satisfação sua posição e creio que nossos esforços devem caminhar no sentido de fortalecer a democracia. tenha minha solidariedade.

um abraço

 

Marcelo

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

pressão

 E depois essa empresa se diz a favor da liberdade de expressão.

 

 Mas só pode falar bem dela, senão não vale?

 

Ela é a favor da liberdade de PRESSÃO.   Pressiona governo e políticos com ameaças de linchamento midiático caso não façam o que ela quer.

 

 LEI DE MEIOS JÁ!!!!

Seu voto: Nenhum (8 votos)

¨Liberdade é a liberdade dos que pensam diferente¨ -- Rosa Luxemburgo

Ué incoerencias é a palavra

Ué incoerencias é a palavra de ordem tambem junto aos progressistas

nao sao eles que vivem pedindo democracia na midia aqui e ao mesmo tempo defende ditadura e midia controlada em Cuba?

A proposito nao e a esquerda que tanto acha injusto a difamaçao de pessoas pela midia ( mesmo sendo na Net é midia ) enfim os mestres da dualidade e falta de isençao no trato do assunto sao exatamente vcs...rs

Seu voto: Nenhum (7 votos)

leonidas

Então....essa mídia

Então....essa mídia controlada em Cuba...faltou vc combinar com a Yoani Sanchez....que está livre, leve e solta para propagar "suas verdades"....enquanto países famosos pela liberdade (liberdade super hiper opressora, faltou acrescentar né), não dão este mesmo direito...vide Snowden, Manning, Assange e tantos outros por aí!!    Assassinatos de reputação podem até ocorrer, o uso de " fontes" não confiáveis, uma informação errada...etc.........o que não pode é ocorrer são os famosos assassinatos,  MAS SEM O DIREITO de resposta!!!   

Tô com dó de vc......lê...lê...lê...e não entende nada!! rsrsr....

Seu voto: Nenhum (12 votos)

Ué a midia cubana é

Ué a midia cubana é estatal

Yoni Sanches esta no mundo virtual

bela tentativa

nao ha grupo de midia em Cuba só pessoas fisicas entende a diferença ?

rs 

Seu voto: Nenhum (6 votos)

leonidas

mesmo sendo na Net é

mesmo sendo na Net é midia......conforme vc mesmo disse.  Yoani está na midia, independente de ser virtual ou não.....é midia, direto de Cuba....e, falando mal de Cuba, bancada pela CIA.......livre, leve e solta.  Mesmo sendo pessoa física...ela tá EM CUBA...digitando diretamente de Cuba......é livre para voar....veio até para o Brasil, recentemente.  Para um país que não dá garantias nenhuma, onde a midia é comandada pelo Estado....Yoani, nada de braçada....bem mais que muita gente em países  "livres"; pessoa jurídica ou não, pública ou não, estatal ou não!! Ou vc acha que os repórteres, jornalistas, da Globo ou de outros meios de comunicação, são livres para falarem o que vem à cabeça??  Há uma pauta muito bem delimitada, sai dessa pauta, e estará na rua. ...e estamos falando de empresa privada.....qual seria a diferença da estatal de Cuba??   Onde está a liberdade da imprensa nesses meios de comunicação? e antes que me esqueça...vá ver se o Kamel tá lá na esquina...rsrsrs 

Seu voto: Nenhum

Relaxa colega nao precisa

Relaxa colega nao precisa perder a linha nao...rs

ate pq eu mesmo ja postei inumeras vezes aqui mesmo que nao tem comparaçao a ditadura Cubana com a norte coreana

e para isso sempre citei a existencia dessa moça como prova inconteste disso

agora voltando ao ponto ( que vc sabe muito bem do que se trata ) a existencia da moça nao muda o fato que na ditadura Cubana nao é permitido grupo de midia como pessoa juridica

Desculpa mas sao os fatos...rs

 

Seu voto: Nenhum

leonidas

Oras Leonidas, não é

Oras Leonidas, não é permitido pois o "game" é esse.....é claro....todos sabem quem está por trás das informações fornecidas, vc não trouxe nenhuma novidada!! O problema é justamente o outro lado......os grupos de mídia, particulares, permitidos, alguns enquanto concessão, inclusive.  Esses grupos nocivos, permitidos, quando bem sabemos que nada mais são que grupos estabilizados para defender interesses outros que não os objetivados pela função principal, a  informação. E pior, sequer sabemos quem está por trás destes grupos, seus interesses.......  são fatos...rs

Seu voto: Nenhum
imagem de Zanchetta
Zanchetta

Snowden... herói, agentes da

Snowden... herói, agentes da Abin que revelaram a espionagem... traidores.

Interessante o seu modo de pensar... não é bipolar, é só polar.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Aíaíaíaí.........óh céus...óh

Aíaíaíaí.........óh céus...óh dia...óh azar!!  Vc acompanhou todo o caso?  Os agentes da Abin fizeram  contra espionagem...oras, se há uma suspeita de espionagem vc queria o quê? Que ficássemos sentados vendo a banda passar?  Agora, se vc está falando do agente da Abin, que foi exonerado......foi, e foi muito bem feito...... com toda justa causa....afinal, passava informações brasileiras para a CIA.  é cada um que aparece..... prestenção....O meu comentário foi feito em cima de outro comentário, dentro do contexto do outro comentário!!!  

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de dida
dida

E a lei de meios, segundo sua

E a lei de meios, segundo sua concepção, acabaria com o direito de alguém, ao sentir ofendido após ter sido chamado de "sacripanta", recorrer ao judiciário? Que diabo de lei é essa que iria de encontro a um direito fundamnetal, constitucionalmente assegurado?

Essa daí, então, eu não apóio...

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

As taras do sacripanta...

O significado das palavras.

Sacripanta: Diz-se de pessoa infame, desprezível; indigno; patife.

Tara: Perversão, esp. sexual; depravação.

Dizer que alguém é um patife depravado, sem comprovar, não é exatamente liberdade de expressão.

Patife: Que é capaz de ou que pratica ações vis ou maliciosas; que tem má índole; canalha; vil.

Depravado: Moralmente degenerado; corrupto.

Fica difícil para um jornalista, que tem por matéria prima as palavras, eximir-se... Mas como o Rosário é de esquerda não é um rosnador hidrófobo. Foi um tratamento equilibrado... disse que o Kamel era um sujeito vil, de má índole, e moralmente degenerado... mas tudo bem... né?

Isto não é liberdade de expressão... é agressão. Ainda não queria ser processado? Claro que era previsível, caso consultasse antes um dicionário talvez não utilizasse estes termos.

Seu voto: Nenhum

Rebolla, o Miguel consultou o

Rebolla, o Miguel consultou o dicionário sim. Sei disso porque sou seu amigo pessoal. E foi nesse sentido aqui que ele empregou o termo ao referir-se ao dito cujo:

Sacripanta: Adjetivo masculino. Adúltero que usa material extraido das gônodas, para fins de feitiçaria.

Está lá no dicionário. E nem por causa do termo "adúltero', o Miguel poderá ser processado. O adultério é fato e está devidamente registrado, em película, já que o Kamel era casado quando fornicou na cachoeira com uma atriz de pornochanchada

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Juliano Santos

"Sem comprovar?"

As provas das patifarias cometidas pelo poderoso diretor global estão no próprio material veiculado pelo jornalismo da emissora. É só ver as coberturas eleitorais, a forma como os telejornais protegem os demotucanos e condenam previamente os petistas, a demonização dos movimentos sociais e dos presidentes progressistas latino-americanos. Uma pessoa de boa índole, moralmente idônea não faria o que ele faz.

Seu voto: Nenhum (10 votos)

"Sem comprovar?"

As provas das patifarias cometidas pelo poderoso diretor global estão no próprio material veiculado pelo jornalismo da emissora. É só ver as coberturas eleitorais, a forma como os telejornais protegem os demotucanos e condenam previamente os petistas, a demonização dos movimentos sociais e dos presidentes progressistas latino-americanos. Uma pessoa de boa índole, moralmente idônea não faria o que ele faz.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

O comentário acima saiu

O comentário acima saiu repetido, favor desconsiderar.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de mutema
mutema

Liberdade de expressão nos olhos dos outros é refresco

Imagino que o Ali Kamel seja um grande defensor da liberdade de expressão. Desde que quem se expresse seja ele e o jornal ao qual serve caninamente no estilo RCA (a voz do dono). Só que a recíproca para ele não é verdadeira.

Ou seja, liberdade de expressão nos olhos dos outros é refresco.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Exato! E vcs ( nao só ele )

Exato!

E vcs ( nao só ele ) sao o exemplo maximo dessas incoerencias pornograficas entre o que defendem aqui e o que defendem lá fora...rs 

Seu voto: Nenhum (7 votos)

leonidas

imagem de serralheiro 70
serralheiro 70

Cafesinho

Toda solidariedade para Miguel do Rosario, abaixo a rede globo!

Seu voto: Nenhum (10 votos)

O Poder que não se contenta

O sujeito tem poder e meios para se defender, responder e aos seus patrões pelos inúmeros veículos nos quais costuma destruir reputações alheias sem qualquer consequência vem, agora, querer calar a voz do povo pelo imenso "prestígio" que desfruta no judiciário?

Só no Brasil os poderosos fazem essa lógica. 

 

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Zanchetta
Zanchetta

O Miguel do Rosário vai na

O Miguel do Rosário vai na linha do PHA, ou seja, ao invés de atacar as instituições ou empresas, ataca diretamente a pessoa. Daí, se leva ação ou não, cabe à pessoa resolver. O tal do Ali Kamel (que como bem disse alguém abaixo, pode ser o fornecedor de esfiha do cafezinho) não deve nada à Receita, mas a Globo sim. Mas como é um desafeto pessoal, o do Rosário vai ter que rezar alguns.

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Problema

De interpretação de texto! Ou eu ou você está com dificuldade de interpretar! Pelo que eu li, ele disse a rede globo de fazer manipulação política econômica e devedora da receita federal. Não falou nada do Kamel, pessoa física. Então, quem deve processar seria a pessoa jurídica rede globo, não pessoa física. E o Miguel falou algo que não seja a verdade? Provas? Todas, manipulação contra o Brizola, Lula, Dilma, PT! Deve a receita e o processo desapareceu misteriosamente da receita. Qual mentira o Miguel falou da rede Globo? Ou você vai assumir as dores dela também?

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Zanchetta
Zanchetta

Me parece que ele não está

Me parece que ele não está sendo processao pela Rede Globo!!! Me parece que ele atacou o Ali Kamel diretamente e agora tá querendo tirar da reta... Ou você tem problemas de leitura?

Seu voto: Nenhum (6 votos)

engraçado ! A rede Globo deve

engraçado ! A rede Globo deve estar pior que eu pensava. Além de dever à receita Federal, está com falta de bons advogados e até o Kamel precisa recorrer aos Zanchettas do Blog.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

lenita

O Miguel chamou o Kamel de

O Miguel chamou o Kamel de sacripanta reacionário, as outras adjetivações foram dirigidas à Globo Overseas. Tendo em vista que reacionário não é ofensa verbal, o processo deve referir-se a sacripanta, que deve ser então uma gravísima agressão moral.

Segundo um dicionário que consultei agorinha mesmo a definição de que mais gostei foi essa;

Sacripanta: Adjetivo masculino. Adúltero que usa material extraido das gônodas, para fins de feitiçaria.

Fora a questão do adultério, é ou não, uma original descrição do sujeito em questão?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Juliano Santos

Liberdade de ..pressão.

"Liberdade de expressão" só vale quando se quer atacar. Quando se é atacado o negócio vai para o pau!

Belo exemplo de "jornalismo" da Globo...

Nada surpreendente.

Seu voto: Nenhum (12 votos)
imagem de Djalma Santos
Djalma Santos

Isso tem um nome: LITIGÂNCIA

Isso tem um nome: LITIGÂNCIA DE MÁ FÉ, artigo 16 e seguintes do CPC.

Ele entra com o processo pois não tem absolutamente nada a perder.
 

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Litigância de má fé e enriquecimento ilícito ignorados pela Just

Não sei pq o nosso Judiciário, ao mesmo tempo em que reclama da excessiva quantidade de processos, ignora o instituto da litigância de má fé, que aplicaria pesadas multas nesses litigantes como Ali Kamel que, tendo uma poderosa banca de advogados, entra com ações a torto e a direito, ações que não tem razão de ser, principalmente em se tratando de jornalista, que lida com a liberdade de informação.

Outra coisa que é ingnorada pelo Judiciário é o enriquecimento ilícito, aliás, isso e até valorizado, inclusive pelo STF, que o diaga Caciolla, Daniel Dantas.....

 

Quanto a esta ação cujo objetivo é destruir mais um blog não alinhado ao pig, o Miguel tem todo o meu apoio, se a Familia Marinho acha pouco serem uma das 3 familias mais ricas do planeta, tem nada não, a gente dá mais dinheiro, e que se empanturrem com nossa grana.

 

Seu voto: Nenhum

 

...spin

 

 

Ali quem?

Miguel do Rosário eu conheço mas esse tal de Ali k nem sei quem é.

É o fornecedor de esfihas do tal cafezinho?

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Argumentos risíveis.

 

Os argumentos da acusação são risíveis, Kamel é um homem poderoso e bem acessorado então porque abriria uma ação tão furrustreca? Existem duas possibilidades, ou acredita que tem a justiça nas mãos e sempre será favorecido(existem facilidades nas instâncias superiores) ou o que é mais provavel quer sufocar os criticos financeiramente pois mesmo para enfrentar ações ridículas é necessário dinheiro que Kamel tem de sobra mas os blogueiros sujos não tem, uma estratégia que serve de medida profilática pois desencoraja novas denuncias. Uma justiça realmente digna desse nome detectaria essa manobra e puniria o executivo por se valer desse artifício.

 

 

 

 

 

 

 

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Srªs Senadoras e Srs. Senadores, a Transparência Internacional divulgou, nesta terça-feira, a classificação anual dos países mais corruptos do mundo, e a situação do Brasil, sob o império do “lulismo”, só piorou. Demóstenes Torres 08/10/2003

imagem de Museu SP batista neto
Museu SP batista neto

Dignidade X Judiciário brasileiro?

Ai estão duas expressões que não se encontram. (Ne) "sont (pas) le mots qui vont très bien ensemble"!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Pura VINGANÇA do "pau

Pura VINGANÇA do "pau mandado"......

Seu voto: Nenhum (12 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.