newsletter

Assinar

UOL publica como verdadeira notícia de site de humor venezuelano

Do Portal Imprensa

UOL publica notícia de site de humor venezuelano como se fosse verdadeira

Nesta quinta-feira (28/1), o portal UOL cometeu um deslize ao divulgar como verdadeira uma notícia publicada em um site de humor venezuelano. A matéria afirmava que a falta de pasta de dente no país seria motivada pelo fato de os cidadãos escovarem os dentes três vezes aos dia.

Na "notícia" postada pela página Un Mundo Triangular, que cria notícias falsas em tom de brincadeira, como o Sensacionalista no Brasil, a explicação foi atribuída à ministra da Saúde, Luisana Melo. O texto de humor tratou como se fosse um pronunciamento oficial do governo sobre escassez do produto na Venezuela.
 
No Brasil, o UOL, Correio do Estado e Portal Vox compartilharam a informação como se fosse uma declaração oficial e verídica. No caso do UOL, a reportagem ganhou destaque na home.
 
Crédito:Reprodução
Voz também foi enganado pelo site de humor venezuelano
 
À IMPRENSA, Rodrigo Flores, diretor de conteúdo do UOL, confirmou o erro e explicou as medidas que serão tomadas pelo veículo. "Fomos alertados pelo consulado da Venezuela de que a notícia era falsa e, rapidamente, retiramos da home. Vamos publicar uma errata explicando que erramos.

 

Média: 4.6 (10 votos)
18 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de PauloBR
PauloBR

Para quê tanto pudor?

Era só dizer que "a notícia, talqualmente a ficha da Dilma, tinha toda cara de falsa, mas também - remotíssimamente - poderia ser verdadeira. Na dúvida e na maldade, publicamos uma e outra."

 E a coluna "Erramos" poderia ser rebatizada como "Foi sem querer, querendo" ou, mais sofisticadamente, "Abrimos a caixa do gato de Schrödinger e..."

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Cardoso
Cardoso

As 10 MAIORES em ação...

Me parece que, retirando a menção à frase da Ministra da Saúde da Venezuela, a questão de fundo, que é a falta de creme dental na Venezuela, é verdadeira.

E sempre que leio na grande mídia de que algum produto está faltando naquele país, lembro-me do gráfico que lhes ofereço no link abaixo.

Eles são capazes de "mecher" com um país, ao ponto de fazer o povo se revoltar até mesmo contra um governo que em muito lhe beneficiou.

Estamos nas mãos dos grandes e ponto final. Não sei quem vai mudar isto...e se isto irá um dia mudar.

Só na área da tecnologia, que neste momento estou fazendo uso, me vem à mente algumas coisas que são controladas por eles e que para nós e para nosso país são fundamentais: Internet, emails, redes sociais, sistemas operacionais, páginas de vídeos e imagens, aplicativos de textos, planilhas, gráficos, etc., aplicativos de músicas, celulares, computadores, GPS, etc.,etc.,etc.

Tente viver comercial e socialmente apenas 1 dia sem estas tecnologias e veja como fica "sua vida".

Dias atrás, uma juíza bloqueiou por algumas horas o WhatsApp...o Brasil quase parou! Até o Zuckerberg (Facebook/Whats) deu declarações - lá de fora - contra a decisão da juíza. Deram um "jeitinho" e o Whats "voltou".

Não faltou quem, em meu Facebook, escrevesse que "Quem mandou tirar o Whats do ar, foi a Dilma! Ela se vingou da gente, pois fomos às ruas contra a corrupção do governo dela!". Eles sabem como enganar o povo, como tê-los em suas mãos, como manobrá-los. São anos de pesquisas e investimentos nas técnicas de massificação.

Não tenho dúvidas de que na Venezuela as grandes Corporations estão "segurando" alguns itens de consumo básico das famílias, para criar o caos no país. E já conseguiram, pois nas últimas eleiçõs para o parlamento, o chavismo perdeu feio.

Quem no Brasil está produzindo um novo Sistema Operacional de computadores, para casos de urgência? Não sei. Quem está produzindo servidores de email? Quem está produzindo um bom editor de texto e planilhas? Quem está criando uma nova rede social igual ou melhor do que o Face? Onde no Brasil estão criando chips, mother boards, processadores, impressoras, fax, copiadoras, celulares?

Já pensasaram, se por acaso nos falte sabão em pó em nossos mercados? Vamos supor que a marca mais utilizada - OMO - comece a faltar. Então vamos tentar comprar o Brilhante. Não tem! Tentamos o Minerva...acabou! Traga o Ariel, Pop, Ace, Tide, etc....também não tem! Todos estes produtos pertencem a apenas 2 empresas que estão no gráfico do link abaixo: Unilever e P&G.

Estamos dominados pelos poderosos e o povo ainda não tem consciência do tamanho do domínio deles.

Qualquer governo aqui nas américas, que queira concluir seu mandato, é melhor que "fale baixinho" (como Dilma fez ontem no Conselhão) e faça o jogo deles, caso contrário: Rua!... como está acontecendo com o Chavismo na Venezuela.

 

https://cantseetheforestforthetrees.files.wordpress.com/2014/06/who-owns...

 

 

 

Seu voto: Nenhum

Infelizmente vc tem razao. E

Infelizmente vc tem razao.

E toda essa pressao sobre Dilma e Lula vem das grandes corporacoes. Na linguagem deles o recado eh que se o Brasil tentar montar um governo independente e que privilegie empresas locais, vai sofrer pressao midiatica-economica e judicial ate cair de joelhos, ou vai ser deposto e perseguido, por quaisquer meios disponiveis, como estao fazendo com Dilma e Lula.

Seu voto: Nenhum

DeBarros

imagem de Cardoso
Cardoso

A História se repete...

Por isto, conhecer História é sempre bom.

É a velha Doutrina Monroe e o Corolário do Big Stick, só que, por outros caminhos, outros métodos.

Fizeram isto com Vargas, com Jango...and so on.

 

 

Seu voto: Nenhum

Essa é a qualidade da

Essa é a qualidade da imprensa brasileira que deixa de checar a fonte sempre que a notícia lhe interessa.

Seu voto: Nenhum
imagem de Josiel Nunes
Josiel Nunes

Seria cômico se não fosse

Seria cômico se não fosse trágico. Pobre Venezuela.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Roberto Monteiro
Roberto Monteiro

Tu leste o texto?

Foi um deboche, igual ao que fazo "o sensacionalista" que temos por aqui.

Por isso a imprensa nada de braçadas. Se acredita até em crítica do absurdo.

Estamos perdidos.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de altamiro souza
altamiro souza

antes de pensar em iniciar

antes de pensar em iniciar una possível revolução socialista,

produza tudo que tem de produzir em seu país, senão os adversários

produzem e, de repente, retiram os produtos das prateleiras e ferram a população....

e aí o jornal direitista vai lá e ridiculariza tudo,

é o humor antipopular...

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Mas continua o fato real que

Mas continua o fato real que falta pasta de dente na Venezuela, alias falta tudo, a começar do leite.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Mário Latino
Mário Latino

Para as elites venezolanas,

Para as elites venezolanas, AA, tenho certeza que nunca faltou nada. O povão só teve acesso a bens de consumo de certa qualidade no tempo de Chávez.

Seu voto: Nenhum

Para voce ver AA, na ânsia de

Para voce ver AA, na ânsia de desmoralizar o governo "bolivariano", o pig acabou por deixar a questão da falta de produtos básicos na Venezuela em segundo plano.

Invés de se debater se o que acontece lá está sendo superdimencionado pela oposição, se é boicote de empresário, como afirma Maduro, ou é incompetência do governo, a coisa desanda para a galhofa.

Quando a gente fala em pig aqui, não é para censurar nada, impedir crítica aos governos de esquerda "bolvarianos" e esse blablablá dos puxa-sacos de patrão.

É porque a atuação destrutiva, manipuladora, difamadora e interesseira da imprensa monopolizada, que volta e meia cai na caricatura, acaba por inibir as críticas sérias e procedentes. O próprio Nassif, bastante crítico ao governo, fica aflito por isso, e reclama sempre

Seu voto: Nenhum

Juliano Santos

imagem de EduardoR
EduardoR

Não é erro

É má fé mesmo!

Se essas barrigadas fossem apenas erro deveriam em teroria atingir os "dois lados".

Mas é sempre contra a esqeurda que estes 'erros' acontecem, SEMPRE!

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Do jeito que a coisa vai,

Do jeito que a coisa vai, logo os jornais terão um novo caderno chamado "Erramos". Eu particularmente gostaria que se chamasse "Sr. Barriga".

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de erivaldo
erivaldo

falta de informação

Achei que esse discurso ante bolivariano anticomunista fosse de setores mais atrasado e desinformação, da ideologia, fruto da imprecisão, da mentira ou do ruído para a não politização da sociedade. Mas estou vendo que Não!! 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Na ânsia de escrever qualquer M

`Para o PIG vale tudo. Sabe que a primeira reportagem atinge os objetivos de enlouquecer os coxinhas. O ato de desmentir depois não corrige na mente deformada desta turba o que leram antes.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Exatamente Ulisses, logo os

Exatamente Ulisses, logo os coxinhas vão sair espalhando por aí. E não vai adiantar nada tentar explicar que era de um site humorístico e que a UOL admitiu o erro.

Já foi incorporado ao discurso coxinha anti-bolivariano, e a UOL sabe disso. Não faz uma simples checagem sobre a origem da notícia e já vai para destaque. Se for falsa, põe o "erramos" de prache e bola para frente, como diz o Moro.

Por isso inves de discutir, eu digo que isso não é nada. A mesma ministra afirmou que a falta de papel higiênico é porque o povo está cagando demais

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Juliano Santos

imagem de Silvio T
Silvio T

O melhor de tudo foi ler os

O melhor de tudo foi ler os coxinhas se esbaldando nos comentários..kkkkkkkkkk

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de CB
CB

Dono de jornal faz programa,

Dono de jornal faz programa, "dizem" cafetões do centro

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

"Vamos publicar

"Vamos publicar uma errata explicando que erramos":

Depois sorriu docemente e acrescentou:  "mas nao vamos dizer que a gente so queria ter o prazer de ridicularizar a Venezuela"...

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.