Revista GGN

Assine

aécio

Cármen Lúcia tem força para peitar Gilmar Mendes? Por Gabriel Alvarenga

Foto: EBC

Jornal GGN - Gilmar Mendes, constantemente acusado de colocar a moral do Supremo Tribunal Federal em xeque, tem mais força dentro da Corte do que imagina-se. É o que aponta Gabriel Alvarenga em artigo no portal Os Divergentes, que levanta dúvidas sobre a possibilidade de Cármen Lúcia peitar o colega.
 
Uma prova de fogo seria derrubar o habeas corpur que Gilmar concedeu ao empresário Jacob Barata Filho, um magnata dos transportes acusado de corrupção no Rio de Janeiro.
 
"Se [Cármen Lúcia] decidisse impedir o ministro monocraticamente, caso fosse provocada novamente, a presidente do Supremo poderia enfrentar resistências dentro da Corte por tomar sozinha uma decisão de tamanha importância. Se levar ao plenário, poderia perder e ver seu poder esvaziado, além de colocar o Tribunal numa situação difícil, usando um eufemismo, perante a sociedade", aponta o artigo.
Média: 4.2 (11 votos)

Lula é inocentado de processo por calúnia contra Aécio

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - O ex-presidente Lula foi inocentado pela Justiça do crime de calúnia contra Aécio Neves (PSDB). Em 2014, durante um comício em Minas Gerais, ele chamou o ex-presidenciável de "filhinho de papai" e, por isso, a coligação do hoje senador moveu uma ação.
 
Segundo informações da jornalista Mônica Bergamo, a Justiça entendeu que as declarações de Lula naquele dia foram "genéricas e superficiais, emergindo da emoção e do calor de um comício."
Média: 4.5 (8 votos)

Carta aberta aos Ministros do Supremo, por Luís Nassif

O jogo da Lava Jato está decidido. No caso dos inquéritos e processos da primeira fase – contra o PT e o PMDB – dê-se continuidade e abram-se quantas representações forem possíveis com base em qualquer tipo de indício – como demonstrou ontem a 11a Vara Federal do Distrito Federal.

Em relação à fase tucana, duas formas de anulação.

Na fase dos inquéritos, direcionamento para Policiais Federais do grupo de Aécio Neves.

No âmbito do Supremo, a distribuição dos inquéritos e processos para o Ministro Gilmar Mendes, através da inacreditável coincidência de sorteios,

Depois dos processos de Aécio Neves, José Serra e Aloysio Nunes, hoje Gilmar acabou sorteado para relatar também o do senador Cássio Cunha Lima.

É uma sucessão de coincidências.  

E vamos falar um pouco de escândalos e da capacidade de gerar indignação.

Leia mais »

Média: 4.8 (120 votos)

"Aécio vai ser o Cunha do governo Temer", diz Marcelo Nobre

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - Inviabilizado pela Lava Jato, principalmente após o escândalo da JBS, Aécio Neves virou o principal operador do governo Michel Temer. A rejeição da denúncia contra o presidente na Câmara é só o resultado das articulações do grupo liderado pelo tucano para formar um novo centrão, que dará sustentação a Temer até o final de seu mandato. Em troca, esses políticos conseguirão recursos do governo que serão vitais para a disputa eleitoral de 2018, preenchendo a lacuna deixada pelo financiamento empresarial.
Média: 3.2 (5 votos)

Com fim da era Aécio e Temer, sem saída, revista detalha propinas

Reportagem de Época insere-se no contexto de mudança drástica de editoriais da imprensa em ritmo de sobrevivência e adaptação, com os inegáveis esquemas envolvendo PMDB e PSDB
 
 
Jornal GGN - O primo de Aécio Neves (PSDB-MG), Frederico Pacheco, foi a ponte usada pelo senador para retirar R$ 2 milhões ilícitos acordados com o dono da JBS, Joesley Batista. Em ação similar também foi a entrega de outros R$ 500 mil destinados ao presidente Michel Temer, por meio do ex-assessor Rodrigo Rocha Loures. A mala preta com rodinhas deste último e a de Fred, como é chamado o empresário e familiar de Aécio, contendo a segunda parcela de R$ 500 mil ao tucano foram registradas por fotografias da Polícia Federal, após as apreensões.
 
Ambas as entregas foram realizadas em ações controladas pelos delegados da PF, com o aval do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin. Apesar de algumas imagens das mochilas contendo notas de R$ 50 e R$ 100 já terem sido divulgadas, pelos relatórios das investigações e à imprensa, a revista Época publicou novas fotografias, nesta sexta (04).

Leia mais »

Média: 5 (5 votos)

Aécio promete a Alckmin que candidato do PSDB será definido até dezembro

 
Jornal GGN - Após o aprofundamento do racha no PSDB por causa da votação da denúncia contra Michel Temer, Aécio Neves, presidente afastado da legenda, decidiu fazer um aceno ao grupo de Geraldo Alckmin e prometeu ao governador paulista que o presidenciável do partido será definido até dezembro deste ano, em convenção nacional. A informação é do Painel da Folha desta sexta (4).
Média: 1.3 (3 votos)

Vox Populi: Lula continua crescendo mesmo condenado por Moro

Foto: Agência PT
 
 
Jornal GGN - Estudo Vox Populi divulgado nesta sexta (4) pela Rede Brasil Atual mostra que o ex-presidente Lula continua liderando pesquisas de opinião sobre a eleição de 2018 mesmo após ter sido condenado por Sergio Moro a 9 anos e meio de prisão no caso triplex.
 
Na pesquisa espontânea, Lula era citado como favorito por 40% dos entrevistados em junho, antes da sentença ser proferida pelo juiz de Curitiba. Um mês depois, o percentual aumentou para 42%. 
 
Para o diretor do Vox Populi, Marcos Coimbra, alguns fatores explicam o crescimento de Lula apesar da tentativa da Lava Jato de inviabilizá-lo na disputa pelo Palácio do Planalto. Entre eles, o fato de que a maioria dos entrevistados simplesmente não acredita que a condenação imposto por Moro foi justa e com base em provas reais.
Média: 3.7 (15 votos)

"Não vá o sapateiro além do sapato": o retrato dos ataques de Gilmar à Lava Jato

Foto: Lula Marques
 
 
Jornal GGN - Para defender alvos como Aécio Neves e Michel Temer dos "abusos" da Lava Jato, o Gilmar Mendes de hoje não fica nem corado ao contradizer o Gilmar Mendes do governo Dilma Rousseff.
 
Quando a tempestade perfeita para o impeachment estava em formação, Gilmar batia palmas para esses que agora chama de loucos e clamava por mais respostas duras aos corruptos ligados ao PT. Agora, o ministro da Suprema Corte não só critica como convoca os pares à imposição de limites ao Ministério Público de Rodrigo Janot.  
 
Durante uma das sessões no Supremo Tribunal Federal dessa semana, Gilmar incitou a Corte a fazer um mea culpa em relação à Lava Jato. "Nós somos os responsáveis. Se esses abusos são perpetrados, foi porque nós deixamos que isso ocorresse. É de nossa alta responsabilidade dizer 'chega, basta'. Não vá o sapateiro além do sapato", disse, defendendo a odediência às leis.
Média: 5 (9 votos)

Temer mostrou que é profissional em "administrar a cizânia", por Maria Cristina Fernandes

Foto: Lula Marques
 
 
Jornal GGN - Michel Temer soube como tirar proveito da divisão das instituições e da classe política para enterrar a denúncia por corrupção passiva, feita a reboque da delação da JBS. Em artigo no Valor, nesta quinta (3), day after da votação, Maria Cristina Fernandes mostra que Temer administrou a discórdia em vários campos e, onde havia divisão que não interessava ao governo, tratou de criar uma aparente unidade. É o caso dos órgãos de transparência que podiam aumentar o combustível da Lava Jato cobrando um recall de várias empreiteiras. Nada disso saiu do papel.
 
Enquanto isso, Temer ajudou a implodir a Lava Jato aos poucos reforçando as desavenças entre o Ministério Público e a Polícia Federal. Também contou com as divisões internas no PT e PSDB para ver a denúncia enterrada na Câmara.
 
"É essa capacidade do presidente da República de administrar a cizânia das instituições de controle em seu benefício e de seus aliados que atrai parlamentares alvejados como Aécio Neves", pontuou Fernandes. "(...) todos permanecem abrigados à sombra do Planalto enquanto autoridades econômicas, sob o aplauso dos camarotes e a inércia da arquibancada, fingirem desconhecer o cofre arrombado. Temer sobrevive como o presidente que pairou sobre as cizânias e inscreveu as pedaladas fiscais na história como um crime de amadores."
Leia mais »
Média: 3.7 (7 votos)

Maia "saiu maior" da votação e mira 2018, ameaçando domínios do PSDB

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - A vitória de Michel Temer acabou forjando mais um adversário virtual para o PMDB e demais partidos em 2018: Rodrigo Maia. Segundo informações da Folha desta quinta (3), a avaliação em Brasília é que o atual presidente da Câmara "saiu maior" da crise política centrada em Temer e deve disputar a eleição do próximo ano, de olho no eleitorado de centro-direita, principalmente o do PSDB.
 
Os planos de Maia, nesse sentido, passam pela "refundação" do DEM. Para isso, deputados do PSB estão sendo atraídos para entrar na legenda que deverá também mudar de nome. Talvez para MUDE - Movimento de Unidade Democrática.
Média: 2.6 (5 votos)

Com ajuda de Aécio, reforma política deve ser aprovada após salvação de Temer

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - Depois de enfrentar um ocaso em função da delação da JBS, Aécio Neves "voltou a articular com desenvoltura nas reuniões de articulação" do governo Temer e tem dedos na aprovação da reforma política imediatamente após a denúncia contra o presidente ser votada, nesta quarta (2).
 
A PEC que passa agora pela Câmara prevê cláusula de barreira e fim das coligações proporcionais, mas neste último caso, só a partir de 2020. A cláusula de barreira, por sua vez, impõe uma taxa de desempenho de 1,5% dos votos válidos já para 2018. Ou seja, a legenda que não atingir essa meta, perderá dinheiro do fundo partidário, tempo de TV e outros direitos.
Média: 1 (5 votos)

Ambos delatados, Temer se encontra com Aécio para reaproximação


Foto: Reprodução
 
Jornal GGN - A três dias para a votação da Câmara dos Deputados sobre autorizar a denúncia contra Michel Temer no Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente reuniu-se com o senador também alvo da Operação Lava Jato, Aécio Neves (PSDB-MG). Temer o convidou para um jantar no Palácio do Jaburu, neste sábado (29).
 
De acordo com reportagem da Folha de S. Paulo, o convite de Temer a Aécio foi um gesto de "manter o PSDB como aliado". Entretanto, se a tentativa é se reaproximar do partido, o mandatário peemedebista, por outro lado, não adota cautelas em associar seu nome a de outro alvo das acusações do grupo J&F. Temer e Aécio foram delatados por Joesley Batista, dono da JBS, que integra o grupo.
Média: 1.8 (4 votos)

Delatado pela JBS, Aécio vê votos de mineiros evaporar, aponta pesquisa

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - Pesquisa feita em Belo Horizonte mostra que o apoio a Aécio Neves (PSDB) despencou desde a delação da JBS, na qual o senador mineiro aparece solicitando R$ 2 milhões da empresa de Joesley Batista, que decidiu pagar o valor em 4 malas de R$ 500 mil. A Polícia Federal suspeita que empresa de Zezé Perrella foi usada para lavar os recursos.
 
Segundo levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas, Aécio não conseguiria se eleger presidente da República e tampouco governador de Minas Gerais. 
Média: 4.8 (5 votos)

Aécio recebia 2% de propina em esquema no Banco do Brasil desde FHC, diz delator

Foto: George Gianni/PSDB
 
 
Jornal GGN - Condenado no Mensalão, Marcos Valério fez um acordo de delação com a Polícia Federal que expõe, mais uma vez, a seletividade e partidarismo da Lava Jato. Isso porque, segundo O Globo desta quinta (20), Valério entregou material que pode render investigações sobre corrupção no governo FHC, envolvendo contratos do Banco do Brasil, Fundacentro e Eletrobras. Além disso, desnudou os esquemas que financiaram ilegalmente a carreira política de Aécio Neves (PSDB).
Média: 5 (9 votos)

O mercado abandonou Temer, por Elio Gaspari

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - Em artigo na Folha, Elio Gaspari diz que a elite brasileira que forma o chamado "mercado" deveria fazer "política na vitrine" e tentar emplacar um candidato a presidente em 2018. Em vez disso, aponta Gaspari, deu o golpe em Dilma Rousseff e, agora, sonha em fazer o mesmo com Temer. Com exceção dos grupos que defenderam Marina Silva e Aécio Neves em 2014, cujas pretensões estão claras desde a última disputa, diz.
Média: 3.3 (7 votos)