Eurodeputado é taxativo: “Ninguém acredita em Bolsonaro”

Em entrevista, Miguel Urbán Crespo afirma que presidente brasileiro seria “problema para o mundo” e credibilidade só seria retomada “quando Bolsonaro sair”

Miguel Urbán Crespo. Foto: Reprodução

Jornal GGN – O eurodeputado Miguel Urbán Crespo voltou a afirmar que o presidente brasileiro Jair Bolsonaro não tem qualquer credibilidade entre os líderes políticos da Europa.

“Ninguém acredita em Bolsonaro”, disse em entrevista ao jornalista Jamil Chade, no portal UOL, ressaltando que isso também é visto entre aqueles que mantêm relações com o Brasil.

“A imagem é de um país que é o epicentro da pandemia na América Latina. A região é o epicentro de mortes e muita da culpa tem o Brasil. Tudo isso está vinculado às declarações do governo e do presidente Jair Bolsonaro. A imagem de um europeu médio é de hospitais saturados, milhares de mortes”, diz Crespo.

“Todos enfrentamos uma pandemia que ninguém esperava e é normal que tenhamos cometido erros. Na política, cometem-se erros. Mas precisamos diferenciar erros e crimes. Quando se toma decisões conscientes, sabendo de suas consequências, não são erros. E essa é a diferença de Bolsonaro e de outros líderes”, ressalta o eurodeputado, afirmando que o Brasil só vai resgatar uma imagem de credibilidade “quando Bolsonaro sair”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora