Home Editoria Economia Nove Bancos Centrais farão ação conjunta no mercado

Nove Bancos Centrais farão ação conjunta no mercado

Nove Bancos Centrais farão ação conjunta no mercado
Foto: Reprodução

Jornal GGN – O Federal Reserve (o Banco Central dos Estados Unidos) e as autoridades monetárias de outros nove países, incluindo o Brasil, anunciaram um acordo para a troca de reservas em dólar de até US$ 450 bilhões.

De acordo com informações do jornal O Globo, o acordo prevê a troca de operações de swap entre os bancos centrais – por exemplo: o Banco Central do Brasil faz uma compra de dólares com compromisso de vendê-los posteriormente para o Federal Reserve, com o pagamento de juros.

Caso exista um momento de escassez de dólar, os bancos centrais poderiam usar tais recursos como forma de equilibrar a oferta e a demanda em seus mercados.

No caso brasileiro, a parceria pode resultar na injeção de até US$ 60 bilhões, valor que pode ser recebido pelos BCs da Austrália, Coreia do Sul, México, Cingapura e Suécia, enquanto Noruega, Dinamarca e Nova Zelândia terão acesso a US$ 30 bilhões.

Todos esses países receberam linhas de swap na crise global entre 2007 e 2009. As linhas de swap tiveram início em 2007, quando a crise de crédito teve início a partir dos principais bancos centrais dos países desenvolvidos. Conforme as pressões sobre o sistema global se intensificaram, o Fed expandiu a oferta para economias menores e avançadas e para mercados emergentes, como Coreia do Sul e Brasil.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 COMMENTS

  1. Não entendo nada de economia e essa ideia pode ser boa, mas 450 bilhões de dólares me parece muito pouco dinheiro em função da atual crise.

  2. Essa medida só ajuda a quem está investido em Real, quer sair correndo do Brasil e comprar os títulos do tesouro americano que são vendidos em dólar. Para sair do Brasil levando dólares o único guichê disponível é o do Banco Central, que infelizmente não possui impressora de dólares, só de reais. Por isso o BC precisa pegar dólar emprestado do FED e pagar juros. Uma perguntinha básica: Por que o Brasil precisa facilitar a vida do especulador estrangeiro que comprou posições no Brasil, ganhou muito dinheiro arbitrando juros e agora quer ir embora?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Sair da versão mobile