Rogério Marinho perto de licitar obra em reduto eleitoral

De olho no governo do Rio Grande do Norte, ministro do Desenvolvimento Regional pretende levar obra do trecho final da transposição do São Francisco; custo chega a R$ 1 bilhão

Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional. Foto: Reprodução

Jornal GGN – O ministro Rogério Marinho, que comanda a pasta do Desenvolvimento Regional (MDR), está próximo de levar uma obra no valor de R$ 1 bilhão para o seu reduto eleitoral, o Rio Grande do Norte.

A obra será executada no Ramal do Apodi, o trecho final do Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco, que corta o sertão da Paraíba e o Rio Grande do Norte, e deve se estender por 2022, ano eleitoral – e Rogério Marinho é um dos nomes cotados para disputar a eleição para governador do Rio Grande do Norte.

Segundo a jornalista Bela Megale, do jornal O Globo, a pasta chegou a descartar duas empresas que apresentaram propostas mais baratas durante o processo de licitação, e está perto de fechar contrato com a Construtora Ferreira Guedes, que apresentou uma proposta que ultrapassa a cifra de R$ 1 bilhão.

Contudo, a construtora em questão tem em seus quadros um condenado a quatro anos de prisão por participar de fraudes em dez processos de licitação, e tal informação não foi levada em conta durante o processo de escolha.

No caso das outras duas concorrentes, a Queiroz Galvão e a Marquise, elas foram desclassificadas uma vez que, na visão da comissão responsável, não puderam comprovar que integrantes das equipes técnicas possuem o tempo mínimo de experiência profissional exigido pela pasta.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora