newsletter

Assinar

A falta de sustentação no decreto de prisão de João Santana, por Janio de Freitas

Jornal GGN - Em sua coluna na Folha de S. Paulo, o jornalista Janio de Freitas questiona a 23a fase da Operação Lava Jato e as acusações de que o marqueteiro João Santana recebeu propinas da Odebrecht, já que ele não teria relação com a intermediação de contratos da Petrobras. Janio também afirma que o juiz Sergio Moro e os procuradores da força tarefa não levantaram indícios de que o dinheiro da construtora no exterior teria sido proveniente da Petrobras. "A falta até de mínima sustentação das exposições de Sergio Moro, no próprio decreto de prisão de Santana e Mônica, como nas falas dos procuradores e policiais é nada menos do que escandalosa", diz o colunista. Leia mais abaixo:

Da Folha

 
Janio de Freitas

Um mistério, mas nem tanto. O juiz Sergio Moro expôs por escrito, os procuradores falaram à vontade, representantes da Polícia Federal falaram também, mas ninguém disse o essencial para dar sentido a essa operação 23 da Lava Jato: por que, afinal de contas, o marqueteiro João Santana "recebeu propina" US$ 3 milhões da Odebrecht, se nada tem a ver com intermediação de contratos da Petrobras, nem se sabe de outras atividades suas que expliquem comissões da empreiteira?

Também não há, nas tantas palavras daquelas vozes da Lava Jato, nenhum indício, consistente ou não, de que o dinheiro da Odebrecht no exterior seja proveniente da Petrobras, como "desconfiam". Nem que tenha qualquer relação com campanha no Brasil.

A falta até de mínima sustentação das exposições de Sergio Moro, no próprio decreto de prisão de Santana e Mônica, como nas falas dos procuradores e policiais é nada menos do que escandalosa. Ou deveria sê-lo.

O jornalista Fernando Molica levantou, para sua coluna no carioca "O Dia", o uso de determinadas palavras no decreto de prisão do casal. Sergio Moro diz ser algo "possível" 19 vezes. "Já 'possivelmente' foi escrita em 3 ocasiões, 'provável' em 5. Moro utilizou alguns verbos no futuro do pretérito: 'seria' aparece 14 vezes; 'tentar/tentariam' merecem 16 aparições".

Ou seja, o piso do decreto de Moro é o texto das vaguidões, das inexistências e dos pretendidos ilusionismos.

Anterior por poucos dias, o outro caso gritante na última semana fez Hélio Schwartsman considerar cabível a hipótese de que, suscitada em momento de ataque mais agudo a Lula, a história de Fernando Henrique com Mirian Dutraemergisse como um chamariz das atenções. Em tal limite, e sem ameaçar suas veracidades, a hipótese é admissível. E, por força, desdobra-se em outra.

Ainda que Sergio Moro, os procuradores e a PF dispusessem de elementos convincentes para a prisão de Santana e Mônica, seria preciso fazê-la com a urgência aplicada? Nenhum fato a justificou. O risco de fuga era zero, já estando ambos no exterior. Mas o problemático assunto das remessas e contas externas de Fernando Henrique foi sufocado com mais facilidade. Não que se pudesse esperar um tal assunto levado a sério: a Procuradoria Geral da República, os procuradores e a Polícia Federal não foram capazes de emitir, dirigida à população como devido, sequer uma palavra a respeito. Mas sempre poderia ocorrer algum desdobramento a exigir mais para sufocá-lo.

Além disso, a oportunidade foi perfeita para o fato consumado de ampliar o alcance de Sergio Moro e da Lava Jato, apesar da duvidosa legalidade do novo alcance. O âmbito legal das ações de Moro e da Lava Jato não inclui eleição, campanhas, Santana, e atividades das empreiteiras fora do sistema Petrobras. Extendê-lo já foi tentado, mas o Supremo Tribunal Federal barrou-o. Mas é por aqui que se pode entender o serviço prestado por tanto "possível" e "possivelmente" e "seria": misturam o marqueteiro com dinheiro da Petrobras. E com as campanhas de Lula e de Dilma, que assim são postas na jurisdição das ações da Lava Jato e de seu poderoso juiz.

Sergio Moro, os procuradores e policiais federais falaram muito sem dizer o essencial. Mas já se entende parte dele.

FANTASMAS

Não tenho apreço por João Santana. Sua demissão da campanha eleitoral na República Dominicana me parece positiva para os dominicanos. Com isso, porém, a funcionária fantasma de José Serra pode voltar, também, a Brasília. Para ganhar outra vez, que tristeza, só como fantasma do Senado. Um efeito secundário da ação de Sergio Moro. 

 

Média: 4.9 (29 votos)

Recomendamos para você

38 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Antonia Cruz
Antonia Cruz

O maior problema ainda foi e

O maior problema ainda foi e é a imprensa que deu visão ao Moro & Cia da Lava Jato, tivesse a imprensa sido imparcial e investigativa como teria de ser, estes descalabro do Moro não estaria acontecendo.

O cidadão que hoje aplaude o Moro & Cia, certamente lamentará muito num futuro próximo, quando este "justiceiro" se esvair e deixar de ser interessante pra imprensa, será atirado aos porcos e esta mesma imprensa será o seu carrasco. Moro irá entrar em choque de identidade e passará a perseguir os que um dia lhe apoiaram.

Quero que toda corrupção seja apurada e os culpados presos, seja quem for. Mas, não posso concordar com o método Moronazista de agir, de perseguir, de sua seletividade; porque nada justifica a frase dita pelo procurador Deltan Dallagnol “investigar só quem é do governo”, ou seja, só o PT.

Quem tem esta concepção de moralidade e de justiça, não tem condições de exercer o cargo que ocupa.

 

Seu voto: Nenhum
imagem de era republicana
era republicana

a chamada do g1 de hoje,

a chamada do g1 de hoje, 25-02, corrobora e comprova o que janio fala....

escrachadamente, como se fosse uma confissão....

"moro pede que  mpf de manifeste sobre  prisão de santana"

 

Seu voto: Nenhum

Moro deixou seus ...

Moro deixou  seus puxa- sacos  aparecerem na TV porque era tudo que  eles queriam.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Abelardo de Oliveira Júnior
Abelardo de Oliveira Júnior

Moro e PF cometem êrros por açodamentos

 

 

A PF federal prende advogado trabalhista de São Paulo, na operação zelotes, quando o advogado seria outro com um nome parecido mas muito menos curto, e tributarista. Veja coluna de hoje do Blog do Moreno ou o site CONJUR, Notícias, FALTOU PESQUISA. ADVOGADO É LEVADO POR ENGANO A PRESTAR DEPOIMENTO NA ZELOTES

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Inacreditável a Fábrica Jurídica de Fatos Políticos de Curitiba

Que perdoe Janio, mas por maior que seja o absurdo, o campeão absoluto nessa "arapuca jurídica" armada, não está em determinada operação ou ação do juiz que faz a diferença global, mas sim no fato que se permita, sem protestos e um basta, que em plena democracia, setores de instituições republicanas, com interesses específicos e seletivos, possam montar e manter em funcionamento, em Curitiba, há mais de dois anos, uma fábrica de informação, criação de fatos e atuação política criteriosamente definida e executada, utilizando o judiciário.

Fábrica essa que tem em estoque, presos fontes, presos símbolos, presos personagens para atender o roteiro, denúncias, delações premiadas que vem ou não ao caso, aparências, suposições e ilações, fantasias, lista e agenda de investigações para manter-se a trama e a audiência no ar, instrumentos cenográficos, gravações, documentos e uma troupe de atores da justiça, do MP e da PF, devidamente incensados pela mídia para manter o IBOPE em alta, para que, ao sabor dos acontecimentos políticos e de acordo com os interesses dos patrocinadores, seja dada sequência aos andamentos jurídicos políticos, conforme conveniência e momento adequado, através do lançamento de novo capítulo, adrede preparado e pertinente, para manter o governo e seus apoiadores sobre pressão e na defensiva, em determinado momento.

E o país como fica? 

Segue refém desse BBLJ (Big Brother Lava Jato), paralisado e com a economia estrangulada, em plena crise mundial, produzindo desemprego, desesperança e, junto, o cenário favorável a perfeita assimilação dessa novela, adaptada na fábrica jurídica de fatos políticos de Curitiba, por parte do distinto público, através da divulgação em todos os órgãos do monopólio da mídia, com destaque à exibição diária, de 20 a 30 minutos, no Jornal Nacional, das Organizações Globo, que decide quem faz a diferença e quem pode e não pode, ter e oculto, um Triplex ilegal relacionado a Mossack Fonseca, sem que se de um pio, nesse país.

Que a operação Acarajé é uma tábua de pirulito, dada a quantidade de furos por ter sido colocada às pressas no ar, para abafar o incêndio de FHC/Brasif/ Globo e Triplex Marinho / Morossack Fonseca, em Parati, não precisa ser Janio, bastam olhos de ver para constatar, já os distintos comportamentos de Dilma e do PT, não bastam olhos de ver, necessários também os de acreditar, sem saber por que, e Janio para desvendar.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de José CB
José CB

Folow the money

Obviamente o autor não leu a decisão judicial nem o pedido de prisão da PF.

Aliás, a PF pediu a Prisão Provisória, tamanha a robustez das provas anexadas, mas o Juiz concedeu apenas a Temporária.

Simplesmente as mesmas contas bancárias e empresas off-shore controladas e usadas pela Odebrecht para pagar diretores da Petrobras foram usadas para pagar o João Santana.

A velha regra, siga o dinheiro e chegará ao criminosos.

Porque o casal recebeu dinheiro dessas contas e dessas empresas se não tem contratos nem com a Odebrecht  e nem com a Petrobras ? Mas é justamente isso que se quer saber.

Se alguém está sugerindo que a PF partiu de João Santana para chegar a provas já encontradas na Lavajato, está enganado, as provas da lavajato é que levaram até João Santana.

E para saber quem pode e porque pode ser preso temporariamente, não se pode comentar sem conhecer a lei 7960/89.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Roberto Amaral
Roberto Amaral

Perfeito!

Agora, por favor, explique porque as provas da Lava Jato que levam a Furnas não levam a lugar nenhum.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Luciano GM
Luciano GM

Acarajé servido no ponto.

O timing do Acarajé foi perfeito. Não poderia ser adiado, segundo a PF. O João Santana fora do país. Mas ele e a mulher voltaram e se entregram.

Esquisito mesmo é saber que estamos num momento de perseguição e o camarada dá brecha. E ainda vazaram que ele estava sendo investigado. Isso foi mais que um favor. E era um cara visado pela turma do PSDB por ser o artífice das campanhas do PT à Presidência por três eleições.

Omitiu ser sócio de empresas no exterior à Receita Federal. Só fez a retificação no fim do ano passado, e mesmo assim omitiu a conta investrigada. Simplimente dá um mole sem tamanho, e ainda recebe de "lobista" dedurado e alvo de busca e preensão na Lava Jato em período eleitoral.

Então agora a mulhewr do Santana diz que recebeu do "lobista" por acerto em eleições em Angola. Pode até ser verdade. Mas pra turma da Lava Jato e pro Ministro Gilmar, jamais será. Santa inocência. 

E enquanto isso, a Petrobras deixa de ter a obrigação e passa a ter a preferência pra explorar o Pré-Sal, votado em regime de urgência urgentíssima no Senado. Precisa desenhar. Uma oportunidade como essa, Renan e Serra não iriam perder. 

No fim, ter o direito de preferênica é menos mal que não ter sequer a preferência. E nessa preferências a Petrobras poderá colocar a necessidade de se fazer parcerias com vistas a completar as refinarias do Rio de janeiro e Pernambuco.

Dilma negociou ouvindo a direção da Petrobras. Não houve entrega de Pré-Sal, ainda. Dependerá da Petrobrás. Pois, afinal, quem descobriu o Pré-Sal foi a Petrobras.

Lava Jato, em síntese, tem como resultado final esse, a entrega de patrimônio público - a jazoda de petróleo descoberto pela Petrobrás - como resultado do combate à corrupção.

 

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de era republicana
era republicana

o condicional do moro vale

o condicional do moro vale como imperativo.

categórico....

indsicuível.

como os nazistas queriam, por mil anos, como disse um procurador......

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Rosinaldo Ribeiro
Rosinaldo Ribeiro

Sem sintonia...

O Problmea é que mesmo a mídia que se diz independente não focam nestas denúncias, não dão ênfase. Fala-se hoje e amanhã já está presa com novos fatos inventados por Moro e Cia. Ou seja, também entram na do Moro e na da mídia sensacionalista. Ninguém mais falou de FHC e os recursos espúrios à sua Amante, muito menos de Serra com sua fantasminha e seu projeto de vender a Petrobras. Portanto, a própria mídia livre se deixa levar pelas tentativas orquestradas do Golpe que já foi financiada pela globo em 64 e agora além de financiar tem usado todas as ferramentas colocando efetivamente a mão na massa com Moro, PF, MP, Cardozo e CIA... Tem que focar nestes temas: FHC e Serra até que se tenha um resultado que se espera, ou seja, investigação concreta e limpa dos fatos.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de H66
H66

A escandalosa falta de sustentação

Porque o título desta matéria não é "A ESCANDALOSA FALTA DE SUSTENTAÇÃO NO DECRETO DE PRISÃO"?

O GGN pegou algo do pig.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Moro faz...

O Moro faz o que quer, porque uns deixam, outros não tem força para impedir, e ele sabe que pode! Me faz lembrar o "fi-lo porque qui-lo", o "ando de jatinho porque posso". Afinal arrogância tem que ser merecida e ele faz por onde...

Infelizmente esse é retrato de poder do Brasil atual...

 

Seu voto: Nenhum (8 votos)

"[...]Devia era, logo de manhã, passar um sonho pelo rosto. É isso que impede o tempo e atrasa a ruga.[...]" - Mia Couto

imagem de Jesuis
Jesuis

Não levo mais a sério os

Não levo mais a sério os comentários do Janio.

O mais engraçado é que ele se autoproclama defensor da democracia, e agora, quer ser o defensor do João Santana e sua mulher.

Ora, se o João Santana e sua esposa achassem que a prisão temporária é errada, então porque seus advogados não interpuseram um habeas corpus? Por que voltaram imediatamente ao Brasil?

Eles aceitaram passivamente a prisão.

Aliás, a mulher do João Santana já confessou que esses pagamentos eram caixa dois de campanhas eleitorais no estrangeiro colocando o Grupo Oderbrecht em saia justa no estrangeiro uma vez nesses paises haverão pessoas a se perguntar o que uma empreiteira multinacional está fazendo ao pagar campanhas eleitorais de países estrangeiros.

Mas agora respondendo uma indagação de um comentarista que se pergunta qual o crime Santana cometeu já que ele não é agente público e não pode então receber propina, deve-se esclarecer que a propina originada na petrobrás foi usada para se pagar o trabalho de João Santana. Então basta descobrir o que o João Santana fez, para se descobrir de quem é essa propina.

A Monica diz que foram os candidatos de Angola, Venezuela e Panamá. A Lava-Jato acha que foi da campanha no Brasil e se for a beneficiária da propina foi a Dilma.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Bobo
Bobo

Esse é um ótimo caso para se

Esse é um ótimo caso para se ver e separar quem são os jornalistas e quem são carniceiros.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Jesuis
Jesuis

O Janio reclama de frase e

O Janio reclama de frase e palavras no condicional, mas na justiça é assim.

Tem uma piada jurídica em que um homem liga desesperado pro advogado de madrugada, muito afobado querendo contratar esse advogado para o defender. 

-Mas defender? Do que? O que foi que você fez?

-Doutor, estamos fazendo um contrato oral. Posso considerá-lo meu advogado agora, Doutor. Por favor.

-Está bem, está bem. Pode me considerar seu advogado. Agora fale de uma vez.

-É que eu matei a minha mulher e.....

-Pare aí. retrucou o advogado interrompendo a frase.

-DIZEM QUE VOCÊ ASSASSINOU A SUA ESPOSA. Agora continue e descreva o que você teria feito essa noite.....

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Ale M.
Ale M.

O problema é tratar a Lava

O problema é tratar a Lava Jato como um fenômeno político.

Não é político. Obviamente não é jurídico. Seria criminoso?

O que sobra de Brasil depois da Lava Jato? Quem se beneficia com ela?

Acabar com a corrupção? A Lava Jato vai levar a corrupção ao seu Estado da Arte. Nunca se roubara tanto qto no pós Lava Jato.

Mas "estaremos" felizes.

A ignorância é uma dádiva.

Seu voto: Nenhum (13 votos)

Teoria da conspiração

Depois dizem que toda essa palhaçada é mania de perseguição de petista. É com pesar que lamento que a justiça (assim, com inicial minúscula) quando é feita pela metade merece levar esse nome de injustiça.

Parabéns, golpistas com ares de republicanos. A sua persistência é invejável.

Seu voto: Nenhum (10 votos)

"O jornal de ontem mentiu. O de hoje está mentindo. O de amanhã não será mais verossímil."

A insustentaval Lava Jato

A bem da verdade - e todos sabem disso na Republica - a Lava Jato é hoje insustentavel constitucionalmente. A operação ja acabou, mas seu intento não é passar o Brasil a limpo. E ai que fica bem nitido o papel de Sérgio Moro e de quem esta por tras dele. Quando não ha mais nada para escandalizar, eles tiram uma carta do baralho e fazem grande apelo midiatico. Quem são os editores que trabalham em parceria com a força-terefa da Lava Jato? Eh essa parceria que tem feito sobreviver a Lava Jato. O resto vai ser historia sobre "os anos de caça ao petismo" nos manuais de redação e de Direito.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Rodrigo S
Rodrigo S

Como o João Santana recebeu

Como o João Santana recebeu propina, se ele não é agente público? Como, se ele não tem influência alguma sobre qualquer estatal, ou órgão da administração direta? São risíveis, ou melhor, assustadores os arqumentos utilizados pelo magistrado. Trata-se de fato de prisão política, uma forma indireta de se meter em assuntos que não são da sua alçada.

Mas para o Merval, não. Onterm, segundo ele, a "casa caiu" para o governo Dilma, por que o outro operador preso vai, certamente, fazer delação premiada, que, é um grande "negócio" para os dedo-duros.

Aparentemente, a Dilma escutou o comentário do Merval na hora do almoço. E acreditou.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Carlos Alberto Freitas Lima
Carlos Alberto Freitas Lima

DE DITADURA EM DITADURA, O POVO FICA COM A DITA DURA.

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Jossimar
Jossimar

Somente as forças armadas, se

Somente as forças armadas, se crermos que são nacionalistas. porque até o pré-sal estes canalhas estão ajudando a roubar do brasil na nossa cara.

Nosso futuro(do povo brasileiro) é na merda. Nós merecemos.

O deles,é no céu, enquanto o povo continuar mansamente a se matar de trabalhar para pagar os seus salários absurdos.

Ou seja, o povo sustenta quem o explora.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Jossimar
Jossimar

Pobre Jânio. Você acha mesmo

Pobre Jânio. Você acha mesmo que o Moro se importa com provas, nexo, consistência.

Vejam o voto que ele escreveu para a incompetente Rosa Weber, aquele da literatura me permite. Na lietratura você cria a prova que quiser. Tipo; afirmar que doações de campanha de caixa 1 são propinas. Afirmar que o sitio e o triplex são do Lula embora os documentos digam o contrário. è assim que se constói um golpe.

Como 85% dos brasileiros são analfabetos funcionais, segundo pesquisa recentemente divulgada, fica muito fácil tangir a boiada.

Sua funçã9 do Moro)o é meramente fabricar factóides e constranger os petistas, amigos de petistas com prisões esptaculosas, e tenho certeza, os próximos serão os eleitores do PT. a aacusação: votar no PT.

Estamos sofrendo um golpe de estado perpetrado pelo judicipário em todas as suas instâncias. Não é possível que isto ainda não tenha sido percebido.

Há uma perseguição vil ao PT e aos petstas. Veja que há na lava jato o tetradelatado Aécio e nem o Moro nem o Já Not fizeram ou farão qualquer coisa para constrangê-lo. Aliás, a única coisa que o Já Not faz e proteger os Cunhas.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

SINCERAMENTE...

Não espero mais nada do Moro a não ser isto, vai ser assim até 2018 isto se o Lula não estiver preso e a Dilma afastada da Presidencia, sinceramente já estou até as beiras com tudo isso, o Brasil parado por conta de uma tentativa de golpe a todo preço, empresas quebrando, desempregos, certas noticias me fazem por muitas vezes chorar..... 

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de jorge paula
jorge paula

Brilhante!

Com a maestria que lhe é peculiar o Janio tirou a mascara do Moro!

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Marco Vitis
Marco Vitis

Fascistas no Paraná, Omissos em Brasília

Ao retirar a máscara, todos podem ver com clareza o perfil de um elemento com valores fascistas usando o Judiciário para seu golpe político.

Ministros do Supremo: onde os senhores estão escondidos ?

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Maria Quinet
Maria Quinet

Atrás das cortinas da globo,

Atrás das cortinas da globo, veja...

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de CarlosEd
CarlosEd

Mas quem deu a dica não foi o

Mas quem deu a dica não foi o Pedro Barusco, que era um dos coordenadores do esquema da Petrobras?

Seu voto: Nenhum (2 votos)

O "grilo falante" da FSP foi muito direto nesse texto...

Será que Otavinho está precisando comprar um seguro em caso de falha do golpinho globesco?

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Mas quem é que disse que

Mas quem é que disse que alguém do judiciário está preocupado com sustenção jurídica neste país?

Há tempos,muito antes de qualquer palhaçada destas,até da AP 470,que em minhas participações aqui neste blog tenho dito: O único poder da república que não recebe um voto sequer,que não é fiscalizado por ninguém de fora da corporação,que não tem ameaça de perder o emprego ou prazo para vencimento do mandato é o judiciário.

Assim,não surpreende este posicionamento. Surpreende nós,a sociedade civil,não termos discutido estas questões anteriormente e estarmos,hoje,reféns de meia dúzia de aloprados justiceiros.

É preciso acabar com isso imediatamente. O poder dado a justiça desequilibra a harmonia entre os poderes e faz nosso país incluir-se em um regime que nada se assemelha a uma democracia.

Vivemos uma democracia onde o voto não tem voz.

Isto tem nome: DITADURA!

Seu voto: Nenhum (4 votos)

O Juiz Moro, já está naquela fase, Joaquim Barbosa da vida

De tanto se julgar util para o golpe o Juiz Moro está atrapalhando o proprio golpe,a prisão do Almirante Othon que o diga.

O indispensável Moro está  se sentindo  indesejável, aí a criatura  se desespera , já não faz coisa com coisa, já não diz coisa com coisa.

 

 

Seu voto: Nenhum (11 votos)

   Para uma injustiça durar basta apenas que os bons fiquem calados

DESATINARAM !

O Moro e a Dilma estão desatinados, como diria o Chico. Chegou 4a.feira, bandeiras,  se desmanchando .  E eles ainda estão sambando.

A Dilma sambou ontem, para mim, durante a votação no senado. E o Moro acredita piamente que este é o país do carnaval

"Carnaval, desengano.Deixei a dor em casa me esperando...."

E o Realejo, tb do Chico:

Estou vendendo um voto no PT, quem vai querer, quem vai querer ?  Ele já vendeu tanta ternura, vendeu SONHOS a varejo,  ninguem mais quer, hoje em dia, acreditar no PT ?

E o Paulinho da Viola : Desilusão, desilusão, danço eu, dança vc, na noite da solidão....

Só os poetas, salvam.

"Quem dera que sintas, as dores de amores que louco senti. Quem dera, não negues, não mintas, eu vi! Será de Gonçalves dias?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

lenita

imagem de D_P
D_P

Não creio. Tudo indica que

Não creio.

Tudo indica que Moro é profissinal, é o JB 2.0. Aquele era um fanfarrão, brigava com todo mundo.

Moro se aliou ás pessoas certas nos momentos certos.

Fora que ele tem 10x mais competencia técnica que JB. Ele é um GM mais discreto e talvez até mais eficiente.

Ele deveria ter sido abatido há muito tempo, lá no começo.

Agora, talvez seja tarde demais.

 

 

 

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Também penso assim.

O JB fez a cagada e logo pediu a aposentadoria.

Esta investigação poderia ter sido um divisor de águas para o país mas está servindo para piorar o sistema judiciário brasileiro.

E o juizinho ainda corre sério risco de transformar a investigação numa fonte de processo por perdas e danos contra a união.

 

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Ainda Tem Dúvida?

"Corre o sério risco"? 

Ainda tem dúvida que a médio prazo teremos uma enxurrada de ações por perdas e danos contra a União, enquanto o juiz de primeira instância dos casos, estará protegido e anônimo, fora dos holofotes e de possíveis penalidades pelos prejuízos causados, por exercício não recomendável da profissão, curtindo seus direitos por esse exercício, beirando o cento dos mil reais, pagos por essa mesma União, a qual levará a imenso prejuizo?    

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Infelizmente não, cara Ana. O

Infelizmente não, cara Ana. O que vemos é um país refém da dupla Moro/pig. É inacreditável, mas o fato é que o juíz provinciano atualmente pode tudo. É como disse o Damous, a sua opinião virou prova.

Todo corrupção do país é da alçada da lava a jato na juriscidição de Curitiba, se o todo-poderoso achar que é. E fica assim. Jânio e os blogueiros ficam falando paras as paredes.

Minha opinião é que o Moro vai tentar forçar uma delação premiada. O santana delatar o Lula e/ou a Dilma. O Duda Mendonça confessou e envolveu o PT. Quase derrubou o governo. Não derrubou, mas ele acabou se livrando de ser preso.

Tudo o que o Moro tem feito é reproduzir o mensalão. só que agora quer fazer o que a direita, através do Joaquim Barbosa não conseguiu. Ferrar o Lula, derrubar o governo petista e abrir caminho para o Psdb voltar fácil para o poder 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Juliano Santos

imagem de jasantos
jasantos

Sempre Jânio

Jânio de Freitas, como sempre, escreve o que certos "comentaristas e "jornalistas" se recusam a ver.

Ainda bem que temos Janio !!!

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Severino Januário
Severino Januário

Não são mais necessárias à

Não são mais necessárias à Lava Jato quaisquer sustentações nem obediências a normas. A opinião pública está dominada e ela pode agir de modo arbitrário abertamente. Nada ou ninguém ousará ficar em sua frente.

Seu voto: Nenhum (10 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.