newsletter

Assinar

A Globo usa ONG suspeita para denegrir a Petrobras, por J. Carlos de Assis

Aliança pelo Brasil

A Globo usa ONG suspeita para denegrir a Petrobrás

por J. Carlos de Assis

Que os pretensiosos fiscais da corrupção no mundo, a Transparência Internacional, emitam juízos de valor sobre a Petrobras, não deve admirar a ninguém. Afinal, estamos num sistema democrático e todo mundo pode dizer o que lhe dá na telha, independentemente de responsabilidade. O que é repugnante é assistir a Tevê Globo, por seus principais locutores, dar um longo tempo e manifestar evidente satisfação por ver nossa principal empresa, vitoriosa em todos os campos técnicos e de produção, denegrida por uma instituição internacional discriminatória.

Nem a Transparência Internacional, nem a Tevê Globo anunciaram ao mundo, com estardalhaço equivalente ao dedicado à Petrobras, que o Bank of America e o Citigroup foram obrigados a pagar 20 bilhões de dólares em multa, cada um, por conta de sua manipulação no mercado imobiliários norte-americano, sendo diretamente responsáveis pela maior crise financeira mundial de todos os tempos. Vinte bilhões de dólares é dez vezes mais do que se especula como o grande golpe que alguns bandidos deram na Petrobras.

Nem a Transparência Internacional, nem a Tevê Globo anunciaram ao mundo, com o devido estardalhaço, a manipulação da Libor por parte dos 12 maiores bancos internacionais do planeta. Soube-se disso a boca pequena, mas cuidaram logo de esconder o tamanho da falcatrua, o qual, se revelado, implicaria indenizações bilionárias no mundo inteiro. Para quem não sabe, Libor, a taxa interbancária arbitrada em Londres, é referência para todos os contratos de financiamento dentro e, alguns, fora do euromercado.

Nem a Transparência Internacional, nem a Tevê Globo anunciaram ao mundo, com o devido destaque, as falcatruas do Deutche Bank, o maior banco alemão, e do UBS, o maior suíço, no mercado mundial de câmbio, dando bilhões de dólares em prejuízo à clientela. Também nesse caso, depois de menções sumárias de pé de página nos jornais, sumiram com o tema na grande imprensa, em proteção ao sistema financeiro corrupto internacional. Para quem não sabe, o Deutche responde por 60% das operações de câmbio do planeta.

Estou citando casos de memória, sem uma pesquisa sistemática. Os casos reais de corrupção no primeiro mundo, sobretudo por parte de bancos, são numerosos e proporcionais à riqueza dos países. A maioria deles deixa a Petrobrás no chinelo. Entretanto, como a Petrobrás se tornou um alvo da cobiça internacional, muito especialmente tendo em vista um assalto coordenado ao pré-sal, organizações como Transparência Internacional prestam o serviço de contribuir para destruí-la, com a ajuda prestimosa da Globo.

Atribuir corrupção em larga escala à Petrobras depois da faxina por que está passando em processos judiciais, os mais implacáveis da história brasileira, tem óbvia motivação política. O capitalismo é um sistema corrupto pela própria natureza. Portanto, não é a corrupção em si que deve surpreender, mas a impunidade. Alguém pode falar em impunidade no caso da Petrobrás? Pessoalmente, tenho criticado os excessos da Lava Jato, não as insuficiências. É possível que, no caso, haja mais  inocentes punidos que culpados impunes.

A Transparência Internacional, como tantas outras ONGs “ocidentais”, é um instrumento do capitalismo especulativo e do intervencionismo imperialista no mundo. E a Globo tem-se tornado um instrumento dela. Como são organizações extremamente poderosas do ponto de vista econômico, só serão retiradas de cena pela força de um furacão político. Como a história não para, vem aí um no horizonte. Chama-se Bernie Sanders, apresenta-se como socialista democrático e concorre com alguma chance à Presidência dos EUA, com a bandeira de atacar a especulação financeira. Acho que devemos pensar em engatar na sua locomotiva os vagões da Aliança pelo Brasil.

J. Carlos de Assis - Economista, doutor pela Coppe/UFRJ, autor de mais de duas dezenas de livros sobre economia política brasileira.

 

Média: 4.1 (23 votos)

Recomendamos para você

9 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Enquete-Kete
Enquete-Kete

Pelo que li (estadanho), foi uma enquete, baseada na ...

MíRdia!

Reuna 11.900 conchinhas (tô fanhoso hoje) pra votar e ... prontchiu!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Geraldo Lino
Geraldo Lino

Faltou mencionar a

Faltou mencionar a investigação do Cade sobre 20 operadores de câmbio com passaporte brasileiro, de 15 megabancos (a maioria deles envolvida na manipulação da Libor), que se organizavam para manipular a taxa de câmbio no País. Curiosamente, ao contrário da hipermidiática Lava Jato, a investigação corre em segredo total de justiça e pouquíssimo se ouviu falar sobre ela, apesar de os prejuízos ao País estarem estimados entre 20-25 bilhões de DÓLARES!!!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de altamiro souza
altamiro souza

a corrupçãp é  da natureza do

a corrupçãp é  da natureza do capitalismo....

é pegar ou largar...

a operação lava-jato quer voltar ao feudalismo, no  minimo, ou

no máximo à idade média  inquisitorial...

a globo esta nela desde que nasceu., com sotaque fortemente norte-americnao

...

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Globo tipicamente Globo.

A atitude das Organizações Globo é a atitude típica das Organizações Globo. Não há supresas. A valorizar tais meios, no entanto, estão as figuras do Governo Dilma que, incansavelmente, concedem-lhes entrevistas, artigos, depoimentos. Por vezes, o Ministro da Justiça; os ligados à Fazenda são frequentes, revezando-se entre órgãos dirigidos a públicos específico. E assim vai. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Valmir Gôngora

imagem de vicente caliman
vicente caliman

A globo usa ong para denegrir a Petrobras

Mais uma noticia ruim que a Globo apresentou acerca da Petrobras. Para os que a seguem, dando audiencia, é apenas mais uma, a "noticia do dia", pois com ongs ou não, eles apresentam sempre o lado ruim da empresa, desde a compra de Pasadena. A unica coisa que nos chama a atenção neste processo, é que uma empresa como a Petrobras, que praticamente monopoliza o mercado de combustiveis, fazer propaganda nesta emissora. Gasta-se milhoes com a corrida de F1, patrocinio este de anos, a um esporte elitizado e que, a audiencia ja não justifica o gasto. Para ser simples, parece que gostam de apanhar.    

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Pasadena

Não se fala mais nada s o início de tudo ? Será pq não conseguiram "pegar a presidente Dilma". Assunto encerrado.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

lenita

imagem de Ricardo Staack
Ricardo Staack

C A N A L H I C E

É a única palavra que brota dentro das conciências que por descuido assistam ao Bommer Simpsom e essa outra aí, mentindo, enganando, distorcendo, batendo palmas quando é o Brasil que está perdendo, com a ganância dos gringos safados. Deveriam ter as bundas chutadas, eles ficaram miuito alegres quando o ladrão Jérôme Valcke, falou em chutar a bunda do governo, estava roubando, mais o Bonner Simpsom adorou.  

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Vini
Vini

Desligue a globo!

Desligar a rede globo e TODOS os seus canais de informação (jornais, rádios tvs afiliadas, portais de internet etc.) é muito mais salutar do que eu imaginava. De lá não vem informação relevante mesmo e assistir/ler/ouvir qualquer coisa vinda de lá é pedir para se aborrecer. O que esperar de uma emissora que foi uma das maiores apoiadoras do regime civil-militar que se abateu sobre o Brasil durante 21 anos e recentemente fez uma mea-cupa se eximindo de seus pecados? Com relação a Petrobras, é ainda natural ela dar grande exposição a tudo que for negativo, por mais insignificante que seja, pois é público e notório que esse grupo foi contra a Petrobras desde a sua criação. Portanto, é melhor deixá-la morrer afogada na própria bílis.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Jadir Rocha
Jadir Rocha

Tv Globo não dá para ver. Que

Tv Globo não dá para ver. Que tv ridícula, ela só consegue manipular os idiótas. Infelizmente, o nosso Brasil tem demais.  

Seu voto: Nenhum

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.