Revista GGN

Assine

A relação de Patrick Peyton com a ditadura militar

Por jns

O agente da CIA que vestiu a batina para promover o golpe militar no Brasil

O apoio da igreja católica aos militares em 1964 foi decisivo para a concretização do golpe de estado que levaria o país a instalar uma ditadura de vinte anos.

 

Fr  

Padre Peyton, o Servo do Diabo

 

O financiamento veio de mais de trezentas empresas multinacionais e o irlandês Patrick Peyton, um agente da CIA, foi o organizador da famosa Marcha da Família Com Deus Pela Liberdade.

Se a Guerra Fria obrigou as pessoas e entidades a escolher a quem iriam apoiar, a Igreja Católica, presumivelmente, neutra, ficou do lado das designações dos Estados Unidos.

A Igreja Católica, por sua ambiguidade durante a Segunda Guerra Mundial - apoiou e abençoou os exércitos nazistas - foi expulsa do o leste europeu, após a chegada dos comunistas soviéticos, que libertaram os povos empobrecidos pela guerra dos nazistas e do domínio secular da igreja.

Temendo que o mesmo sucedesse na América Latina, a igreja católica combateu a ameaça comunista, incitando os seus fiéis a temer e repudiar e, nas missas, os padres acusavam os comunistas de hereges e ateus inimigos da fé.

Neste cenário, no final de 1963, sob as bênçãos do presidente Kennedy, chegava ao Brasil o padre Patrick Peyton, um irlandês naturalizado estadunidense, conhecido como o "Padre das  Estrelas", por gostar de aparecer ao lado das celebridades de Hollywood.

 

Pope John Paul II and Father Patrick Peyton

O papa João Paulo II e o padre Patrick Peyton

 

A associação entre a igreja católica e o serviço secreto americano, surgiu através da ligação do padre com J. Peter Grace, multimilionário devoto do catolicismo e bisneto do fundador da WR Grace and Company, uma empresa multinacional com interesses em mineração, açúcar e transportes na América do Sul, com quem Peyton tinha feito contato em 1946, durante uma viagem transatlântica. 

Grace estava envolvido em operações secretas dos EUA e os dois se aproximaram de Allen Dulles, diplomata, banqueiro, além de ter se tornado o primeiro civil e o mais antigo diretor da CIA.

Mais tarde, Dulles encontrou-se com Grace no escritório do vice-presidente Richard Nixon, na Casa Branca, que expressou o seu entusiasmo com as ações planejadas para a América Latina. 

Peyton, preparado pela Agência Central de Inteligência, recebeu financiamento americano para atuar na América Latina e promover a sua Cruzada pelo Rosário em Família.

Os fundos da CIA foram gastos no Chile,  na Venezuela, na Colômbia e no Brasil, onde Peyton promovia a suas cruzadas preparatórias para a instalação da decoradora militar, que contou com a decisiva colaboração de agentes religiosos.

O seu superior provincial, Richard H. Sullivan, soube da existência do financiamento do serviço secreto americano através de Theodore Hesburgh, o presidente do Conselho de Administração da Universidade de Notre Dame, onde Peyton estudou, em outubro de 1964.

Utilizando a publicidade produzida no exterior, o rádio, o cinema, a televisão e, mais tarde, com a ajuda de celebridades e artistas, o Peyton tornou-se um dos pioneiros do evangelismo na mídia de massa.

No início de 1964, uma celebração do padre Peyton foi o primeiro programa de televisão em rede a cobrir todo o país, com o suporte técnico feito em Washington.

Recitando a sua ladainha que consistia em alertar aos brasileiros quanto aos perigos de um governo que não fosse como os dos EUA e contra a ameaça comunista à família e à religião, a pregação do agente Patrick Peyton atingiu em cheio milhões de brasileiros nos seus concorridos encontros.

Com a ajuda de um profissional de publicidade não católico, Peyton popularizou o slogan: "A família que reza unida, permanece unida".

 

http://www.gestornoticias.com/archivos/religionenlibertad.com/image/padre-peyton.jpg

Padre Peyton foi um fenômeno de massas nos anos 50 e 60 do século XX

 

Nos meandros do golpe, agentes religiosos colaboraram decisivamente com os militares e, após a sua deflagração, a igreja católica aplaudiu, fervorosamente os golpistas.

De acordo com os líderes golpistas de 1964, dom Paulo Evaristo Arns chegou a ir ao encontro das tropas do general Olimpio Mourão Filho, deflagrador do golpe, quando elas marchavam de Juiz de Fora rumo ao Rio de Janeiro.

Em 31 de março, dom Paulo encontrou-se com as tropas golpistas em Pedro do Rio, Três Rios, oferecendo aos mineiros a assistência religiosa, durante o encontro que deixou o clérigo tranquilo, com a garantia de que não entraria no poder nem a anarquia e nem o comunismo.

Para garantir que o aparato militar não sofresse reveses articulados pela esquerda, muitos clérigos atuaram como delatores e as participações contundentes de ativistas anticomunistas e da igreja são personificadas pelas atuações de Antônio de Castro Mayer, o bispo de Campos, e de Geraldo de Proença Sigaud, o arcebispo de Diamantina.

 

http://socialistamorena.cartacapital.com.br/wp-content/uploads/2014/02/marcha.jpg

Na marcha, que recebeu os militares golpistas no Rio de Janeiro, em 2 de abril de 1964, as mulheres que representavam a tradicional família brasileira, seguindo o lema “Família que reza unida, permanece unida”, estenderam os seus rosários, assinalando, com este gesto, o papel que exercera a igreja católica na consolidação do novo regime ditatorial que se instalava no Brasil.

Os fatos descritos são, amplamente, conhecidos, mas nunca deve ser deslembrada a formação da espúria aliança consumada entre a CIA, a Igreja Católica e as marionetes militares brasileiras para a defesa dos interesses americanos no nosso país.

 

Informações e imagens da internet

 

Média: 4.2 (5 votos)
17 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

O GENERAL ANTONIO ANDRADA SERPA

que foi integrante do Estado maior até 1980 resumiu o que foi o golpe de 1964: "Em 64 nós amarramos a vaca para os americanos mamarem". 

Exatamente como acontece hoje.

"Todo mundo hoje fala de Mandela", mas Autoridades da África do Sul lembram que no chão há muito sangue dos Soldados Cubanos" que lutaram na guerra contra o Apartheid.

Não existem agentes infiltrados na Venezuela, é tudo às claras. É uma luta contra os canalhas que querem roubar riquezas do povo.

Seu voto: Nenhum
imagem de Gregor Mendes
Gregor Mendes

Milicos pau mandados?

Que coisa! os milicos covardes que precisaram do apoioNorte Ameircano , venderam o país de forma triçoeira.
Tem coisa mais antipatriótica que isso?

Seu voto: Nenhum
imagem de Anderson Guisolphi
Anderson Guisolphi

Patrick Peyton

Olá, 

 

sou historiador, defendi a pouco minha dissertação na UPF sobre as Cruzadas do Rosário do Padre Patrick Peyton. Uma das fontes utilizadas foi a AUTOBIOGRAFIA dele. Curiosamente, no capítulo em que descreveu as Cruzadas no Brasil, fez uma descrição minuciosa do contexto político brasileiro, principalmente acusando o governo João Goulart de uma conspiração comunista. Mais curiosamente ainda é o título e subtítulo deste capitulo: "Caldeirões borbulhantes no Brasil";  e  "A Redenção do Brasil". 

 

Pergunto: As intenções de PEYTON eram tão somente religiosas e marianas (rosário)? Sugiro que leiam minha dissertação, podem solicitar por e-mail. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Bernardo Teixeira
Bernardo Teixeira

KGB

    E os arquivos da polícia tcheca que agia como braço da KGB, será que não havia nenhuma influencia da KGB na America Latina? É muita cara de pau contar um lado da história e encobrir o outro, mas as notícias estão vindo a tona, quem quiser ver, veja.          http://www.youtube.com/watch?v=Dbt1rIg8FbI 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Severino Fernandes
Severino Fernandes

A Igreja, ao contrário do que

A Igreja, ao contrário do que se pensa, não é um bloco monolítico. E sempre conviveu com a presença de grupos mais progressistas e liberais em contraposição a grupos mais conservadores e tradicionalistas.O Concílio Vaticano II (iniciada no pontificado de João XXIII) deu uma guinada liberalizante à Igreja, que foi continuada pelo discreto papa Paulo VI. Cresceram os movimentos progressistas. Surgiram teologias sociais como a Teologia da Libertação, tida como marxista, que deu suporte a chamada "opção preferencial pelos pobres"  e foi responsável pelo surgimento de uma Igreja que caminhava com o povo, a partir das CEBs (Comunidades Eclesiais de Base).Com a ascensão do papa João Paulo II (após o brevíssimo pontificado de João Paulo I - morto em circunstâncias muito suspeitas...) tudo voltou a estaca zero. A Igreja deu marcha a ré nas mudanças. E perseguiu os religiosos progressistas, a Teologia da Libertação e o modelo de Igreja popular que defendia a "opção preferencial pelos pobres".Filho da Guerra Fria e natural de um país que viveu sob a tutela da antiga URSS, o polonês Karol Wojtila (João Paulo II) encarnou no papado a função de um anti-comunista feroz... Foi um dos responsáveis pela queda do Muro de Berlim, pelo enfraquecimento do "comunismo" soviético, pela crise terminal da URSS e pelo fortalecimento do neoliberalismo e sua face mais desumana: o capitalismo financeiro, que reduz tudo a dinheiro...Ao lado da primeira ministra britânica Margaret Thatcher e do presidente norte-americano Ronald Reagan, foi um dos expoentes dessa nova era de expansão do conservadorismo que gerou o financismo sem freios e trouxe insegurança e empobrecimento para a humanidade... Isso o amargurou ao ponto de já no final da vida penitenciar-se pelo monstro desumanizante que gerou, admitindo até que o comunismo seria "um mal necessário".Tarde demais... Mas mesmo assim os movimentos populares continuaram resistindo dentro da Igreja, fragilizados, incompreendidos e muitas vezes perseguidos, mas resistindo.Hoje esses movimentos veem com satisfação a ascensão de um papa disposto a restabelecer os ventos liberalizantes do Concílio Vaticano II e a reconstrução de uma Igreja evangelicamente e pronta a retomar seu papel profético de vanguarda mundial contra as injustiças sociais e o desrespeito aos direitos humanos: o papa Francisco.Quanto ao padre Patrick Peyton, que muitos dizem ter sido um agente da CIA dentro das fileiras da Igreja, este prelado foi apenas um subproduto da Guerra Fria. E um subproduto que estendeu suas mãos de pastor para abençoar muitos regimes autoritários, sanguinários e assassinos, dispostos a oprimir a luta dos povos por justiça e a calar os que se levantavam contra injustiças e explorações de ordem social.Apesar de Peyton a Igreja conseguiu produzir as vozes proféticas, como as do franciscano Leonardo Boff, como as de Frei Betto, padre Gustavo Gutiérrez, padre José Comblin, Dom Hélder Câmara, Dom Pedro Casaldáliga, Dom Paulo Evaristo Arns, e tantos outros que lutaram e ainda lutam contra os que promovem a escravidão dos povos e fazem da injustiça e da exploração de seu semelhante um meio de enriquecimento iníquo e pecaminoso.Que esta Igreja profética continue a avançar. Por um mundo melhor. E para que o Reino de Justiça, como dizia o próprio Jesus Cristo, se faça no aqui agora.

Seu voto: Nenhum

Os brasileiros continuam com o complexo de vira-latas

Basta dizer que os comentaristas tem sido ingenuos ou totalmente negligentes em levar a sério o padrão de valor que reflete o povo e as riquezas do país. Após a ditadura: - que é uma mistura dos EUA com os banqueiros - a origem do dinheiro mesmo com o retorno da democracia destroi o valor das pessoas e do Estado Nacional.

Ao menos que percebamos a partir de onde fomos levados a criar a divisão do padrão de valor para projetarmos com ele a existência do dinheiro, não entenderemos porque recebemos o espirito especulativo da escravidão; baseado na forma de sermos o subdesenvolvimento de uma raça de gente superior.

Os padrões sociais e da economia se alcançam por meio da representatividade pública no Estado.

Todas as coisas que hoje acontecem de pior na vida das pessoas se devem aos anti-comunistas que deixaram intactas a suas siladas como meios de produção. Por isso, é uma questão de tempo que o Estado privatize tudo que os banqueiros imitaram da realidade brasilieria e construiram com a grandeza dos EUA, na medida eles precedem o nosso complexo fator de unidade monetária: o padrão de valor - suspenso em um novo meio de circulação tecnológica.

"Grace estava envolvido em operações secretas dos EUA e os dois se aproximaram de Allen Dulles, diplomata, banqueiro, além de ter se tornado o primeiro civil e o mais antigo diretor da CIA."

Seu voto: Nenhum

Uma ideia ou intuição dita de modo próprio pode servir de via de acesso em direção a percepção metafísica do ser e o quanto no universo ele é capaz de constituir por si mesmo para tal transcendência existencial.

imagem de João Oliveira
João Oliveira

E onde estão nossos Bastardos

E onde estão nossos Bastardos Inglórios?

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Motta Araujo
Motta Araujo

""Agente da CIA que vestiu a

""Agente da CIA que vestiu a batina", que coisa, e pensar que o Padre Peyton, da Congregação de Santa Cruz, teve a vida inteira dedicada a Igreja, já estando avançado o seu processo de canonização, é cada estoria que nem o Walcyr Carrasco poderia em delirio escrever para a novela das 8.

Seu voto: Nenhum (12 votos)
imagem de Anderson Guisolphi
Anderson Guisolphi

Peyton e a CIA

Bom, defendi uma dissertação de mestrado em história sobre o tema Patrick Peyton e a CIA. Apresento documentos contundentes, inclusive a correspondÊncia entre Peyton e o PAPA que descobriu o patrocínio. 

Seu voto: Nenhum

Ou padre que tornou-se agente da CIA

O fato de ser padre não o impediu de ajudar a CIA e o governo americano. Ele foi padre e em algum momento, aliou-se a espiões, através de diplomatas e empresarios; que pululavam à época no continente americano (de norte a sul).

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Motta Araujo
Motta Araujo

O Cardeal hungaro Joszef

O Cardeal hungaro Joszef Mindzensky que lutou contra a URSS em Budapest e o Papa João Paulo II tambem foram considerados agentes da CIA. Já os 30.000 cubanos que formam as milicias armadas que aterrorizam os manifestantes

da Venezuela contro regime Maduro , NÃO SÃO AGENTES DE CUBA, são apenas turistas, que coisa romantica.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Daytona
Daytona

Os "democratas" venezuelanos

Os "democratas" venezuelanos que há vários anos vem promovendo o golpismo e a violência naquele país também não são agentes da CIA?

Por que, ao invés do comunismo, o Papa João Paulo II não combateu as sanguinárias ditaduras latino-americanas, aliadas dos EUA, que matavam civis inocentes aos milhares, inclusive os padres católicos que ousavam denunciar seus crimes?

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Gardenal
Gardenal

" que matavam civis inocentes

" que matavam civis inocentes aos milhares".Mas essa é a prática  histórica e o PRINCIPAL esporte do cristianismo. 

Seu voto: Nenhum

As cruzadas não foram uma

As cruzadas não foram uma invenção de esquerda...  

Seu voto: Nenhum (5 votos)

"O que fazemos na vida, ecoa na ETERNIDADE!" (Máximus - Gladiador)

"Os dois mais importantes dias em sua vida são o dia em que você nasceu e o dia em que você descobrir o porquê... - M

imagem de Pedro Penido dos Anjos
Pedro Penido dos Anjos

Motta! São fatos históricos

Motta!

São fatos históricos verídicos e incontestáveis.

Ora essa, eu mesmo, menino, fui testemunha.

Através da TV Itacolomi de Belo Horizonte, dos Diários Associados (no Rio e em São Paulo  houve pool de emissoras concorrentes -co-irmãs, como se dizia na época -  para transmitir ao vivo as missas-comícios), e testemunha ocular, ao passar ao largo de um dos comícios-missas de ENORME aparato organizacional (mesmo para os dias de hoje ) na praça da estação ferroviária. 

Caramba! E você aí contrariando tua própria memória e que você próprio testemunhou, sem dúvidas!

Tenha paciência!

 

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Daytona
Daytona

Pois é, tudo mentira, CIA

Pois é, tudo mentira, CIA financiando golpes de Estado?A Igreja Católica agindo politicamente?EUA desestabilizando outros países?

E ainda tem gente que acredita, precisam ler mais os comentários do "historiador econômico".

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Gardenal
Gardenal

Ou o Riders Digest. 

Ou o Riders Digest. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.