newsletter

Assinar

Manifesto critica processo de Aécio contra Brasil de Fato

Da Carta Maior

Manifesto: Brasil de Fato e o 'censor' Aécio Neves

Acostumado com a blindagem da mídia, Aécio parece não aceitar ser contrariado: Sua ação contra o Brasil de Fato é um ataque à liberdade de expressão.
 
O jornal Brasil de Fato é a mais nova vítima da sanha censora e autoritária de Aécio Neves. Por conta de reportagem publicada em julho de 2015, o candidato presidencial derrotado nas urnas em 2014, presidente do PSDB e senador da República moveu processo por danos morais contra o veículo.
 
Fama de 'censor' de Aécio Neves repercute nas redes. A matéria em questão repercutiu ação do Ministério Público Federal que investiga um suposto desvio de R$ 14 bilhões da saúde pública mineira. Segundo o MPF, a verba destinada ao SUS foi endereçada a outros fins, como à Companhia de Saneamento de Minas (Copasa) e a fundos de aposentadorias, pensões e institutos de clientela fechada. 
Ainda segundo a reportagem, há anos em que o valor investido na saúde não chegou à metade do obrigatório. A matéria produzida pelo próprio MPF argumenta que “de acordo com a ação, o governo estadual, por 10 anos, entre 2003 e 2012, descumpriu sistematicamente preceitos legais e constitucionais, ‘em total e absurda indiferença ao Estado de Direito’, efetuando manobras contábeis para aparentar o cumprimento da Emenda Constitucional 29”.
 
A ação judicial de Aécio Neves contra o Brasil de Fato - expediente utilizado com frequência pelo tucano para calar comunicadores e veículos que não o agradam - não só é um ataque frontal à liberdade de expressão, ao intimidar a imprensa, como também desafia a autoridade do próprio MPF. Acostumado com a blindagem de grandes empresas de mídia, Aécio Neves parece não aceitar ser contrariado ou questionado. Nem mesmo pelo Ministério Público!
 
Por meio deste manifesto, os signatários listados abaixo expressam solidariedade ao Brasil de Fato e repudiam a truculência de Aécio Neves, que mais uma vez persegue jornalistas e veículos da mídia alternativa. 
 
*Para assinar, envie e-mail com nome, entidade e/ou ocupação para manifestobdf@gmail.com
 
Subscrevem-se:
Fórum21: Ideias para o Avanço Social
Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé
Comissão Nacional Blogueiros e Ativistas Digitais
ARPUB – Associação das Rádios Públicas do Brasil
CTB – Central Brasileira dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil
CUT – Central Única dos Trabalhadores
CUT Minas
FNDC – Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação
FNDC MG
FITERT – Federação Interestadual dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão
Fora do Eixo
Internet Sem Fronteiras Brasil
Intervozes
Levante Popular da Juventude
MAB – Movimento dos Atingidos por Barragens
Mídia Ninja
MMM – Marcha Mundial das Mulheres
MST – Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra
Quem Luta Educa
Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais
Sindicatos dos Metalúrgicos de Belo Horizonte/Contagem
Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte - Sindibel
Jornal Página 13
Revista Esquerda Petista
Blog Teoria Versus Prática
Cáritas Brasileira Regional Minas Gerais
Coletivo Henfil de Comunicação
Kiko Nogueira – Diário do Centro do Mundo
Luís Nassif – Portal GGN
Maria Inês Nassif – Jornalista
Joaquim Palhares – Carta Maior
Miguel do Rosário – O Cafezinho
Renato Rovai – Revista Fórum
João Franzin – Agência Sindical
Fernando Morais – Jornalista e escritor
Conceição Oliveira – Blog da Maria Fro
Conceição Lemes – Viomundo
Eduardo Guimarães – Blog da Cidadania
Laurindo Leal Filho – Professor e jornalista
Palmério Dória – Jornalista
Rodrigo Vianna - jornalista, historiador e blogueiro/Escrevinhador
Pedro Rossi- editor do portal Brasil Debate. Professor Doutor do Instituto de Economia da Unicamp e pesquisador do Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica (Cecon/UNICAMP) 
Rita Freira – Ciranda
Willian Novaes – Editora Geração Editorial
Wagner Nabuco – Revista Caros Amigos
Paulo Cannabrava – Diálogos do Sul
Eduardo Guimarães – Blog da Cidadania
Adriano Diogo - Ex-deputado estadual, presidente da Comissão da Verdade do Estado de SP e da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de São Paulo
Ana Flavia Marx – Barão de Itararé SP
Maria Alice Vieira – Historiadora
Mariza Muniz – CUT
Média: 4.7 (12 votos)
12 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Alessandroaf
Alessandroaf

Mencionado 3 vezes

O Aécio é inimputável. Aliás todo tucano é. Eles nunca será condenados no palno terreno. Apenas no espirutual, vide Sérgio Guerra.

Isso é letra morta. Minha dúvida é outra. O Aécio, o Mineirinho de Ouro, já foi mencionado 3 vezes

no âmbiro da Operação Lava Jato, a temida. O Janot nada de investigar. Aí é apenas

seguir o script. Claro que ele nunca será investigado (e olha que num tô dizendo que

ele seja culpado. Veja bem). Afinal de contas, trata-se de #aeciomito.

Mas ao fim e ao cabo eu pergunto: sendo mencionado 3 vezes e o Janot num tendo feito nada, ele já pode pedir música no Fantástico?

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de altamiro souza
altamiro souza

assino embaixo.... o curioiso

assino embaixo....

o curioiso é se o aócio    estiver processando o jornal por uma matéria 

encaminhada pela assessoria  do mpf...

seria hilário, se não  fosse trágico para ele...

 

Seu voto: Nenhum

Concordo com Aécio...

... errada é Dilma que não processou até hoje a Veja!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

"Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar os oprimidos e amar os opressores." - Malcom X

"Com o tempo, uma imprensa cínica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma." - Pulitzer

imagem de Paulo S.
Paulo S.

Engraçado... não vi nenhum

Engraçado... não vi nenhum órgão da grande mídia em apoio ao manifesto, já que globo & afins são ardorosos defensores da liberdade de imprensa.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Fernando L.
Fernando L.

Como se não conhecessem o Aécio...

Hoje mesmo lembrei de um fato que me foi contado por um ardente defensor do Aécio. O cidadão falava com orgulho sobre uma atitude feita pela Andrea Neves, irmãzinha que cuida dos problemas do mariquinhas cheirador filhinho de papai. Um conhecido músico do "Clube da Esquina" teria expressado publicamente seu apoio ao candidato do PT ao invés de apoiar o candidato de Aécio. Então a poderosa Andrea ameaçou o músico, que na época era dono de um bar no bairro Santa Tereza, que não se manifestasse publicamente sobre opção política - A sua fama poderia trazer consequências a candidatura apoiada por Aécio. Como o músico não se intimidou Andrea partiu para a carga acionando todos os orgãos de fiscalização sanitária e ambiental sobre o bar do músico. A pressão foi tão intensa que o músico acabou tendo que vender sua parte no bar, que acabou se tornando inviável tal era o assédio da fiscalização da PBH e governo estadual.

Este é só um dos milhares de exemplos conhecidos sobre a forma de censura praticada nos 12 anos de poder da gangue do Aécio em MG que inclui além deste fato e inúmeros outros até a prisão de jornalista sem qualquer julgamento. Portanto não é novidade para mim ver o cheirador mauricinho filhinho de papai em mais um de seus conhecidos xiliques contra a imprensa que não fala bem dele!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de anarquista doce
anarquista doce

Quando eu escrevo contra o

Quando eu escrevo contra o PT( muitas x ) não é que sou a favor desse pilantra boy.

   Mas ninguém leva em consideração;

    Não me resta nada a fazer.

Seu voto: Nenhum
imagem de Zanchetta
Zanchetta

Gozado, o Chico Buarque pode

Gozado, o Chico Buarque pode processar caluniadores, mas o Aécio não pode...

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Roberto Monteiro
Roberto Monteiro

Ora, Zanchetta...

não te faz de salame.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Octaviano du Pin Galvão Neto
Octaviano du Pin Galvão Neto

O Aécio não pode . . .

Zanchetta, o Aécio não pode porque o blog só publicou uma matéria contendo a manifestação do MPF e nada mais.
Não é passível de processo.  O que Aécio quer é CENSURAR a mídia que o expõe e nada mais.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Edivaldo Dias Oliveira
Edivaldo Dias Oliveira

Dou razão ao Aécio

O Senador Aécio Neves tem todo o "direito" de processar a mídia que ele quiser, se terá razão quem vai decidir é a justiça.

Estamos criticando nele o que, só agora estamos elogiando entre os nossos, de esquerda, que é a importancia de exigir reparação moral e, principlmente, finaceira da mídia advesária/inimiga, para provocar-lhes algum prejuízo e com isso levá-los a refletir sobre sua prática manipulatória.

Aécio Neves está a nos mostrar como a mídia inimiga deve ser tratada; Se não dá para empastelar (fechar), que pelo menos sofram as agruras financeiras do processo.

Isso posto, a mídia de esquerda deve ter cuidado com aquilo que publica e certificar-se de que suas informações são confiáveis e que podem defendê-la em juizo.  Não para evitar um possível processo por parte do inimigo, mas para garantir que o mesmo não será vitorioso junto aos tribunais, como parece ser o caso da matéria do "Brasil de Fato", que se baseia em texto do Ministério Público e portanto, a primeira vsta, plenamente defensável.

Portanto, caso saia vitorioso no processo, o Senador pagará, espero, as custas não só dos seus advogados, como tambem da outra parte, alem de alguma indenização ao jornal.

E assim seguirá essa guerra entres as duas partes, esquerda e direita, até que se chegue a um modus vivendi, um modus operandi.

 

Seu voto: Nenhum

Uai,

se ele tivesse pedido direito de resposta, ninguém estaria criticando.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

A Oficina de Concertos Gerais e Poesia apoia o Movimento Golpe Nunca Mais.

 

imagem de Carla Antonia
Carla Antonia

Os dois pesos e duas medidas da censura

Incrível como jornais como Veja, IstoÉ, Época, Estadão, Folha escreveram tantas mentiras e calúnias contra Lula, Dilma, parentes, colegas e saíram incólumes. Até para a famigerada capa do dia antes das eleições a Veja nem foi obrigada a pedir desculpas. Nada. Até quebraram o sigilo bancário do Lula. Nada.

Agora chega o menino mimado do Leblon, e com tudo que seria melhor ele ficar calado, quer censurar uma publicação porque falou de uma investigação em curso.

Ou seja: quando se trata de petista, pode vazar à vontade, botar a boca no trombone. Quando se trata de tucano tudo tem que estar em segredo de (in)justiça.

Haja caminho para chegar a ter um país mais justo.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.