newsletter

Assinar

Na Época, o alto custo da politização do Ministério Público Federal

Não há mais limites para a politização do Ministério Público Federal.

A denúncia da Procuradoria da República do Distrito Federal contra a Odebrecht e Lula, por suas ações para conquistar mercados em países emergentes, é um dos capítulos mais graves da atuação política do órgão (http://migre.me/pGGtG).

Desde o início dos anos 90, obras de construtoras brasileiras no exterior foram enquadradas na categoria “exportação de serviços”, tendo acesso a linhas de financiamento do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social). Já em 2003, o banco contava com um departamento especializado em América do Sul, com US$ 2,6 bilhões de projetos em carteira.

Junto com as obras vão equipamentos brasileiros, insumos brasileiros e, frequentemente, trabalhadores brasileiros.

Reconhecendo que as características da venda de serviços são similares a de exportação de produtos, houve enquadramento no PROEX (Programa de Financiamento às Exportações).

Em 15 de outubro de 2014, a Época Negócios exaltava a estratégia de internacionalização das empresas brasileiras (http://migre.me/pGFJi) a partir de estudos da Fundação Dom Cabral.

A conclusão do estudo foi a de  que o melhor mercado para as multi brasileiras são países em desenvolvimento:  "Como as empresas brasileiras inovam mais em processos, acabam se dando melhor em países não desenvolvidos, porque sabem lidar melhor com instituições desestruturadas".

E qual a razão da melhor competitividade das empresas brasileiras?

“Nesse sentido, o estudo mostra que os brasileiros têm conseguido muita "aceitabilidade" e lidam melhor que os norte-americanos, por exemplo, com a diversidade cultural de outros países. "Ao invés de chegar e sobrepor a sua cultura àquele país, a maioria das empresas brasileiras adaptam processos, produtos e culturas aos do anfitrião".

A primeira colocada no ranking da Dom Cabral foi a Construtora Norberto Odebrecht (http://migre.me/pGFQN), com um índice de internacionalização de 54,9%.

A ascensão das multinacionais brasileiras foi um feito celebrado por todas as escolas de administração. Em 2005 a revista Forbes passou a incluir empresas de países emergentes entre as 500 maiores do mundo. Esse mesmo mapeamento passou a ser feito pela Boston Consulting, que incluiu 14 empresas brasileiras na lista dos “100 maiores desafiantes globais” (http://migre.me/pGG0i).

No ranking da Dom Cabral. A Odebrecht aparecia em 28 países do mundo.

As suspeitas do MPF

Saindo do governo, através do Instituto Lula, o ex-presidente focou sua atividade internacional na África. Da mesma maneira que a Fundação Clinton, do qual FHC é membro. E  o soft power brasileiro – cuja maior expressão é a imagem internacional de Lula  – foi utilizada para enfrentar a invasão chinesa na África e em outros países do terceiro mundo.

De repente, o que era uma estratégia brasileira vitoriosa, nos olhos da inacreditável Procuradoria da República do Distrito Federal – e da inacreditável revista Época – torna-se objeto de inquérito.

Trechos da reportagem da revista sobre as investigações do Ministério Público Federal de Brasília a respeito das viagens de Lula e dos negócios da Odebrecht em outros países.

1.     A Odebrecht venceu uma licitação para obras na República Dominicana, usinas termelétricas em Pinta Catalina no valor de US$ 2 bilhões. “Suspeita do Ministério Público”, segundo a revista: superfaturamento da obra (na República Dominicana) porque o valor proposto pela Odebrecht seria o dobro da segunda colocada. O MPF acolhe denúncia do grupo chinês que perdeu a disputa. E vai se importar com superfaturamento em outro país.

2.     Obra da Odebrechet em Gana, logo após a visita de Lula: construção de corredor rodoviário no valor de US$ 290 milhões. A “suspeita” do MPF é que, quatro meses após a visita de Lula, a Odebrecht fechou o contrato.

Entre 2009 e 2014, a construtora fechou 35 contratos com o BNDES, para financiar obras de infraestrutura em outros países, , Angola, Argentina, Cuba, Equador, Venezuela e República Dominicana, construindo aeroportos, rodovias, linhas de transmissão, hidrelétricas, gasodutos, metrôs, portos (http://migre.me/pGGeH).  E 32 desses contratos firmados com governos nacionais, que são os entes responsáveis pelas obras de infraestrutura.

Nesse oceano de contratos, o Ministério Público Federal do Distrito Federal levantou um caso – o fato da construtora ter obtido uma obra em Gana após a visita de Lula – e transforma em suspeita, meramente para arrancar a fórceps uma desculpa para abrir investigação.

Há uma disputa insana entre as construtoras brasileiras e as chinesas pelo mercado da África. As chinesas são acusadas até de levar empregados chineses, abrigados em containers de navios, quase como mão de obra escrava. Têm a facilidade de estruturar financiamentos de forma rápida, em condições mais vantajosas.

Para tentar competir, o BNDES estruturou carteiras de financiamento (http://migre.me/pGGjE) e as empresas brasileiras passaram a oferecer treinamento e utilização da mão de obra local como contrapartida.

Estudos da Ernest & Young situaram a África como o mercado mais promissor para as multinacionais brasileiras, segundo matéria do Estadão (http://migre.me/pGGmv):

“A África é, ao lado da América Latina, o principal vetor da expansão internacional de grupos brasileiros. Segundo um estudo da Ernst & Young, embora o Brasil só participe com 0,6% do total dos investimentos estrangeiros nos 54 países africanos, a expansão nos últimos cinco anos tem acompanhado de perto o ritmo chinês. Desde 2007, a atividade brasileira cresceu 10,7% ao ano na África, enquanto a chinesa subiu 11,7%.

Junto com o direito de explorar os recursos naturais do continente vem a obrigação de realizar obras de infraestrutura para os governos - o que abre um mercado cativo para as empreiteiras. Não é por acaso que Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez e Odebrecht estão entre os grupos brasileiros mais bem conectados no continente”.

É hora de clarear esse jogo. É extremamente alto o custo da politização do Ministério Público e a falta de responsabilidade da mídia.

O Procurador Geral Rodrigo Janot precisa sair de sua zona de conforto, esquecer o show midiático, e garantir um mínimo de seriedade e responsabilidade institucional no órgão que comanda.

Média: 4.5 (30 votos)

Recomendamos para você

171 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Vanessa Faria
Vanessa Faria

Resultado do empoderamento indevido do MPF

Em 2013, procuradores fizeram um lobby fortissimo para aprovar uma pec (não lembro qual era) e na época os delegados da PF se opuseram, a turba ignara seguiu apoiando o MPF, e lembro-me até hoje de colegas meus no face me dizendo que eu não apoiava essa PEC porque era a favor da corrupção! Taí o resultado: não é moralmente decente que a instância de acusação também investigue, como não é coerentemente decente que a defesa acuse ou julgue, como também não é aceitável que quem julga acuse ou defenda. Todas essas instâncias são e devem permanecer com atribuições distintas, e por razões ululantemente óbvias. O painel, 2 anos depois, me comprovou que se tratava, novamente, de uma unanimidade burra!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Valmont Santos
Valmont Santos

Até quando?

Até quando o MPF será um poder sem limites no Brasil?

Seu voto: Nenhum
imagem de Mariartec
Mariartec

empreiteiras

Além de Dilma , Lula e todo o PT, o PIG parece sonhar com o fim das empresas de construção civil do país. A começar pelas obras nacionais, mas tirando elas de jogo das obras internacionais e nos desmoralizando não pela competência e sim pelo jogo sujo de sabotagem moral mesmo...! Apurem os fatos, as corrupções mas não IMOBILIZEM as obras q são tão importantes pra criação de emprego e desenvolvimento do país.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Marina Lima
Marina Lima

Saneamento básico

Um país que metade da população não tem saneamento básico, e vive

como na época da colonização, defecando em buracos. Sejamos razoáveis. Não dá prá defender

absolutamente ninguém. O Brasil é uma merda emergente.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Com pseudos entendidos de

Com pseudos entendidos de merda.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

MPF...

a errata pensante que o PIG sempre desejou ter do seu lado

Seu voto: Nenhum (3 votos)

atuações são tão combinadas...

que muitas vezes me quedo em dúvida:

quem é o editor-chefe de quem?

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Zulmira Pereira
Zulmira Pereira

Lixo

A Revista Época sempre foi jogada na lata de lixo da minha casa sem que ninguém quisesse lê-la. Com a direção dos incompetentes Hélio Gurovitz e João Gabriel de Lima, o lixo passou a produzir um chorume de odor insuportável. Mas a revista deve fechar logo pois perdeu a vergonha e os leitores.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Leo V
Leo V

O MPF-DF é o mesmo que

O MPF-DF é o mesmo que sequestrou fez o esquema junto com o Judiciário local para sequestrar Cesare Battisti e tentar extraditá-lo.

São de extrema-direita.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Eu queria entender como se chegou a abrir o inquérito

A acusação é de tráfico de influência em transação comercial internacional, previsto no art. 337-C do Código Penal brasileiro:

Tráfico de influência em transação comercial internacional (Incluído pela Lei nº 10467, de 11.6.2002)

        Art. 337-C. Solicitar, exigir, cobrar ou obter, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, vantagem ou promessa de vantagem a pretexto de influir em ato praticado por funcionário público estrangeiro no exercício de suas funções, relacionado a transação comercial internacional: (Incluído pela Lei nº 10467, de 11.6.2002)

        Pena – reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, e multa. (Incluído pela Lei nº 10467, de 11.6.2002)

        Parágrafo único. A pena é aumentada da metade, se o agente alega ou insinua que a vantagem é também destinada a funcionário estrangeiro. (Incluído pela Lei nº 10467, de 11.6.2002)

Para abrir um inquérito sobre esse tipo penal é preciso que existam informações que dêem conta de que o Lula praticou o tipo penal previsto nessa norma. Ou seja, tem que existir indícios de que ele solicitou, exigiu, cobrou ou obteve para si ou para outrem, vantagem ou promessa de vantagem a pretexto de influir em ato praticado por funcionário público estrangeiro no exercício de suas funções., relacionado à transação comercial internacional.

Pelo que eu li, não vi motivo nenhum para acusar o Lula desse crime. Viajou para o exterior e logo depois a Odebrecht contrata com os países visitados. Isso não é indício de nada. Vamos além e digamos que Lula, de fato, fez lobby para a Odebrecht no exterior. Ora, isso, por si só, não é crime, se ele não solicitou, exigiu, cobrou ou obteve vantagem ou promessa de vantagem para influir em ato praticado por funcionário público estrangeiro.

Se solicitou, exigiu, cobrou ou obteve vantagem ou promessa de vantagem, aí não existe blá blá blá que dê jeito: é crime sim senhor, devidamente previsto em lei. Então a discussão se restringe a isso. Que é bom empresas brasileiras atuando no exterior, isso nem se discute direito. A questão é se Lula cobrou, solicitou, obteve ou exigiu vantagem para influir na contratação, isso se influiu. Nada disso se prova com as viagens ou as contratações da Odebrecht por países estrangeiros.

 

 

Seu voto: Nenhum

"É relativamente fácil suportar a injustiça. O mais difícil é suportar a justiça." Henry Louis Mencken.

Tem que fechar o MP por

Tem que fechar o MP por atentado a ordem pública NACIONAL!

Seu voto: Nenhum (4 votos)

"O que fazemos na vida, ecoa na ETERNIDADE!" (Máximus - Gladiador)

"Os dois mais importantes dias em sua vida são o dia em que você nasceu e o dia em que você descobrir o porquê... - M

imagem de Marc123456
Marc123456

Sem nem entrar no mérito do

Sem nem entrar no mérito do artigo, só queria salientar que é importante o leitor fazer o seu dever de casa. Tenho certeza que a maioria dos comentaristas aqui são jornalistas ou relacionados, dada a quantidade de vezes que se faz referência à grande mídia e às pessoas que supostamente absorvem as informações dela sem senso crítico.

Pois bem, lendo este artigo aqui mesmo com senso crítico, a primeira coisa que me ocorreu foi verificar o que é a tal Fundação Dom Cabral, cujo relatório baseia parte do texto. Para nenhuma surpresa minha, no site da fundação, em gráficos muito pequenos como que para dificultar a identificação delas, percebe-se que entre os financiadores da fundação estão empresas como Mendes Júnior, Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, etc. Ou seja, o tal relatório que garante ser bom negócio para o Brasil despejar dinheiro do contribuinte, via BNDES, em construtoras investigadas na Lava-Jato foi bancado... por construtoras investigadas na Lava-Jato!

Imaginem, portanto, esta mesma situação e este mesmo artigo mas com o nome "FHC" no lugar de "Lula"; o autor possivelmente estaria sendo bombardeado a esta altura. Não se enganem com histórias de "politização" disso ou daquilo, só o que existe é luta pelo poder (que, indiretamente, é luta por dinheiro), e nela vale tudo. Inclusive e principalmente traição - motivo pelo qual eu recomendo cuidado aos comissionados e jornalistas sub-empregados recebedores do bolsa-blogueiro que fazem campanha pró-governo tão incisiva nas internetes. O PT já traiu o povão, e se precisar vai trair vocês também.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de R.S.
R.S.

MPF

  Em suma,  seu comentário, um tanto prolixo, afirma de forma oblíqua duas coisas: 1) as obras de empreiteiras brasileiras no exterior são nefastas e causam prejuízos aos cidadãos brasileiros; na verdade tenta semear um pomo da discórdia estudos bancados pelos interessados; II) aqueles  que as defendem são pagos pelo governo, que são taxados de assalariados do governo.

  De início, nas relações internacionais vigora, segundos as pricipais escolas de estudos das mesmas,  o princípio do interesse nacional; que é sem obter proeminência, segundo os realistas, ou obter cooperação internaiconal em prol de progresso político e social da humanidade, segundo os idealistas.

  As fundações privadas, por exemplo, a Fundação FORD, tem como objetivo incrementar os interesses nacionais, recebem, portanto, verbas públicas. Quando certos países bombardeiam pazíse no exterior, com o gasto de bilhões de dólares há, então, duas justificativas: i) para demonstrar seu poder e força, segundo os realistas; ii) para levar a democracia aos bárbaros, segundo os idealistas. Não há, em tese, benefícios econômicos diretos. O Sr. Lula, um iletrado, segundo seus críticos age segundo doutrinas sofisticadas de doutrinadores das relações internacionais. Coisa que por um grande complexo de inferioridade alguns de farto senso crítico não conseguem vislumbrar.

   Quanto ao pagamento pela defesa do governo, espero que seja feita em moedas de ouro, pois as moedas de prata estão escassas devido a grande procura para pagamento dos defensores da nação.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de R.S.
R.S.

MPF

  Em suma,  seu comentário, um tanto prolixo, afirma de forma oblíqua duas coisas: 1) as obras de empreiteiras brasileiras no exterior são nefastas e causam prejuízos aos cidadãos brasileiros; na verdade tenta semear um pomo da discórdia estudos bancados pelos interessados; II) aqueles  que as defendem são pagos pelo governo, que são taxados de assalariados do governo.

  De início, nas relações internacionais vigora, segundos as pricipais escolas de estudos das mesmas,  o princípio do interesse nacional; que é sem obter proeminência, segundo os realistas, ou obter cooperação internaiconal em prol de progresso político e social da humanidade, segundo os idealistas.

  As fundações privadas, por exemplo, a Fundação FORD, tem como objetivo incrementar os interesses nacionais, recebem, portanto, verbas públicas. Quando certos países bombardeiam pazíse no exterior, com o gasto de bilhões de dólares há, então, duas justificativas: i) para demonstrar seu poder e força, segundo os realistas; ii) para levar a democracia aos bárbaros, segundo os idealistas. Não há, em tese, benefícios econômicos diretos. O Sr. Lula, um iletrado, segundo seus críticos age segundo doutrinas sofisticadas de doutrinadores das relações internacionais. Coisa que por um grande complexo de inferioridade alguns de farto senso crítico não conseguem vislumbrar.

   Quanto ao pagamento pela defesa do governo, espero que seja feita em moedas de ouro, pois as moedas de prata estão escassas devido a grande procura para pagamento dos defensores da nação.

Seu voto: Nenhum
imagem de Francisco Rypl
Francisco Rypl

Por que o contrato com Cuba é

Por que o contrato com Cuba é secreto?

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Glenda
Glenda

Porque o seu contrato de

Porque o seu contrato de empréstimo e/ou financiamento com seu banco é privado?

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Porque entre o meu banco e eu

Porque entre o meu banco e eu não tem dinheiro público.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Viviane M
Viviane M

Financiamentos subsidiados

Contratos de financiamento subsidiados com dinheiro público - Financiamentos imobiliários (com ou sem Minha Casa Minha Vida), financiamento estudantil (FIES) e outros também são privados e feitos em bancos. Pelo menos quando financiei meu ap, não havia nenhuma obrigação de publicar o contrato. Queria ver quantos trabalhadores conseguiriam financiar um imóvel com as taxas de juros comerciais, sem subsídio (aka dinheiro público) nenhum...

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de maria rodrigues
maria rodrigues

O que Lula fez de melhor para

O que Lula fez de melhor para o nosso país foi, como presidente e ex-presidente, ter a capacidade de sair pelo mundo enaltecendo o Brasil, melhorando a nossa imagem com seus discursos sonoros e bem acolhidos no estrangeiro. O Brasil deve muito a Lula, não apenas como um guardião dos pobres e miseráveis, mas por ter tido muito tino e bom senso para tratar os empresários e industriais do país, sempre, em todos os seus atos no sentido de desenvolver a nossa economia e de levantar a dignidade dos mais desassistidos.

Diferentemente de Lula, FHC governou para a classe elitista, viajou mundo afora com dicursos muito mais para inglês ver, e saiu do apogeu como um estrangeiro, dando conferências como se estrangeiro fosse. Tem vergonha de ser brasileiro, e, quanto aos mais pobres, chegou a ser agressivo em relação aos nordestinos. É daqueles que não aceitam os governos petistas também por drem assistência às camadas mais pobres. Por ser muito transparente, FHC nem precisa ser fiscalizado para se saber o que ele pensa. Ele mesmo chega e diz a que veio. 

O fato é dia sim e dia não Lula não sai da boca dessa gente infeliz. Temos Gilmar dizendo que vai cobrar alguns milhões do PT, que deverá ter que usar o fundo partidário, e de outro, o MP/DF com essa patacoada. Tudo concomitantemente vai aparecendo contra Lula, quando não é contra Lulina. 

Está muito claro que se a Lava Jato tivesse que encontrar alguma sujeira em Lula já o teria feito. Os próprios delatores teriam satisfação em delatá-lo se veem nos investigadores esse grande desejo.

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Tudo dominado

Em cada comercial de TV ou programa cultural, filme, edição de noticias, manchete, em cada viagem a Disney, em cada música, novela, cardápio de Restaurante requintado, nome de condomínio residencial, em cada shopping, em cada Gourmet, em cada grife, em cada propaganda, em cada peça de roupa, em cada livro, em cada CD, em cada celular, em cada NB, em cada pós graduação fora do Brasil, em cada novo Juiz, promotor, funcionário público de alto escalão ou de Itamaraty, em cada Dia das Bruxas ou de Páscoa, em cada grama de droga, em cada centavo depositado fora, em cada apartamento em Miami, em cada corrupção, em cada pau que damos em professor, lá se vai parte do Brasil......daquele Brasil que alguns poucos teimamos converter em nação

Seu voto: Nenhum (1 voto)

A tara sexual dos sabujos com

A tara sexual dos sabujos com o ex presidente Lula mostra que sim, ele marcou nas suas vidas. Ex mulher e ex marido tem dessas coisas. Eh amor gente, eh amor hahaha

Seu voto: Nenhum (12 votos)

Ques as forças maiores me livrem de linchar o devido processo legal

O custo pig: fechamento de empresas e milhares de desempregados

Seu voto: Nenhum (17 votos)

 

...spin

 

 

imagem de Igor R.
Igor R.

eu acho que são 120.000

eu acho que são 120.000

Seu voto: Nenhum
imagem de Igor R.
Igor R.

da CNT?

da CNT?

Seu voto: Nenhum

Affff... o medo que a

Affff... o medo que a oposição tem do Lula é fenomenal. É só falar em Lula que imediatamente eles soltam seus milhares de robozinhos teleguiados para fazer zoada no post, mas são incompetentes ao quadrado, não conseguem convencer ninguém.

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Amig D'arose
Amig D'arose

medo do Lula e do Igor

medo do Lula e do Igor

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Igor R.
Igor R.

medo de mim? mas eu não fiz

medo de mim?
mas eu não fiz nada

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Francisco Rypl
Francisco Rypl

Pergunta

Só uma perguntinha: por que o contrato com Cuba é secreto?

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Pergunta

Só uma perguntinha: por que o contrato com Cuba é secreto?

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Aleandro Chavez
Aleandro Chavez

Engraçado. O Nassif acho um

Engraçado. O Nassif acho um absurdo o MPF se preocupar com superfaturamento em outros países.

Ora, é exatamente essa filosofia que fez com que a Alston revelasse a corrupção em São Paulo. Ou a SMB na Petrobrás.

Em países de primeiro mundo, é assim que funciona. 

Seu voto: Nenhum (18 votos)
imagem de Igor R.
Igor R.

como é pra nossa Odebretch

como é pra nossa Odebretch pode

Seu voto: Nenhum
imagem de Ugo
Ugo

o da confraria troll

O troll no R$ 70.000,00 do bolsa Alkimin, Serra.

Para este e os outros trolls defensores dos galináceos gordos emplumados tucanos.

Tá na lista do hsbc? Tá na lista da operação “zelote”? Tá na lista da privataria? Tá na lista do trensalão? Tá na lista do mensalão psdb minas? Tá na lista de Furnas?

Acho que não, muito bagrinho por lá estar, mas bastante bobo por defender quem nela está.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Você viu algum superfaturamento

Sendo denuciado nestes países? Em uma investigação de 10 dias já foi possível analizar todas as propostas de empreiteiras chinesas e americanas para confirmar superfaturamento aqui? Algum polítioc daqueles países já foi denuciado por superfaturamento em favor do Brasil. Tu não é tolo, tu é mal intensionado.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Flaviano
Flaviano

Alstom em SP.. Queria ver

Alstom em SP.. Queria ver mais disso na Veja..

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Flaviano
Flaviano

Alstom em SP.. Queria ver

Alstom em SP.. Queria ver mais disso na Veja..

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de milton Pereira Neves
milton Pereira Neves

Superfaturamento

cAs empresas franceas, assim como Siemens são acusadas de pagar propinas em outros paises. O que parece não ser escandaloso no estado de São Paulo. Escandalo mesmo é essa auto sabotagem brasileira. Estamos destrindo empregos e empresas apenas para acabar com um projeto de pais que não serve para os mais ricos por puro preconceito. A atuação de empresas brasileiras no exterior com a condição de exportação de serviços e conteudo brasileiro é GEOPOLITICA pura praticada por muitos paises do mundo.Voltando ao superfaturamento. Quer dizer então que o menor preço norteia toda licitação no mundo?  Comprar mais essa "denuncia" é muita inocencia.Em tempo;  Epoca é aquela revista que encomendou um pesquisa de um "novo" instituto do Parana que deu mais de 10 pontos de vantagens para Aecio na quinta feira depois do primeiro turno. 

 

s

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Ministério Público Federal

Ministério Público Federal não tem nomes?

Quem são esses procuradores que estão politizando o MP?

Quem quere destruir o PT nem que pra isso leve o Brasil junto?

Vamos publicar os nomes deles... deixar registrado para que algum dia esses senhores se envergonhem das atitudes que tomaram.

A única coisa boa disso é que Lula perdeu a paciencia...

E isso é bom!

Lula desaprendeu a apanhar calado...

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Álvaro Noites
Álvaro Noites

Os intocáveis da Folha, por

Os intocáveis da Folha, por exemplo (o na nota Dallagnol e assemelhados).

Entendo que esse comportamento seja generalizado por lá....acreditam que todo o poder não emana do povo e sim do concurso público (e mestrados em Harvard).

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Eureka
Eureka

MPF - perseguidor dos pobres

Nos últimos anos o MPF tem se mostrado perseguidor do povo, das populações locais, são inúmeras ações contra as populações, promovidas pelos de Procuradores jovens recém contratados por concurso público, perseguindo as populações, achando que eles são os defensores do Estado e não do povo brasileiro, por exemplo:

O MPF entrou com uma ação na justiça, ordenando que o exército brasileiro tomasse a ilha fluvial chamada ILHA DO FOGO entre Juazeiro na Bahia e Petrolina Pernambuco, uma ilha COM PRAIAS quase urbana, com a desculpa de que a Ilha pertence à União.

Veja bem, que  essa ilha é USADA PELO POVO DESDE QUE O BRASIL FOI DESCOBERTO, mas agora FOI TOMADA PELO EXÉRCITO A MANDO DA MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL que entrou na justiça.

Conheça um pouco dessa história e acessando no Youtube o vídeo: "Abraço de pescador" -  e também no enderêço: 

https://www.youtube.com/watch?v=SIilROWlgW8

 

Outra do Ministério Publico Federal: O MPF entrou na justiça mandando retirar populações de VILAS inteiras de uma ilha marítima em Salvador Bahia, ilha essa que foi povoada no tempo do descobrimento do Brasil.

Apareceu uns amofadinhas do MPF dizendo que a ilha não podia ser habitada por que eram terras de marinha consequentemente terras da União.

Esse episódio foi um verdadeiro crime e pessoas morreram de infarto porque seus avos, bisavós, tetravós... eram orindos da ilha e  nunca tinham morado em outros lugar.

Como esses, tem milhares de injustiça praticadas pelo Ministério Público Federal.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Flaviano
Flaviano

Vi a cena. Espero que nunca

Vi a cena. Espero que nunca tenhamos guerra, pq se eu for,depender daquele cagalhão para me defender estou dido.. Fu.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Flaviano
Flaviano

Vi a cena. Espero que nunca

Vi a cena. Espero que nunca tenhamos guerra, pq se eu for,depender daquele cagalhão para me defender estou dido.. Fu.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Eureka
Eureka

ILHA DO FOGO

Minha crítica não é ao exército, MAS AO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL que TOMOU A ILHA DO FOGO  que pertencia ao povo de Juazeiro/BA e Petrolina/PE desde que o Brasil foi descoberto. Isso é coisa de quem não tem o que fazer!

O MPF pediu na Justiça, que o exército tomasse a ilha, do povo -  o exército também foi vítima, porque na Parada de 7 de setembro tomou uma tremenda vaia do povo das duas cidades - em conversa articulares era visível o desconforto, o constrangimento do exército com a situação. O MPF É O VILÃO.

Aproveitando o espaço: sugiro ao novo Ministro da Defesa o baiano/carioca Jaques Vagner que devolva a Ilha ao povo!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Pois é, Eureka, são os

Pois é, Eureka, são os meninos maluquinhos fazendo história.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Eureka
Eureka

MPF - perseguidor dos pobres

Nos últimos anos o MPF tem se mostrado perseguidor do povo, das populações locais, são inúmeras ações contra as populações, promovidas pelos de Procuradores jovens recém contratados por concurso público, perseguindo as populações, achando que eles são os defensores do Estado e não do povo brasileiro, por exemplo:

O MPF entrou com uma ação na justiça, ordenando que o exército brasileiro tomasse a ilha fluvial chamada ILHA DO FOGO entre Juazeiro na Bahia e Petrolina Pernambuco, uma ilha COM PRAIAS quase urbana, com a desculpa de que a Ilha pertence à União.

Veja bem, que  essa ilha é USADA PELO POVO DESDE QUE O BRASIL FOI DESCOBERTO, mas agora FOI TOMADA PELO EXÉRCITO A MANDO DA MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL que entrou na justiça.

Conheça um pouco dessa história e acessando no Youtube o vídeo: "Abraço de pescador" -  e também no enderêço: 

https://www.youtube.com/watch?v=SIilROWlgW8

 

Outra do Ministério Publico Federal: O MPF entrou na justiça mandando retirar populações de VILAS inteiras de uma ilha marítima em Salvador Bahia, ilha essa que foi povoada no tempo do descobrimento do Brasil.

Apareceu uns amofadinhas do MPF dizendo que a ilha não podia ser habitada por que eram terras de marinha consequentemente terras da União.

Esse episódio foi um verdadeiro crime e pessoas morreram de infarto porque seus avos, bisavós, tetravós... eram orindos da ilha e  nunca tinham morado em outros lugar.

Como esses, tem milhares de injustiça praticadas pelo Ministério Público Federal.

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Eureka
Eureka

AINDA A ILHA O FOGO - MPF

NOTA DE REPÚDIO AO PREFEITO DE PETROLINA JÚLIO LÓSSIOESPAÇO DO LEITOR18 de Março / 2015 às 21:30 | 3 Comentários 

Um texto produzido coletivamente foi encaminhado ao Blog com o intuito de mostrar a população a insatisfação e revolta com a postura do prefeito de Petrolina em relação a Ilha do Fogo. Confira:

Coletivo de amigos da Ilha do Fogo vem a público repudiar a forma desrespeitosa e arrogante do Prefeito Júlio Lóssio de Petrolina. Desde que o Exército Brasileiro, através do 72º BIMtz teve a posse da Ilha do Fogo, concedida através do ato administrativo da Superintendência de Patrimônio da União – SPU, em Recife, que o prefeito Júlio Lóssio tem se comportado como um opressor, arrogante e desrespeitoso com a população mais carente de Petrolina, pois está mais do que comprovado que quem usa a Ilha do Fogo como a única forma de lazer gratuita é essa parcela significativa da sociedade petrolinense.

Foram várias tentativas do Coletivo da Ilha do Fogo, assim como de outras instituições sociais, de estabelecer um canal de diálogo com o Prefeito Lóssio, mas como sempre encontramos as portas da prefeitura fechadas ou somos recebidos de forma debochada por seus asseclas travestidos de secretários municipais, que nada resolvem.

No mês de janeiro de 2013 o Ministério Público Federal, através da Procuradoria da República Polo Petrolina/Juazeiro, solicitou a UNIVASF – Universidade Federal do São Francisco que juntamente com as prefeituras locais e outras entidades elaborassem um projeto, para viabilização de infraestrutura para o funcionamento da Ilha do Fogo, com acesso da população de Juazeiro e Petrolina, Foram mais de seis meses de reuniões para se constituir o Projeto Parque da Ilha do Fogo que possibilitaria a saída do Exército da Ilha do Fogo, com o acesso irrestrito da população as dependências da ilha.

Durante todo o tempo em que o Grupo de Trabalho se reuniu, o comportamento do prefeito Júlio Lóssio foi de desprezo por tudo que representava a ilha, nunca teve a dignidade e a honradez de jogar limpo, de dizer que defendia a permanência do Exército na ilha do Fogo com a proibição da população de utilizar as dependências da mesma. No ano de 2013 foi firmado um acordo entre o Exército e as prefeituras de Juazeiro e Petrolina para abertura da ilha nos finais de semana e feriados nacionais, as prefeituras se comprometeram com limpeza, recolhimento do lixo e a infraestrutura de acesso da população, até a presente data somente a prefeitura de Juazeiro vem honrando o compromisso. Queríamos aproveitar para agradecer a prefeitura de Juazeiro, ao Corpo de Bombeiros de Pernambuco (4º GB) e a Policia Militar de Pernambuco (5º BPM) que juntos tem desenvolvidos ações que permitem mesmo de forma precária o acesso da população a ilha.

Cabe esclarecer que, em razão da União ter realizado o registro cartorial na cidade de Petrolina, por conta da demanda judicial que impedia que a SPU desse a posse da ilha ao Exército, o IBGE no ano de 2010, reconheceu a Ilha do Fogo como pertencente ao território de Petrolina, fato este que torna a prefeitura de Petrolina como beneficiaria direta na posse da ilha, dificultando que outras instituições tenham a posse. Por fim, esperamos que o prefeito desça do pedestal da arrogância e da imaturidade política, e honre os compromissos assumidos. Se a ilha do Fogo tinha ou se ainda mantém o estigma de local para o uso e tráfico de drogas, cabe ao poder público estar presente com as políticas públicas necessárias, entendemos que é para isso que o prefeito foi eleito, para desenvolver políticas públicas, principalmente para a população que mais necessita."

Coletivo Amigos da Ilha do Fogo

http://www.geraldojose.com.br/index.php?sessao=categoria&cod_categoria=5&pagina=7

 

Seu voto: Nenhum

Pergunta

Só uma perguntinha: por que o contrato com Cuba é secreto?

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Mataram aulas de Sociologia,

Mataram aulas de Sociologia, História e Filosofia pra isso.

Não me perdôo por não ter falado pro Roberto Kant de Lima, da UFF, pra parar de ser indulgente com esses ignorantes.

Uns e outros ficam abanando titulos em Ciências Sociais sem saber de nada.

Tive uns colegas de turma no PPGSD - e ai não tem nada a ver com o Kant - que eram uns perfeitos neófitos.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

PJ não VOTA!

O Jornalismo acabou e a eleição não tem fim!

imagem de Igor R.
Igor R.

eu só faltei às aulas de

eu só faltei às aulas de ética...estava trabalhando (dizem que eu era consultor. eu não lembro bem)

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Cleto Maia
Cleto Maia

Politização do MPF.

Penso ser extremamente danoso para a imagem da referida instituição,contaminar-se pela sanha tendenciosa da grande mídia.O órgão republicano que é o responsável máximo pela fiscalização da Lei;bem como,todo o sistema jurídico-institucional,devem se manter a salvo das paixões e embates político-partidários.Caso contrário,ver-se-á desacreditada;prisioneira do descrédito que insculpiu para si mesma.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Atestado de bons antecedentes.

Essa gente toda do MPF + Globo e suas vassalas, vão acabar tendo de dar ao ex presidente Lula um Atestado de Bons Antecedentes, junto com um pedido de perdão e desculpas. Imagino o que tem de gente procurando em todos os bancos do mundo, cartórios, etc e até agora nadica de nada. Ou alguém acha que estao protegendo o Lula ?

Seu voto: Nenhum (15 votos)

lenita

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.