Revista GGN

Assine

O discurso político ensandecido de Joaquim Barbosa


Da UOL

Alerto o Brasil que este é só o 1º passo, diz Barbosa após absolvição no STF

Fernanda Calgaro e Guilherme Balza
Do UOL, em Brasília e em São Paulo


  • Bruno Spada/UOL

    Joaquim Barbosa, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), no início da sessão desta quinta-feira

    Joaquim Barbosa, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), no início da sessão desta quinta-feira

Após o STF (Supremo Tribunal Federal) absolver nesta quinta-feira (27) oito réus do mensalão da acusação por formação de quadrilha, o ministro Joaquim Barbosa fez um desabafo antes de um intervalo da sessão. O presidente da Suprema Corte criticou os pares e, indiretamente, a presidente Dilma Rousseff, ao afirmar que se formou no tribunal uma "maioria de circunstância".

BARBOSA FAZ DESABAFO APÓS ABSOLVIÇÃO

  •  

"Sinto-me autorizado a alertar a nação brasileira de que este é apenas primeiro passo. Esta maioria de circunstância tem todo tempo a seu favor para continuar nessa sua sanha reformadora", disse. "Essa maioria de circunstância [foi] formada sob medida para lançar por terra todo um trabalho primoroso, levado a cabo por esta corte no segundo semestre de 2012", disse o ministro.

Quando fala em maioria circunstancial, Barbosa refere-se à nomeação dos ministros Luís Roberto Barroso eTeori Zavascki, indicados por Dilma para os lugares de Ayres Britto e Cezar Peluso, que em 2012 votaram pela condenação dos réus por formação de quadrilha. Barroso e Zavascki tiveram entendimento diferente dos antecessores e foram decisivos para absolver os réus.

Apesar de negar publicamente que irá se candidatar a algum cargo nas eleições de 2014, Barbosa teria recebido o convite do PSB para disputar uma vaga no Senado. Nos bastidores, comenta-se que o presidente do STF está cansado e pode deixar a Corte. Pela lei, Barbosa pode deixar o cargo até seis meses antes das eleições (abril) caso queira disputar algum cargo.

Por 6 votos a 5, o STF (Supremo Tribunal Federal) absolveu, em sessão nesta quinta-feira (27), oito réus do mensalão do crime de formação de quadrilha. Com isso, a pena do ex-ministro José Dirceu e do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares serão diminuídas e ambos vão deixar o regime fechado e ir ao semiaberto.

Hoje, apresentaram seus votos os ministros Teori Zavascki e Rosa Weber, que inocentaram os réus desta acusação,e Gilmar Mendes, Marco Aurélio, Celso de Mello e Joaquim Barbosa, que votaram pela manutenção da condenação. Ontem (26), Luís Roberto Barroso, Cármen Lúcia, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski já haviam votado pela absolvição.

Além de Dirceu e Delúbio, o ex-presidente do PT José Genoino, os publicitários Marcos ValérioRamon Hollerbach e Cristiano Paz e os ex-dirigentes do Banco Rural Kátia Rabello e José Roberto Salgado estão sendo julgados novamente pela acusação de formação de quadrilha e terão as penas diminuídas.

CRONOLOGIA DO MENSALÃO

  • Nelson Jr/STF

    Clique na imagem e relembre os principais fatos do julgamento no STF

Crítica a Barroso e Zavascki

Em seu discurso, Barbosa criticou Barroso e Zavascki, os mais novos integrantes da Corte, por apresentarem cálculos em seus votos para demonstrar que a pena dos oito réus foi exagerada. "Ouvi argumentos tão espantosos como aqueles se basearam simplesmente em cálculos aritméticos e em estatísticas totalmente divorciadas da prova dos autos, da gravidade dos crimes praticados e documentados nos autos dessa ação penal", criticou, referindo-se aos votos dos novatos.

"Ouvi até mesmo a seguinte alegação: 'Eu não acredito que esses réus tenham se reunido para a prática de crimes'. Há duvidas de que eles se reuniram? De que se associaram? E de que essa associação perdurou por mais três anos? E o que dizer dos crimes que eles praticaram e pelos quais cumprem pena?", questionou o presidente da Corte.

Em seguida, Barbosa afirmou que era claro o papel que cada um desempenhava no esquema. Para o magistrado, o ex-ministro José Dirceu "se manteve na posição de líder e organizador da quadrilha até que o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) veio a público denunciar a quadrilha."

 

Média: 5 (11 votos)
108 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de wendel
wendel

E o Pit Bull virou vira-lata.....

São muito os comentários até agora (106) e sendo assim acrescento o meu (107).

O "Ministro" do supremo, do qual declino em recitar o nome, com este alerta à nação, nada mais faz que mostrar sua pequenez de "autoridade", que mais parece artista de picadeiro de circo, enfim desmascarado!

Vem me alongar, sugiro verem a entrevista de Mino Carta na revista, onde faz refêrencia ao dito cujo. É hilário e vale a pena ler!!!!

Seu voto: Nenhum
imagem de Cris Cris
Cris Cris

Mino Carta???

Mino Carta??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Seu voto: Nenhum
imagem de José Graças Lopes
José Graças Lopes

REJULGAMENTO DO MENSALÃO NO S T F

Olá Senhores, inclusive os do contraditório, boa tarde, 

Lamentavelmente é lamentavel, vermos ainda posturas tão sectárias e descabidas quanto  agora, a cerca do desfecho do novo  JULGAMENTO  do caso MENSALÃO. Não obstante percebemos,  que a maioria das opiniões plantadas aqui neste blog  a titulo de comentário, são PARCIAIS e infrutiféros, pois trantam na sua excencia,  de posições sectárias em favor da anarquia, do caos, da parcialidade,  que não deveria imperar em caso dessa magnitude.   É  lamentável, graças a essa postura,  temos o GOVERNO que merecemos, aliás temos  não, SOMOS  o governo que somos. Percebemos portanto que o problema está em nós,  sociedade.

Afinal nos remetemos aos seguinte dilema;  " SOMOS A SOCIEDADE QUE SOMOS PELO GOVERNO QUE TEMOS, OU TEMOS O GOVERNO QUE TEMOS PELA SOCIEDADE QUE SOMOS? ".

Seu voto: Nenhum
imagem de Ises Ramos
Ises Ramos

Estranho não?Nenhum

Estranho não?Nenhum comentário a favor do JB.Quase 10 anos de processo,colheita de provas,julgamentos,e

agora vêm dizer que o crime não existiu?!?.

Essa coluna é especializada(e cooptada) em agradar a situação.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Guilherme Silva (Guirma)
Guilherme Silva (Guirma)

Onde você esteve nesses dez

Onde você esteve nesses dez anos? Fugiu do planeta?

Como assim "agora vem dizer que o crime não existiu"? Muita gente séria diz isso faz tempo. Vá estudar o que dizem essas pessoas antes de falar bobagem.

Aproveita e estude também a AP470 e traz pra gente as tais "colheitas de provas" do processo. Quem fez isso não encontrou nenhuma. Aproveita e peça para o capitão do mato incluí-las no processo, já que o PGR também não encontrou nenhumazinha sequer.

Ah... E não esqueça de mandar  o PSTF estender essa lógica (condenações sem nenhuma prova + domínio do fato) a todos os processos que investigam os demo-tucanos.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Quando um juiz fala fora dos

Quando um juiz fala fora dos autos, quando um juiz encobre provas, quando um juiz desrespeitaa opinião divergente dos seus pares, quando um juiz faz política dentro da toga, quando um juiz age com o fígado, quando um juiz faz discurso como se fora político, quando um juiz compra apartamento em Miami usando o endereço do seu apartamento funcional em desrespeito flagrante à Lei, quando um juiz assaca acusações a outros poderes da República sem provas, quando um juiz viaja à Europa com benefícios pagos pelo contribuinte, quando um juiz se torna um algoz, quando um juiz perde a serenidade que lhe impõe o cargo ele coloca em risco a credibilidade da justiça, do tribunal onde exerce suas funções públicas e mais grave ainda, coloca em risco a estabilidade do país e por isso não merece ser mais tratado como juiz, mas como um desvairado e desequilibrado que merece o impeachment, vale dizer, ser removido de suas funções.

Seu voto: Nenhum

 

Combatendo a hipocrisia nacional que alimenta o fascismo.

imagem de Marcio Pavanello
Marcio Pavanello

Essa coluna é do PT?

Sem dúvidas, Vcs estão pagando pessoas para postarem comentários contra o Ministro Joaquim Barbosa. É só olhar as outras páginas... o Brasil inteiro está a favor do Ministro Joaquim... Publica essa seus manés....

Seu voto: Nenhum (12 votos)

ÓTIMA PIADA

Márcio Pavanello, esta de "o Brasil inteiro está a favor do Joaquim Barbosa" é muito boa. Kkkkkkkkkkkk Conta outra.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Voce cometeu o mesmo ato

Voce cometeu o mesmo ato falho do barbosa...

Agora, só entre nós dois...

Quanto voce está recebendo para atuar na internet a favor da direita?

R$ 150,00 era por atos de vandalismo...

E na internet?

E quem produz aqueles vídeos de direita usando de teorias com cara de bem fundamentadas?

Parece que foram produzidos pela CIA ou por "Analistas do PIG" que são "inflados" no volume de visitas?

Para aparecer 2 milhões de visitas? Quanto vale isso? A direita é tão politizada assim?

Esses frequentadores entendem de politica assim, se enteressam tanto assim?

Então por que os candidatos deles preferem a maracutáia ou golpe ao debate de idéias? Por que?

Por que os fatos são sempre contra eles, são idéias sempre excludentes?

E ai ABIN?

Que tal abrir investigação sobre este interesse REPENTINO E MACIÇO DA DIREITA EM POLITICA PELA INTERNET?

Seu voto: Nenhum

"O que fazemos na vida, ecoa na ETERNIDADE!" (Máximus - Gladiador)

"Os dois mais importantes dias em sua vida são o dia em que você nasceu e o dia em que você descobrir o porquê... - M

imagem de helcio dias de sa
helcio dias de sa

essa coluna é do Pt

Tenho a mesma vontade de justiça como voce e todos os brasileiros,mas nao acredito em mensalao midiatico e outras baboseiras,esse JB é o Collor preto do cartel midiatico.O Machado de Assis ,maior escritor brasileiro,preto beleza que a sociedade queria embraquecer escreveu o alienista e o Jb é o Simao Bacamarte.Esse JB é totalmente "despreparado" ,"desequilibrado" , sua vida  nao é essa  brastemp toda que o povao imagina.A sociedade perdeu uma magnifica oportunidade de discutir financiamento de campanhas politicas porque o cartel midiatico nao se interesse por povo esclarecido.Dá prejuizo.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de rogger
rogger

Barbosa não é um herói

Joaquim Barbosa, o herói do Brasil!!! Mas só que não... Brasileiro o povo que acredita em tudo...

Alguém o viu expressar tristeza com o fato de o processo contra o mensalão tucano não atribuir o mesmo crime de quadrilha a Eduardo Azeredo (PSDB-MG) & Companhia Limitada?

O inquérito da Procuradoria-Geral da República (INQ 2.280, hoje Ação Penal 536), que sustenta a denúncia contra Azeredo, foi apresentado pelo mesmo Procurador (Roberto Gurgel), ao mesmo STF que julgou o mensalão petista, e caiu nas mãos do mesmo relator, ele mesmo, Joaquim Barbosa.

O que dizia o Procurador? Que o mensalão tucano "retrata a mesma estrutura operacional de desvio de recursos públicos, lavagem de dinheiro e simulação de empréstimos bancários objeto da denúncia que deu causa a ação penal 470, recebida por essa Corte Suprema, e envolve basicamente as mesmas empresas do grupo de Marcos Valério e o mesmo grupo financeiro (Banco Rural)”.

Se é tudo a mesma coisa, se são os mesmos crimes, praticados pelas mesmas empresas, com o mesmo operador, cadê o crime de quadrilha, de que Barbosa faz tanta questão para os petistas?

Alguém viu o presidente do Supremo expressar sua tristeza sobre o assunto?

Alguém o viu decretar a tristeza no STF quando o processo contra os tucanos, ao contrário do ocorrido com a AP 470, foi desmembrado, tirando do STF a responsabilidade por seu julgamento?

Talvez muitos não se lembrem, mas as decisões de desmembrar o processo do mensalão tucano e de livrar Azeredo e os demais da imputação do crime de quadrilha partiu do próprio Joaquim Barbosa.

Foi ele o primeiro relator do mensalão tucano. Foi ele quem recomendou tratamento distinto aos tucanos.

Justificou, sem qualquer prurido, que os réus estariam livres da imputação do crime de formação de quadrilha “até mesmo porque já estaria prescrito pela pena em abstrato”, disse e escreveu Barbosa, em uma dessas tardes tristes.

Mais que isso, livrou os tucanos também da imputação de corrupção ativa e corrupção passiva.

O que se tem visto, reiteradamente, são dois pesos, duas medidas e um espetáculo de arbítrio de um presidente que resolveu usar o plenário do STF como tribuna para uma campanha eleitoral antecipada de sua possível e badalada candidatura, sabe-se lá por qual "partido de mentirinha", como ele mesmo qualificou a todos.

E as tantas outras tristezas não decretadas?

Vimos a maioria que compõe hoje o STF ser destratada como se fosse cúmplice de um crime; um outro bando de criminosos, portanto, simplesmente por divergirem de seu presidente e derrotá-lo quanto a uma única acusação da AP 470.

Que exemplo!

Sempre que um ministro do Supremo, seja ele quem for, trocar argumentos por agressões, será uma tarde triste para o Supremo.

Há uma avalanche de questões importantes, que dormem há décadas no STF, e que seriam suficientes para que se decretasse que todas as suas tardes são tristes.

Não só há decisões, certas para uns, erradas para outros. Há sempre uma tarde triste no STF pela falta de julgamentos importantes. Cerca de metade das ações de inconstitucionalidade impetradas junto ao Supremo simplesmente não são julgadas.

Dessas, a maioria simplesmente é extinta por perda de objeto. Ou seja, o longo tempo decorrido é quem cuida de dar cabo da ação, tornando qualquer decisão desnecessária ou inaplicável. Joaquim Barbosa se esquece de ficar triste com essa situação e de decretar seu luto imperial.

Por exemplo, o STF ainda não julgou as ações feitas por correntistas de poupança contra planos econômicos, alguns da década de 1980. Tal julgamento tem sido sucessivamente adiado. Triste. Quem sabe, semana que vem?

É triste, por exemplo, a demora do STF em julgar a Lei do Piso salarial nacional dos professores. Nada acontece com prefeitos e governadores que se recusam a pagar o piso salarial, enquanto o Supremo não decide a questão. Até agora, o assunto sequer entrou em pauta. Triste.

Muito mais triste foi a tarde em que auditores fiscais do trabalho, procuradores do trabalho, militantes de direitos humanos, sindicalistas e até o ministro do Trabalho, Manoel Dias, se reuniram em frente ao Supremo para chorar pelos dez anos de impunidade da Chacina de Unaí-MG.

Fazendeiros acusados da prática de trabalho escravo contrataram pistoleiros que tiraram a vida de quatro funcionários do Ministério do Trabalho que investigavam as denúncias.

Nenhum dos ministros cheios de arroubos com o suposto crime de quadrilha esboçou tristeza igual com a impunidade de um crime de assassinato.

Até o momento, aguardamos discursos inflamados contra esse crime que envergonha o país, acobertado por aberrações processuais judiciárias, uma delas estacionada no STF.

Quilombolas e indígenas: que esperem sentados?

Tristes foram também os quase cinco anos que o Supremo demorou para simplesmente publicar o acórdão (ou seja, o texto definitivo com a decisão final tomada em 2009) sobre a demarcação da reserva indígena de Raposa Serra do Sol (RR). Pior: ao ser publicado, o STF frisou que a decisão não serve de precedente para outras áreas. Triste.

Faltou ainda, a Joaquim Barbosa e a outros ministros inflamados, uma mesma tristeza, uma mesma indignação e um mesmo empenho para que o STF decida, de uma vez por todas, em favor da demarcação de terras quilombolas.

Seus processos, como tantos outros milhares, aguardam julgamento.

Uma Ação Direta de Inconstitucionalidade foi ajuizada pelo DEM contra o decreto do presidente Lula, de 2003, que regulamentava a identificação, o reconhecimento, a delimitação, a demarcação e a titulação das terras ocupadas por essas comunidades que se embrenharam pelo interior do território nacional para fugir da escravidão.

Por pouco não se deu algo ainda mais escabroso, pois o ministro relator de então, Cezar Pelluso, havia dado razão aos argumentos do DEM impugnando o ato.

A propósito, na mesma tarde em que o STF julgou e afastou a imputação do crime de quadrilha aos réus da AP 470, o mesmo Joaquim Barbosa impediu a completa reintegração de posse em favor dos Tupinambás de Olivença, Bahia.

A área dos índios estava sendo reconhecida e demarcada pela Funai. Joaquim Barbosa, tão apressado em algumas coisas, achou melhor deixar para depois. Ora, mas o que são uns meses ou até anos para quem já esperou tantos séculos para ter direitos reconhecidos?

Realmente, mais uma tarde triste para o Supremo.

Seu voto: Nenhum
imagem de Lais
Lais

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK..... que Brasil inteiro , cara pálida (!!) ... o mesmo que comprou TODAS as máscaras do Brabosão para "brincar" o Carnaval (!!)....Deve ser...

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de jonas stupym
jonas stupym

Joaquim Barbosa = Haddad

Nao creio que o JB na presidência seria muito diferente do Haddad na prefeitura. .. Arrogância, soberba, gostam de incomodar...

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Claudio.SJ
Claudio.SJ

O ódio de Barbosa contra Zé Dirceu

Barbosão, V. Exa. não consegue dissimular seu louco ódio contra Zé Dirceu.

Imagine V. Exa. sendo o presidente do Brasil. Isso vai virar o caos total.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de H Menon Jr.
H Menon Jr.

Discordo, Claudio... O ódio

Discordo, Claudio... O ódio de Barbosão é contra Lula. Diceu é apenas a forma mais fácil que ele encontrou para tentar ferir mortalmente Lula. A razão deste ódio contra justamente quem o colocou no STF? Complicado dizer mas existem algumas hipóteses. A mais óbvia é que ele deixou-se envolver pelo canto da sereia midiática que, a exemplo de Collor (e estou falando da Globo), tentou convencê-lo de que ele poderia ser o candidato da grande Imprensa para ser o próximo Presidente e ser, assim, o verdadeiro menino pobre que mudou o Brasil - e não Lula. Outra possibilidade é que tenha, de fato, alguma razão específica para nutrir tanto ódio por Lula; pode não ter gostado de ter sido rotulado, pelo próprio Lula, como o primeiro negro no STF - algo que seria dignificante especialmente no Brasil que ainda tem uma dívida enorme com os negros oriundos da escravatura. Mas ao aliar-se à Casa Grande e não à Senzala, Barbosão fez uma escolha sem volta. E ainda, outra possibilidade é Barbosão ser mentalmente instável, para dizer o mínimo. O ódio também pode ter origem na forma como muitos estudiosos vêem o mundo, dividido entre os poucos que estudaram muito, e os muitos que estudaram pouco. Nesta visão alguém como Lula não vale absolutamente nada e é motivo de escárnio como se conhecimento e sabedoria fosse a mesma coisa. Enfim, Barbosão é um caso para estudo... Poderia ter sido um modelo para seus irmãos da raça negra e para os trabalhadores em geral mas optou pelo conforto da Casa Grande. Que saiba administrar, pelo resto da vida, o legado de sua escolha...

Seu voto: Nenhum
imagem de Rossi
Rossi

"Alerta ao Povo"

Tenho absoluta certeza que este alerta, na verdade um desabafo desqualificador, terá sua resposta na medida certa.O ministro mais educado e professoral da corte, elegantemente tranquilizará a gente brasileira.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

O PROBLEMA É QUE O PRAZO DE VALIDADE DO BARBOSA ESTÁ VENCENDO

Para entender as provocações de Barbosa e o fugir do repto pelos desafiados é necessário perceber que o provocador tem o destino datado, 05 de abril de 2014, e antes disso precisa desprender-se do supremo de tal maneira, não tão depressa, que pareça que fez um julgamento com pretensões políticas, e não tão lentamente, que perca o tempo certo de lançamento da candidatura. Não a toa do nada, semanas atrás, FHC pronunciou-se publicamente, afirmando que Barbosa não reunia condições para ser candidato a presidente, apenas a vice. Avaliando-se a atual situação dos candidatos, através de análises competentes das pesquisas, salta aos olhos que não há chances de Aécio e Eduardo, pelo menos, levarem a eleição para o segundo turno e a única carta que resta a Casa Grande é o Barbosa candidato, mas os problemas são que não aceitou ser coadjuvante, quer o papel principal, daí a reação de FHC, e o roteiro traçado para justificar sua saída do Supremo, indignado e candidato a presidente, não encontrou nos russos, colaboração. Tá difícil a coisa, mas continuarão tentando, afinal ainda restam 36 dias e a esperança é a penúltima que morre.

Seu voto: Nenhum

Se o Dirceu era líder de

Se o Dirceu era líder de quadrilha, o PT era e ainda é, não um partido, e sim uma quadrilha. E o Barbosa não cita o Lula porque não tem culhão.

Diante disso assim que tomou conhecimento que o atual partido no poder é uma quadrilha deveria ter se demitido imediatamente. Sua indicação foi do presidente da república e líder máximo do PT, ou seja de uma quadrilha.

Não só não o fêz como votou em Dilma, como afirmou em entrevista. 

 

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Juliano Santos

Acho que o maior erro da

Acho que o maior erro da direita/mídia e afins é não conseguir ler o espírito do tempo. 

Essa embalagem vociferante de caçador de mensaleiros(no caso do barbosa, nem se trata de embalagem, ele é assim mesmo. Credo!!), pode até funcionar com uma pequena parcela da populaçào, mas é de influência limitada. Faz tempo que os arautos da justiça perderam espaço, mas não conseguem enxergar essa verdade simples. 

O impávido barbosa pode conquistar uns corações e mentes por aí e se eleger deputado, mas duvido muito, muitíssimo mesmo que passe disso. Vai virar um bolsonaro da vida, com direito a baixarias das mais diversas, para nosso horror e diversão. E será desmoralizado/desmentido vezes sem fim. Aliás, já começou a ser.

Acho que o povo brasileiro já despertou para o sentido de um dito muito comum aqui na minha região: muita trovoada é sinal de pouca chuva. 

Seu voto: Nenhum

Joaquim Barbosa, um político

Joaquim Barbosa, um político usando o STF como cabo eleitoral...

Seu voto: Nenhum (3 votos)

ABAIXO A DITADURA

 

Não bastasse um Carlos

Não bastasse um Carlos Sampaio, eis um novo que desponta.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Motta Araujo
Motta Araujo

JB é o grande vencedor,

JB é o grande vencedor, ninguem o parou por um minuto sequer, faz e fala o que bem entende sem ser interrompido.

Barroso foi risivel, segyrar um tanque Panzer com agua de rosas. JB continua mandadando e desmandando, não tem adversarios naturais, todos tremem perto dele porque ele tem a qualidade do audaz, Barroso quase pede desculpas pelo vonto em contrario. Ninguem se iluda, Barbosa vai dar muito trabalho. Lembra Carlos Lacerda, ninguem o parava, nem Getulio que pagou com a vida seus ataquea. Só o poder militar o barrou por razões obvias.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Miquinho Amestrado
Miquinho Amestrado

Respeito x temor e a fragilidade dos cristais

Neste caso AP470, sou testemunha de que sua indignação se juntagenericamente à nossa.

Mas suspeito que vc esteja confundindo ações e reações.

Existe um dever de responsabilidade e decoro no STF que não deve ser confundido com submissão ou temor.

TODOS os ministros têm uma das mais altas responsabilidades do país.

Não é pelo fato de alguns destrambelhados (como JB e GM) avacalharem o coreto em que transformaram o STF que todos devem partir para a esculhambação.

Veja que um mico Sagui, embora possa dar algumas mordidas no dono de uma loja de cristais, não é temido por ele, dono.

Não porque ele não possa estraçallhar o pequeno mico.

Mas porque tem uma responsabilidade e interesse com sua loja..

Justiça e decoro como se vê, podem ser frágeis como cristal

Seu voto: Nenhum
imagem de DanielQuireza
DanielQuireza

Não ha pesosa no STF a altura

Não ha pesosa no STF a altura e com coragem para contestá-lo, essa é a verdade.

Imagina só, o único que tentou, ainda que timidamente, foi o Toffoli, logo ele que dizem ser o mais despreparado ministro.

Mas claro que hombridade não é questão de preparo técnico.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Os ultrapassados

Esse negócio de tanque Panzer está ultrapassado.

Carlos Lacerda é de triste história, Hitler idem. "o poder militar" acabou "por razões obvias".

Serra, no seu estilo Panzer,  perdeu todas as últimas eleições, inclusive a disputa interna contra o fraco Aécio.

Barbosa desmoralizado no meio jurídico e em boa parcela da sociedade.

André Araújo o seu discurso se iguala a cada um deles e agrada a uma direita radical.

Apenas isso.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Só que não é a pessoa dele

Só que não é a pessoa dele que ainda está sendo respeitada, embora tudo, é o cargo. O Tribunal de Justiça é uma instituição muito formal, onde a hierarquia é um valor supremo. Ele, mereça ou não, ainda é o presidente do Supremo, é isso que lhe rende ainda algum respeito, embora sua pessoa vê-se que só é respeitada pelos afins políticos. 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

E a compra de votos, advogados ?

Precisavam debater o dogma _ compra de votos _ que continua sendo propagado sem ter sido provado.  Dessa acusação deriva toda explicação, mas como um réu poderia ter se defendido, alegando algo que implicasse do re-julgamento desse fato ?

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Juiz Braboso
Juiz Braboso

Interpelação Nele! Já!

Quando um juiz do chupremo, digo supremo faz uma declaração POLÍTICA como essa, dando um "ALERTA" (?) à população, não estará como presidente de um dos 3 Poderes, inacreditavelmente INCITANDO a dúvida ou rejeição institucional e/ou fazendo terrorismo político na população?!

O Congresso deveria interpelá-lo sobre:

1) O que o sr. quiz dizer com "é só o primeiro passo"

2) De que exatamente o sr. está alertando a população?

3) Como indicado pelo mesmo governo que precedeu este, de mesmo partido, o que o sr. quis dizer com "maioria de circunstância"? O sr. não estaria incluso nesta "maioria"?

4) O sr. confirma que aumentou a (justa) pena de réus apenas para evitar a prescrução prevista na lei que o sr. deve proteger?

5) O sr. reconhece que, avaliar a pessoa dos colegas de tribunal tecendo sobre eles juizo de valor ou de comportamento transcende seu papel como juiz, constituindo-se em flagrante quebra de decoro na mais alta corte do país?

---

Bônus: O sr. confirma que tem uma empresa* em seu nome com endereço em apartamento funcional da União?

 

(*) Ass as JB, digo Assas JB

Seu voto: Nenhum
imagem de Ronei
Ronei

a influência do jeito barbosa...

 

http://jornal.jornalabigorna.com.br/2014/02/25/advogado-representa-juiz-...

Seu voto: Nenhum (1 voto)

AInda acho INJUSTO O

AInda acho INJUSTO O JULGAMENTO!

Quem vai reparar os danos morais dos apenados quando vier a CERTEZA que a visanet não era uma empresa pública?

A globo será penalizada?

Toda mídia teria que produzir REPAROS aos réus!

Seu voto: Nenhum (15 votos)

"O que fazemos na vida, ecoa na ETERNIDADE!" (Máximus - Gladiador)

"Os dois mais importantes dias em sua vida são o dia em que você nasceu e o dia em que você descobrir o porquê... - M

Boa pergunta

Um julgamento totalmente injusto, esses réus nem precisavam terem sido condenados à prisão pq a condenação do tribunal midiático já teria sido cruel para elas da mesma forma que o foi as vítimas do caso Escola Base, cujos autores do crime, o SBT por exemplo, foi condeando a pagar uma merreca de 100 mil reais após 20 anos de espera, e o Silvio Santos não foi condenado à prisão, a pena foi apenas pecunária e, como se vê, um cafezinho em comparação ao valor de quase 1 milhão de reais ao qual Zé Dirceu foi conedando a pagar, além dos vários anos de cadeia. Quem vai pagar por isso, faço a mesma pergunta: O Estado? As empresas de mídia? Espero que o próximo o erro a ser reparo nesse julgamento farsesco seja o caso do fundo Visanet que, como se sabe, é fundo privado. Outra coisa: O dinheiro arrecadado junto a rede bancária, a título de empréstimo e devidamente quitado, foi usado para pagar campahas eleitorais dos candidatos da base tendo em vista a necessidade de ampliação do apoio no Congresso, não tendo havido compra de deputado eleito,  fosse assim os deputados que se "venderam" teriam que se punidos também, e aqui entrariam muitos membros do PSDB, que apoiaram a aprovação das reformas. Virar a página dessa injustiça jamais, não podemos dar sossego a estes golpisas, não podemos aceitar que pessoas fiquem presas injustamente.

Seu voto: Nenhum

Grato, Spin F

O ditado popular, não há bem

O ditado popular, não há bem que sempre dure e mal que nunca se acabe, nunca foi tão apropriado para o momento.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Estou de saco cheio por tudo que vem acontecendo no país, e nós democratas, não fazemos nada.

Eu inclusive. Parece que estamos todos anestesiados, que fomos dopados. Mas essa lombra vai passar e vamos acordar.

Eu creio !!!

gAS

imagem de Franbeze
Franbeze

Eu fico irado só em lembrar

Eu fico irado só em lembrar que  foi o Lula que escolheu um desequilibrado para ser presidente do stf. Lula e sua mania de ser republicano. Quero lembrar ao Lula que a direita fascista quando está no poder não é nem um pouquinho republicana.

Seu voto: Nenhum (16 votos)
imagem de JoaoMineirim
JoaoMineirim

Se o Barbosa não sair

Se o Barbosa não sair candidato esse ano, vai virar apresentador de algum programa na Globo. Vai gostar de aparecer paras câmeras lá no PROJAC.

Seu voto: Nenhum (13 votos)

Deita na BR, Barbosa !   Acho

Deita na BR, Barbosa !

 

Acho que ele já tem o discurso pronto para uma candidatura ao Senado pelo Rio. O PSB, mui amigo, convidou todos os algozes do PT, para virarem socialistas e ajudarem a acabar com esta raça. Quero vê-los sifu e aguardo 2018 ansiosamente para fazer campanha contra esses beócios oportunistas.

 

Tomara que a Erundina não se reeleja! Hipócrita !

Seu voto: Nenhum (13 votos)

Decisão do Supremo não se discute, se cumpre

Meses atrás, esses mesmos furibundos de hoje diziam em seu escárnio olímpico, com sorrisinhos nas faces: “Decisão do Supremo não se discute, se cumpre”.

Pois bem, meus queridos urubus, repitam comigo:

“Decisão do Supremo não se discute, se cumpre”.

Seu voto: Nenhum (21 votos)

Perplexidade aflita diante da perspectiva caótica

imagem de Motta Araujo
Motta Araujo

Pode cumprir discutindo

Pode cumprir discutindo sempre, uma Democracia não é um convento.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Cumprir, mas com direito ao contraditório - sempre

Há que se cumprir sim, mas não estamos obrigados a concordar.

A discordância, o contraditório fizeram o STF evoluir.

É assim que caminha a humanidade. Aprimorando e evoluindo para novos paradigmas.

O simples silêncio é sinal de mesmice.

Mas respeito sua opinião. 

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Na verdade, eu não emiti uma

Na verdade, eu não emiti uma opinião.

Apenas repeti a frase que ouvi algumas vezes meses atrás, após a condenação dos réus revista em parte hoje.

“Decisão do Supremo não se discute, se cumpre”.

Não se trata de discutir, mas devolver a frase para os emitentes antes felizes como pinto no lixo diante da penalização abusiva dos réus.

Entendido?

Seu voto: Nenhum (16 votos)

Perplexidade aflita diante da perspectiva caótica

Perfeito.

Entendi. Valeu!

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Se deixassem ele salgava e esquartejava

O "trabalho primoroso" de Barbosa - o louco:

 

Seu voto: Nenhum (13 votos)

Barroso e ZAvaski deveriam se

Barroso e ZAvaski deveriam se sentir honrados por serem  criticados por este "desposta de toga", este" Idi Amin do STF", sem qualquer equilíbrio, imparcialidade e respeito ao contraditório Barbosa é um verdadeiro "marionete da grande mídia",

Valeu pela coragem de Barroso e Zavaski.

Seu voto: Nenhum (19 votos)
imagem de Anderson_Link
Anderson_Link

Que situação...

Rapaz... vi um video no Terra hoje...  segue link:

http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/julgamento-do-mensalao/vide...

o despreparo de jb (em minusculo mesmo), a falta de educação em deixar Barroso proferir o voto, a falta de argumento dizendo "é pq ele está dizendo qual será o resultado" Hum?... a projeção psicológica( e aqui vale a explicação clara)(cont.)

"Em psicologia, projeção é um mecanismo de defesa no qual os atributos pessoais de determinado indivíduo, sejam pensamentos inaceitáveis ou indesejados, sejam emoções de qualquer espécie, são atribuídos a outra(s) pessoa(s). De acordo com Tavris Wade, a projeção psicológica ocorre quando os sentimentos ameaçados ou inaceitáveis de determinada pessoa são reprimidos e, então, projetados em alguém."

a falta de vergonha em diizer que Barroso esta "trazendo para o Supremo Tribunal Federal(preste atenção no garbo e pompa com que fala, como se dizendo isso, suas palavras e escolhas se tornassem corretas e acima dos outros) um discurso político (que ele sabe ou nao sabe que fez?), com o dedo em riste, dizendo ser "inapropriado" ele (Barroso) ser contra...  que vergonha alheia que eu senti... que vergonha do meu país ter alguém assim na sua mais alta corte... que situação embaraçossa assitir isso(e isso que nem lá eu estava!)... enfim, que vergonha...

para depois ver Barroso dando uma aula para jb sobre os pqs de sua escolha, confirmando ser técnica...  explicando que atribuir "o esforço para depreciar quem pensa diferente, é um deficit civilizatório", "é a inaceitação do outro"(com JB sendo ainda mais mal educado, se intrometendo a todo momento)... "nós precisamos evoluir", "discutir o argumento e nao a pessoa"... nao sei se fico feliz, por JB ter que ouvir isso... ou triste... por JB ter que ouvir isso! Mas continuemos...

com jb, despreparadamente (sim, de novo) jogando um argumento (querendo mostrar que sabe alguma coisa... mas q qq advogado "chave de cadeia" sabe) de que "a lei penal brasileira permiteum mínimo de 1 e o maximo de 3 anos para o crime de quadrilha (fraco, fraco DEMAIS) e que "o tribunal nao estrapolou tal paramentro"... que vergonha, de novo...

Barroso segue, firme, dizendo que considera "atécnico (Que não tem arte ou técnica) aumentar em 75%  tal decisão (e o que está baseando seu voto) para ver entao jb se perder falando "75%, isso é... isso é..." e balancando as maozinhas enquanto nao consegue achar um argumento contra (aqui eu ri, ri aquele riso quando alguém caí e é tao engraçado que vc nao consegue segurar) e ainda quando vi, me veio NA HORA a aula de porcentagem com o indgno de se dizer o nome (o video é de mal gosto, mas a "conta" que ele fez é mais):

http://www.youtube.com/watch?v=UiRNvK95438

nao sei dou risada ou se choro (de raiva)

para finalizar entao com o grande argumento de "me perdoe ministro Barroso, me perdoe" após vestir a sua capa da justiça falando literalmente para as cameras coisas que a elas interessa ouvir... olha... eu nao desejo mal as pessoas... mas que vou comemorar quando fhc, indgno, jb, aócio, dudu, marina e mais uma cambada de exploradores deste país morrerem... eu vou...  gente que só faz mal ao país, o atravanca, impede de seguir seu caminho, com cada ação, cada palavra, atitude, idéia e pensamento que tem... o "quanto pior, melhor"...

que situação a desse nosso país... ter que lutar diariamente contra gente desta laia... que vergonha.... que vergonha...

Seu voto: Nenhum
imagem de Schell
Schell

Toda manhã se olha no espelho

Toda manhã se olha no espelho e sabe que só está ministro por que é afrodescendente e por que o Lula gostaria de que o Brasil fosse mais equilibrado socialmente. Que todo o seu "cabide" de conhecimento não serve para nada. Que sua atuação como PMF foi pífia. Que não tem qualquer obra jurídica relevante. Que precisa arrumar empregos... Que precisa sair de férias... Que os apartamentos em "maiami" estão pela hora da morte... Que seu destempero azeda e salga por onde passa... E o espelho ali, ó, olhando para ele...

Seu voto: Nenhum (14 votos)

Quem sabe de cor o juiz ou

Quem sabe de cor o juiz ou juízes que condenaram Alfred Dreyfus? E os que mandaram para a cadeira elétrica Saco e Vanzetti? E o "magistrado" que conduziu o julgamento dos principais réus da "Operação Walquiria"? E os que condenaram os irmãos Naves?

Daqui a dez, vinte, trinta, cinquenta anos, Joaquim Barbosa, Gilmar Mendes, Celso de Melo, Marcos Aurélio de Melo,serão talvez notas de rodapé, e olhe lá. 

Uma análise psicológica no Joaquim Barbosa atestaria que ele se apossou desse julgamento. Era o "julgamento" dele. Os réus, e especial Zé Dirceu, eram da sua única lavra. Seus destinos teriam que estar totalmente nas suas mãos. Daí seu desespero quando os viu terem um destino diferente do que pensou e preparou para eles.

Joaquim Barbosa é caso para psiquiatria. 

Seu voto: Nenhum
imagem de MThereza
MThereza

Eu já tinha combinado comigo

Eu já tinha combinado comigo mesma de não dar mais trela às sandices do jb. Mas, tem um artigo do prof. Dallari no tijolaço, que pergunta por que não há quarentena para juízes irem para o palanque, quando há para que voltem a advogar. Para mim, o motivo é que nem o mais cínico dos legisladores previu que, um dia, haveria um juiz a usar tão descaradamente a cadeira de juiz como catapulta para uma candidatura.

Embora concorde com a premissa do ilustre jurista, gostaria muito mesmo de ver jb se esborrachar numa campanha.

(e parece que desde ontem jb voltou a ter dores na coluna)

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Descemos o cacete no Barbosa...

Mas segue para mim uma pegunta incômoda: Isto é tudo que se pode fazer?

Nossa justiça, é isto mesmo?

Déspota nomeado, não há o que fazer?

Seu voto: Nenhum (14 votos)

Gilberto .    @Gil17

Eu achei extremamente

Eu achei extremamente perigoso o discurso do Barbosa. É um acinte ao STF ,da qual o moço faz parte e é presidente. De antemão, colocou todo a futura composição do tribunal sob suspeição de "arranjarem"  o julgamento para absolver os réus, no caso de uma revisional. Este sujeito de louco não tem nada, faz o que faz de caso bem pensado e apoiado pela mídia. Só não entendo o pq. os outros ministros que foram ofendidos, pois chamados de vendidos, não  contestaram a fala do moço. Ali não estavam mais julgando e sim sendo julgados pelo Barbosa. Foram lançados a execração pública e não reagiram. Pobre STF. 

Seu voto: Nenhum (13 votos)

Marta, a senadora Gleisi já

Marta, a senadora Gleisi já respondeu ao Joaquim. Perguntou a ele se sua nomeação para o STF também estava sob suspeita, já que ele também foi nomeado pelo governo do PT. Disse que era sim um dia triste por ouvir de um ministro uma coisa desta. Se tivéssemos pelo menos uma dúzia de senadoras Gleisi, certamente o Joaquim e o Gilmar já teriam sido chamados ao Senado para se explicarem.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.