Revista GGN

Assine

Procurador vegano quer afastar funcionários carnívoros do Ibama

Durante o Seminário "A energia da Amazonia e o Meio Ambiente", realizado em São Paulo nesta segunda-feira (9) pelo Jornal GGN, soube-se de uma exigência insólita de um procurador da República vegano (filosofia que defende os direitos dos animais). Na semana passada, ele cobrou oficialmente da Diretora de Licenciamento Ambiental do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) a informação se era vegetariana ou carnívora.
 
Caso coma carne de animais, o orocurador pretende que a servidora se declare impedida de analisar licenças ambientais.
 
Fora esse episódio insólito, o Ministério Público foi bastante elogiado como defensor dos direitos dos humanos.
Média: 3.6 (9 votos)
110 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Isso é algum tipo de trote,

Isso é algum tipo de trote, pegadinha, boato?

Seu voto: Nenhum
imagem de GUSTAVO PESSOA
GUSTAVO PESSOA

PERGUNTA ABSURDA

A Diretora de Licenciamento do IBAMA não é obrigada a responder à pergunta do Procurador. 

 

Comer carne, em primeiro lugar, não é crime, e o simples fato de ser carnívoro não gera incompatibilidade com a função de expedir licenças ambientais.

 

O que o Procurador quer é abrir caminho para dizer que somente "veganos" possam trabalhar no IBAMA, o que é uma discriminação absurda, e que não tem lugar no artigo 37 da Constituição Federal. O acesso ao concurso público é livre para todos que prestem concurso e tenham a ficha limpa.

 

Mas a simples indagação "a senhora é vegetariana, vegana ou carnívora" constitui um ABUSO, porque o Ministério Público não pode indagar qual o GOSTO dos funcionários públicos.

 

Seria o mesmo que o Procurador perguntar se tal funcionário público é homossexual, bissexual ou heterossexual. Ou se a Diretora gosta do Flamengo ou do Fluminense.

 

O que ela tem que responder ao Ministério Público é que os seus gostos alimentares não interessam ao Parquet, e que como não é obrigada a responder sobre isso, devolve o ofício ao MP para que o Procurador faça dos seus papéis o uso que achar melhor.

 

Seu voto: Nenhum
imagem de GUSTAVO PESSOA
GUSTAVO PESSOA

PERGUNTA ABSURDA

A Diretora de Licenciamento do IBAMA não é obrigada a responder à pergunta do Procurador. 

 

Comer carne, em primeiro lugar, não é crime, e o simples fato de ser carnívoro não gera incompatibilidade com a função de expedir licenças ambientais.

 

O que o Procurador quer é abrir caminho para dizer que somente "veganos" possam trabalhar no IBAMA, o que é uma discriminação absurda, e que não tem lugar no artigo 37 da Constituição Federal. O acesso ao concurso público é livre para todos que prestem concurso e tenham a ficha limpa.

 

Mas a simples indagação "a senhora é vegetariana, vegana ou carnívora" constitui um ABUSO, porque o Ministério Público não pode indagar qual o GOSTO dos funcionários públicos.

 

Seria o mesmo que o Procurador perguntar se tal funcionário público é homossexual, bissexual ou heterossexual. Ou se a Diretora gosta do Flamengo ou do Fluminense.

 

O que ela tem que responder ao Ministério Público é que os seus gostos alimentares não interessam ao Parquet, e que como não é obrigada a responder sobre isso, devolve o ofício ao MP para que o Procurador faça dos seus papéis o uso que achar melhor.

Seu voto: Nenhum
imagem de clayton
clayton

absurdo vegetarianismo.

BRIGAS ENTRE SEGUIMENTOS SOCIAIS E UM PATETA DE PALETO QUE SE JUGA DR DOS DIRECIONAMENTOS E TRADIÇÕES SOCIAIS IMPONDO SUAS VONTADES AOS DEMAIS E CONSTRUÍNDO CONFLITOS NO IDEAL DE UTOPIA  DA CADEIA ALIMENTAR. DEUS DEVE ESTÁ LOUCO OCM ESTE POVO DE CABEÇA DURA. ABRAÃO DEVERIA SER MORTO QUEIMADO POR ESTE DISTO VEGETARIANOS. CLAYTON

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Veronica An
Veronica An

A priori essa postura parece

A priori essa postura parece radical, mas é válida afinal, como uma pessoa pode ser ambientalista se ela se alimenta de outros animais? Onde é que está a lógica nisso? 

Seu voto: Nenhum (18 votos)

Os Veganos que não respeitam a natureza!

Minha cara Veronica, a tua observação me parece completamente errada, ambientalistas por definição são pessoas que respeitam o equilíbrio da natureza, e dentro deste equilíbrio há uma coisa que se chama CADEIA ALIMENTAR, se constata que há bilhões de seres que se alimentam de outros e que esta cadeia alimentar é necessária para manter a vida na Terra.

A postura Vegana não é uma postura ambientalista, eu diria que além de ser uma postura exatamente anti-ambientalista é uma postura religiosa nada tem em relação ao meio ambiente, eles acham que os homens atingiram um dado estágio intelectual que devem adotar uma postura de não se alimentar ou utilizar os animais para qualquer coisa. Os sonho de um Vegano é que fixássemos raizes no solo e nos alimentássemos de sol, agua e componentes minerais (eles esquecem que grande parte dos vegetais apresentam condições de parasitismo controlado, ingerindo ou dominando outras espécies).

A postura Vegana contraria todas as regras naturais,ou seja, um mundo vegano nada teria de comum com o nosso mundo que é regido por leis nada gentis entre espécies em que a predação ou outro tipo de "crueldade" é a regra e relações não destrutivas entre espécies é praticamente  inexistente.

Os veganos chegam ao absurdo de não aceitarem a presença de animais de companhia, como cães ou gatos, de utilizar um animal para montaria ou para puchar um arado. Como eles não aceitam qualquer uso de produto animal e apoiam a agricultura biológica, gostaria de ver arados puxado a tração humana sustentando de alface toda a população do mundo.

Um Vegano procura a subversão completa e total da natureza, pois como todos os carniceiros são seres execráveis eles são considerados inferiores, eles não  aceitam a natureza animal do homem, colocando a nossa espécie como uma espécie diferenciada como qualquer religião o faz (no momento que supõe a existência da alma no homem).

Poderíamos dizer que os Veganos são um produto de uma sociedade abundante em que uns se dão o luxo de contrariar 2,5 milhões de anos da história do primeiro homem até os nossos dias. A fantasia vegana é baseada em falsas interpretações da natureza e colocam seus desejos além dos fatos. Os veganos tem uma visão romântica da natureza completamente fora do que existe, eles deixam claro, que o ideal era não se alimentar de animais e nem de plantas, mas como eles ainda não atingiram a capacidade de se alimentar de raios de sol (é o que sobra) eles se alimentam de vegetais. Ou seja, é uma religião que não seria sustentável para a espécie humana em termos ambientais.

Se formos raciocinar corretamente, veganos é que não poderiam participar de licenças ambientais, pois não aceitam o pricípio de cadeia alimentar, e classificam seres carnívoros como seres execráveis e comedores de carniça, logo quem não é ambientalista são eles e não os que aceitam a natureza como ela é.

Seu voto: Nenhum
imagem de Gilmar Candido
Gilmar Candido

Gostaria de fazer uma

Gostaria de fazer uma pergunta: você é um ruralista, tem terras e explora os animais?  Se não, por quê tanta dissertação em favor dessa indústria que tanto maltrata os animais, desmata e causa o efeito estufa?

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Rogério Maestri
Rogério Maestri

Não tenho terras, e o único...

.

Não tenho terras, e o único animal que tenho é um fox paulistinha e se alguém explora o outro é ele que me explora.

 

Quanto ao efeito estufa posso fazer algumas considerações: Se não existisse gases de efeito estufa não seria possível à vida na Terra, logo estes gases não são poluentes. Está cada dia mais claro, através de publicações científicas, principalmente de astrofísicos, que o Sol é que comanda a temperatura da Terra, mas isto eu não estou preocupado pois logo teremos os reflexos do atual arrefecimento solar.

 

Quanto a religião vegana tenho as seguintes opiniões:

 

Primeira: Se fossemos para ser vegetarianos teríamos três estômagos como os ruminantes.

 

Segunda: O que diferenciou o homem dos outros animais foi à capacidade de comer qualquer coisa, mas o que permitiu que o nosso cérebro desenvolvesse foi à cocção da carne, que fornece mais energia do que ficarmos pastando o dia inteiro.

 

Terceira: Não acho que uma religião deva contrariar milhares de anos de evolução do homem moderno antes que nos tornemos mutantes com uma fisiologia diferente que comporte a alimentação somente de vegetais.

 

Quarta: Considero antinatural a mudança de hábitos alimentares somente por razões religiosas, na natureza há diversas espécies de animais, os herbívoros, os carnívoros, os carniceiros e os hominívoros.

 

Quinta: Não acho que o homem seja superior a nenhuma espécie, só somos mais espertos (alguns, não) e mais inteligentes do que as outras espécies.

 

Sexta: Simplesmente sigo a lógica da natureza, não vou transgredi-la simplesmente por me achar superio a outras espécies, ou seja não me CONSIDERO SUPERIOR AOS OUTROS ANIMAIS, ISTO É PRETENSÃO E RELIGIOSIDADE.

 

Seu voto: Nenhum

INCOERÊNCIA

Neste caso não se trata de lógica, mas sim de coerência! Embora as duas palavras possuam conotação similar, seus princípios e fundamentos são diferêntes e divergentes em alguns casos.  Um abraço.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

superioridade moral?

Lendo o que veganos / vegetarianos escrevem aqui, me parece que se consideram moralmente superiores.

Impor-se estrições alimentares não torna ninguém superior aos aoutros.

 

Grandes "carniceiros" eram vegetarianos, como Hitler.

Além de não fumar e não ingerir bebidas alcoólicas, Adolf Hitler era vegetariano.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Vegetarianismo_de_Adolf_Hitler

Seu voto: Nenhum (15 votos)

¨Liberdade é a liberdade dos que pensam diferente¨ -- Rosa Luxemburgo

imagem de GuilhermeRocker
GuilhermeRocker

Wikipedia e Teorias pra confirmações?

Haha.. Por ter usado o Wikipédia e baseado de TEORIAS para usá-las em confirmações, se entende suas idéias mirabolantes!! 

Seu voto: Nenhum
imagem de Luana de Freitas
Luana de Freitas

Hitler não era vegetariano.

Hitler não era vegetariano. Ele era um adorador de caviar e comia crostas de fígado, além de vários tipos de embutidos.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Veganos X Carnívoros

Vixe! Daqui a pouco vão dizer que "Além de não fumar e não ingerir bebidas alcoólicas, Adolf Hitler era vegetariano..." e, também, um anjo caído de asinhas cor-de-rosa...

 

Quanto à "Liberdade é liberdade dos que pensam diferentes.", a frase, como soe acontecer, está fora do contexto em discussão. Suponhamos, por exemplo, só em tese, entenda, se uma pessoa tivesse preferência sexual por crianças autistas ou deficientes mentais gozaria da liberdade dos que pensam diferente para fazer sexo com elas?  

 

Pergunto: qual é, realmente, o referencial adequado para dar seguimento ao debate lógico envolvendo Veganos X Carnívoros? Simplesmente, no meu entender, a do desrespeito à vida de outro animal (não humano, pois também somos animais) que sequer pode sonhar se defender contra assassinos eficazes e melhor armados. Parto da premissa, quanto mais evoluído mentalmente é o homem, maior a sua responsabilidade para com os outros seres vivos quaisquer.

Sem me sentir superior, considero mórbido o desejo do homo insanus de comer cadáveres porque isto lhe ancora num primitivismo evolucionário do qual já deveria estar liberto.  Alerto que esta opinião não tem nada a ver com crenças teológicos. 

Sobre a famigerada "cadeia alimentar" ratifico as palavra de Peter de Vries, escritor e editor norte-americano:

A ideia de um Ente Supremo que cria um mundo no qual uma criatura deve comer outra para sobreviver e, então, proclama uma lei dizendo, "Não Matarás", é tão monstruosamente absurda que não consigo entender como a humanidade tem aceito tal non sense por tanto tempo."

 Para concluir, transcrevo a frase de um expoente histórico da humanidade, frase que me esforço para acreditar que, um dia, se a humanidade não se autodestruir, será pragmatizada:

"Chegará o dia em que a matança de um animal será considerada crime tão vil e condenável quanto o assassinato de um homem." (Leonardo da Vinci)

 

 

 

 

 

 

Seu voto: Nenhum

Diferenças entre vegetariano e vegano...

Parece-me que está havendo confusão de termos.

VEGETARIANO não se alimenta de carne de outros animais. VEGANO não se alimenta nem se utiliza de qualquer substância proveniente de animais, seja mel, ovos, leite, couro etc. Sapato de couro? Nem pensar!!!

Entenderam???

Então, esse procurador é vegetariano ou vegano? Ou nem ele sabe do que está falando?

Seu voto: Nenhum
imagem de Veronica An
Veronica An

Hitler não era vegetariano

Hitler não era vegetariano pelos animais, é fato que ele adorava comer carne e só era vegetariano por ordens de seu médico. Então não venha pra cá falar o que não sabe, baseado em pesquisa da Wikipedia.

Seu voto: Nenhum (9 votos)

FORNECER A FONTE

Olá verônica. Tenha certeza de que respeito sua opinião, comentários e pontos de vista seja sobre o que for, e neste respeito, o nosso amigo Edson Marcon fez seu comentário basenando-se no segundo maior e mais sério e acessado site do do planeta. Há alguns temas na WIKIPEDIA que ainda estão escassos por falta de informação segura e eu complemento alguns desses vazios baseando-me em uma pesquisa profunda em 3 ou 4 Enciclopédias, para só depois enviar ao WIKIPEDIA e mesmo assim leva um tempinho até eles aprovarem e publicarem, pois logo em seguida eles "repesquisam" com sua equipe. O que quero dizer é que a WIKIPEDIA não é uma Enciclopédia Virtual vulgar e que suas informações são, na minha estatistica pessoal, 99% seguras. 

O Sr. Edson comentou e "apontou" a base de seu comentário, ou seja, a página da WIKIPEDIA, e, a senhora que se posicionaou contrária á observação do amigo, NÃO APONTOU SUA FONTE!... Agora até mesmo eu, fiquei curioso em saber, ou melhor, em sanar essa questão, eliminando a dúvida, e assim sendo, lhe peço a gentileza de nos informar a FONTE que mostra e/ou prova que Hitler era mesmo carnívoro. Entenda, por favor, que não estou discordando e nem duvidando da senhora, e sim apenas desejo me inteirar um pouco mais sobre esses detalhes. 

Tudo de bom pra senhora, família e amigos. Aguardo. Obrigado!

Seu voto: Nenhum
imagem de Maria Izabel L Silva
Maria Izabel L Silva

Como dizia o tabareu: "nois

Como dizia o tabareu: "nois sofre mais nois goza ..."

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Filosofia insustentável

Uma sociedade que não consuma nada de origem animal não é viável.

  essa filofofia não pode ser imposta, nem mesmo aos próprios filhos.

Casal vegetariano é condenado à prisão por morte de filho

 http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/story/2007/05/070510_casalvegetariano_as.shtml

 

Um casal vegetariano radical foi condenado à prisão perpétua nos Estados Unidos pela morte por desnutrição do seu filho.

O bebê morreu seis semanas após o nascimento depois de ter sido alimentado com leite de soja e suco de maçã orgânico.

Os advogados de Lamont Thomas e Jade Sanders alegaram que o casal não desnutriu a criança intencionalmente ao colocá-la sob a dieta vegetariana.

Mas os promotores americanos, em Atlanta, disseram que o casal negligenciou o bebê deliberadamente.

"Não importa quantas vezes eles digam 'nós somos naturalistas, nós somos vegetarianos', essa não é questão desse caso", disse o promotor Chuck Boring, segundo a agência de notícias Associated press.

"A criança morreu porque não foi alimentada. Ponto."

Banheira

Crown Shakur pesava 1,6 kg quando morreu em abril de 2004. O menino nasceu na banheira da residência do casal.

Um dos advogados de defesa disse ao jornal Atlanta Journal-Constitution que Thomas e Sanders não procuraram a ajuda de um médico porque temiam que o hospital estivesse cheio de germes.

Segundo o advogado, o casal só percebeu que o bebê corria risco de vida quando já era tarde demais.

O júri deliberou por sete horas antes de anunciar o veredicto no dia 2 de maio.

Ao dar a sentença, o juiz disse que o veredicto de assassinato tornava a prisão perpétua obrigatória.

Seu voto: Nenhum

¨Liberdade é a liberdade dos que pensam diferente¨ -- Rosa Luxemburgo

imagem de cleber2305
cleber2305

É muita demagogia...

Simplesmente ridícula esta postura do "Paladino da Justiça". Tanto quanto o conteudo de muitos dos comentários aqui publicados.

Ora, o ser humano come carne desde os seus primórdios. Por qual razão haveria de mudar agora seus hábitos? Ademais, se é contra a ecologia o costume de se comer carne, haveríamos que exterminar todos os predadores do mundo, o que seria anda mais perverso.

Ora, que falta do que fazer! Se o sujeito não gosta de carne, problem dele. Agora, querer exigir este costume dos demais e, o que é pior, criticá-los por isto é uma tremenda babaquice.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

DEMAGOGO HIPÓCRITA

Olá... APOIADO! Concordo contigo. 

A palavra "Demagogo", tem uma conotação mais direta mesmo com a política.

A palavra "Hipocrisia", tem uma conotação já mais relacionada aos assuntos religiosos.

No entanto, infelizmente o que temos presenciado neste últimos anos, na minha opinião, são pessoas que estão associando e/ou agregando a tendêcia e o significado dessas duas palavras a si mesmas, isto é, temos visto muitas pessoas "demagogas hipócritas", no ambito políotico e até no religioso (mas este eé outro assunto).

Tudo de bom pra ti. Um Abraço.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Pergunta aos veganos /

Pergunta aos veganos / vegetarionos:

 Por acaso vegetais não são seres vivos também? Só porque eles não gritam, o ato de comê-los é menos "horrível"?

Seu voto: Nenhum (15 votos)

¨Liberdade é a liberdade dos que pensam diferente¨ -- Rosa Luxemburgo

imagem de Veronica An
Veronica An

Planatas e animais são de

Planatas e animais são de fato seres vivos, a diferença entre os dois é que os animais são seres vivos sencientes e as plantas não o são.. Seria interessante você pesquisar antes de falar besteira, essa história de "planta também sente dor" é papo furado de quem não tem base para argumentar.

Seu voto: Nenhum (10 votos)

As plantas são sencientes?

Minha cara, esta divisão entre animais com ou sem sencientes é mais um mecanismo para justificar o consumo de vegetais do que qualquer outra coisa. As plantas reagem como qualquer ser vivo a perigos e vantagens que o ambiente lhes presta, o que diferencia é a velocidade de reação.

Olhe o seguinte vídeo.

https://www.youtube.com/watch?v=XzQ_QeZjNOg&list=PLCC07E66503F99BB5

 

Seu voto: Nenhum
imagem de RGuido
RGuido

Rapaz, sua cegueira é de dar

Rapaz, sua cegueira é de dar dó. Não se trata de sentir ou não sentir dor, se as plantas são seres vivos não há argumento que, segundo a lógica, inocente quem as come tanto quanto não inocenta quem come animais. Observe a natureza e verá que todo ser vivente é predador ainda que seja totalmente vegetariano. Ser radical implicaria em nada comer!!!! e sabemos que assim não é possível viver.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Rodrigo Cherem
Rodrigo Cherem

Seu comentário é de um

Seu comentário é de um cinismo comovente, posto que tamanha burrice não pode haver.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Valentia

Quanta valentia de um covarde que se esconde no anonimato.

Seu voto: Nenhum (8 votos)

¨Liberdade é a liberdade dos que pensam diferente¨ -- Rosa Luxemburgo

Sim

Sim.

Em outras palavras, o sistema nervoso dos animais é mais desenvolvido que o das plantas. E, entre os animais, uns tb sao mais desenvolvidos que outros. Dai ser preferivel sacrificar peixes a sacrificar bois e porcos.

Mas o ideal mesmo seria nao precisar matar nenhum ser vivo para nos alimentarmos. Mas como isso nao é possível, escolhemos os seres cujo sacrifcio causamos menor impacto, no caso, os vegetais.

Att

 

Seu voto: Nenhum (14 votos)

seres vivos

Com ou sem sistema nervoso, são seres vivos.
Mas sua resposta esclarece que essa eh uma posição filosofica, nao tendo apoio da ciencia ou natureza.

Seu voto: Nenhum (13 votos)

¨Liberdade é a liberdade dos que pensam diferente¨ -- Rosa Luxemburgo

Como queira

Como queira, Edson

Mas nao posso condordar que seja uma posicao somente filosofica.

A questao do grau de desenvolvimento do sistema nervoso nao é filosofica, tem base cientifica.

Quanto a preferencia de nos alimentarmos sem precisar matar um animal, pode sim ser filosofica, ou moral.

Muito nao consideram uma questao moral por conta do antropocentrismo, ou seja, por consederarmos o ser humano o centro da existencia.

Por outro lado se considerarmos todos os seres igualmente importantes, a questao moral passa a vigorar mais claramente.

Veja que comemos bois e nao cachorros, gatos, etc. Isso seria considerado imoral na nossa cultura.

Ou seja, nao eh so filosofia.

Att

 

 

 

Seu voto: Nenhum (14 votos)
imagem de Horacio46456
Horacio46456

Peixes tem sistema nervoso

Peixes tem sistema nervoso desenvolvido sim. E como muitos trabalhos científicos ja comprovaram sentem dor. No fim é só uma forma de arrumar uma desculpa para criticar os outros e dizer como vc está certo.

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Falacia

Atribuir a mim uma afirmacao que nao fiz nao é legal, Horacio.

Nunca sugeri que peixes nao fossem suficientemente desenvolvidos a ponto de nao sentirem dor. Muito pelo contrario.

So comparo plantas, peixes e grandes mamiferos, que nao precisa ser muito inteligente para entender --basta um pouco de boa vontade.

Vejo que é muito difícil aceitar certos fatos da vida.

Comamos o que quisermos, mas nao neguemos o obvio.

A consciencia clara deve ser nosso guia, embora possa nos mostrar certas contradicoes momentaneas.

Por isso que muitas pessoas evitam tomar consciencia das consequencias de seus atos.

Se enganam e pensam que enganam os outros, ne Horacio.

Att

Seu voto: Nenhum (8 votos)

semelhanças

Alguns evangélicos e vegetarianos adoram fiscalizar o que os outros comem. 

Respeito à diferença mandou abraço.

Seu voto: Nenhum (15 votos)
imagem de pinheiro
pinheiro

o procurador, na qualidade de

o procurador, na qualidade de "vegano" , que so come vegetais, deveria tambem se declarar impedido, haja vista sua predileção por outro tipo de vida, como fonte de alimentacao...seriam no minimo suspeitas, suas declarações...

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Acho que nao esta certo o

Acho que nao esta certo o procurador agir de maneira discriminatoria assim.

Mas é certo que o hábito de comer carnes é extremamente antiecológico

Um desastre humano e ambiental

---------

O pessoal vira uma fera quando falam em tirar a carne 

Médicos, cientistas, poetas, etc. criam suas versoes dos fatos para defender o habito de comer carne

----------

Mas um dia, um dia tudo isso sera esclarecido

Que temos que ser benevolentes com os animais e com o meio ambiente

Que entre comer vegetais e comer animais desenvolvidos ha uma diferenca enorme

Que matar para comer so em caso de ultima necessidade

-----------

Sera a era da verdadeira razao

E tambem da compaixao

----------

Att

Seu voto: Nenhum (13 votos)

Quanta Bobagem

Por isso é que as mulheres adotam nome de fruta para amantes Veganos: Mulher Melancia, Pêra, Melão, etc., rs, rs, rs.

Espero que não proíbam o consumo de Ovo, que é a verdura que eu mais gosto!

 

Seu voto: Nenhum (11 votos)
imagem de Eduhl
Eduhl

Considerações

Antes de escrever, alguém aqui já se fez as seguintes perguntas?

1) Qual o maior motor do desmatamento da Amazônia? A busca por lenha? A plantação de cenouras? Pesquisem no google. Talvez vocês descubram que é a expansão da pecuária e das plantações de soja, que são quase que inteiramente destinadas a fabricação de ração para animais de comida.

A preocupação do procurador não é sem nexo.
Para colocar alguém numa posição de Direção de Licenciamento Ambiental, não seria adequado colocar alguém que tivesse um sentimento legítimo de defensora do meio ambiente? Acontece que "ambientalista carnívoro" é um oxímoro, dado que hoje conhecemos os impactos ambientais que a pecuária gera no mundo todo (por exemplo, ela é a maior responsável pela emissão de gases do efeito estufa do mundo, ficando à frente inclusive de todos os sistemas de transporte juntos)

2) Àqueles que usam expressões como "veganos xiitas", "zooxiitas", vocês sabem o que significa o termo xiita? Procurem no Google. Talvez descubram que é o segundo maior segmento da população muçulmana (o maior são os sunitas), que não tem nada de inerentemente "radical". O Irã é quase que inteiramente xiita. É um dos países mais avançados do oriente médio, suas mulheres têm mais direitos do que em quase todos os outros países dali. Em contra-partida, Sadam Hussein era sunita, e oprimia brutalmente a maioria xiita do país.

3) Àqueles que fazem piadas como "que dó das cenouras", "que dó das gramas": vocês estão querendo insinuar que o valor da vida de uma cenoura é o mesmo que o da vida de um porco? Vocês já interagiram com um porco para saber quão amáveis e inteligentes eles são? Provavelmente não. Mas procurem no google sobre a inteligência dos porcos. Vão ver que eles são considerados mais inteligentes que cachorros. Mas vocês não tiram sarro de alguém que diz: "que dó dos cachorrinhos", ou tiram? Vocês acham que seria ok desmatar a amazônia para instalar fazendas de cachorros de abate?

4) Como já disseram aqui, se vocês realmente tivessem dó dos vegetais, deveriam parar de comer carne, pois o consumo de vegetais necessário para alimentar os animais que lhes fornecem a carne é brutalmente maior do que a quantidade de vegetais que seria necessário para alimentar o ser humano diretamente.

5) Àqueles que acham (e aqui coloco o autor junto, por conta da ironia ao final do texto) que deveríamos estar mais preocupados com os direitos humanos em vez de com os direitos dos animais, vocês sabiam que a maior causa da fome global é o fato de que a maior parte da população segue uma dieta que inclui carne? Com os vegetais que produzimos, poderíamos alimentar muito mais que a população humana inteira, se não estivessemos dando mais da metade dessa comida para animais que produzem muito menos comida do que comem. Precisaríamos de mais espaço que a amazônia inteira para produzir alimentos para o mundo todo em uma dieta que inclui a quantidade de carne que uma típica dieta ocidental inclui.

Seu voto: Nenhum
imagem de Rogério Maestri
Rogério Maestri

Só tem um erro no teu

Só tem um erro no teu raciocínio, não é porque o sujeito come carne que ele vai ser corrupto!

.

Quanto a quantidade de carne ingerida pelo ocidente, concordo contigo, podemos diminuir a um nível natural de ingestão de carne, pois o que realmente se necessita é muito pouco (exceto crianças, gestantes, lactantes e velhos, que precisam um pouco mais).

.

Porém sinto dizer que a tua afirmação que há fome no mundo devido a pecuária está totamente errada, ela não resiste a nenhuma análise mais séria baseada em fatos.

.

O problema da obesidade no mundo é muito mais importante do que a fome, pois enquanto a fome está decaindo sensivelmente, segundo dados da FAO do período 1990-92 a 2011-2013 o número de pessoas que passam fome caiu de 24% da humanidade para 14%, por outro lado o número de pessoas obesas no mundo está aumentando em taxas altíssimas (não estou dizendo de pessoas gordinhas, estou falando de OBESOS) de 1980 a 2008 o número de obesos DOBROU, passando de 6,35% para 11,8%, prevendo-se que em 2015 teremos no mundo 700 milhões de obesos e o número de pessoas passando fome nesta data se prevê em torno de menos de 800 milhões.

.

O mais surpreendente de tudo é a declaração da FAO sobre a diminuição da fome no mundo: "Somente a África e o sul da Ásia não beneficiaram plenamente dessa evolução", com regimes que permaneceram dependentes respectivamente dos cereais e das raízes tuberosas, como a mandioca.

.

Por outo lado a obesidade não é causada por excesso de proteína animal mas sim por excesso de PRODUTOS VEGETAIS (cereais industrializados, pães, farinhas, açucar e massas).

.

A fome é um problema político, ligada mais a guerra e a propriedade da terra, na África, onde a fome persiste, as guerras retiraram as pessoas do campo, devido a isto passam fome nas periferias das cidades.

.

A partir destes dados podemos dizer se é para demonizar tipo de alimentos, de forma primária como fizeste, por causar fome ou obesidade podemos de forma errada concluir que os vegetais são os maiores culpados.

.

Seu voto: Nenhum
imagem de Gilmar Candido
Gilmar Candido

Falou bem.

Falou bem.

Seu voto: Nenhum
imagem de DPJ
DPJ

Muito sensato seu ponto de

Muito sensato seu ponto de vista.

É notável como os que se acham de esquerda são muito antiquados quanto a esse assunto. São grosseiros e partem logo para a pilhéria. Incapazes de debater idéias. Teve outro aqui que disse, se bem me recordo, "os peixes que se danem" (mais ou menos isso) quando criticava as posições de Marina Silva a respeito de uma hidroelétrica que seria construída. O mesmo aconteceu no epísódio do salvamento do beagles daquele curioso laborotário que estaria pesquisando a cura para o câncer (!). Na minha opinião, essa esquerda simpática ao PT é, em larga medida arcaica no que diz respeito às questões ambientais. Ainda acham que estão em plena luta de classes do Século passado. Imagino (não tenho como comprovar): são servidores públicos que passaram toda a sua vida sem quaquer atenção à questão ambiental, se empanturrando de churrascos. Não vão mudar. Keynes destacou como é difícil pensar o novo. É mais fácil achar que se faz graça com comentariozinhos toscos e sem imaginação. São essas pessoas que me fazem olhar com certa simpatia a candidata Marina Silva - em quem não votei e não pretendo, ainda, votar. Mas também não me sinto companheiro de viagem desses por aqui. Não mesmo.

Seu voto: Nenhum
imagem de Claudia Assis
Claudia Assis

A esquerda primitiva

Perfeito comentário. Sempre reclamo com um amigo filiado ao PT que a  esquerda não tem quadros ligados à proteção animal. E os simpatizantes deploram qualquer vegetariano/vegano ou ativista que se aproxime deles.

Seu voto: Nenhum
imagem de Natali
Natali

Perfeito!

A falta de conhecimento leva à ridicularização que vemos na maioria dos comentários. Espero que os ignorantes se dêem ao trabalho de ler do que você escreveu. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

FALTA DO QUE FAZER

O cara ganha o segundo maior salário do Brasil para ficar tratando de coisa sem nenhuma importância. Por quê esse PROCURADOR não vai PROCURAR coisa útil para fazer?

Seu voto: Nenhum (13 votos)
imagem de Sergio F.
Sergio F.

falta do que fazer

Tenho até uma sugestão de coisa útil para este cidadão vegano fazer: revirar gavetas de seus colegas à procura de documentos comprometedores, e encondidos, sobre o caso do Metrô/SP.

 

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de aliancaliberal
aliancaliberal

Mais uma minoria oprimida, a

Mais uma minoria oprimida, a carnivoronormalidade é uma construção social imposta por uma sociedade veganofóbica.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de aliancaliberal
aliancaliberal

Mais uma minoria oprimida, a

Mais uma minoria oprimida, a carnivoronormalidade é uma construção social imposta por uma sociedade veganofóbica.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Com avanços da biotecnologia,

Com avanços da biotecnologia, quem sabe "insiram clorofila no nosso código genético". Depois é só se alimentar de luz.

Segundo teorias conspiratórias recentes, esse foi o primeiro ser humano testado

 

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Alessandro D(Usa GNU/Linux)

 

imagem de Fernando AL
Fernando AL

Essa história tem uns 10 anos

Essa história tem uns 10 anos e cada vez que a diretora de licenciamento do ibama conta o caso, ela aumenta um pouco. De fato, o procurador colocou, entre várias perguntas, questionamento sobre a dieta da servidora. Agora, dizer que ele tentou ou pretendia afasta-la, com base nisso, é pura mentira.  

Seu voto: Nenhum (12 votos)
imagem de João Manoel
João Manoel

Se este procurador pretende

Se este procurador pretende que ninguém coma carne, então faltará erva para êle. Siga o raciocinio: ninguém mais come carne. Um casal bovino, se não é abatido, logo se transformará numa boiada. De uma boiada, surgirão novas boiadas e milhares de boiadas. E boi come o quê? vegetal. E ainda não estamos falando de cabritos, porcos, veados, galinhas, patos, marrecos, todos vegetarianos. Será que tem vegetal para todos? Será o fim da Amazônia, do Cerrado e do que sobra da  mata atlântica. E no final dos tempos só sobreviverão ratos e baratas. O que  v.excia prefere comer, rato ou barata? Ah, rato não pode, pois é carne. Então só sobra a barata. Bom apetite, sir. By, by, sir procurator.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Marcela Lagos
Marcela Lagos

Esse caso me faz lembrar algo

Esse caso me faz lembrar algo relevante: num tribunal do juri não pode participar como jurado a pessoa que trabalha com abate de animais. Há um motivo sério por trás disso. Gente que trabalha com matança (sim, a palavra está correta) fica muito menos sensível a morte, sangue, mutilação, facada, pancada.... Então o procurador virou "vegano xiita" e "defensor de alfaces" porque lançou um novo olhar sobre essa questão? Estranho como a opinião das pessoas muda conforme o que ela acredita que lhe seja conveniente. Não se trata simplesmente de querer proteger "bichinhos e plantinhas". Os problemas ambientais afetam o único planeta que temos para habitar. Não é o Procurador que é chato demais. São as pessoas que não estão sensíveis o suficiente a esse tipo de visão. Sinal de que está faltando informação e entendimento a respeito de muitas coisas que acontecem aos bichos e plantas, mas que afetam o ser humano de forma dramática. Lendo os comentários fica difícil discordar totalmente desse defensor público. 

É, Procurador... não é fácil abrir caminho! Posso imaginar o primeiro abolicionista que resolveu abrir o bico lá atrás, nos tempos da escravidão... o que não deve ter ouvido e sofrido.

Seu voto: Nenhum
imagem de Carlos Frederico
Carlos Frederico

Esse foi o argumento mais

Esse foi o argumento mais ridículo, que eu já ouvi para defender o vegetarianismo. Não existe nenhuma lei proibindo alguém que trabalhe com abate animal, participar como jurado.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.