Comércio está 4% abaixo do ano de 2014, por Luis Nassif

Repare que dois setores que mais refletem a situação atual das famílias - Hipermercados, produtos alimentícios e hipermercados e supermercados - registraram queda de respectivamente 3% e 2,6% no acumulado do ano.

Foto: Agência Brasil

A Pesquisa Mensal do Comércio traz um dado revelador da falta de dinamismo da economia brasileira. Tomando 2014 como base 100, ela fechou outubro no nível 96 – ou seja, 4% a menos do que em 2014, último ano antes da grande crise de 2015 no governo Dilma. Mesmo sendo um dos poucos setores dinâmicos da economia, a queda é significativa.

Dos 11 setores pesquisados, 8 registraram queda no mês. Em 12 meses, 9 setores tiveram alta e 4 tiveram queda.

Nessas estatísticas interessa o Volume de Vendas, já que a Receita Nominal é diretamente afetada pela inflação..

Repare que dois setores que mais refletem a situação atual das famílias – Hipermercados, produtos alimentícios e hipermercados e supermercados – registraram queda de respectivamente 3% e 2,6% no acumulado do ano.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome