Efeito câmbio responde por pelo menos 54% do IPCA de 2021, por Luis Nassif

No acumulado de 12 meses, o IPCA chegou nos 10,06%. Desse total, Transportes respondeu por 45,79%, e Alimentação e Bebidas por 16.38%.

arroz

Ontem, mostramos o balanço do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Ampliado) até novembro. Ontem, o IBGE divulgou os dados de dezembro, fechando o ano. Até novembro, o acumulado de 12 meses era o maior desde 2003. Com os dados de dezembro, houve alguma redução. Mesmo assim, foi  o maior índice semestral desde 2002 e o maior em 12 meses desde 2015.

A primeira tabela mostra a variação dos 9 grupos de preços. A segunda tabela mostra a influência de cada grupo no resultado final. A maior influência foi Alimentação, com 0,17% e Transportes, que respondeu por 0,13 dos 0,73% do IPCA do mês.

Em termos percentuais, Alimentação e Bebidas responderam por 23,89% do índice enquanto Transportes respondeu por 17,4%.

No acumulado de 12 meses, o IPCA chegou nos 10,06%. Desse total, Transportes respondeu por 45,79%, e Alimentação e Bebidas por 16.38%.

Nesses 10,06%, um grupo de produtos diretamente afetados pelos preços internacionais responderam por 54,09% do total. Essas cotações foram diretamente afetadas pelo câmbio. Justamente por isso, são falhas as explicações do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, que atribuiu a inflação interna à inflação internacional.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ze sergio/sorocabanoburaco

- 2022-01-12 10:21:28

Efeito Câmbio? Mas segundo os Economistas, a Economia Brasileira não era Dolarizada?!!! Então porque o Câmbio pode produzir tantos estragos, ainda mais com a aprovação e submissão do Estado Brasileiro? Como se deu tal milagre no NeoLiberalismo de PSDB e PT? Leiam André Motta Araújo que já mostra que esta era a Política de Estado implantada junto com a Ditadura Esquerdopata Fascista de 1930 sob o comando da "genialidade" de Eugênio Gudin. E até hoje depois de quase 1 século, ainda tentam explicar o óbvio. Sabemos que o óbvio para alguns é de difícil compreensão. E para Nós, a maioria do Povo Brasileiro, é abismo que não enxergamos, devido à imposição ao uso do cabresto. Pobre país rico. Terceiro Mundo. Anão Diplomático. "Deitado em berço esplêndido durante 91 anos de coma". Mas de muito fácil explicação. Ainda bem que Nós, 'Déspotas Esclarecidos' (AntiCapitalistas é claro!!), toda Família, o Totó, Parentes, Vizinhos, Amigos, Conhecidos, 'Gente Loira de Olhos Azuis', já estamos com futuro "capitalista" garantido entre Residências, High Scholl's, Harvard's, Soubornne's e Cidadanias Européias e NorteAmericanas, não é mesmo Nassif? ,

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador