Viúva desconfia que Janene esteja vivo e CPI da Petrobras pede exumação

Da Agência Brasil

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras deve pedir a exumação do ex-deputado José Janene. O parlamentar foi apontado em depoimento pelo doleiro Alberto Youssef como o operador do PP no esquema de desvio de dinheiro e pagamento de propina envolvendo a Petrobras.

Antes da reunião que colheu os depoimentos do presidente da empreiteira Camargo Corrêa, Dalton Avancini, e do diretor da Galvão Engenharia, Erton Medeiros Fonseca, o presidente da CPI, Hugo Motta (PMDB-RJ), disse que foi procurado pela viúva do parlamentar, Stael Fernanda Janene, que teria dito que Janene não morreu e que fugiu para escapar das condenações da Ação Penal 470, o processo do mensalão, do esquema investigado pela Operação Lava Jato e de outras coisas mais.

“A própria viúva não tem certeza se o senhor Janene morreu. O caixão apareceu lacrado e ninguém o teria visto morto”, disse Motta, que anunciou a intenção de exumar o corpo de Janene. “Eu vou protocolar o requerimento, pois me comprometi com essa exumação”.

A informação causou tumulto entre os integrantes da comissão. O deputado Júlio Delgado (PSB-MG) disse que a exumação iria causar um desvio nas investigações da CPI. “Não podemos agora querer colocar um bode na sala com essa exumação”, disse.

O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) propôs que, antes de se fazer a exumação, fosse criada uma comissão de deputados para falar com Stael Fernanda Janene e colher mais informações. Como não houve consenso, antes de decidir pela exumação, a CPI vai analisar o requerimento que convoca a vuíva.

Leia também:  EUA receberão informações sigilosas da Petrobras graças à Lava Jato

Réu no processo do mensalão, Janene que morreu de infarto em 14 de setembro de 2010, foi acusado de formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Presidente do PP à época, ele teria recebido R$ 4,1 milhões.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

37 comentários

  1. Dai tambem eh demais …
    Se

    Dai tambem eh demais …

    Se ele conseguiu sair do Incor com atestado de obito falso, teria que corromper pelo menos uns 5 medicos, mais N enfermeiros, mais N coveiros e silenciar uma grande quantidade de pessoas.

    Se o morto no caixao nao eh o Janene, entao tem que parar tudo …

    • Na ap 470, vulgo Mentirão,

      Na ap 470, vulgo Mentirão, tem um outro caso medonho, também envolvendo ex-presidente de partido. Em pleno julgamento do Mentirão, Joaquim Barbosa, o Barbosão, com o intuito de prejudicar os réus, mentiu a todos os demais juízes afirmando que o ex-presidente do PTB havia se reunido com outros réus para praticar crime (mais uma das acusações do Mentirão em que jamais apareceu viva alma para servir de testemunha) em dez/03, após a morte do acusado (que morreu em out/03). Mais um, dentre tantos outros, abusos escandalosos daquele julgamento farsesco, que não foi corrigido pelo STF até hoje.

      https://www.youtube.com/watch?v=fzsYd5g-k7U

  2. Vivo? Ah,,,vá…
    Chamem a

    Vivo? Ah,,,vá…

    Chamem a equipe do seriado ”Supernartural”

     É pertinho: canal 132 Warner Chanel.

       Não caiam na ilusão do episódio ”Sob Suspeita” porque …´porque…não pega bem.E nem é do ramo.

        Supernatural é o lugar do cara.

     ps: Ironia do destino: Odorico Paraguassu está procurando um defunto até hoje….( que não seja ele própio)Manda o caixão pra lá.

  3. Janene está morto. Vivo estão

    Janene está morto. Vivo estão o pessoal da Zelotes, Trensalão, Furnas etc…muito vivos por sinal.

  4. Janene não morreu.E nem o

    Janene não morreu.E nem o Elvis.

    Agora está explicado porque minha carteira sumiu ao som de My Way.

  5. Nao bate com nada que eu

    Nao bate com nada que eu conheco.  Quem quer que seja ele -e eu nao sei- ele teria abandonado a esposa e (suponho) filhos por causa de merrecas?  E todas elas so pra ele proprio?  E por quais cargas dagua a esposa teria dito isso 5 anos DEPOIS da morte?  Ela nao viu dinheiro que teria sido prometido a ele se ele tivesse “fugido”?  E se ela NAO soubesse se ele morreu ou nao morreu, porque esperaria 5 anos pra o dizer em publico?

    Ou ele morreu e ela ta fantasiando por causa da conta bancaria, ou ele nao morreu e ela ta tentando cuidar da conta bancaria pois ele abandonou a familia!

    Nao ha outra solucao aqui nao!

    Devido aa gravidade o sangue se acumula nas partes baixas depois de algumas horas da morte e se ele tava de rosto pra baixo ele apresentaria um “quadro” horrivel de se ver -eu ja vi um desses e valeu a experiencia mas nao quereria ter uma dessas de novo).  Eh possivel que a familia tenha recebido um caixao fechado sim, claro.  So que mesmo em um quadro desses eu nao imagino a familia se excusando ou se negando a ver e reconhecer o corpo.  A palavra reconhecer aqui eh tecnica e literalmente pertence aa conversa legal e judicial de mortuarios e ML’s -minha irma x foi reconhecer minha irma y  depois do acidente em 72 (ou algo parecido) e ela conta essa historia ate hoje.

    Tambem nao consigo imaginar ninguem da familia recebendo um caixao fechado de “presente” E TAMBEM se recusando a ver o corpo!  Isso nao existe.

    Me lembrou do acidente de aviao no qual o engenheiro jurou que tinha a caixa-preta certa;  ela foi “acompanhada” por um monte de polliticos brasileiros ate os EUA, onde se “descobriu subitamente” que essa era a caixa-preta da telemetria e nao das vozes da cabine de controle;  um unico dia depois da “descoberta” o engenheiro foi metralhado no meio da rua em Sao Paulo.  Eh virtualmente evidente que ele, O ENGENHEIRO, tinha sido comprado pra mentir e ninguem sabe ate hoje quem o matou e por qual razao e se foi ou nao foi a banda podre da PF que o metralhou.

    Se eh que ha mais dinheiro envolvido do que parece aqui, nesse caso especifico, essa mulher esta correndo um perigo gravissimo.  Se eh que ela foi comprada.

    Por enquanto, a historia nao faz uma gota de sentido exceto esse.

  6. Janene era o capeta

    Conseguiu ludibriar, e internar no Incor, um infartado usando o seu nome.

    ” E morreu em setembro de 2010, aos 55 anos, no Instituto do Coração (Incor), em São Paulo.

  7. Pois é!

    A regra, perlo menos aqui em São Paulo é que depois de tres anos um familiar pode pedir a exumação para mudar os ossos para um ossário. Não sei como funciona num cemitério israelita, já que Janene foi, supostamente, enterrado em um (Londrina)!

  8. O pessoal da CPI está …

    Esse pessoal está igual ao Moro pensando em investigar morto… Agora vamos lá… Se ele estiver vivo, como  achá-lo? No Brasil ele não esta, se ele era malandro como diz, ele já deve ter feito até plástica para não se reconhecido e também feito regime é claro que não existe crime perfeito, mas eu penso que encontrá-lo não vai ser fácil.

    • Engano seu

      Se ele está vivo, seria cassado por milhares de brasileiros que estariam   alertas. A denuncia da esposa não vale nada a partir de agora, pois é lógico que o que ela quer é mais dinheiro. Nesta altura dos acontecimentos ela e seus advogados devem estar negociando o seu silencio.

  9. É um caso pra pensar… esse

    É um caso pra pensar… esse Janene aparece em tudo que é Operação, o sujeito era um Mandrake, ou é? Nessa política tupiniquim tudo é possível acontecer, já não duvido mais de nada, se amanhã me disserem que viram o Ulisses Guimarães comendo camarão na beira da praia, não vou duvidar, tudo é possível.

  10. Hugo Motta não é do RJ, é da

    Hugo Motta não é do RJ, é da Paraíba.

    E podem anotar o nome dele aí nas suas cadernetas, porque vai longe na política.

    E no caso em questão, o fato político é a dúvida, e não o resultado da exumação. Que talvez nem aconteça, e se acontecer e não for positiva para fraude, fiacrá eternamente sob suspeita. 

    • Voce eh PAGO por burradas por

      Voce eh PAGO por burradas por teclas tecladas ou voce eh tao burro que eh pago em milimetros quadrados de burradas?

  11. CPI da Petrobras virou zona

    ‘É um absurdo’, diz viúva de Janene sobre exumação do corpo do marido

    Presidente da CPI da Petrobras disse que pedirá exumação de Janene.
    Ex-deputado morreu em 2010, e está enterrado no norte do Paraná.

     

    Rodrigo Saviani Do G1 PR, em Londrina

    O corpo de José Janene está enterrado no Cemitério Islâmico de Londrina (Foto: Rodrigo Saviani/G1)

    A viúva do ex-deputado José Janene, Stael Fernanda Janene, classificou como “absurda” a possibilidade de haver uma exumação do corpo do marido, morto em 2010. “Isso é um absurdo. Não há nada disso”, afirmou em breves palavras à RPC. “O meu advogado está tratando do caso”, completou.

    Em nota publicada em seu perfil no Facebook, Stael disse estar “estarrecida” com o que foi mencionado. “Em momento algum procurei ou fui procurada por qualquer deputado dizendo o que colocaram em minha boca, principalmente no que tange a respeito de minha suposta desconfiança sobre a morte do pai de meus filhos”, escreveu na nota.

    Ainda na nota, a viúva de Janene lembrou que o enterro do ex-deputado “se deu sob os costumes muçulmanos onde nem ao menos existe um caixão, quanto mais, lacrado”. Por fim, ela disse que a exumação seria “um erro e uma maldade desumana”, e que a comprovação da morte de Janene “se deu no Hospital Incor de São Paulo, devidamente registrada em cartório da mesma cidade”. *Confira abaixo a íntegra da nota.

     

    Confira a nota publicada pela viúva de Janene
    Evitei todos estes dias em que meu nome foi citado indevidamente me pronunciar, pois acreditava que a verdade viesse à tona com o tempo, ledo engano. Me pronunciarei agora não como a ex-mulher de Janene, mas sim, como mãe dos filhos dele. Estou estarrecida ao ver toda a mídia nacional colocar palavras e situações em minha boca sem nunca eu pronunciá-las, então como mãe em defesa de meus filhos resolvi fazê-lo. Em momento algum procurei ou fui procurada por qualquer deputado dizendo o que colocaram em minha boca, principalmente no que tange a respeito de minha suposta desconfiança sobre a morte do pai de meus filhos. Jamais fiz isso, e nem poderia, pois fui eu mesma em companhia de meus filhos e das filhas dele, que recebi seu corpo na mesquita muçulmana aqui em Londrina. Ao contrário do que leio de que seu corpo estaria em caixão lacrado, não havia caixão algum, pois seu enterro se deu sob os costumes muçulmanos onde nem ao menos existe um caixão, quanto mais, lacrado. A imprensa Paranaense e grande parte da nacional acompanhou o enterro, e mais, toda comunidade muçulmana de Londrina é que prepararam o corpo para ser enterrado fielmente como seus costumes. Não posso deixar de me pronunciar neste momento, por entender ser um erro e uma maldade desumana que farão aos meus filhos,suas filhas e a toda comunidade muçulmana, se vierem a Londrina para um exumação despropositada para fins políticos. Ninguém merece tal desumanidade, muito menos meus filhos sendo expostos de maneira vil. Tudo isto é desnecessário caso queiram realmente a comprovação de sua morte, pois ela se deu no Hospital Incor de São Paulo, devidamente registrada em cartório da mesma cidade, e também seu atestado assinado por um médico nacionalmente conhecido. Fácil, extremamente fácil de se comprovar, evitando-se assim um desconforto para toda a família, e dinheiro público gasto para fins midiáticos.

     

    Matéria completa: http://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/2015/05/e-um-absurdo-diz-viuva-de-janene-sobre-exumacao-do-corpo-do-marido.html

  12. Se cobrir vira circo; se

    Se cobrir vira circo; se cercar vira hospício. Só faltava mais essa para completar o anedotário político da nação.

    Quer dizer que José Janene, presidente do PP(Partido Póstumo), o repositário de todas as culpas tendo em vista a condição de defunto, não morreu? Sua morte foi um encenação? Que coisa!

    CPI virou CPA: Comissão Parlamentar de Assombração. 

    Já já o Moro manda prender o coveiro para conseguir uma delação.

     

    • Meu caro Costa, a aberração

      Meu caro Costa, a aberração chegou a um tal nivel de escracho que parece inacreditavel que o presidente da CPI antes de algum cuidado na checagem dessa estoria mirabolante já mandou exumar o corpo, dito em plena Comissão, deveria

       verificar a origem dessa cascata sem pé nem cabeça. A viuva e filha hoje a noite prontamente desmentiram ser a fonte

      da estoria que se verdadeira teria ocorrido no INCOR,  o mais importante hospital publico do Pais, que deu o atestado de obito para o enterramento de Janene. Isso não é coisa séria e só desmoraliza mais a politica brasileira.

      • Tá certo

        E você acredita nessa viúva ? 

        Você se lembra da explicação dela para a origem de sua fortuna pessoal ?

        Ela afirmou as autoridades policiais que encontrou uma velha mala de uma bisavó com 5 milhões de dólares dentro. 

         

         

        • Procurei na internet, e não

          Procurei na internet, e não achei nenhuma referência à esta explicação da viúva. 
          Poderia dar mais detalhes de onde você conseguiu esta informação? 

  13. Quem identificou o cadáver ?

    Quem identificou o cadáver ? A viúva não viu o marido morto ? Esse tipo de sepultamento…que eu lembre, só as vítimas do césio 137… que foram enterradas em caixões de chumbo/aço/metal..lacrados

  14. Esse pessoal fica assistindo

    Esse pessoal fica assistindo novela da Globo em que o sujeito morre, é enterrado e ressuscita e depois vem com essas histórias…

    Onde vamos parar???

  15. Bobos são os outros…

    Nossa! Já pensou? E se a CPI chamar o Badan Palhares e este descobrir que a caveira no caixão não é de Janene? Olha… é beme capaz até de eu esquecer o envolvimento do Eduardo Cunha na corrupção da Perobras… uma notícia dessa seria muito, muito mais espetacular!

     

    Onde está Janene?

    Onde está PC Farias?

    Onde está Wally?

     

     

    • E muito além!

      Mas digamos que o legisla não seja Badan Palhares e se descubra que o esqueleto no caixão é mesmo de Janene, vou deixar uma escapatória para a turma do Eduardo Cunha. Já aviso, de antemão, que vai requerer algum sacrifício mas, ué… vão-se os anéis, fiquem os dedos. É o seguinte:

       

      Cunha diz que Deus, apenas desta vez, permitiu a um fiel de sua igreja receber o espírito de Chico Xavier que, por sua vez, psicografa declaração do espirito de Janene dizendo que o único culpado de tudo isso é o PT. E que ninguém duvide dessa mensagem; os espíritos se encarregarão pessoalmente de atazanar a vida daquele que duvidar de Eduardo Cunha.

       

      “O referido é verdade e dou fé”, seria a assinatura de Deus nesse atestado.

    • A nossa “Câmara dos Comuns” é a “Câmara dos Medíocres”.

      Quando o eleitor vota por critérios do tipo, este vai cuidar das criancinhas, ou dos aposentados ou de outras minorias, e esta escolha é feita por um baixíssimo nível de discussão política que impera no Brasil, se elege uma quantidade maciça de políticos medíocres que não tem nada a dizer ou propor.

      Dentro da cabecinha destes eleitos por qualquer motivo eles acham que a sua atuação como político será julgada pelos “projetos aprovados”, desta feita são propostos projetos estúpidos sem nenhuma chance de ter alguma repercussão, se estes projetos são estúpidos, porém inócuos, muitas vezes os parlamentos aprovam estas leis sabendo que nada mudará, mais o ego do deputado que a propôs ficará fortalecido, e o Brasil com mais uma lei que não serve para nada.

  16. A Câmara e o Senado procuram protagonismos, o que encontram…

    O que se passa neste momento é resultado do enfraquecimento do executivo, com isto tanto a Câmara como o Senado estão procurando protagonismos, porém como tradicionalmente estas instituições são mais balcões de negócios, na falta do que negociar começam desenterrando (neste caso literalmente) coisas para apresentar e fazer.

    Como um adolescente (ou mesmo criança) quando quer aparecer só faz bobagem, estão desenterrando (neste caso sentido figurado) projetos esdrúxulos que eram barrados pelos membros mais influentes e com mais cabeça e colocando-os em pauta.

    Uma série de projetos estúpidos que simplesmente no lugar de serem rejeitados por sua estupidez eram colocados em banho maria nas comissões estão sendo postos em votação pelos “brilhantes” presidentes das instituições, quem terá problemas com isto será o Supremo ao julgar a inconstitucionalidade dos mesmos ou o executivo a impedir a sua execução.

    É a ascensão do baixo clero ao protagonismo, mas esquecem que o baixo clero não é baixo porque os líderes assim o querem, mas sim porque são BAIXOS.

  17. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome