Lei que obriga uso de máscaras é sancionada com vetos por Bolsonaro

Outro veto foi o item que obrigava o poder público a fornecer máscaras à população vulnerável economicamente.

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro sancionou com vetos a lei que obrigada o uso de máscaras em locais públicos pelo país. Os vetos aconteceram pois o presidente alega ‘violação de domicílio’ obrigar o uso de máscara em estabelecimentos comerciais, industriais, templos religiosos e outros locais fechados onde as pessoas se reúnam.

A sanção saiu no Diário Oficial da União na madrugada desta sexta-feira, dia 3.

Outros vetos ocorreram. Foi tirada a obrigatoriedade de estabelecimentos fornecerem máscaras gratuitamente aos funcionários. Outro veto foi o item que obrigava o poder público a fornecer máscaras à população vulnerável economicamente.

Bolsonaro também tirou do texto a proposta que agravava a punição aos reincidentes ou que deixassem de usar máscara em ambientes fechados.

A Câmara aprovou o projeto no dia 9 de junho. Foi mantido multa a quem descumprir a medida, com valor definido pelos estados e municípios.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  GGN Covid Brasil: na análise regional, todos os estados do sul e do centro-oeste em alta

4 comentários

  1. Adoro esse governo. A estupidez foi efetivamente legalizada.
    Não que não fosse praticada em outros tempos.
    Esse covarde tem que s(c)air.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome