Bolsonaro será responsabilizado caso culpa seja comprovada, diz Renan

Relator da CPI da Covid-19, senador afirma que é preciso levar em consideração a forma como o governo federal minimizou a pandemia

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – Embora espere que o presidente Jair Bolsonaro não tenha responsabilidade sobre o agravamento da pandemia de covid-19, ele será responsabilizado caso tenha sua culpa comprovada. A afirmação é do relator da CPI da Covid-19, senador Renan Calheiros (MDB-AL).

“O que deve ser levado em conta é a maneira como o governo minimizou a pandemia, como o governo entendia que ela não era letal, não causa mortes, como o governo minimizou o papel da vacina, que é o único instrumento que pode resolver o problema, e como o governo fechou as portas para os produtores de vacinas”, disse Calheiros, em entrevista ao grupo Prerrogativas.

“Eu espero que o presidente da República não tenha responsabilidade com o agravamento do morticínio no Brasil. Espero que a CPI não chegue a tanto. Mas se a CPI chegar, não tenho nenhuma dúvida que ele será responsabilizado sim”, ressaltou o senador.

“Há a percepção da sociedade de que, e o governo tivesse feito certo, e o governo tem na CPI uma oportunidade para mostrar que fez certo, certamente também não teríamos tido que conviver com esse morticínio todo, transformado o Brasil em cemitério do mundo”, pontuou Calheiros.

A íntegra da entrevista de Renan Calheiros ao grupo Prerrogativas pode ser vista abaixo.

(com informações do jornal O Globo)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora