E o Chapéu-Palheta caiu no samba….

 

… mas antes precisou chegar no Brasil.

                         Na Inglaterra do século XIX era usado pelos praticantes de canoagem (boater hat), que pela leveza da palha, era apropriado para o verão. Lá também este tipo de chapéu era utilizado por muitos comerciantes; e além disso, era característico dos gondoleiros em Veneza. Na passagem para o século XX, já era difundido nos EUA, e pela sua influencia no continente, esse hábito foi incorporado nas primeiras décadas aqui no Brasil pelas elites, mas rapidamente, a partir da década de 30, a população de renda mais baixa aderiu ao chapéu-palheta, e assim o seu uso estava bastante difundido, e que contribuiu para a caracterização do “Malandro da Lapa”. A popularidade do chapéu-palheta pode ser vista no desenho do Zé Carioca, criado nessa época.

 

                    A Lapa, entre outros, era local de samba e onde tem samba tem batucada. Se batuca com talher, no prato, na frigideira, na garrafa, na caixa de fósforo, na mesa, e porque não no chapéu-palheta, que tinha todos os “predicados” para servir como instrumento de ritmo.

 

                 São tres músicos “chapéu-de-palhistas” os mais importantes. O primeiro deles foi o incrível Luiz Barbosa, que além de ser o criador do samba de breque foi o introdutor do chapéu-palheta na música. Na Rádio Sociedade, conhece um pandeirista vindo da Polícia Militar, era Dilermando Pinheiro, onde o convence cantar e a utilizar o chapéu , e que Dilermando apelida o seu de “Stradivarius”. Anos mais tarde, na Rádio Vera Cruz, Dilermando Pinheiro conhece o musico e cantor Zé Cruz, e da mesma forma que Luiz Barbosa , ensina-o toda a arte de se batucar no chapéu-palheta; fato esse que Zé Cruz sempre agradeceu a Dilermando Pinheiro.

Chapéu-palheta de Zé Cruz com a foto de Dilermando Pinheiro

 

http://www.overmundo.com.br/overblog/ze-cruz-o-malandro-trabalhador-do-chapeu-de-palha

http://cifrantiga2.blogspot.com.br/2008/03/dilermando-pinheiro.html

http://www.dicionariompb.com.br/luis-barbosa/dados-artisticos

http://www.blogdooda.com/2011/12/vai-de-acessorio-chapeus.html

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome