O jazz com influência mineira de Antonio Loureiro no Sesc Belenzinho, em São Paulo

Álbum de canções autorais, “Livre”, será apresentado no sábado, 7 de dezembro, às 21h

Instrumentista Antonio Loureiro acaba de lançar o álbum "Livre". | Foto: Zé de Holanda

Jornal GGN – Após turnê pelo Japão, o instrumentista Antonio Loureiro chega ao Brasil para apresentar “Livre”, álbum autoral de canções e um tema instrumental em que o jazz se encontra com a música mineira. O repertório será reproduzido no SESC Belenzinho, em São Paulo, neste sábado, 7 de dezembro, às 21h.

A mescla de ritmos brasileiros e instrumental em “Livre”, é uma produção de Tó Brandileone e gravado na YB Music. No novo trabalho, o mineiro Loureiro, que é compositor, cantor, arranjador, produtor e multi-instrumentista, apostou nas  influências regionais. O álbum está disponível nas plataformas digitais e também na versão vinil.

Em “Livre”, Antonio Loureiro (piano, bateria, percussão, baixo elétrico e voz) conta com os músicos Ricardo Herz (violino), Pedro Martins (guitarra e coro), Tó Brandileone (coro), Frederico Heliodoro (baixo elétrico), Rafael Altério (coro), Pedro Altério (coro) e com as participações de Kurt Rosenwinkel (guitarra), Genevieve Artadi (voz) e André Mehmari (sintetizadores).

O repertório do álbum inclui as músicas: Meu Filho Nasceu (Antonio Loureiro), Jequitibá (Antonio Loureiro), Algum Lugar (Antonio Loureiro e Makely Ka), Oriente (Gilberto Gil), Resistência (Antonio Loureiro), Caipira (Antonio Loureiro), Agora para Sempre (Antonio Loureiro, Frederico Heliodoro e Luís Gabriel Lopes) e Mad Man (Antonio Loureiro e Genevieve Artadi) e Livre (Antonio Loureiro).

O instrumentista, graduado em percussão pela Faculdade de Música da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, esteve em turnê que passou pela Finlândia, no Crossroads Guitar Festival – festival criado pelo guitarrista Eric Clapton que aconteceu em Dallas, nos EUA – e também no Japão, com o músico americano Kurt Rosenwinkel.

Leia também:  Servidora da Ancine passa a integrar diretoria interina

Filho de músicos, Loureiro iniciou carreira profissional como baterista, ainda em Belo Horizonte. Fundador da extinta banda “Ramo” e radicado em São Paulo, lançou os álbuns como compositor, cantor e instrumentista “Antonio Loureiro” (2010), “Só” (2011), “Ao vivo em Tóquio” (2014), “Antonio Loureiro e Ricardo Herz” (2014) e “André Mehmari e Antonio Loureiro” (2017).

Aos 33 anos, o músico faz parte do grupo de Kurt Rosenwinkel, é baterista da banda de Cacá Machado, do guitarrista Pedro Martins, além dos duos com André Mehmari e Ricardo Herz.

Serviço:

Local: Sesc Belenzinho

Endereço: Rua Padre Adelino 1000 – Belenzinho, São Paulo – SP

Quando: sábado, 7 de dezembro, às 21 horas

Ingressos: R$ 9, R$ 15 e R$ 30

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome