Ministro da Educação decide demitir presidente da Capes

Benedito Guimarães Neto foi pego de surpresa pela decisão de Milton Ribeiro, que o via como uma ameaça à sua posição

Benedito Guimarães Aguiar Neto, agora ex-presidente da Capes. | Foto: Mackenzie

Jornal GGN – O presidente da Capes, Benedito Guimarães Neto, foi demitido do cargo pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, na última semana. A decisão ainda não foi publicada oficialmente no Diário Oficial da União.

“O que eu tenho para dizer, com toda sinceridade, é que eu não sei o motivo. É um ato de gestão do ministro, sem me dar as explicações. Eu perguntei, ele disse que era uma decisão política. Foi a única coisa que me adiantou”, disse Guimarães Neto, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo.

Benedito foi escolhido para comandar a Capes (responsável por regular e fomentar a pós-graduação no Brasil) em janeiro de 2020, por indicação do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub.

Embora seja presbiteriano como Milton Ribeiro, o agora ex-presidente da Capes não tinha uma boa relação com o ministro – Ribeiro o via como ameaça a sua posição. Ambos trabalharam juntos no Mackenzie, onde Benedito Guimarães Neto chegou a ocupar o cargo de reitor.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora