O mapa de desindustrialização brasileira, por Luis Nassif

O número de estabelecimentos na Indústria de Transformação caiu 8,2% em relação a 2014 - passou de 326.811 para 300.004 estabelecimentos.

Agência Brasil

Divulgada na semana passada, a Pesquisa Industrial Anual do IBGE traça um retrato da desindustrialização do país na última década. O levantamento termina em 2019.

Um dos indicadores é o número de empresas industriais. 

O número de estabelecimentos na Indústria de Transformação caiu 8,2% em relação a 2014 – passou de 326.811 para 300.004 estabelecimentos. Houve também queda de 8,6% na quantidade de empresas da Indústria Extrativa – de 6.939 para 6.341.

Outro indicador é o da quantidade de empregos de cada setor.

De 2014 a 2019 houve queda de 15,6% no emprego da Indústria Extrativa e de 13,4% na Indústria de Transformação. Houve perda de mais de um milhão de postos na Indústria de Transformação.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome