Superpedido de impeachment contra Bolsonaro será protocolado nesta quarta-feira

Os mais de 120 pedidos de impeachment protocolados na Câmara contra Bolsonaro serão reunidos em um só. Ação será acompanhada de ato "Fora Bolsonaro"

Manifestação em Salvador (BA), no #19J. | Foto: Reprodução/Mídia Ninja/@souzasantosjonas

Jornal GGN – Em meio às diversas denúncias de corrupção sobre o governo federal na compra de vacinas contra a Covid-19, doença que já fez mais de 516 mil vítimas fatais no país, um superpedido de impeachment contra Jair Bolsonaro (sem partido) será protocolado na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, às 15h. Mais tarde, às 17h, movimentos sociais, a sociedade civil organizada, juristas e personalidades independentes irão se unir, sob o coro de “Fora Bolsonaro”, em frente ao Congresso Nacional, em Brasília. 

Os mais de 120 pedidos de impeachment já protocolados na Câmara contra Bolsonaro serão reunidos em um só. Ao todo, são 23 tipos de acusações sobre os supostos crimes cometidos pelo mandatário desde quando assumiu o Palácio do Planalto, em 1 de janeiro de 2019.

O superpedido, que reúne mais de 700 entidades, também aborda as últimas denúncias sobre as suspeitas de irregularidades na aquisição da vacina indiana contra a Covid-19, a Covaxin, e o suposto crime de prevaricação cometido por Bolsonaro no caso. 

Também dão corpo ao documento todas as evidências obtidas pela Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) da Pandemia, instalada no Senado Federal, de que Bolsonaro cometeu crime contra a humanidade, na condução da crise sanitária.

Diante deste cenário trágico, a expectativa é de que o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), aceite o documento e abra o processo de afastamento de Bolsonaro. Segundo Tânia Maria de Oliveira, integrante da coordenação executiva da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABDJ), isso deve ocorrer porque “não existe mais espaço para omissões”, afirmou à Rede Brasil Atual. 

A ação sobre o superpedido também antecipa o terceiro grande ato “Fora Bolsonaro”, que será realizado em todo o país neste sábado, 3 de julho, o #3J.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador