Covas tem 48% e Boulos 32%, mostra pesquisa XP/Ipespe

Segundo a pesquisa, Bruno Covas é o herdeiro dos votos de Márcio França (PSB), recebendo 41% dos votos desses eleitores, enquanto Boulos recebe 31%.

Jornal GGN – Pesquisa divulgada nesta quarta-feira, 18, mostra o prefeito Bruno Covas (PSDB) com 48% das intenções de voto para a prefeitura de São Paulo. Guilherme Boulos (Psol) está com 32%. A pesquisa foi realizada pela XP/Ipespe.

A pesquisa foi feita com 800 eleitores, por telefone, e foi realizada em 16 e 17 de novembro. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais.

Segundo a pesquisa, Bruno Covas é o herdeiro dos votos de Márcio França (PSB), recebendo 41% dos votos desses eleitores, enquanto Boulos recebe 31%. Covas também recebe a maioria dos votos destinados a Celso Russomano (Republicanos) e de Arthur do Val Mamãe Falei (Patriota).

Boulos recebe apoio majoritário dos eleitores de Jilmar Tatto (PT), que ficou com 8,7% dos votos válidos no primeiro turno.

Entre os que não foram votar no primeiro turno, 43% declaram voto em Covas no segundo turno. Desses ausentes, 18% dizem ter a intenção de votar em Boulos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Bancões e Banquetas: Leia a Pesquisa, por Fernando Nogueira da Costa

1 comentário

  1. Os números interessam menos do que o patrocinador da pesquisa.
    Essas pesquisas eleitorais são registradas porque são obrigados.
    No entanto, nós dão uma grande pista de que o sistema financeiro está por trás de toda manipulação política.
    Quantas outras pesquisas são realizadas e não entram na contabilidade do partidos golpistas?
    Com o resultado dessas pesquisas o poder econômico/financeiro pode manipular à vontade tanto o mercado como a política através do seu ramo midiático direto ou indireto.
    É preciso colocar um freio,e já, nessa esbórnia que virou o sistema financeiro.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome