Lava Jato ajudou Bolsonaro, mas Haddad “saiu maior”, diz Kennedy Alencar

Foto: Ricardo Stuckert
 
Jornal GGN – O candidato do PT Fernando Haddad perdeu a eleição, mas “saiu maior” da disputa do que entrou, avaliou o jornalista Kennedy Alencar na noite de domingo (28), quando o professor universitário perdeu a eleição para o deputado de extrema direita Jair Bolsonaro (PSL), por 55% a 44%. No texto, Kennedy lembrou do papel da Lava Jato no pleito.
 
Na visão de Alencar, a “Lava Jato abriu caminho para a eleição de Jair Bolsonaro. Embora tenha revelado um enorme esquema de corrupção, a Lava Jato destruiu a classe política tradicional e permitiu que o candidato do PSL se apresentasse como uma novidade contrária ao status quo. Ocorreu no Brasil um efeito semelhante ao vivido pela Itália após a Operação Mãos Limpas.”
 
Bolsonaro “se elegeu às custas de representar ruptura, mas faz parte do sistema. Terá dificuldade para entregar o que prometeu. O presidente eleito não deixou claro o que pretende fazer com o país em seus primeiros discursos pós-vitória. Houve menções genéricas sobre medidas políticas e econômicas. Tampouco Bolsonaro fez aceno para seus opositores.”
 
Kennedy lembrou que “Haddad, que saiu da eleição maior do que entrou, também falou apenas para os seus eleitores. Faltou gesto para o conjunto do país e para o próprio Bolsonaro. No entanto, foi importante o petista pedir aos seus eleitores que não tivessem medo, colocando-se como líder de fatia importante da sociedade.”
 
Comentando o papel da Justiça Eleitoral, o jornalista destacou que a Corte foi quem impôs ao Brasil “uma das maiores derrotadas da eleição”. “Fez bravatas contra fake news no começo do ano e foi engolida por avalanche de mentiras. É herança negativa para futuras eleições que demanda enfrentamento.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

15 comentários

  1. Cortesia e boa educação não fazem perder coragem

    Achei muito boa a iniciativa de Haddad ao enviar mensagem para Bolsonaro

    Não achei que a resposta do Bolsonaro tenha sido irônica, mas apenas educada.

    Acabou o 2o turno e não é preciso começar um terceiro. A melhor resposta do PT é a sua integridade e capacidade de ajudar ao Brasil

    Haddad é muito mais forte quando mostra sensibilidade e humildade.

    Desculpe-me o Pomar (PT), mas estou com Haddad. Este é o novo PT que devemos trabalhar para frente.

      • Rejeição

        O PT possui o melhor programa e quadros qualificados, mas perdeu para a sua própria rejeição.

        A luta não é contra um adversario que já ganhou,mas sim contra as nossas teimosias internas. Vamos baixar a bola e sair para o eleitor numa posição correta e de convivência,embora alertas e unidos para defender o povo e a nação.

        Ser oposição a todo nos tira moral para sermos oposição naquilo que realmente importa.

  2. Os burrocratas do PT

    O sectário dirigente do PT, Valter Pomar, que não tem nenhum voto popular e nenhum mandato eletivo, deu umas porradas no Haddad pelo fato de Haddad ter enviado uma mensagem de “Boa Sorte” a Bolsonaro.

    Haddad saiu da eleição muito maior do que quando entrou. Talvez isso incomode esses burocratas do PT – sem voto popular – e que são responsáveis pela trágica estratégia política que priorizou o partido em vez dos interesses nacionais. O partido é apenas um instrumento e não a finalidade da Política. Menos, talvez, para os burocratas sem voto.

    • Efeito Aécio

      Não gostei do que Aécio e os tucanos fizeram com o PT depois das eleições de 2014

      Não quero, por tanto, me igualar a eles. Pelo contrário, é um excelente momento para ser positivo com o Brasil e recuperar a imagem do PT apoiando boas causas -se por acaso alguma parte do programa do Bolsonbaro for viável, pois isso daria mais moral para fazer oposição em coisas que realmente afetem o povo ou a soberania do Brasil.

      Acabou! Respeitemos a maioria, pois isso é um bom começo para pedir votos mais na frente.

    • Prezado,Qual a tua fonte

      Prezado,

      Qual a tua fonte para afirmar que “Pomar deu umas porradas em Haddad por ter enviado uma mensagem “boa sorte” ao Bolsonaro?

      Se for o texto publicado no Brasil 247 então o apreendemos de forma diametralmente opostas. Ao contrário do que afirmas, a crítica é polidíssima e em nenhum momento ultrapassa o limite da civilidade. Ademais, não é necessário um cidadão ter voto popular ou mandato eletivo para exercer o direito de opinião crítica.  

       

  3. “Comentando o papel da

    “Comentando o papel da Justiça Eleitoral, o jornalista destacou que a Corte foi quem impôs ao Brasil “uma das maiores derrotadas da eleição”. “Fez bravatas contra fake news no começo do ano e foi engolida por avalanche de mentiras. É herança negativa para futuras eleições que demanda enfrentamento.””

    É isto que tenho comentado aqui.

    Toda vez que acontecer alguma ruptura, ataque a democracia, ataques a cidadania, aos dreitos humanos a RESPONSABILIDADE do acontecido tem de ser colocada na conta do judiciário, principalmente tse e stf “com tudo”.

    Estes malditos que NUNCA receberam um voto nem podem ser demitidos pela população arrebentaram com o país. Com suas indústrias, seus programas sociais, seus empregos, sua economia e com o surgimento do fascismo.

    Não podem sair de fininho.

     

  4. Haddad, cavalheiro

    Correto Haddad ter agido civilizadamente, ao enviar no dia seguinte mensagem cordial a um adversário muito pouco cordial. Em retrospectiva, talvez as pessoas possam compreender o caráter de sua escolha em 2018. E isso importará. Não creio que Aécio tenha “mostrado força” ao ter comportamento não cordial quando perdeu para Dilma. Seria contraditório que agora Haddad repetice a falta de elegâncai e civilidade que os petistas tanto criticaram em Aécio. É preciso saber perder e saber ganhar. Ambos requerem sabedoria. Haddad começou na frente.

  5. Meu único medo é a

    Meu único medo é a tradicional ingenuidade da esquerda, não se brinca com o fascismo pois a sua real intenção é aniquilar com tudo que é progressista seja na política, artes, literatura…

    Haddad como grande líder oposicionista desse momento sombrio tem que entender que educação e polidez de nada adiantará no enfrentamento aos bandoleiros da extrema-direita, a história está repleta de lições nesse sentido.

  6. Será que Haddad fez isso?

    Há quem diga e com fonte fidedígna, que Haddad tinha um áudio de Bolsonaro pedindo caixa dois para disparar as fake news no whatsapp.

    Além de não divulgar fez um acordo com Bolsonaro para perder a eleição.

    A troco do que, não sei.

    Só ele pode dizer.

    Hoje na Carta Capital, Mino Carta escreve e transcrevo aqui um trecho assaz interessante e intrigante do seu artigo:

    “Quando visitei Lula na excelente companhia de Fernando Morais, dia 11 passado, ele queixou-se do tom baixo da campanha do seu candidato, insistiu na necessidade de atacar o “mercado” e, em relação ao juiz que o condenou sem provas, manifestou-se de maneira pouco parlamentar. Haddad tomou a rota oposta, não sei se com a aprovação de alguns ou muitos companheiros do partido”.

    Quem divulgou a informação, sempre acusou Haddad de trair Lula.

    E aí, meus caros amigos?

  7. AO MODERADOR……

    POR QUE SERÁ QUE CORTAM COMENTÁRIOS?   FIZ UM QUESTIONANDO O PAPEL DO TSE COMO PREPONDERANTE PARA A DERROTA DE HADDAD…….MAS DAÍ NOS CORTAM.     PODEM AO MENOS JUSTIFICAR?    PREOCUPAM-SE EM NOS PROTEGER CONTRA UMA REAÇÃO DO TSE CONTRA MIM?    SE FOR ISTO, O BLOG É OBRIGADO A REVELAR QUEM SOMOS?    OU O BLOG PODERIA NOS AJUDAR NESSE QUESTIONAMENTO DE UM PAPEL CAFAJESTE POR PARTE DE QUEM DEVIA SER IMPARCIAL E NÃO É?   RESPONDAM, POR FAVOR.

    • caixa alta

      Em este blog, uma das coisas que prezo é a educação e argumentação nas opiniões. Usar caixa alta é igual a gritar e não facilita a comunicação. Lhe sugiro que se cadastre para não ter esse desgosto.

       

  8. Na Itália, a Operação Mãos

    Na Itália, a Operação Mãos Limpas (inspiração para a Lava Jato, segundo o próprio Moro) destruiu o sistema político e a economia, abrindo cminho para a eleição de Silvio Berlusconi, um dos maiores corruptos que já pisaram na face da Terra.

    Não precisa ser gênio para identificar as semelhanças.

  9. Não quero ser do contra, mas

    Não quero ser do contra, mas na minha opinião o que faltou mesmo foi brilho próprio ao Haddad. Tudo estava indo muito bem até ele precisar andar sozinho no segundo turno. Está certo que foram muito negativas aquela avalanche de fake news, mas seria naquela hora em que o Haddad precisava se desgarrar do Lula, que ele optou por esta maldição petista chamada republicanismo. Aquela entrevista ao Nascimento do sbt foi amostra disto. Inssossa, travada, que não empolgou nem os mais fiéis militantes, imagina ao caboclo do interior se comparada a uma live do coiso com palavões e tudo? Bons modos, decoro, protocolo exagerado contr a um cara que simplestmente arrota grosseria, espele violência mas tinha um coisa que infelizmente o Haddad não tem, carisma. É com dor no coração que escrevo isto porque foi o ponto decisivo nesta eleição em favor de um troglodita. Mas o que eu quero dizer é que se o Pt continuar com esta coisa de aparelhamento do discurso e dos modos, não vai conseguir liderar a oposição, porque já tem outro troglodita chamado ciro que vai acabar roubando a cena. Estamos numa selva medieval e tem que agir como selvagem de vez em quando.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome