Petrobras bate recorde de produção no pré-sal

Jornal GGN – A produção de petróleo nas áreas do pré-sal operadas pela Petrobras, localizadas nas bacias de Santos e de Campos, atingiu a marca de 800 mil barris de petróleo por dia (bpd), configurando novo recorde de produção diária. Desse volume, cerca de 74% (590 mil bpd) correspondem à parcela da companhia e o restante à das empresas parceiras nas diversas áreas de produção da camada pré-sal.

Em nota, a Petrobras diz que a produção de 800 mil barris por dia foi alcançada apenas oito anos após a primeira descoberta de petróleo na camada pré-sal, ocorrida em 2006, tempo inferior ao que foi necessário para se chegar ao mesmo patamar em outras áreas de produção marítima. “Para que alcançassemos, no Brasil, a produção de petróleo de 800 mil barris por dia foram necessários 40 anos, com a contribuição de 6.374 poços. Na Bacia de Campos, esse mesmo volume de produção foi alcançado em 24 anos, com 423 poços”, pontua a estatal.

A marca de 800 mil bpd foi obtida através de 39 poços produtores. Desses poços, 20 estão localizados na Bacia de Santos, que responde por 64% da produção (511 mil barris por dia), e os demais 19 poços estão localizados na Bacia de Campos e respondem por 36% da produção (291 mil barris por dia).

No dia do recorde, 11 sistemas de produção definitivos e um sistema de produção antecipado estavam em operação na camada pré-sal. Sete desses sistemas produziam exclusivamente petróleo proveniente dessa camada geológica.

Entre os pontos que favoreceram a obtenção de tal marca, estão o nício da operação do sistema de produção antecipada instalado no campo de Búzios em março deste ano, por meio do navio-plataforma Dynamic Producer, que constituiu a primeira produção de petróleo e gás de longa duração na área da chamada Cessão Onerosa. “Além desse sistema, contribuiu, também, para esse resultado o início da produção da plataforma P-20, na camada pré-sal, no campo de Marlim na Bacia de Campos, que será importante para futuros incrementos da produção na área”, diz a Petrobras.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

6 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Orlando Soares Varêda

- 2015-05-13 19:56:49

  Assim fica ruim....como os

 

Assim fica ruim....como os meninos do PSDB irão entregar a "mercadoria"?

O Zé Chirico e o Aluysio 300 mil, se enfrentam em surda disputa pela primazia de oficializar a entrega da Petrobras aos homi.  No entanto, se os trabalhadores da Petrobras continuarem boicotando o plano...como é que vai ficar? Assim não não vai dá. Como se vai justificar jogar fora uma empresa como a Petrobras, que, mesmo tomando porrada dia após dia, e, só faz aumentar a produção?

Orlando

 

Athos

- 2015-05-13 19:37:17

Acho estas manchetes

Acho estas manchetes absolutamente irrelevantes.

Ulisses s

- 2015-05-13 18:27:13

E teve um procurador Coxinha

Que decretou o fim do Pr´s- Sal. Deve ser para entregar de bandeja aos gringos. Será que é os gringos que pagam seu salários e mordomias? Olhem bem a cara deste Fila da ........................! Não esqueçam este palhaço!

http://www.brasil247.com/pt/247/economia/Procurador-'decreta'-o-fim-da-exploração do Pré-sal.htm

:

PASÁRGADA!!!

- 2015-05-13 16:43:05

Impressionante a produtividade por poço!

Não por acaso os tucanos estão desesperados para derrubar o governo, pois defendem abertamente a doação para nacionais e estrangeiros, nos moldes que fizeram com a Vale e etc.

A camarilha tucana estava em Nova York, ontem, vendendo o golpe, se possível com o apoio da IV frota.

O chineses, que têm capacidade de investimento e necessidade de fornecedores, estão chegando com força.

Vladimir

- 2015-05-13 16:17:10

 Não saiu na mídia porca

 Não saiu na mídia porca deste país,então não é verdade.

 

Vamos bater as panelas,minha gente!

jc.pompeu

- 2015-05-13 16:07:42

FORÇA NA PERUCA! BRAVA GENTE

FORÇA NA PERUCA! BRAVA GENTE PETROBRAS

Para repor, a exaustão do trabalho patriótico insalubre, o caixa roubado o caixa falido do petroleo é nosso, pelos desde sempre: os podres negócios de estado da velha política de mando e privilégio a perpetuar as obscuras sistêmicas engrenagens do patronato nato...

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador