Feliz Ano Novo!

CLIQUE NA IMAGEM PARA MAIS TIRINHAS!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

7 comentários

  1. O nascimento de um novo tempo

    O nascimento de um novo tempo é uma nova chance de fazer melhor.

    Luis Nassif e seguidores do blog

     

    FELIZ ANO NOVO  !

  2. Ponto de vista para um novo tempo e melhor “posts recentes”

    http://jornalggn.com.br/noticia/sites-questionam-e-reduzem-participacao-de-leitores

    Viva quem discordar. Se tô aqui (saí, abandonei mesmo, troquei de nick, pela terceira vez, como bem sabe o BLog/Equipe) é porque não sou tão radical quanto ao que sugiro.  É pra refletirmos, não pra copiar , nem mal adaptar (algo arraigado na nossa sociedadee brasileira que dá passos, muito lentos, mas dá, é a busca que importa mais, a dúvida, as perguntas).

     

  3. o nascimento de um novo

    o nascimento de um novo tempo, com o blog,

    com a política progressista, espero.

    como diria gramsci, um velho tempo da grande mídia

    que não sabe que está morrendo,

    e um novo tempo que pode pintar por aí, com a luta de todos.

    feliz novo tempo a todos.

  4. Chegou o momento de refletir

    Chegou o momento de refletir e projetar um novo ciclo; o ‘ano’, medida que usamos para contar a passagem do tempo e nos conter, abrigados e sãos, da imensidão, terminou. Realizamos a jornada física: profissão e carreira, cuidados com a saúde, construção e manutenção dos relacionamentos e, fundamental, a jornada mais sutil: conflitos e negociações internas, superação, busca e resgate do que estava perdido, esquecido ou latente. Lutamos brava e eticamente por maiores ganhos e conforto para os nossos, perdemos algum dinheiro e alguns afetos (seriam realmente?), rangemos dentes quando o namoro deteriorou, comemos chocolate quando decolou, encontramos conforto e compreensão onde sequer imaginávamos, descobrimos em nós forças – e fraquezas – das quais não tínhamos ideia, geramos e cuidamos da prole, problemas se sucederam, as soluções também, a vida mudou, avançou, crescemos. Qual a sensação? O que deixaremos de concreto? O que aprendemos? Há crianças perto de nós? O que deixaremos para elas, para a Vida delas, neste ano que finda além dos presentes de Natal? Inadiável: o que faremos com todo esse aprendizado? 

    Foi um ano intenso e tenso. Estou exausta, mas muito feliz e grata.

    No entanto, há os que espalhados pelo mundo, perderam suas famílias, suas casas, a saúde, a dignidade e testemunharam guerra e fome, a incompreensão e o descaso.  Dedico a eles um momento de empatia e de solidariedade. As lágrimas derramadas por tantos nos atingem, queiramos ou não. Para a miséria e angústia de tantas pessoas só mesmo generosidade e ajuda, aqui mesmo, no microcosmo de nossas vidas.

    Temos agradecido às bênçãos que recebemos todos os dias? Acordarmos empregados – ou não – mas com saúde, em lençóis limpos e numa cama macia, junto aos que nos são caros. Como não agradecer todos os dias por isso? Temos sido capazes de olhar – e ver – o que acontece ao nosso lado, com aqueles que convivem e compartilham o dia conosco, e que não são tão afortunados? Temos sido pródigos no acolhimento, no sorriso e na compreensão com os que precisam – não somente com aqueles a quem amamos? Temos agido?

    Amor, Perdão e Doação são pilares universais que tornam possível habitar este mundo, não importam nossas crenças ou a ausência delas. Vamos compartilhar as bênçãos que recebemos e agradecer as oportunidades que nos foram, e são, apresentadas todos os dias de fazer o Bem, espalhar o Amor e ajudar os que necessitam. Às vezes basta um sorriso para aliviar uma dor ou, importantíssimo, escutar para “salvar o dia” de alguém angustiado, em sofrimento. Nem sempre podemos estar presentes na vida dos que necessitam, mas esta reflexão pode nos fazer encontrar a motivação para agir, quando e se for possível, cada um do seu jeito e dentro das suas possibilidades. Este é o Caminho para a realização das nossas tarefas nesta vida e precisamos estar despertos para perceber quando e como podemos fazer acontecer melhor e mais rápido.

    Para resumir tudo isto, só mesmo o Chico:

    “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.”

    “Só o riso, o amor e o prazer merecem revanche. O resto é mais que perda de tempo… É perda de vida.”

    Chico Xavier

     

    Feliz Ano Novo!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome