Polícia Federal reconhece que gravou condução de Lula sem autorização de Moro

delegado-igor-paula-lava-jato.png

Jornal GGN – O delegado da Polícia Federal Igor Romário de Paula reconheceu, na segunda (27), que um oficial gravou ilegamente as imagens da condução coercitiva do ex-presidente Lula, realizada em 4 de março de 2016. Na ocasião, o juiz Sergio Moro havia determinado expressamente que seria proibido qualquer registro do ex-presidente. A PF, contudo, não só gravou como reproduziu as imagens para atores globais na sede da PF e ainda entregou uma cópia à revista Veja.

Na semana passada, diante da notícia de que as imagens existem e foram repassadas à imprensa, a defesa de Lula entrou com um requerimento solicitando a Moro que impedisse, de ofício, a divulgação do material. Moro, contudo, foi irônico e duvidou da notícia. Disse que se alguém tivesse gravado, as imagens já teriam vindo a público há muito tempo. E que se for o caso, nada pode fazer porque não compete a ele “impor censura” aos meios de comunicação.

Nesta segunda, a defesa de Lula voltou a peticionar”para que os envolvidos se abstenham de qualquer divulgação das imagens gravadas, preservando o sigilo do material. Reitera igualmente que seja apurada a prática de eventuais crimes decorrentes da violação de deveres funcionais pelos agentes públicos, que tinham o dever de preservar o sigilo do material e eventual participação de pessoas relacionadas ao filme, cujos investidores são mantidos em sigilo.”

Igor Romário de Paula é o mesmo delegado que surgiu na imprensa dizendo que o “timing para prender Lula” poderia surgir em 30 ou 60 dias, dependendo da conclusão do inquérito do sítio de Atibaia. Ele é processado pelo ex-presidente.

 

Abaixo, a nota completa da defesa.
 
Na última sexta-feira, apresentamos ao Juízo da 13ª. Vara Federal de Curitiba, na condição de advogados do ex-Presidente Luiz Inacio Lula da Silva, sólidos indícios da ocorrência de atos ilícitos em virtude da gravação da sua condução coercitiva no dia 04/03/2016 e, ainda, da disponibilização dessas gravações a terceiros, estranhos às investigações. O delegado federal Igor Romário de Paula reconheceu, nesta data (27/03), ter havido gravações durante a execução da condução coercitiva de Lula, mas nega que tais imagens tenham sido cedidas a terceiros.
 
A existência das gravações, reconhecidas pela Polícia Federal, já é o suficiente, em princípio, para evidenciar que a decisão do Juízo foi desconsiderada, levando em conta a determinação de não haver gravação “em qualquer hipótese”.
 
Nossa manifestação também demonstra que houve ampla confissão (ainda que eventualmente involuntária) por parte de pessoas estranhas às investigações que tiveram acesso às gravações realizadas pela PF. Registrou-se que o jornalista Ulisses Campbell publicou o seguinte:
 
“VEJA teve acesso à íntegra da gravação, efetuada por meio de uma câmera digital acoplada ao uniforme de um agente da PF que participou da ação”(edição 8/2/2017). Na mesma linha foram os registros de Gustavo Foster (Zero Hora), Marcelo Antunez (diretor do filme “A lei é para todos”), Tomislav Blazic (produtor do filme), Ary Fontoura (ator escalado para o filme) a diversas publicações.
 
Perguntado pela revista Veja o que tinha ido fazer na Polícia Federal de Curitiba o ator Ary Fontoura declarou: “Vim sentir o clima da Lava-Jato e assistir às gravações que a PF fez da condução coercitiva do Lula”.
 
A petição atual reitera os pedidos formulados anteriormente, para que os envolvidos se abstenham de qualquer divulgação das imagens
gravadas, preservando o sigilo do material. Reitera igualmente que seja apurada a prática de eventuais crimes decorrentes da violação de deveres funcionais pelos agentes públicos, que tinham o dever de preservar o sigilo do material e eventual participação de pessoas relacionadas ao filme, cujos investidores são mantidos em sigilo.
 
 Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins
 
Assine

38 comentários

  1. Não acredito, estão tentando
    Não acredito, estão tentando livrar a cara do juiz golpista tucano.
    É claro que sabia, e deve ter feito graça com a situação do presidente e familiares.

    • Teremos de esperar que nos

      Teremos de esperar que nos falte pão e nos ofereçam brioches. Talvez então nossa coragem e disposição para o risco despertem.

  2. O “juiz” não vai ordenar a

    O “juiz” não vai ordenar a coercitiva para os delegados e auxiliares que fizeram a gravação e propiciaram sua divulgação?

  3. QUE VERGONHA EM POLICIA FEDERAL

    A Policia Federal virou assistente de roteiristas da GLOBO, pagar policiais tão caros para trabalharem para os  Marinhos é de lascar, duvido que eles tenham alguma gravação da PARATY HOUSE. Não pode existir uma policia nestes moldes, tem que haver uma CPI e inclusive os proibir até de saberem quem serão os Deputados dessa CPI senão já sabem  né.

  4. Canalhas.

    Algumai dúvida? Temos canalhas na polícia . E o respeito ao cidadão, a seus familiares, as instituições, aos princípios de direito ? Essetefe onde estás .

  5. Crime confessado e documentado

    Prezados leitores,

    Os tabajaras da PF, do MPF, assim como o juiz de piso, os desembargadores do TRF4, que coonestam os crimes da ORCRIM da Fraude a Jato, a PGR eo PGR, outros juízes federais fanáticos, fascistas e celerados – como esse do RJ que condenou o o vice-almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva, coordenador do Programa Nuclara Brasileiro, a 43 anos de prisão – perderam qualquer pudor, cometem crimes, gravam e divulgam para a igualmente criminosa mídia golpista.

    Não há mais qualquer dúvida de que a Fraude a Jato é um ORCRIM INSTITUCIONAL. Num, país sério essa turma de meganhas,de concurseiros do MPF, Jjuízes de piso e desembragadores, outros juízes federais, PGR e ministros do STF é que estaria no banco dos réus; se nesse país houvesse justiça, seriam exemplarmente punidos. Mas em Pindorama a burocracia do Estado é eivada de indivíduos regiamente pagos com dinheiro público, mas que agem como verdadeiros mafiosos. Apenas os explícitos crimes de sangue não são cometidos à luz do dia por essas ORCRIMs institucionais.

  6. Fascistas amarelos traidores do Brasil

    Moro, Dalagnol e Igor de Paula são membros de um mesmo bando que age politicamente, orientado por valores fascistas, e que estão participando ativamente da destruição do Brasil.

    O resto são detalhes irrelevantes…

  7. Sendo verdade, finalmente o
    Sendo verdade, finalmente o que todo mundo esperava: uma prova, com confissão e tudo, de um crime nesse processo. O criminoso não era bem o que se esperava, mas…
    Agora é quebrar o sigilo bancário, fiscal e telefônico dos envolvidos. Justificativa para a quebra? É só pegar um dos muitos despachos anteriores e trocar o nome do Lula por Dallagnol, Okamotto por Igor de Paula, Eduardo Guimarães por Ary Fontoura, IL por PF… e por aí vai.

    • E vão quebrar o sigilo dessa

      E vão quebrar o sigilo dessa turma e mostrar que eles conpiram com governo estranegeiro ???

      É ruim disso acontecer.

      As instituições estão podres. Não há saída para a crise nelas. Não tem uma instituição para botar o país de pé.

      Ou o povo Acorda, ou a coiasa só vai piorar.

      Enquanto não botarmos 5 a 10 milhões nas ruas em um protesto, a coisa não vai funcionar, e mesmo que botemos, não há garantias.

      botar 1 milhão de pessoas, com estimativa jogada lá pra cima, em um país com 200 milhões de habitantes, não é nada.

       

  8. moro “não sabia”?

    não sabia que esses agentes da força tarefa não passam de bandidos, iguais ou piores que o japa?

    não sabia que são marginais que não respeitam as leis?

    se houvesse um mínimo de respeito às leis neste pais; um judiciário com um mínimo de decência, não isso que está aí, esses vermes estariam todos em cana.

    aí vem, o patife, com a maior cara de pau, reconhecento que “um oficial gravou”…

    o presidente da ação penal não sabia?

    curioso: o lula e o dirceu, só nas convicções da canalha, tinha de saber que o paulo roberto costa, o cerveró, delcídio et caterva roubavam, mas o presidente da ação penal “não sabia” que o sequestro do lula por agentes federais foi ilegalmente gravado em vídeo?

    não sabia, mas defendeu os sabidos da corporação como se de fato soubesse dos ilícitos”.

    o juiz “não sabia” que a Ari Fontoura foi “assistir” o filminho do sequestro?

    essa canalha que assaltou o poder será escorraçada quando o povo ocupar as ruas, e falta pouco, muito pouco.

  9. È simples
     
    Processo

    È simples

     

    Processo administrativo, poe em disponibilidade e ao final rua, tira o distintivo a arma e o cidadão que vá trabalhar em outro lugar, se não fizerem isso que não reclamem dos abusos cometidos…..

  10. Catrevagem

    Nao da  para acreditar nessa catrevagem policialjudicialesca implantada recentemente no país, quer dizer, do mesmo nível daquela da epoca do outro golpe, aquele de 64.

    Só mudaram os uniforrmes. Verde oliva, o azul e o cisne branco, transformaram-se em togas e roupas pretas com escudos.

    José Emílio Guedes Lages- Belo Horizonte

  11. ILEGALIDADE POUCA É BOBAGEM!!
    ILEGALIDADE POUCA É BOBAGEM!!!!

    JÁ VIMOS ISSO ANTES, QUANDO A POLÍCIA É USADA COMO INSTRUMENTO POLÍTICO!!!

    ANTECEDENTES:

    SS – Hitler
    STASI – Alemanha Oriental
    Organizzazione – Mussolini
    KGB – Stálin

    E ATUALMENTE:

    PF – sergio moro (com veja e GLOBOGOLPE)

    FASCISMO DE 1a QUALIDADE!!!

  12. Outra Possível Versão

    Nassfi: é gastança de latim qualquer defesa. Ouvi dizer que duas foram as ordens. Uma, expressa. Outra, em “off”. A primeira, a grande mídia já estampou. A segunda, fala-se, foi quase assim —-

    Verdugo —- “Sabujos do Intelectual Tardio, a ordem expressa é pros amigos do Jardim Botânico noticiarem no Jornal do “Âncora” mor. Mas vocês tão liberados pra série de Fotos. Já está combinado, vão pros Marginais da marginal, do outro lado do rio, ali perto de vocês. Quando descobrirem vou dizer que a ‘imprensa’ é livre. Menos a do Eduardo, senão mela a armação do Sítio. Pau na máquina”.

    Japa — “Posso dar umas porradinhas nele. Cinco, não mais. Treinei uns golpes bacanas”.

    Verdugo — “Você é violento e tá muito manjado. Parece até aquele candidato a Presidente. Desta, tá fora”.

    Sabujos (em coro) —- “Apoiado, chefe!”.

    Você sabe que o Povo aumenta, mas não inventa.

  13. O que os tontos dos advogados

    O que os tontos dos advogados do Lula estão esperando para pedir a demissão desses delegados da pf? O Protógenes foi demitido por muito menos.

    A incompetência da esquerda é em todas as áreas, inclusiva na jurídica. Deus me livre…

    Mete uma monte de ações, uma delas vai pegar e pronto. Mas ficam só reclamando e não fazem comos os direitistas fazem.

    Desisto…

    • Atenir, na justiça existem

      Atenir, na justiça existem ritos processuais, antes de interpor a ação, se faz necessário interpelar junto ao juízo responsável pelo processo. Pular etapas é jogar contra os interesses e a estratégia da defsa da defesa.

  14. Volta, Paulo Lacerda!

    Aposentado ou não.

    É só isto o que tenho a dizer. Ou escrever.

    O engraçado é que ele foi acusado por aquilo que o Moro fez de fato…

  15. E agora Sérgio Moro, o Brasil
    E agora Sérgio Moro, o Brasil está na expectativa do seu enfrentamento à Polícia Política em  que se transformou parte considerável da Polícia Federal, regiamente paga pelo contribuinte pra investigar delitos e não pra fazer pirotecnia midiática. Se querem fazer produção midiática, ao invés de investigação técnica e isenta, abram mão dos cargos públicos e respectivos salários se transfiram pro Projac. Se pipocar, Moro, o Brasil todo está de olho.

  16. Afinal de contas o Moro é

    Afinal de contas o Moro é bonzinho né? Para mim essa operação é tão promíscua que tanto faz se teve ou não autorização. Juiz, MP, polícia é tudo misturado. Formam um estado paralelo que não obedece a lei em vigor no que era o estado de direito brasileiro.

    Essas declarações vazias desses caras são para salvar a aparências, para dar satisfação aos ingênuos que tem ainda um pouco de pudor. Mas na verdade não estão nem aí. Por isso o Ciro disse que receberia a mílicia da lava a jato à bala, e para mim foi bem dito.

    A novela lava a jato agora descamba para a pornografia. Criaram um quarto de motel temático, cujo tema é a “moralizadora” operação do Moro. Parece que tem foto do Dellagnol na parede, mas o cara não é bíblia?!

    Uma suruba sem prazer e muito menos orgasmo, é isso que o Brasil virou. 

  17. Quando vão criar a CPI da

    Quando vão criar a CPI da indústria de delações e vazamentos? Porque a pergunta que não quer calar é: Quanto a PF está levando por esse inestimável serviço à mídia nacional? Afinal, a corrupção tem vários braços e várias vertentes e é característiva do velho bordão “Toma lá, dá cá”. De quanto é a propina?

    `P,s.: Os advogados já estão virando a bola da vez. Lembremos da 1a advogada que saiu correndo para os EUA, a GataPreta, ou nome parecido, que seja. Ela enriqueceu negoociando delações de seus clientes. Ironia, a corrupção da Petrobrás tem vários substitutos.

  18. e o “moro não sabia de nada” ….

    ele, presidente da ação penal, um cara ‘bão’, não tem obrigação de saber o que fazem promotores e delegados na ação que ele preside.

    o zé dirceu e o lula tinham ‘obrigação de saber’, pelo domínio do fato, que p.r.costa, cerveró, dulcídio, mt, botafogo, flamengo, careca, cabeludo, índio, cacique, gripado, fanho et caterva roubavam a petrobrás.

    moro, ‘coitado’, tão ‘onesto’, não sabia de nada …

    mas não vem ao caso.

    como não vem ao caso o fato de um esquema de tanta oubalheira, com décadas de duração, e participação de 70% ou mais de deputados e senadores, não apresentar o nome de um único juiz.

    interessante, não?

    nenhum juiz!!!

    são tão ‘onestos’ assim?

  19. Gostaria que o douto juiz

    Gostaria que o douto juiz mostrasse onde escreveu que seria proibido gravar. E que, na pf, assinou o recebimento da determinação. A partir daí a defesa do Lula pode começar a processá-los. Ao desMoronado, ora, por mentir acintosa e mentirosamente sobre o assunto. Os poliça pelo destempero de sempre. Duvido-e-de-o-dó que apresente com a proibição. Bando é muito pouco. Agora, houvesse corregedoria na (in)justiça, né, dona carmencita? Houve ministro da (in)justiça. Infelizmente, no país dos merrecas, tudo que fala em (in)justiça, fede.

  20. Bando de ladrão! querem
    Bando de ladrão! querem distrito o Brasil, a mídia deveria deixar de roubar nosso dinheiro.
    Hontem durante o horário nobre só comercial do teme.
    Quanto custa isso?
    Canalha! Se promovendo com o suor dos trabalhadores.

  21. Os Pecados de Domingo, Quem Paga é a Segunda-Feira

    Lembram do agente da PF que postou foto de uniforme treinando tiro ao alvo em caricatura da presidente, e que o Zé das Couves depois de dias, mandou “abrir um inquérito” que, após mais de ano, redundou em advertência e quatro dias de gancho, não cumpridos por orientação do superior que afirmou já estar o prazo vencido e portanto não haveria suspensão, que mostrou-se equivocado, graças a profissionalidade de um repórter de o Globo que escancarou a manobra, e só então despertou no Zé das Couves decisão para que houvesse ao menos aquela ridícula punição.

    Tivesse imediatamente, após a divulgação, exercido sua autoridade junto ao responsável por quem desacatou e ofendeu a presidente, o chefe da PF, faria com que em questão de horas o gajo gozador fosse gozar das delícias da fronteira em Roraima, como novo local de trabalho e de tiro ao alvo.

    Se essa providência, como outras em escancarados acontecimentos de igual propósitos, tivessem sido tomadas, não chegaríamos ao estado de degradação a que se chegou, com o golpe dado na democracia consagrando  e escancarando quanto custou a sociedade brasileira, a falta de coragem, comando e decisão.

    Não a toa fazem o que querem hoje em dia, juízes, PF, procuradores, supremos, midiáticos, políticos, etc., que tomaram de assalto o poder no Brasil, montados na farra do impeachment sem causa.  

    PS: E pensar que para atender o supremo gilmar, por um fato não ocorrido, o grampo sem áudio, Lula despachou o delegado Lacerda da ABIN e abriu a porteira na PF para que os bárbaros tomassem conta. Santa Ingenuidade, orai por nós e para Rui Falcão pedir demissão.

  22. Enfim, chegou a hora de

    Enfim, chegou a hora de investigar a vida financeira dos delegados da PF. Para quem estão trabalhando,? 

  23. Hollywood

    O mais provável é qua condução coercitiva de Lula foi planejada EXCLUSIVAMENTE para captar imagens para o filme, já que se sabia previamente que era completamente ilegal e fadada ao fracasso.

    • Observações

      1. Os produtores já começam mentindo no título (“A lei é para todos”). #VergonhaDeSerBrasileiro

      2. Quem patrocina o filme? Governo dos EUA? Propina do PSDB? Bilionários brasileiros?

      3. Sérgio Moro fez ‘laboratório’ com os atores do filme? Se sim, pode isso, Arnaldo?

      4. O filme mostrará o esporro homérico que o comando da Aeronáutica do Aeroporto deu na PF? Se filmaram a operação, devem ter filmado o esporro.

      5. O filme mostrará Bolsonaro, alegre com seus 2 neurônios em polvorosa, soltando rojões na porta da PF em Curitiba?

      6. O filme mostrará Moro vazando o sigilo da operação para toda imprensa marrom, incluindo Bolsonaro?

      7. Sem responder a essas questões, o filme será doutrinação e não cinema.

    • A Lei É Prá Todos. Quase…

      mcn: você matou a charada. Agora faz sentido a condução coercitiva do operário pelos sabujos do Intelectual Tardio. Parece que foi tudo combinado com Savonarola dos Pinhais. Lembra que antes ele esteve por Hollyhood? Deve ter saido com o roteiro. A intençao não era conduzir Nove Dedos a lugar algum. Só tomadas exsternas de cena. Por isto a cama de dormir da dona Marise está no script. Por isto ele condenou Caranguejo antes do metalúrgico-nordestino. Por isto estas acusações conra Mineirinho e o Carcamano da Moóca e do Aloysio 1 milhão (valor atualizado pela Odebrecht), que não vão dar em nada. Você foi um verdadeiro Sherlock Holmes — “elementar…”

  24. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome