A última tacada de Fábio Barbosa e da Editora Abril

O amigo liga em pânico: “A imprensa vai acabar com a democracia no Brasil”. Respondo: “É a democracia que vai acabar com a imprensa e implantar o jornalismo”.

A aventura irresponsável de Veja – recorrendo a uma matéria provavelmente falsa para pedir o impeachment de um presidente da República – não se deve a receios de bolivarianos armados invadindo a Esplanada. Ela está sendo derrotada pelo mercado, pelo fato de que, pela primeira vez na história, a Internet trouxe o mercado para o setor fechado, derrubando as barreiras de entrada que permitiram a sobrevida de um jornalismo anacrônico, subdesenvolvido, a parte do país que mais se assemelha a uma republiqueta latino-americana.

É um caso único, de uma publicação que se aliou a uma organização criminosa – de Carlinhos Cachoeira – e continuou impune, fora do alcance do Ministério Público Federal e da Polícia Federal.

A capa de Veja não surpreende. Há muito a revista abandonou qualquer veleidade de jornalismo.

Acusa a presidente da República Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula de conhecerem os esquemas Petrobras com base no seguinte trecho, de uma suposta confissão do doleiro Alberto Yousseff:

– O Planalto sabia de tudo – disse Youssef.

– Mas quem no Planalto? – perguntou o delegado.

– Lula e Dilma – respondeu o doleiro.

Era blefe.

Na sequência, a reportagem diz:

“O doleiro não apresentou – e nem lhe foram pedidas – provas do que disse. Por enquanto, nesta fase do processo, o que mais interessa aos delegados é ter certeza de que o depoente atuou diretamente ou pelo menos presenciou ilegalidades”.

Na primeira fase da delação premiada tem-se o criminoso falando o que quer. Enquanto não apresentar provas, a declaração não terá o menor valor. E Veja tem a fama de colocar o que quer nas declarações de fontes.

Ligado ao PSDB do Paraná, o advogado de Yousseff desmentiu as informações. Mas não se sabe ainda qual é o seu jogo.

As apostas erradas da Abril

Golbery do Couto e Silva dizia que a mentira tem mais valor que a verdade. A verdade é monótona, tem uma só leitura. Já a mentira traz um enorme conjunto de informações a serem pesquisadas, as intenções do mentiroso, a maneira como a mentira foi montada.

Daí a importância da capa de Veja: permitir desvendar o que está por trás da mentira.

A primeira peça do jogo é entender a posição atual do Grupo Abril.

Apostas de altíssimo risco só são bancadas em momentos de altíssimo desespero. A tacada da Veja torna quase irresistível a proposta de regulação da mídia e de repor as defesas do cidadão que foram suprimidas pelo ex-Ministrio Ayres Britto, ao revogar a Lei de Imprensa.

Qual a razão de tanto desespero nessa aposta furada?

Leia também:  Como a imprensa argentina manipulou o noticiário para minimizar a crise econômica sob Macri

A explicação começa alguns anos atrás.

No mercado de mídia, o futuro acenava para o advento da Internet e da TV a cabo e para o fim das revistas e do papel. As apostas da Abril foram sempre na direção errada.

Ela montou um dos primeiros portais brasileiros, o BOL, que posteriormente fundiu-se com a UOL. Graças à sua influência política, conseguiu frequências de UHF e canais de TV a cabo.

A editora endividou-se e, para tapar buracos, Civita foi se desfazendo de todas as joias da coroa. Passou os 50% que detinha na UOL para a Folha – por um valor insignificante; vendeu a TV A para a Telefonica.  Associou-se ao grupo sul-africano Naspers, em uma operação confusa, visando burlar o limite de 30% para capital estrangeiro em grupos de mídia, previstos na lei.

Não parou por aí.

Adquiriu duas editoras – a Atica e a Scipionne –, que dependem fundamentalmente de compras públicas, confiando no poder de persuasão dos seus vendedores junto à rede escolar. A decisão do MEC (Ministério da Educação) de colocar todos os livros em uma publicação única, para escolha dos professores, eliminou sua vantagem comparativa.

Aí decidiu investir em cursos apostilados para prefeituras, um território pantanoso. Finalmente, “descobriu” o caminho das pedras, passando a direcionar todas suas energias para a área de educação.

Para tanto, criou uma nova empresa, a Abril Educação, colocou debaixo dela as editoras e os cursos e contratou um executivo ambicioso, Manoel Amorim,  que aumentou exponencialmente o endividamento do grupo, para adquirir cursos e escolas. Foi uma sucessão de compras extremamente onerosas, que deixaram o grupo em má situação financeira. A solução foi vender parte do capital para um grupo estrangeiro. Nem isso resolveu sua situação.

No ano passado, em conversa com especialistas do setor de mídia, Gianca Civita, o primogênito, já antecipava que a editora iria ser reduzida a meia dúzia de revistas e à Veja. Colocara à venda suas concessões de UHF e esperava que algum pastor eletrônico se habilitasse.

O cartel da jabuticaba

A editora viu-se depauperada em duas frentes. Uma, a própria decadência do mercado de revistas; outra, a descapitalização ainda maior para financiar a aventura educacional da Abril.

Além disso, foi vítima do maior tiro no pé da história da mídia brasileira: o “cartel da jabuticaba”.

Um cartel tradicional consiste em um pacto comercial entre competidores visando aumentar os preços e os ganhos de todos. O “cartel da jabuticaba” brasileiro foi uma peça genial (da Globo) em que todos se uniram contra a distribuição de parte ínfima da publicidade pública para a imprensa regional e para a Internet.

Alcançaram seu intento, mas não levaram o butim. A Internet não cresceu mas o resultado foi uma enorme concentração de verbas na TV aberta — e, dentro dela, na TV Globo.

Leia também:  TV GGN: a guerra mundial entre Witzel e Bolsonaro

Poucos meses atrás, o próprio João Roberto Marinho – um dos herdeiros da Globo – manifestava a interlocutores sua preocupação com a concentração da mídia. A Globo jogou em seu favor, óbvio; mas não contava com o despreparo das demais empresas sequer para entender onde estavam seus interesses.

Quando o faturamento do papel minguou, todos pularam para a Internet. Mas a piscina estava vazia graças às pressões que eles próprios fizeram sobre a Secom e as agências.

Hoje em dia, o mercado de TV a cabo passou a disputar acirradamente as verbas publicitárias. Se indagar de um executivo do setor se a disputa é com as revistas e jornais, ele dará de ombros: a imprensa escrita não tem mais a menor relevância; a disputa é com a TV aberta.

A bala de prata de Fábio Barbosa

É esse quadro de crise nas duas frentes que explica a bala de prata de Fábio Barbosa.

Nos últimos meses, Fábio Barbosa contratou o INDG, de Vicente Falconi, para um trabalho de redução de custos da Abril, paralelamente à própria redução da Abril..

Falconi constatou o que o Blog já levantara alguns anos atrás: a estrutura de Veja era superdimensionada para o conteúdo semanal.

Na época, montei um quadro com todas as reportagens de uma edição, estimei o tempo-hora de cada repórter e editor e, no final, mostrava que seria possível entregar o mesmo conteúdo com um terço da redação.

Com metodologia muito mais gerencial, Falconi chegou às mesmas conclusões, resultando daí a demissão de várias pessoas em cargos-chave – inclusive Otávio Cabral, repórter das missões sensíveis da revista, que acabou indo trabalhar na campanha de Aécio.

Apenas amenizou um pouco a queda. Com as duas frentes comprometidas, a Abril entrou em uma sinuca de bico.

Com a morte de Roberto Civita, começou a enfrentar dificuldades crescentes para renovar os financiamentos. Desde o início do ano, os herdeiros de Roberto Civita estão buscando compradores para a outra metade da Abril Educação.

Antes disso, desde o ano passado, decidiram sair definitivamente da área editorial. Mas a legislação não permite à Naspers ampliar sua participação na editora. E, se não teve nenhum corte de verba oficial para suas publicações, por outro lado a Abril jamais encontrou espaço no governo Dilma para acertos e grandes negócios, como uma mudança na legislação sobre capital estrangeiro na mídia..

Leia também:  Sociedade deve exigir transparência das plataformas digitais, defendem pesquisadores

É nesse quadro dramático, que o presidente do grupo, Fábio Barbosa, tenta a última tacada, apostando todas as fichas em Aécio.

A última chance

A carreira anterior de Barbosa foi no mercado bancário. Foi sucessivamente presidente do ABN Amro, depois do ABN-Real, quando o banco holandês adquiriu o Real; depois do Santander, quando o banco espanhol adquiriu os dois.

No ABN e no Santander foi responsável por uma das maiores operações imobiliárias do mercado. No ABN participou do empréstimo de R$ 380 milhões para a WTorres adquirir o esqueleto da Eletropaulo, na marginal Pinheiros. Seis meses depois, a companhia não tinha mais recursos para quitar o financiamento. Entregou parte do capital aos credores.

Em 2008, ainda na condição de presidente indicado para o Santander, Fábio anunciou a aquisição da torre pelo banco por R$ 1 bilhão. “A aquisição desse imóvel é um marco e demonstra a determinação do Santander em investir para que tenhamos um Banco cada vez mais forte e competitivo”, afirma ele. (http://migre.me/ms7aW).

Atuou no início e no final da operação, assessorado por seu homem de confiança, José Berenguer Neto.

Em pouco tempo começaram a pipocar os problemas da WTorre. Atrasou a entrega da sede do Santander, que ingressou em juízo com pedido de indenização de R$ 135 milhões. A dívida fez com que a WTorre desistisse de lançar ações na Bolsa de São Paulo.

Em outubro de 2010 a obra continuava causando transtorno, sem ser entregue (http://migre.me/ms7Pc)

Em agosto de 2011, Fabio saiu do Santander. O clima azedou quando a direção se deu conta dos problemas criados. O presidente mundial Emilio Botin colocou um homem de confiança como espécie de interventor, levando Fabio a se demitir. Junto com ele saiu José Berenguer Neto, que assumiu um cargo na Gávea Investimentos, para atuar na área imobiliária.

Na época, executivos do banco ouvidos pela imprensa disseram que no ABN Fabio tinha plena liberdade; no Santander, não mais. Fabio deixou o banco sendo elogiado pelo sucessor.

O episódio não causou tanto estardalhaço quanto a tentativa de Barbosa, no comando da Veja, de tentar um golpe de Estado armado com um 3 de paus.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

157 comentários

  1. Queria entender um

    Queria entender um ponto.

    Hoje o Nassif publicou um post com trecho da delação do Paulo Roberto Costa, onde ele teria feito a acusação de ter repassado 20 milhões para a campanha do Eduardo Campos, com intermediação do Fernando Coelho.

    A Veja publicou um trecho da delação do Youssef, onde ele teria feito a acusação de Dilma e Lula saber das irregularidades na Petrobrás.

    Qual é a diferença?

    • A resposta é simples

      O depoimento de Paulo Roberto Costa foi homologado pelo min. Teori como delação premiada.

      Para ser homologado precisa de algum indício de veracidade.

      O alegado depoimento de Youssef teria sido feito perante um Delegado Federal.

      Quando eventualmente for homologado por um magistrado o que ele teria dito, ai sim poderá haver ou não algum indício de verossimilhança.

    • Uma diferença é que Eduardo

      Uma diferença é que Eduardo Campos não estará participando de uma eleição 48 horas após a divulgação da denúncia,

      Outra diferença é que o caso de Eduardo Campos não saiu na capa de uma revista de grande circulação, sendo em seguida repercutido pelos demais órgãos de imprensa.

      Mais uma diferença é que não existe absolutamente nenhuma comprovação da denúncia e nem o advogado do depoente foi consultado, pois o mesmo rapidamente tratou de afirmar que nunca soube de nada disso.

      Finalmente, a acusação contra Eduardo Campos não será martelada pela TV até o início da eleição e nem será usada como trampolim para o candidato da oposição no debate de hoje a noite.

      • “acusação contra Eduardo

        “acusação contra Eduardo Campos não será martelada pela TV até o início da eleição e nem será usada como trampolim para o candidato da oposição no debate de hoje a noite”:

        Mudei de ideia, Jorge.  Acho que Aecinho ta brincando com fogo e vai amanhecer mijado nesse debate…

    • Ô Chavez, vou tentar

      Ô Chavez, vou tentar explicar.

      Presta atenção porque é complexo.

      Denúncia contra o Lula e a Dilma é tudo verdade, nem precisa de prova.

      Denúncia contra a tucanada é tudo falsa, invenção dos comunistas e dos blog sujo.

      E aí deu pra entender?

      Te espero no largo da batata.

      Forte abraço.

      Anauê!

  2. Trucou sem nada na mão…

    E a Dilma “meteu” 6 na cara da veja…

    Finalmente a nossa presidenta começou a colocar esse pessoal no devido lugar… ou seja, no banco dos réus.

    Se o PT não quiser embarcar nessa, ótimo… se o ministro da justiça não quiser embarcar nessa, ótimo também… pois no próximo mandato ele não estará mais lá.

    Parabéns Dilma !

  3. Espero que essa tentativa de

    Espero que essa tentativa de golpe do grupo abril seja o último porque, francamente, ninguém aguenta mais essa gente.

  4. Golpismo na in Veja

    Cadeia neles!

    Ou o governo eleito de Dilma faz uma profunda reforma na Lei de Concessoes de radio-difusao, ou seu governo sera tragado para um criminoso golpe de Estado. Com o apoio de estamentos poderosos nas tres esferas de poder.

  5. Por mim Dilma poderia ajudar

    Por mim Dilma poderia ajudar a por a pá de cal sobre este lixo. Corte imediato de toda e qualquer propaganda oficial em veículos da Editora Abril e da Abril Educação.

  6. arapuca involuntária para Aécio

    Está criado um grande problema para o Aécio, caso não desminta cabalmente este tentativa da veja estará na suspeita da cumplicidade no golpe. Não tens saída Sai desta, pó senador!

  7. “Na sequência, a reportagem

    “Na sequência, a reportagem diz:

    “O doleiro não apresentou – e nem lhe foram pedidas – provas do que disse””:

    Veja imagina que a PF eh tao tapada quanto seus “jornalistas”…

  8. Simples assim

    O eleitor de Dilma, nessa altura do campeonato não vai cair nessa jogada. Porém isso pode fazer aparecer umas pesquisas com a curva de Dilma tendendo a cair e de aecim tendendo a subir. Aí está liberada a deflagração de fraudes nas urnas principalmente em SP. Somos tão impotentes mesmo quanto a possibilidade de fraude?

  9. Como é bom ler um texto desses do nosso Nassif!

    Eu já tinha ouvido umas coisas sobre o caso da Torre “Eletropaulo” com a WTorre. O texto do Nassif explica bem as coisas que eu ouvia.

    Para quem não conhece o mundo das construtoras de SP, o Walter Torre (dono da WTorre) tem péssima reputação. O que, pelo nível ético médio do meio já dá uma ideia da encrenca onde o F. Barbosa colocou o ABN-Real e depois o Santander…

    P.S. O fato do estadio do Corinthians ter sido obra da Odebrecht e o do Palmeiras da WTorre mostra o nível relativo de governança dos 2 clubes (estou fazendo um comparativo, sem juízo de valor absoluto).

  10. Boa matéria.

    Depois seria interessante um artigo analisando a fusão Oi-Telemar, que Lula patrocinou CONTRA A LEI (ela foi alterada depois do negócio alinhavado) e como a tentativa de criar uma super-tele nacional virou uma empresa cujos donos estrangeiros estão em possível falência.

    Também seria interessante um artigo sobre o quanto perdeu o BNDES com Eike Batista e com a JBS-Friboi.

    Claro, depois das eleições…..

    • Uotimo!

      Mas antes tem que falar da privatização das teles e dos telefonemas  “ispertos” (foi escrito assim mesmo, lobby é uma palavra feia) na gestão do Fernando II. E dos serviços de engenharia financeira de um certo banco de investimentos…….

      Vai doer lá em Higienópolis!

  11. É a meritocracia capitalista,

    É a meritocracia capitalista, como eles dizem. Desde que o meritocrático seja o estado brasileiro e o nosso dinheirinho escorrendo fácil para as burras do meritosos meritocráticos.

    Competência mesmo só é cobrada de nós aqui de baixo que pagamos nossas contas independente do governo que está no poder e sobrevivemos numa boa com as regras capitalistas do mercado.

     

  12. Teste de ferro de Youssef aceita acareação com o doleiro.

    Está no site do estadão: testa de ferro de Youssef aceita acareação com o doleiro sobre envolvidos do PSDB na operação lava-jato.

     

  13. O trem tá é feio…

    Primeiro o Governo do PT não vai fazer nada contra este pessoal.

    Segundo o governo do PT tem que ganhar a eleição.

    Terceiro o Governo e Congresso Federal não possuem credibilidade para implementar qualquer Lei de Médios.

  14. Nassif escreveu: “Ela [a

    Nassif escreveu: “Ela [a Veja] está sendo derrotada pelo mercado”

    Infelizmente, com esta propaganda de três minutos em cadeia nacional, a revista veja poderá ganhar alguns milhões de leitores — os eleitores do Aécio.

    Citar a revista nominalmente foi um tiro no pé de proporções épicas, para quem pretendia enfraquecê-la.

    E mais: a denúncia, que estava sendo ignorada, se tornará o assunto mais comentado nos próximos dias.

    Bola fora da Dilma e de seus acessores.

  15. Atirando na Revista Comparsa para Acertar a Chefona Oculta

    “Não posso me calar frente a esse ato de terrorismo eleitoral articulado pela revista Veja e seus parceiros ocultos…ela e seus cúmplices.” (Dilma Roussef, Presidenta do Brasil).

    A ratoeira de pegar ratazanas foi armada e deu-se ciência a ratazana Chefa, agora resta aguardar se mesmo assim, ela deixa de ser oculta e revela-se também parceira e cúmplice, mais a noite, digamos em torno das 20hs, tentando completar o crime. Se morder o queijo podre da semanal, também será mortalmente atingida como parceira e cumplice. Quem sobreviver verá como LN estava com plena razão quando respondeu ao assustado amigo, “É a democracia que vai acabar com a imprensa e implantar o jornalismo”.

  16. Blefe da Veja

    Mais um blefe de veja.

    Em 2007 o Pleno do STF fixou (e assim manteve) que a atividade de supervisão judicial do STF sobre detentor de prerrogativa de foro inclui toda a fase investigatória.

    No caso, o Senador Magno Malta estaria envolvido na ‘operação sanguessuga’. O procedimento, que estava em Mato grosso, foi para o STF quando surgiu o nome do senador de forma vaga. Ou seja, bastou a mera menção do nome do senador, bastante descontextualizada, ligada ao simples uso de um automóvel que seria suspeito.

    Como era genérica a menção, O PGR pediu e o Gilmar Mendes deferiu uma oitiva inicial do senador para esclarecer o que ele entendesse, e a partir daí seguiria ou não a investigação.

    Ocorre que quando a Delegada Federal foi dar cumprimento à oitiva, em razão de demora, decidiu por indiciar formalmente o senador. Assim, Magno Malta saiu da posição genérica de ‘suspeito’, que não tem qualquer efeito, para a de indiciado em inquérito, por ato de uma Delegada.

    O STF, em questão de ordem, anulou o indiciamento, e fixou que o mero juízo de indiciamento é apenas do ministro relator devido à supervisão judicial da corte.

    Portanto, acaso realmente tivesse existido a informação por parte de Youssef perante o Delegado Federal, esse teria obrigatoriamente que ter enviado de imediato o procedimento para o Juiz requerendo a declinação de foro para o STF, e o juiz teria que atender na mesma data.

    Isso porque qualquer ato de investigação em 1a instância, a partir daquela suposta ‘informação’ é inteiramente nulo. O Delegado sabe disso, assim como o Sérgio Moro.

    Não existe meio termo. Citado o detentor de foro com um mínimo grau de comprometimento (a alegada oitiva de Youssef teria sido muito mais incisiva do que a suspeita sobre o carro usado por Magno Malta), EM QUALQUER FASE INVESTIGATIVA, o procedimento vai de imediato para o STF.

    Mais um blefe covarde.

  17. Parabéns a Veja

    Deveria ser distribuido um exemplar para cada cidadão deste País!

    O advogado não desmentiu nada, só falou que “não posso comentar…”

    • Ué…dê a ideia ao PSDB.  O

      Ué…dê a ideia ao PSDB.  O governo de SP já ajuda bem a editora Abril, comprando assinaturas da revista por valor proibitivo, nem vou  escrever , mas disponível no Diário Oficial.  Agora é a vez dos outros estados, governados pelo mesmo PSDB, de  fazerem o mesmo….pois aqui em SP a fonte secou, literalmente.  Peça para o Beto richa pagar a distribuição gratuita para todos os brasileiros….tenho certeza que pela pindaíba em que se encontra o grupo, eles até darão desconto no pedido.  qualquer coisa o Cachoeira poderá ajudar também.  

    • Ótima idéia!

      Aliás, vamos abolir também os códigos jurídicos, a constituição federal e todos esses empecilhos burocráticos: vamos resolver na base do “quem grita mais alto, leva!”.

      Quem for conservador, distribui Veja; quem for progressista, distribui Carta Capital e transcrições dos blogs. 

      Compara-se as porcentagens: se mais Vejas forem distribuídas, Lula e Dilma sabiam; senão, eles são inocentes.

      Pense em quanto dinheiro e tempo economizaríamos sem esses empecilhos!

      Melhor que isso, só se utilizássemos turbas linchadoras!

  18. E o TSE. Só no do PT?

    Falar do aecioporto não pode, falar no aébrio pópará não pode, falar na falta da aplicação na saúde do duodécimo também não pode; mas agora publicar uma “declaração de um sujeito” que está sendo investigado pelo crime de corrupção, ouvido na justiça, onde estas declarações não foram checadas e nem apresentaram provas, pode alardear e pedir o impedimento da PRESIDENTA DA REPÚBLICA e a penalização do ex-presidente LULA, isto pode.

    1)- Se o sujeito realmente falou que teria o envolvimento da nossa PRESIDENTA, o delegado / promotor / juiz do caso, imediatamente deveriam remeter o processo para o STF. Não fazendo, estão descumprindo a lei. ESTÃO PREVARICANDO.

    2)- Se a PRESIDENTA DILMA e o ex-presidente LULA foram citados, quando do pedido do Palácio do Planalto (Presidenta) para inteirar-se das denúncias, a justiça deveria ter remetido para a mesma, pois se ela foi citada, como afirma a revista, tem o direito de saber – ou vão acusá-la sem o conhecimento da mesma. A PRESIDENTA REPRESENTA A MAIORIA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA E DEVE SER RESPEITADA POR TODOS. EU COMO ELEITOR DA PRESIDENTA AFIRMO QUE OS BANDIDOS DA VEJA DEVEM SER PRESOS,POR INFAMIAS E MENTIRAS CONTRA O MAIOR CARGO DO PAÍS. NESTE MOMENTO, É CRIME ELEITORAL E OS RESPONSÁVEIS DEVEM SER PRESOS IMEDIATAMENTE.

    3)- Como uma revista consegue uma fala que é segredo de justiça e nem os citados tem acesso ao depoimento (falas)? Como a revista pode publica-lás ao seu bel prazer? Onde estão as provas? Chega de “MENTIRAS”, sem os aúdios? Apresentem o aúdio onde foi baseado? Caso contrário é crime contra a instituição PRESIDENCIA DA REPÚBLICA.     Repito: “ONDE ESTÃO AS PROVAS – ONDE ESTÃO OS AÚDIOS?”. Se não tem provas, É CRIME ELEITORAL e neste momento crime eleitoral é CADEIA.

    Como é que fica TSE? 

     

  19. Agora que vi a resposta dela

    Agora que vi a resposta dela na tv.

    Nâo sei não, mas achei que ela falou demais, deu muita trela para o assunto que não tem credibilidade alguma e morrerá por si só. Muitas pessoas conheceram o fato por ela e não pela imprensa.

    O melhor é manter a serenidade e após vencidas as eleições, ai sim, atacar em todas as frentes, e principalmente a principal, o bolso. Tem que reduzir a zero qualquer vestígio de verba publicitária que o Governo tenha algum controle, na veja.

    • O PSDB soltou nota oficial,

      O PSDB soltou nota oficial, assinada pelo CSampaio , e voce diz que Dilma falou demais??

      Me explique, pois não entendi sua colocação.

       

      • Vacina antirrábica

        Prezados, o programa da tarde da Dilma foi, simplesmente, uma vacina preventiva contra o Jornal Nacional; os “cumplices” já estão avisados de que, se vieram para cima, levarão o troco.

    • Concordo com o Daniel.
      A

      Concordo com o Daniel.

      A denúncia já tinha sido negada pelo advogado, a Veja já estava caindo no ridículo.

      Ao dar destaque à revista durante 3 minutos em cadeia nacional, tudo o que a campanha da Dilma conseguiu foi trazer a denúncia para o centro do debate.

      Poucos jornais e revistas estavam dispostos a dar credibilidade à Veja. Agora todos poderão não apenas falar da denúncia como defender a revista.

      Um tremendo tiro no pé.

       

      • “Ao dar destaque à revista

        “Ao dar destaque à revista durante 3 minutos em cadeia nacional, tudo o que a campanha da Dilma conseguiu foi trazer a denúncia para o centro do debate”:

        !!!!  Bom te ver de volta, Foo!  Mas discordo.  Eh pra trazer denuncia falsa pro centro do debate mesmo.  Nao da pra ter as reacoes complexadas de Aecio ou ficar de bracos cruzados como Dilma ficou por 4 anos e Lula ficou por 8 anos.

      • É verdade.
        É bem provável que

        É verdade.

        É bem provável que o Aécio, hoje no debate, vá atacar mais a Dilma pela questão da “censura” do que pelo fato em si, que a veja noticiou. Até ai, não tem tanto problema. Mas e se o JN, hoje e amanha fizerem o mesmo ?

        Nâo sei não, a campanha de Dilma pode ter ajudado a manter o factóide na imprensa.

        Por outro lado, ficar sem resposta também não era o caminho, pois hoje é o último dia que ela tem voz.

        O que o Aécio e a mídia amiga dele quer (nem acho que a Globo seja assim tão amiga dele) é manter esse factóide martelando na imprensa hoje e amanha, para domingo, tentar uma virada que seria algo inusitado e surpreendente.

        Acho que as chances de êxito são mínimas, porém a campanha da Dilma tem que fazer de tudo para mitigar esses estragos e não botar mais lenha na fogueira.

        • Daniel, conhecendo a Veja e o

          Daniel, conhecendo a Veja e o PIG como conhecemos creio que eles

          estavam crentes que o PT como sempre passaria ao largo.Trazer isso

          ao debate caso Aécio venha com “gracinhas” basta lembrar-lhe que 

          muita coisa da mídia internacional  faz mençaõ a ele como “traficante”.

          Há provas Aécio? Todo mundo diz!Quanto a Veja é deixar prá depois ,

          por hora o inimigo (adversário) e o Aécio e PSDB de FHC.

  20. Chama a Cristina Kirchner !

    Pacificação Nacional?

    Só é possivel com uma lei de imprensa que coiba abusos da mídia mafiosa.

    Quem vai ter coragem de pegar o jacare pelo rabo?

    A bola esta na quadra da (por enquanto) situação.

    Pode falar o diabo da Srª  Kirchner  mas neste ponto ela fez a lição de casa!

    • O GRUPO ABRIL, QUE PUBLICA A

      O GRUPO ABRIL, QUE PUBLICA A REVISTA VEJA,VENDEU 30% DE SUAS AÇÕES, EM 2006, AO GRUPO SUL-AFRICANO NASPERS.
      O GRUPO NASPERS APOIOU O REGIME RACISTADO APARTHEID.
      PROCURE SABER: DIGITE “GRUPO ABRIL NASPERS APARTHEID” NO GOOGLE!

  21. Malfeitos em todos os

    Malfeitos em todos os lugares, menos na Petrobras.

    Obviamente Lula e Dilma não sabiam, porque saberiam?

    Acho interessante…. a Internet é o canal….

    Mas a internet não revela nada nem busca info. nenhuma….é só posicionamento de lado.

    Youssef?  como ja dizem os “progressistas” é um meliante sem provas.

     

     

     

     

  22. Ao invés do esgoto, nós, o povo

    Veja e Abril não merecem comentários, e sim a descarga. Prefiro relatar o que aconteceu aqui em casa (Zona Leste de SP) agora há pouco: diante do banner de Dilma no portão e dos adesivos no vidro do carro, o carteiro me perguntou se eu não teria mais um colante para lhe dar. Claro que corri e lhe dei os dois outros que tinha, com muita alegria. Não bastasse isso, ele ainda me explicou que vai votar em Dilma não apenas porque ela é sua chefe, mas porque, além de agora fazer faculdade graças ao ProUni, sabe bem o quanto a vida da e na periferia mudou nos últimos doze anos. Como diz o nosso slogan, estamos “com a força do povo”. Precisa mais?

    • essa revista e representa a DESGRACA para o povo brasileiro

      Fabio, sou cabeleireira e tenho uma filha formada em A dmt publica  com mestrado pela UDESC a mais jovem esta na UNIVALE com 100% de PROUNI, vivi outros governos e sei bem que antes do Lula isso era impossivel de acontecer, so filho de bundinha podia pleitiar vestibular nas publica e nas facudades privadas era ate ofenda para eles agente tentar,   aqui em santa catarina   foi mais dificil  essa eleicao, a unica culpada desse movimento ant-democratico foi essa revistinha NOJENTA de VAGABUNDOS que jogou  60% do sul contra o norte e nordete do Brasil, EU DECLARO MEU REPUDIO CONTRA TODO MATERIAL DA EDITORA ABRIL, SAO 5 ASSINATURAS QUE DEIXARAM DE EXISTIR NA MINHA HUMILDE CASA SENDO QUE A VEJA SSINEI POR 2 DECADAS MAS EU ENTENDO QUE ESSE EPISODIO FOI UMATENTADO CONTRA A DEMOCRACIA E A UNIAO DO PAIS, ja mais defenderei DILMA RUSSEFF se no futuro ela tirar dinheiro do povo para imtupir orabo da globofalida e seu capacho bonner, eu nao preciso ver a globomerda seu bonner, tenho tv fechada, mesmo que eu esteja erra em algum segundo so o fato de ter minhas 2 filhas 1 irma com e outros familiares curso superior ja valeu tu que passei nesse domingo

  23. Nassif, só faltou contar quem

    Nassif, só faltou contar quem é esse grupo Nasper.
    Um primor da decência e da tolerância. Só pode votar 45.

  24. Me preocupa a repercussão

    A grande mídia não repercutiu esse lixo. A Globo  ataca, mas com outras armas. Na Globo,não tem uma única manchete favorável ao governo. Até a queda do desemprego, eles transformaram em notícia ruim. Passaram  10 minutos “explicando” como uma taxa de 4,9 % de desemprego é “péssimo” para o país. Nada de doleiro. Nada de delação premiada. Porém, a raia miúda como estações de radio locais, seus jagunços, e  os políticos do baixíssimo clero, só falam da capa da Veja. Só a capa, por que a matéria mesmo, ninguém lê. Exploram o que esta na capa, com direito a todo tipo de canalhice e falsas indignações …  

  25. Para ter um Mainardi e um

    Para ter um Mainardi e um Azevedo nos seus quadros, dá para ter uma idéia de seu nível.

    Apóia um candidato campeão em rejeição, que pela figura em si nojenta e despreparada,

    se apega a figuras politicas altamente qualificadas  como Fenômeno e Neymar. Esperar o quê?

    Vão vender Plaiboy, que é mais da área desse pessoal.

  26. Sobre a capa de Veja: Tome, jegue!

    A denúncia de capa que Veja excretou ontem à noite (23/10) conseguiu ser mais falsa que aquela foto do “Serra Meigo”, de 2010 – http://meiguiceserra.wordpress.com

    O Internet-zoeira, que não perdoou nem o 7×1 que o Brasil levou na Copa, literalmente, surtou. Em poucas horas, produziu e continua a produzir uma quantidade astronômica de memes sobre (e para) o desespero de Veja – http://desesperodaveja.tumblr.com

    Tem a capa do Titanic:

    A do avião da Malásia:

    A do fim dos Beatles:

    A do Alckmin-tororó:

    A da falsa Zellweger:

    A da capa chupa-capas:

    A do Sexto Sentido:

    A da “Lei Seu Madruga”, para homens que apanham de mulher:

    A do forninho da Giovana:

    A do padre voador:

    E por aí vai.

  27. Álvaro Dias também é comparsa de Youssef

    Esqueceram-se de mencionar Álvaro Dias, outro paladino da ética da máfia veja, que além de usar avião de doleiro com frequência, usava de seus “serviços” para esquentar dinheiro. O que vale o depoimento de um tucano bandido mafioso?  Fui redundante?

  28. A revista está dando mais um

    VEJA está dando mais um tiro na água. As revistas semanais, e Veja em especial, não tem nenhuma relevância eleitoral, por dois motivos: Primeiro o número de eleitores que a leem ou são influenciados por ela é insignificante no universo eleitoral do país. Segundo porque Veja gasta seus recursos pregando para convertidos. Ela só tem poder de influenciar quem já é visceralmente antipetista. O mesmo, aliás, pode ser dito atualmente dos grandes jornais e até do outrora poderoso jornal nacional. Estão gastando toda sua mise-en-scène somente para receber aplausos da claque de sempre.

    • Não menospreze tanto, o

      Não menospreze tanto, o judiciário lê Veja e acredita nela. Não se esqueça que o “mensalão” foi montado em cima de reportagens de Veja e Folha.

    • As  rádios, em especial a

      As  rádios, em especial a CBN/GLOBO não falam de outro assunto, e rádio a população de menor poder aquisitivo ouve. É por aí que o golpe midiático está universalizando o factóide.

  29. Olha, eu NÃO ENTENDO  e NÃO

    Olha, eu NÃO ENTENDO  e NÃO PERDÔO o governo por sua omissão em relação à mídia. Toda véspera de eleição é a mesma coisa. Não dá pra falar que foi surpresa essa capa da Veja.

    Recentemente o governo comprou briga com meio mundo por causa dos conselhos de participação e do “mais médicos”. E não mexeu uma palha para aprovar o projeto de direito de resposta na câmara, o que seria o mínimo.

    E continua irrigando o PIG com gordas verbas publicitárias.

    Tem medo de que? Da radicalização da mídia? É possível que eles radicalizem ainda mais?

    SE a Dilma ganhar, deveria logo no começo do ano:

    1) Aprovar o direito de resposta na câmara (o projeto do requião).

    2) Cortar a verba de publicidade do governo. Toda ela, se possível. Remaneje toda a grana para a saúde. Nós nos encarregamos de divulgar na internet.

    Seria um começo.

  30. A campanha de Dilma e do PT

    A campanha de Dilma e do PT tem que agir com calma e com frieza. Nâo cabe desespero. Ela está com a eleição ganha.

    Ela deve se limitar a dar uma resposta firma às acusações da revista e ponto final. E aguardar a vitória nas urnas.

    Passadas as eleições, com calma, preparar boa peça jurídica e também preparar a ofensiva no plano operacional, da publicidade.

    Se o PT inverter as prioridades agora, fará justamente o que Aécio quer, que é jogar na mídia, hoje e amanha, mais este factóide.

     

      • Me permitam discordar.
        o

        Me permitam discordar.

        o vídeo foi assertivo, devia sim ser feito e o foi com clareza. Nesse ponto entendo que Dilma e o PT demarcaram terreno de atuação, qual seja:

        1) Demarcaram o terreno político, pois partiram para o enfretamento direto com a revista e não com o adversário, com isso não deixaram o eleitor indeciso, pois esse é o alvo da “oiá” ficar na dúvida se a Dilma tem ou não uma resposta. Nesse caso a resposta foi clara, com conteúdo, inclusive com nome (a própria revista) sem as argumentações vazias.

        2) Como consequência dessa demarcação política, Dilma avisou aos demais meios de mídia que, a dita revista já responderá pelos seus atos, agora no pleito e após a eleição via judicial, assim os demais meios poderão correr o risco que desejarem, acompanham a revista ou como aconteceu ao longo do dia não lhe deram tanto destaque. Nesse ponto concordamos que a resposta de Dilma trouxe mais luz ao assunto que o fluxo de manipulação das mídias.

        3) Com esse comprometimento de ir a justiça, nomeando quem praticou crime, Dilma selou de uma vez por todas o rumo que terá com a mídia em seu segundo mandato.

         

        Agora, precisamos aguardar os desdobramentos. Meu sentimento é de esvaziamento desse assunto na mídia a partir de amanhã – a não ser pelos minutos da oposição – e uma vitória de Dilma no domingo, ainda que em um cenário ainda mais apertado.

        Resta aos órgãos de justiça justificar seu trabalho e apurar esse crime eleitoral, confesso em próprio trecho da “reporcagem”. 

    • Certíssima no vídeo!! Ela não

      Certíssima no vídeo!! Ela não só manda um recado para veja, mas também para mídia em geral, não vai mais tolerar essa atitude! Vamos ver o JN hoje, iremos ver se eles têm C….. Porque quem tem tem medo.

    • Daniel, o recado foi para a

      Daniel, o recado foi para a imprensa em geral e, em particular, para a globo. Afinal a Dilma sabe das manipulações nos 2 últimos jns antes de domingo.

      Tipo: pode vir quente que estou fervendo, morou?

      Eu penso que ela, Lula e o PT esperaram demais para enquadrar essa turma. Deveriam ter iniciado esse processo ainda em 2010 logo após as eleições e com o Franklin Martins ainda no ministério de onde não deveria ter saído.

    • Isca!

      Creio que mexeu…, vai divulgar mais. Isso vai ser bastante repercutido como os atucanados querem. Mas a resposta da Presidenta também “lavou a minha alma”.

  31. Grupo 1º de abril! É mentira!

    Já fui assinante da veja. É sério. Porém, hoje não sou mais. Graças a deus.

    E acho que o caminho para vencer esse monstro  é por ai. 

    O Nassif nos trouxe algumas informações importantes sobre o grupo abril. 

    Eu, como consumidor, estou torcendo para que esta revista acabe e desapareça do mercado. Não comprarei nada mais que esteja de alguma forma vinculado ao referido grupo. Afinal, trata-se de uma grupo 1º de abril.

    A partir de agora , respeitando a lei, respeitando as pessoas, farei o possível para que os leitores parem de compar e de  ler qualquer produto desta editora

    Acho que o melhor caminho é este. Como consumidores vamos propagar a mensagem:  o grupo abril não passa de um grupo 1º de abril.

    Desejo-lhes a bancarrota o mais breve. 

    Não pretendo mais tratá-la pelo nome. Vou tratá-la como revista falida!

    Herdeiros, vocês vão quebrar! Aguardem!

     

     

  32. Se falou de um presidente e um ex, para o processo e vai pro STF

    Reforçando o comentário do colega Alex Pontes, se esta declaração fosse realmente dada por Youseff no processo, ele deveria parar e subir para o Supremo, conforme sabemos há algumas semanas sobre as propaladas instruções (ilegais e imorais) do juiz (?) Sergio Moro aos depoentes para não mencionar pessoas especificamente. Ainda que se mencione “presidente(a)”, só existe uma, evidentemenente.

    Mais um trinho de rolha, pintada de prateado, da medíocre e ridícula Óia.

    Plop!

  33. RESPOSTA PARA DILMA NO DEBATE

    HOJE NO DEBATE  DILMA DEVERIA COMEÇAR A RESPOSTA DA SEGUINTE FORMA: VOCÊ DEVE ESTAR FALANDO DA ARMAÇÃO DA REVISTA SEMANAL TUCANA. SIM, OBRIGADA PELA PERGUNTA. JÁ TOMAMOS TODAS AS PROVIDÊNCIAS CABÍVEIS CONTRA ESSE GRAVE CRIME QUE, MAIS DO QUE SER OFENSA A HONRA DAS DUAS PESSOAS CITADAS, TRATA-SE DE UM ATENTADO À DEMOCRACIA. A ARMAÇÃO QUE ESSA TURMA TENTOU FAZER SERÁ LEVADA À JUSTIÇA E, COM O MESMO RIGOR QUE MEU GOVERNO INVESTIGOU OUTROS CRIMES, IRÃO CONDUZIR OS TRABALHOS PARA QUE TODOS RESPONSÁVEIS SEJAM PUNIDOS.

  34. Fui procurar a Carta Capital

    Fui procurar a Carta Capital no jornaleiro e não tinha, só vai sair na segunda-feira. Aliás nem IstoÉ nem Época. Aí ele me apontou a pilha de Veja e disse: só tem esse lixo aí!!! Saiu antes da hora pra derrubar a Dilma.Mas não vai adiantar.

    Adorei.

  35. Se o tema capa de veja aparecer no debate com aecio:

    Tratálo com o devido desprezo, como a insinuação insinuada da suspeita suspeitosa de uma supostamente suposta declaração não confirmada sequer pela defesa do ciminiso depoente.

    Devolver o tema ao adversário: e o sr. o que pensa deste atentado do mau jornalismo à democracia?

    Não é hora de se estressar por meros, manjados e previsíveis tirinhos de rolha … 

    Plop!

  36. Estao bravos com a Veja por

    Estao bravos com a Veja por que?  Vao ficar bravos com o JN por que?

     

    Que eu saiba quem jogou pra baixo do tapete a lei de medios do Franklin foi a Dilma. Ou estou enganado?

     

    Quem fritou ovo na Ana , foi quem?: o Bonner?

     

    Voto na Dilma, só peço que ela tenha criado VERGONHA NA CARA, e faça alguma coisa. Se ela nao levar o golpe da urna. Eu disse da urna, porque do povo, isso eu já sei a resposta. É Dilma

     

  37. Ok, gente, isso EU NAO

    Ok, gente, isso EU NAO ADMITO!  A Abril nao faz exatamente “tacadas”.  EXIJO a palavra certa na chamada!

    E XI JO!

  38. É chegada a hora de desmontar a quadrilha

     

    Estamos lidando com uma organização criminosa. Têm relação com Demóstenes, Cachoeira, Álvaro Dias, Juízes e outros setores corruptos. Essa turma que apoia coronel Aécio Berlusconi anda em avião de gangster tucano Yousseff, corrompem juízes, compram habeas corpus para traficantes (primo de Aécio), colocam marginais na direção (Paulo Costa, 1º FHC, depois, a contragosto do Lula, Dornelles, primo de Aécio, aquele que o presenteou com um cargo de diretor da caixa com 25 anos), são suspeitos de homicídio (modelo em Minas), movimentam cocaína, fazem fortunas com a política e outras negociatas. São raposões criminosos e representam o que há de pior na história política do país. Terá que ser feita uma investigação minuciosa para pegar todos os envolvidos, inclusive membros da família Civita. Esse depoimento foi armado a mando de quem? Qual é a participação e influência da revista nesse esquema? A quem interessa o depoimento desse bandido? Além de Álvaro Dias, para quem Yousseff está trabalhando? Existe alguém da PF do Paraná envolvido nessa trama? Beto Richa também sabia? E por aí vai….

     

  39. O erro de Getúlio foi tolerar

    O erro de Getúlio foi tolerar Lacerda. Se tolerar a Veja, Dilma acabará como ele. Ela tem que usar todo o peso do Estado para destruir o inimigo. A piedade para o homem pio é uma virtude. Para o Estadista afrontado na essência do poder que exerce a piedade é uma desgraça! Depois do que fez esta semana a Veja tem que ser destruída. A empresa que a publica deve sofrer um processo de dissolução judicial. O governo não deve ter piedade da revista ou da Abril Cultural. A Veja não pratica jornalismo, coloca-se acima do Estado como se fosse a única fonte da legalidade. Os donos da revista e os jornalistas que abusaram das prerrogativas profissionais devem ser enjaulados. O jornalismo podre, canceroso, doentio, terrorista tem que ser destruído sem dó. Caso contrário o Brasil é que será destruído.Quando descobre um nódulo de câncer pequeno, o médico realiza rapidamente a cirurgia para salvar o paciente. Salve o país da Veja Dilma Rousseff, ou tudo estará perdido.

    • Muito bom Fábio. Temos que

      Muito bom Fábio. Temos que iniciar um movimento. O movimento pela prisão dos criminosos da mídia!

  40. Desespero da máfia tucana

    Estamos lidando com uma organização criminosa. Têm relação com Demóstenes, Cachoeira, Álvaro Dias, Juízes e outros setores corruptos. Essa turma que apoia coronel Aécio Berlusconi anda em avião de gangster tucano Yousseff, corrompem juízes, compram habeas corpus para traficantes (primo de Aécio), colocam marginais na direção (Paulo Costa, 1º FHC, depois, a contragosto do Lula, Dornelles, primo de Aécio, aquele que o presenteou com um cargo de diretor da caixa com 25 anos), são suspeitos de homicídio (modelo em Minas), movimentam cocaína, fazem fortunas com a política e outras negociatas. São raposões criminosos e representam o que há de pior na história política do país. Terá que ser feita uma investigação minuciosa para pegar todos os envolvidos, inclusive membros da família Civita. Esse depoimento foi armado a mando de quem? Qual é a participação e influência da revista nesse esquema? A quem interessa o depoimento desse bandido? Além de Álvaro Dias, para quem Yousseff está trabalhando? Existe alguém da PF do Paraná envolvido nessa trama? Beto Richa também sabia? E por aí vai….

  41. Os privatas têm muita gordura

    “Na época, montei um quadro com todas as reportagens de uma edição, estimei o tempo-hora de cada repórter e editor e, no final, mostrava que seria possível entregar o mesmo conteúdo com um terço da redação.”

    Precisa fazer um enxugamento da máquina privata. Tem muito jornalista na redação. Liberalismo passou longe. E ainda querem fazer na empresa pública o que fazem na privada.

     

  42. O PT está entrando com pelo menos 7 ações contra esses bandidos

    http://www.pt.org.br/pt-vai-a-justica-contra-veja-por-capa-caluniosa-e-difamatoria/

    O PT está entrando com pelo menos 7 ações contra esses bandidos disfarçados de jornalistas que se escondem nesse esgoto chamado Veja, esperamos que dessa vez aquele bandido de toga não saque carteirinha de tucano prá desmerecer a decisão do plenário do TSE, estou me referindo a Gilmar Mendes, não há o menor cabimento que nesse pais não existe o direito de resposta, como pode esses oligopólios de midia terem chegado aonde chegaram, isso é banditismo puro, o povo brasileiro tem que lutar desde já pelo fim da propriedade nos meios de comunicação, como é nos EUA, não faz sentido que um mesmo grupo abocache todas as áreas, de TV aberta a rádio, passando por jornal impresso, canais de TV fechado, sem falar nos satélites e partes das teles que a Globo abocanhou das teles na privataria tucana. Chega!

  43. Muito Estranho

    A “reportagem” alega que o depoimento foi acompanhado por um advogado, mas, propositadamente, não o identificou. O advogado do doleiro, por sua vez, disse que consultou sua equipe e não confirmou a suposta delação envolvendo a Dilma e o Lula, mas também não desmentiu de forma categórica, justificando-se no fato de a investigação correr em segredo de justiça. Ora, nenhum segredo de justiça impede que o acusado, através de seu advogado, desminta uma alegação sabidamente falsa vinculada na mídia. Estranho, muito estranho… 

  44. Há um debate fervoroso, se

    Há um debate fervoroso, se Dilma deveria ou não responder. Confesso que nao sei, nessa hora, qual a atitude que a beneficiaria nas eleições. Eu entregaria o abacaxi nas mãos de Lula e João Santana.  Eu confio, totalmente, no feeling de Lula. 

    • DILMA

      Neideg,

      é tudo combinado. Lança-se a VEJA com antecedência para que a população tenha acesso à informação manipulada e antes do debate na tentativa de desestabilizar a presidente DILMA.

       

      Creio que o melhor caminho é ela entrar tranquila, expor suas idéias e projetos e responder a essa afronta que a imprensa promoveu de forma lúcida e tranquila. Isso irá deixar o Aécinico nervoso, pois está desesperado.

       

      Vou rezar para ela para que Deus a ajude dando-lhe tranquilidade hoje.

  45. A ideia da VEJA é criar um

    A ideia da VEJA é criar um fundo NEBULOSO de tal forma que UMA FRAUDE NA VOTAÇÃO ELETRÔNICA se torne VEROSSÍMIL.
    Então poderemos acreditar que as pessoas MUDARAM SUAS INTENÇÕES DE VOTOS AS VÉSPERAS DA ELEIÇÃO!
    OU SEJA, QUE HOUVE UMA CAUSA EXTERNA E NÃO UMA FRAUDE NAS URNAS!

    Dilma, nem a ABIN nem a PF podem cair nessa!

    • A ideia da Veja é criar um fato novo

      Marcos Antônio, infelizmente eu acho que você tem razão. O GOLPE da FRAUDE NAS URNAS está em andamento. No primeiro turno já houve, com o crescimento de 13% para o Aécio da noite para o dia. Eu não sou um atormentado pelas ideias das “teorias de conspiração” mas, estou achando, pelos útlimos acontecimentos que o GOLPE da FRAUDE NAS URNAS já é irreversível. A Dilma, com certeza, terá mais votos que o Aécio, mas o resultado a ser divulgado dará a vitória para o Aécio. Será que a equipe da Dilma terá alguma reação???

  46. jornal nacional não divulga a barbaridade da veja

    nassif, estou fazendo o enorme sacrifício de assistir ao jn. nem nas manchetes, nem no dia dos candidatos tocaram no assunto.     ainda não acabou mas…não é estranho?

      • Não falou, mas…

        o JN não falou? Não sei porque faz eras que a globo não é ligada em minha casa, para nadica de nada.

        contudo, o programa do Aécio gastou um 1/3 do tempo expondo a capa da dita e falando, falando…

        a Dilma por sua vez, em lugar de ter repetido a fala magistral que fez sobre a revista no programa da tarde, preferiu repetir os programas anteriores, a meu ver fora do contexto.

         

  47.  
    Foi correta a fala Dilma

     

    Foi correta a fala Dilma .

    Minha vizinha não é assinante e recebe toda semana duas revistas  da tal veja .

  48. td junto no mesmo buraco

    Pode ser apenas um blefe,  mas se virar o jogo eleitoral recebe tds os méritos, mas tbem pode ter sido um recado aos companheiros da mídia (pig), estou quebrado e levo vcs junto ( forçando a Lei de Médios), td junto e misturado no mesmo buraco.

  49. A IMPRENSA JOGA-LAMA E A JUSTIÇA LAVA-JATO
    A IMPRENSA JOGA-LAMA E A JUSTIÇA LAVA-JATO

    É possível abstrair a fala do Yousseff do fato de, só alguns dias atrás, ter sido  inocentado, pelo juiz Sérgio Moro, da acusação de lavar dinheiro do tráfico, simplesmente porque o senhor Moro acreditou que o doleiro “não sabia” que o dinheiro que seu “escritório” lavou era proveniente do tráfego de drogas? Pelo menos dessa, Yousseff já saiu limpinho e cheiroso.

    Agora olha só que lindo: o juiz por trás do voto Rosa “não tenho prova cabal contra o réu mas a literatura me permite condená-lo” Weber, de tão crente na virtude humana, virou uma Madre Teresa de Calcutá.

    Terá sido em agradecimento a tanta bondade judiciária que Yousseff teria falado à Veja? (Ou alguém acredita que falou à PF?) Ou terá sido para arrecadar unzinho para garantir uma bela aposentadoria? Oh, dúvida cruel.

    O interessante é que Yousseff, que já lavou muito dinheiro em benefício de FHC, José Serra e Ricardo Sérgio, também já lavou muito dinheiro para Fernandinho Beira-Mar (*). Caberia perguntar ao juiz Moro: o dinheiro de Beira-Mar vinha da pecuária de corte que ele dizia manter na Colômbia?

    Sabemos que a Veja é a imprensa joga-lama. Mas seria esta a justiça lava-jato?

    ——————————————————————————-
    (*) Em http://www.istoe.com.br/reportagens/17020_CONTA+TUCANO , por Amaury Ribeiro Jr.

    “Nas 1.057 páginas que detalham todas as remessas feitas por doleiros por intermédio da agência do banco Banestado em Nova York está documentado o caminho que o caixa de campanha de FHC e do então candidato José Serra, Ricardo Sérgio Oliveira, usou para enviar US$ 56 milhões ao Exterior entre 1996 e 1997. O laudo dos peritos mostra que, nas suas operações, o tesoureiro utilizava o doleiro Alberto Youssef, também contratado por Fernandinho Beira-Mar para remeter dinheiro sujo do narcotráfico para o Exterior.”

  50. Capital social

    Segundo o cientista político Robert Putnam as redes sociais são um tipo de capital. E é isso que esta fazendo a diferença diante da mídia tradicional.

    • O problema aí é considerar
      O problema aí é considerar uma versão, um lado da moeda.

      Porque na outra ponta ocorre a deterioração de ideais caros a esquerda “representada” pelo PT quando esse lixo de revista ataca ferozmente com denuncias vazias.

      Tenho contato com pessoas com elevado grau de instrução que estão convencidos de uma sinistra maracutaia da Dilma e do Lula.

      Nada – absolutamente nada – que se diga pra essas pessoas os fazem mudar de idéia. São educados e instruídos com baixíssimo nivel de compreensão da realidade, fruto da escassez de acesso a material jornalistico de boa qualidade.

      A coisa passou a ser uma loucura que alcança amplas parcelas da sociedade. Confesso que com esse ultimo golpe fiquei quase estarrecido.

      Falam em impedir a Dilma de assumir o cargo!

      Acordem pelo amor de deus! Chega de bunda molice! Vcs vão ganhar perdendo forças, é como um torturado que sabe que morrerá cedo ou tarde e nao esboça reação.

      Acordem enquanto há tempo! Chega de covardia!

  51. O lixo da veja, chamado de

    O lixo da veja, chamado de reportagem, é um reconhecimento da lisura dos governos Lula/Dilma pelo pig, porque é isso o que tinham? Uma matéria sem provas?

  52. Só me respondam uma coisa que

    Só me respondam uma coisa que não entendo. O Delegado Protógenes foi condenado por causa de um vazamento. Nessa tal de Operação Lava Jato o que mais acontece é vazamento, e o MPF não faz nada? Por que? Diminuam minha ignorância, por favor.

    •   Simples: A JUSTIÇA NÃO É

        Simples: A JUSTIÇA NÃO É IMPARCIAL, TEM LADO.

        Vá vazar alguma coisa contra tucanos pra ver o que te acontece; contra petistas – pode até ser mentira, não importa – é capaz da pessoa receber até uma medalha.

    • Dois pesos, duas medidas e uma justiça míope (nada cega)

      Infelizmente não tenho uma resposta, mas tenho uma pergunta a acrescentar: quando o tal doleiro foi citar políticos do PSDB, o juiz perguntou antes se se tratava de políticos com mandato. Como era o caso, ordenou que o delator não declinasse os nomes, pois eles têm foro privilegiado e isso teria de ser tratado no STF. Pois bem, por acaso o cargo de presidenta não é um mandato? Não tem ela direito a foro privilegiado? Como então o juiz Sérgio Moro permitiu que o delator citasse uma pessoa com foro privilegiado?

       

      • Isto significa que a partir

        Isto significa que a partir de agora o ministro Teori pode mandar subir o processo ao Supremo, tirando-o finalmente da paranazada em que se acha metido.

  53. A Globo e Folha desembarcam do golpe! Por que?

    Olhando o site de Globo com a notícia  

    “Veja’: doleiro diz que Dilma e Lula sabiam de tudo”

    e na mesma notícia ela coloca mais ou menos em destaque a seguinte observação do advogado do doleiro:

    “O advogado de Youssef, Antonio Figueiredo Basto, confirmou que o doleiro prestou depoimento à Polícia Federal de Curitiba na última terça-feira, mas disse não ter conhecimento da informação citada pela revista.

    — Eu nunca ouvi nada que confirmasse isso (que Lula e Dilma sabiam do esquema de corrupção na Petrobras). Não conheço esse depoimento, não conheço o teor dele. Estou surpreso — afirmou Basto.”

    E reafirma a seguir:

    “Ele disse que Youssef prestou muitos depoimentos no mesmo dia e que o doleiro estava acompanhado de advogados de sua equipe.

    — Conversei com todos da minha equipe e nenhum fala isso. Estamos perplexos e desconhecemos o que está acontecendo. É preciso ter cuidado porque está havendo muita especulação.”

    Ou seja, desqualifica por completo a notícia que atribui a VEJA.

    Tem duas hipóteses:

    (a) As pesquisas demonstraram que é impossível por métodos lícitos e ilícitos ultrapassar a Dilma,

    (b) receberam algum indício de setores ligados ao grande capital que não o bancário, por exemplo, da construção civil pesada, que talvez o pessoas do Paraná mexeu com um vespeiro.

    Para se saber qual das duas hipóteses é a correta têm-se duas possíveis verificações.

    Hipótese (a):

    Se a diferença chegar próximo ou ultrapassar 10%!

    Hipótese (b)

    Após as eleições se acha algum erro de processo que invalida todo o depoimento do doleiro, ou o mesmo tem um ataque cardíaco ou um AVC que o impede de falar em juízo! Business is business, e delator nunca foi alguém tão amado em nenhum ambiente de negócios, inclusive no meio dos transportadores de valores! (Imaginem inclusive o prejuízo que estão levando os outros transportadores, é um negócio que não se pode perder a confiança).

     

    • Rede Globo ecoa a capa da Veja

      Há muito tempo que a rede Globo ecoa o jornalixo da Veja, mais ainda no tempo do Cachoeira. Pelo que li é um acordo entre ambas. Agora, por exemplo, a tv globo diz que a Veja disse e assim tira o seu c. da reta pra não enfrentar ação na justiça.

       

    • o ataque cardíaco do doleiro..

      Quando li teu comentário agora, fiquei perplexa…Pois não é, que o tal doleiro está na UTI, com suspeitas de ataque cardíaco, assim do nada? E, segundo PF, já houveram outros episódios…E, o que estão tentando fazer com esta notícia? PT Queima de Arquivo! Gente, que espécie de ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA, O SR. AÉCIO E A MÍDIA SÃO? A coisa tá pra lá de suspeita, tá confirmada: querem dar um golpe no Brasil! Seja da forma que for, e isto não pode ficar assim. A Dilma tem que ganhar, do contrário iremos vivenciar uma Guerra Civil. Não passarão!

  54. COMENTÁRIO DO BLOG CAFEZINHO

    COMENTÁRIO DO BLOG CAFEZINHO : EMPRESA DO CAIXA DO AÉCIO VAI APURAR AS ELEIÇÕES. SÓ O QUE FALTAVA. ISTO TEM QUE SER DENUNCIADO

  55. vale tudo

    Hoje, 25/10/2014, 9:06hs, abro meu mail (yahoo)  e vejo uma news letter da Folha de SP para mim com um resumo das reportagens do dia. Destaque? A acusação do doleiro. Problema? Jamais recebei algo assim da Folha, exceto esporádicos pedidos de assinatura da mesma! Que vale tudo hein?!

  56. revista veja

    Sou a favor da liberdade de imprenssa, só que não concordo com uma revista que está focada somente em destruir a reputação dos outros sem ter provas concretas, há  anos que a revista Veja perdeu a credibilidade se tornando uma revista de péssima qualidade é  preciso que a justiça investigue o excesso de denúncias sem provas.

  57. A Marginal que ocupa o prédio da Marginal.

    Para quem não sabe, o edifício da Avenida Marginal Pinheiros onde se homizia a Revista do Esgoto é de propriedade da PREVI, isto é, dos funcionários do Banco do Brasil. Basta denunciar o contrato de locação, a Revista do Esgoto teria de se mudar para Irajá (Greta Garbo, Quem Diria, Foi Parar em Irajá…). Esse contrato foi feito ainda na era FHC. Com certeza, a PREVI o realugaria rapidinho pelo dobro do preço. E o funcionalismo do BB agradeceria, ainda mais que o Armínio Fraga pensa em acabar com BB, Caixa e BNDES…

    • Tentei, como associado da

      Tentei, como associado da Previ, ter uma cópia do Contrato. Não consegui e ainda tomei um esporro…

       

      TEM MARACUTAIA AI, SIM.

      E É NA CLÁUSULA DE QUEBRA DE CONTRATO!

    • Cancelamento do contrato de

      Cancelamento do contrato de locação do Prédio Av. Marginal

      Fim dos repasses do ProUni ( que eles tanto criticam ) as suas escolas

      Fim da publicidade oficial Federal e Estadual em todas as publicações

      Revisão do valor IPTU em todos os prédios de propriedade da Abril

      Campanha nacional de cancelamento de assinaturas das revistas do grupo Abril

      Campanha de boicote de compra …

       

      Gostam de porradaria ( Abril ) então toma !!!!!

       

      Quanto tempo dura …. não sei .. mas não será muito.

       

      Exemplos não faltam…. O Paiz, Correio da Manhã, Ultima Hora …. próxima FIM DA ABRIL

      • Marcar na paleta seus anunciantes

        Fazer uma campanha de denúncia contra seus anunciantes, escrever para suas ouvidorias nas matrizes lá fora no caso das transnacionais.

        Exigir da Secom todos os contratos do governo federal com a Abril e Globo.

        Suspensão de toda compra de livros didáticos de editoras vinculadas a grande mídia inclusive da Abril e Globo.

        Governo federal tem obrigação de sustentar a mídia alternativa que nem a França faz.

        A Abril e Globo tem muitos amigos no PT e governo federal, temos que denunciar quem são.

  58. Veja – distribuição

    Olha, não sei se aconteceu em outros lugares. Aqui no meu prédio ontem o entregador de revistas da Abril estava distribuindo a Veja para quem quisesse, gratuitamente. Meu Deus, onde vamos chegar na tentativa escusa de influenciar as pessoas.

    • É aprova que esta revista, desesperada, é panfleto eleitoral.

      É aprova que esta revista, desesperada, é panfleto eleitoral de Aécio o playboy ex-presidenciável. Ex-presidenciável… caraca que neologismo doido!…

       

  59. http://www.tse.jus.br/noticia

    http://www.tse.jus.br/noticias-tse/2014/Outubro/revista-veja-nao-podera-divulgar-edicao-desta-semana-por-meio-de-propaganda-paga

     

    O ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou que a revista Veja se abstenha de veicular publicidade sobre a edição desta semana da publicação no rádio, na televisão, em outdoor e na internet por meio de propaganda paga.

    O relator deferiu liminar em representação da coligação Com a Força do Povo e de sua candidata, Dilma Rousseff. Segundo as autoras, há uma tentativa da revista de influenciar o jogo eleitoral e prejudicar a candidata do Partido dos Trabalhadores (PT) à Presidência da República.

    A edição da revista Veja desta semana traz trechos de depoimento de envolvido em apuração de corrupção na Petrobras, com a afirmação de que Dilma e Lula sabiam de desvios ocorridos na estatal. A representação pede multa de R$ 1 milhão à revista, caso persista na divulgação da publicação.

    De acordo com a decisão, ainda que a divulgação tenha nítidos propósitos comerciais, os contornos da propaganda eleitoral forçam a aplicação da legislação eleitoral por caracterizar interferência indevida e grave em detrimento de uma das candidaturas.

    Segundo o ministro, o fato de a edição ter sido antecipada em dois dias e a ampla propagação da capa ou do seu conteúdo pode “transformar a veiculação em verdadeiro panfletário de campanha, que, a toda evidência, desborda do direito/dever de informação e da liberdade de expressão”.

    O ministro Admar Gonzaga ainda destacou que a divulgação do conteúdo da revista na forma de publicidade comercial desrespeita a regra do artigo 44 da Lei nº 9.504/97, segundo a qual “a propaganda eleitoral no rádio e na televisão restringe-se ao horário gratuito definido nesta lei, vedada a veiculação de propaganda paga”.

    “Diga-se, por oportuno, que a tentativa de interferência no curso das campanhas eleitorais, pela representada, poderá, inclusive, configurar a utilização indevida de veículos ou meios de comunicação social, em benefício de candidato ou de partido político, apurável por meio de Ação de Investigação Judicial Eleitoral, prevista no artigo 22 da Lei Complementar nº 64/90”, sustentou o relator.

    O ministro ressaltou ainda que a realização de propaganda eleitoral de conteúdo negativo na véspera da eleição “poderá acarretar prejuízo irreparável ao equilíbrio e lisura do pleito”.

    CM/EM

    Processo relacionado:  Rp. 178163

  60. Isto é a Veja! Sempre foi a Veja!

    No dia 08 de maio de 1985, a Veja publicou uma matéria caluniosa contra o então governador de Sergipe João Alves Filho, dizendo que seu governo havia roubado uma verba de ajuda do governo do Canadá aos flagelados da seca no estado, numa triangulação com a rede de supermercados Paes Mendonça, do itabaianense, Mamede Paes Mendonça, irmão e ex-sócio de Euclides Paes Mendonça e de seu outro irmão, Pedro Paes Mendonça, fundador do Grupo Bom Preço, e, óbvio, tio de João Carlos Paes Mendonça (Veja, nº 870, matéria Parceria Roubada, página 108). A matéria, claro, repercutiu na classe média brasileira, especialmente a sulista e sudestina, reforçando o estigma de atraso e miséria moral da política nordestina; e no estado de Sergipe em particular, onde o então ainda pouco experiente governador buscava se equilibrar entre os amigos nem tão amigos e os adversários declarados. Em Itabaiana(SE), em particular, foi a gota d’água pro rompimento do líder político Chico de Miguel, com o governador. A história rolou pra cá, rolou pra lá, e, na edição 872, de 22 de maio a seguir, a Veja limpou o nome de Mamede (se Mamede pagou alguma coisa, não se sabe), e, claro, do cônsul canadense; mas manteve a sujeira imposta a João Alves Filho, pouco importando todas as explicações técnicas e plausíveis do consulado do Canadá e do próprio Mamede Paes Mendonça. ISTO É A VEJA! Desde a saída de Mino Carta da Revista que ela se transformou integralmente num modo mafioso de exercer o poder mediante a extorsão pelo uso da calúnia, injúria e difamação. Impunemente, já que, quando condenada, foi isentada nos tribunais superiores; e, quando mantida a condenação, as multas – única penalidade que dói aos criminosos, conforme Maquiavel – não fazem nem cócegas.

  61. Caro Nassif e

    Caro Nassif e demais

    Realmente o Brasil está dividido, entre os que leem a Veja e os demais.

    Bando de hipócritas.

    O governo Dilma deve cortar todas as propagandas dessa revista.

    Declararam a guerra e agora querem fugir.

    Se Aécio tivesse ganho, eles iriam cortar as gargantas dos petralhas, e exibir no JN.

    Que sobrevivam das propagandas particulares.

    Alckmin também os financia.

    Saudações

     

  62. Demotucanos perderam 8 eleições consecutivas

    Tendo em vista que os demotucanos perderam 8 eleições seguidas*, já está disponível alguns projetos no SUS: bolsa-fluoxetina (Prozac), bolsa-clonazepam (Rivotril), bolsa-haloperidol (Haldol) e bolsa-fenobarbital (Gardenal).

    Precisa fazer um cadastro, para análise. Mas até ser deferido, podem pedir 13 músicas no Fantástico.

    * O percentual considerou os votos recebidos dividido pelo eleitorado apto, 2002 1º turno (34 x 17), 2002 2º turno (46 x 29), 2006 1º turno (37 x 32), 2006 2º turno (46 x 30), 2010 1º turno (35 x 24), 2010 2º turno (41 x 32), 2014 1º turno (30 x 24), 2014 2º turno (38 x 36)

    2002-1    39.455.233/115.253.816    34%
    2002-1    19.705.445/115.253.816    17%
            
    2002-2    52.793.364/115.253.816    46%
    2002-2    33.370.739/115.253.816    29%
            
    2006-1    46.662.365/125.913.134    37%
    2006-1    39.968.369/125.913.134    32%
            
    2006-2    58.295.042/125.913.134    46%
    2006-2    37.543.178/125.913.134    30%
            
    2010-1    47.651.434/135.804.433    35%
    2010-1    33.132.283/135.804.433    24%
            
    2010-2    55.752.529/135.804.433    41%
    2010-2    43.711.388/135.804.433    32%
            
    2014-1    43.267.668/142.822.046    30%
    2014-1    34.897.211/142.822.046    24%
            
    2014-2    54.495.915/142.822.046    38%
    2014-2    51.038.023/142.822.046    36%
     

  63. Mídia
    AMIGOS RESPONSÁVEIS PELOS BLOGS QUE EU CHAMO DE BLOGS DA VERDADEIRA DEMOCRACIA, NÓS MILITANTES E SIMPATIZANTES DO PT, FIZEMOS UMA CAMPANHA DA VERDADE CONTRA A MENTIRA E O ÓDIO, AGORA TEMOS DE CONTINUAR A TRABALHAR E FAZER UMA FORTE CAMPANHA PARA A REGULAMENTAÇÃO DA MÍDIA, UMA REFORMA QUE POSSA SER A MAIS JUSTA E EQUÂNIME POSSÍVEL POIS É IMPRESCINDÍVEL QUE SEJA FEITA ASSIM COMO A REFORMA POLÍTICA. ESPERO RECEBER DENTRO EM BREVE PUBLICAÇÕES DOS BLOGS DA VERDADEIRA DEMOCRACIA UM POSICIONAMENTO VEEMENTE QUANTO A ESTA REFORMA TÃO NECESSÁRIA DA MÍDIA BRASILEIRA, NOSSAS COMUNICAÇÕES NÃO PODE FICAR NAS MÃOS DE MEIA DUZIAS DE PESSOAS QUE SÃO NA VERDADE BARÕES DA MÍDIA, QUE DITAM AS REGRAS DE TODAS AS INFORMAÇÕES QUE O POVO DEVA ABSORVER. VAMOS EXIGIR QUE O GOVERNO QUE TOMARÁ POSSE EM JANEIRO DE 2015, FAÇA A REGULAMENTAÇÃO DA MÍDIA, TÃO ALMEJADA PELOS QUE QUEREM UM PAÍS MAIS IGUAL!

  64. A justiciaria tupinica,

    A justiciaria tupinica, aquela qeu só prende preto, puta, pobre e, agora, petista, mandou soltar carlinhos cachoeira, mandou o demostenes de volta ao cargo de procurador em goiás, a mulher do cachoeira iria concorrer para vaga no congresso e o jornalista de esgoto e criador de factóides pró- cachoeira da veja, tomou um chá de sumiço para aliviar a barra já muito suja dessa revista, cujos donos, ajudaram a manter mandela 27 anos preso. Poderia dizer mais sobre anda os amigos da justiciaria, o maior balcão de negócios desse país, mas estou feliz demais para ficar falando de podridão. Por isso, não tem como não considerar analfabetos políticos quem só se informa pela corrupta mídia oligárquica. Me espanta o analfa político que nem sabe o dever de cada poder. Eles falam do cachoeira, que a justiciaria libertou, e culpam a Dilma por não ter prendido o mafioso, amigo e aliado da imprensa corrupta(veja, globo, estadão, folha, justiça). É mole?

  65. espero que depois dessa a

    espero que depois dessa a veja volte a praticar jornalismo

    mas parece que chegou aum ponto sem retorno…

    ao esgoto.

  66. Não é assunto administrativo

    A revistinha do esgoto não deve ser motivo de assunto administraivo e comentários sobre tomada de decisões empresariais. Suas atitudes criminosasa na área da falsa comunicação é tão evidente e seu bnditismo é tão feroz que não há espaço para se falar em negócios. Ou devemos discutir as últimas açòes empresáriasi do fernandinho beiramar na prisão, fazendo anáslises de custo beneficio das atitudes dele?

    O crime eleitoral permanente, a sua  linha de desinformação estruturada é seu mister. O crime muito mais que de jornalismo e eleitoral da capa no momento super oportuno para quem queria danificar a elição livre em final de campanha e não permitindo ao caluniado a defesa é um exemplo definitivo, A própria justiça, o tse, a intimou a ser menos criminosa, mas ela deu pouca bola à justiça e ainda caluniou o juiz atuante. Precisa algo mais? E dando ainda matéria para o resto do pig com a caracteristica de que “a veja disse” aumentando e promovendo outros crimes. Quantos milhões de votos a calúnia de ultima hora angariou?

    Fico por aqui. Se acostumamos com os crimes da revistinha do esgoto é porque perdemos a noção do que é criminoso. E todos nós perdemos, inclusive a justiça agora estapeada por ela.

    Que empresa que nada…, quadrilha.

     

  67. A morte é inevitável…

    Todos nós temos a última cartada, mas o desenlace final é uma moeda de duas faces. Mesmo com a Abril debaixo de 7 palmos, o tema da reportagem pode ter vida longa.Quem viver, verá.

    • Vais ter pesadelo. Golpe

      Vais ter pesadelo. Golpe joaquim nunca mais.  Dilma aprendeu e com a escolha que fará de 5 ministros do STF vai sobrar quem para o golpe no Judiciario? Gilmar. o dantas, muito pouco, quase NADA.

      Se fosse Dilma escolheria como substituto de joaquim Fausto de Sanctis. E assim por diante, ness amesma linha ideologica…

      Com a caneta na mão e mandado nos recurssos financeiros, no orçamento, promoveria um CORTE nas verbas publicitarias, zeraria os gastos com publicidade. 600 milhões de prejuízo so para a globo. Não é pouco….E ainda nomearia Frankin Martins para o cargo de Ministro das Comunicações. Para Ministro da justiça, PROTOGENES. Ai era fechar o caixão do PiG. Não agstaria nem com a vela.

      • Na prática a teoria é outra

        Franklin e Protógenes auxiliares da presidente no seu objetivo de unir a nação? Estes cidadãos não possuem qualificações para desempenhar tal missão. Eles se sairiam muito bem na Bolívia, Equador, Argentinam, Venezuela e Cuba. Eles são eficientes bolivarianos. O Brasil é grande país, uma grande democracia , uma grande nação que valoriza a liberdade. Entretanto, não podemos deixar de citar que a Bolívia é o país que mais cresce na América do Sul. Que venha a Bolívia!

        • Não?

          Não entendi J Adailton, vc quis dizer que na Venezuela,Bolívla, Argentina não se valoriza a liberdade, ou a democracia é falha? Eu acho nomes muito bons, pelo menos são pessoas sérias e com experiência nas respectivas áreas.

      • Excelente

        Meu amigo, você falou e disse. Os nomes e ações são excelentes. Dilma tem que ir por esse caminho, com desassombro. Começo de mandato, quatro anos garantidos pela frente, não pode ter medo, tem que aproveitar a oportunidade histórica e aniquilar essa imprensa marrom golpista udenista, mandar a Veja e quem sabe mais algumas dessas organizações para o caixão e neutralizar eficientemente o golpismo do resto. Isso que você escreveu tem que alcançar os interlocutores da presidenta.

      • É isso mesmo

        Meu amigo, você falou e disse. Os nomes e ações são excelentes. Dilma tem que ir por esse caminho, com desassombro. Começo de mandato, quatro anos garantidos pela frente, não pode ter medo, tem que aproveitar a oportunidade histórica e aniquilar essa imprensa marrom golpista udenista, mandar a Veja e quem sabe mais algumas dessas organizações para o caixão e neutralizar eficientemente o golpismo do resto. Isso que você escreveu tem que alcançar os interlocutores da presidenta.

        Ao Nassif: excelentes esclarecimentos.

  68. Veja – Abril

    Espero que a Presidente cumpra sua palavra e processe a Veja, chega de factoides, a imprensa deve ser livre, mas toda liberdade requer responsabilidade.

     

    • A luta continua

      O mais importante agora é unificar o povo brasileiro e não deixar que esse ódio seja disseminado. Tem muito miolo mole por ai comprando essa idéia, que no fundo não deixa de ser uma semente para o totalitarismo. O que se vê nas redes sociais no dia de hoje é preocupante, um festival de ofensas e preconceito.

    • Sinceramente, o governo deve

      Sinceramente, o governo deve mesmo processar essa tal revista Veja, caluniadora, não merece que nem um  leitor a leia. Revistinha de quinta.

  69. publicidade oficial

    O governo federal deveria fazer o que o Roberto Requião fez no estado do Paraná, cortou toda verba publicitário no PIG e funcionou. O governo federal tem a NBR, Rede Brasil e internet e os portais de transparência é o suficiente. Não ?

  70. Não existe justiça no Brasil

    Infelizmente, um processo no Brasil demora decadas e lá no final a indenização não vai passar de 150 ou 200 mil reais para cada parte no processo. Existem empresas que financiam a editora Abril, a rede Globo, o SBT, etc.. Tem que começar a cortar a fonte.

    Talvez o sistema da cantareira faça isso com mais rapidez.

  71. Crise

    Queria lembrar que com a  “crise(?)” que a globo e a revistinha do esgoto alardeam na petrobras, é injustificável ficar gastando com propaganda do governo e da petrobras em orgãos da imprensa. Mesmo porque eles já fazem propaganda negativa para o governo e para a petrobras e o governo no final está financiando propaganda neativa, o que sob todos os aspectos é intolerável.. A helena chagas fez um péssimo trabalho e é preciso interrope-lo.

    E como anda a “briga” revistinha do esgoto e o tse. Vamos acompanhar de perto!

  72. E o anunciante vai querer atrelar seu produto à Veja?

    Lembrando que 51,64% da população eleitoral brasileira (resultado da Dilma na reeleição) não confia na revista VEJA. É muita gente, né? Será que o anunciante já se deu conta disso?

    • Veja e Petrobras

      Os anunciantes da Veja miram no público leitor da Veja, na sua maioria direitistas reacionários conservadores e traidores do Brasil. Os eleitores da Dilma todos heróicos defensores dos pobres e miseráveis, mas quase todos também pobres dependendo do bolsa-família ou de emprego no governo ou estatais, estão quase todos fora do radar dos analistas de mídia do mercado. Não têm suficiente poder de compra para comprar artigos mais caros, restritos a essa elite nojenta e elitista.

  73. 2019 e o tempo mostrou quem estava com a razão. Ex-presidente preso e a ex-presidenta retirada por decisão unânime pelo congresso, senado e sociedade.

  74. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome