Beatles: juntos ou separados

Por Amaro Doce

As músicas aqui apresentadas fazem parte da minha vida porque elas foram ouvidas pela primeira vez em momentos de enlevo ou de grande dramaticidade.

Something: 26 de dezembro de 1969, à noite, descendo a Serra de Petrópolis em um ônibus, em direção à rodoviária de Novo Rio. Meu estado de saúde naquele momento era bastante precário.

 

My sweet lord: dezembro de 1972, inauguração do cinema Veneza, Recife.

Não me lembro do nome do filme, mas fiquei tão deslumbrado com a música tocada no Cine Jornal da Atlântida que sai do cinema flutuando, depois de tê-la ouvido pela segunda vez. Eu estava em estado de graça e meu espírito estava inebriado por um profundo sentimento de amor por tudo que me cercava. Lá fora, a decoração natalina do rio Capibaribe fazia com que eu me sentisse ainda mais belo. Sim, pela primeira vez em minha vida eu estava me sentindo verdadeiramente bonito. E ao atravessar a ponte sobre o rio iluminado, me deparei com a criatura que viria ser a namorada com quem eu sonhara. A empatia foi imediata e a paixão duradoura. Ivone, eu nunca me esquecerei de você nem da música que me levou até você, meu amor!

 

Woman: eu ouvi esta música pela primeira vez depois da morte de John Lennon. Confesso que chorei.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora