Trivial de Germano Mathias, o catedrático do Samba

O sincopado sempre representou a parte mais criativa da música popular brasileira. Trata-se do uso constante da síncope, que é um recurso de ritmo fazendo a nota se acentuar no tempo fraco, permitindo um balanço fantástico.

Há muitos exemplos do sincopado em vários ritmos. O coco, nordestino, é um sincopado riquíssimo, com Jackson do Pandeiro, Gordurinha e outros. No Rio de Janeiro, o samba sincopado (que os cariocas batizaram de telecoteco) teve grandes compositores e intérpretes, como Roberto Martins, Wilson Batista, Geraldo Pereira, e cantores como Luiz Barbosa, Ciro Monteiro, Dilermando Pinheiro.

Em São Paulo, o melhor do sincopado foi criado por Vassourinha, que morreu muito jovem, pelo gaúcho Caco Velho (que fez carreira em São Paulo) e pelo grande Germano Matias, o catedrático do samba. Nos anos 90, Germano gravou um LP clássico com Gilberto Gil, outro cantor-compositor que desenvolveu o modo de interpretação sincopada, um clássico.

Ontem, no Alemão, aos 85 anos, Germano esbanjou vitalidade e sincopado.

https://www.facebook.com/luis.nassif/videos/10205313907882606/

https://www.facebook.com/luis.nassif/videos/10205313777599349/

https://www.facebook.com/luis.nassif/videos/10205313691557198/

https://www.facebook.com/luis.nassif/videos/10205313598954883/

Aqui, o disco que Germano gravou, tributo a Caco Velho.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome