Hoje é o lançamento do livro ‘Luiz Inácio Luta da Silva’, em São Paulo

Jornal GGN – Editora Contracorrente lança hoje a obra coletiva “Luiz Inácio Luta da Silva: nós vimos uma prisão impossível”. A obra é coordenada por Esther Solano, Camilo Vannuchi e Aldo Zaiden, e o lançamento será hoje, dia 11, na Tapera Taperá, em São Paulo.

Vários olhares se debruçam sobre o episódio, análises políticas e temporalidades se reúnem na obra buscando compreender a complexidade e a importância histórica da prisão do ex-presidente Lula. Assinam artigos a candidata a vice-presidente Manuela D’Avila, a presidente nacional do PT Gleisi Hoffmann, a filósofa Marcia Tiburi, os ex-ministros Gilberto Carvalho e Celso Amorim, a cineasta Tata Amaral, as psicanalistas maria Rita Kehl e Amnéris Maroni, os jornalistas Juca Kfouri e Rosane Borges, e o jurista Antônio Carlos de Carvalho. 

O livro é um registro histórico e afetivo da prisão que muitos julgavam impossível em razão da fragilidade da sentença que condenou o ex-preidente Lula. E dá o contorno preciso do quão impossível é deter em uma cela aquilo que Lula representa.

Todos os autores e autoras estiveram em São Bernardo do Campo durante as 48 horas de cerco que antecederam a prisão de Lula ou visitaram o ex-presidente nos dias seguintes, em Curitiba. São esses olhos que permeiam as narrativas ali contidas.

Serviço:

Lançamento de “Luiz Inácio Luta da Silva: nós vimos uma prisão impossível”

Local: Tapera Taperá – na Av. São Luís, 187 – 2º andar – loja 29 – Galeria Metropole – São Paulo – SP

Horário: das 19h às 22h

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome