Inadimplência com cheques fecha janeiro com recorde

 
Jornal GGN – O percentual de devoluções de cheques pela segunda vez por insuficiência de fundos foi de 2,41% em janeiro, o maior patamar da série histórica, iniciada em 1991, segundo dados divulgados pela consultoria Serasa Experian. 
 
Antes desta marca recorde, o maior valor para um mês de janeiro havia sido a devolução de 2,29% registrada em 2009. Em dezembro de 2015, a devolução foi de 2,42%. Já em janeiro do ano passado, a devolução fora de 2,06%.
 
De acordo com os economistas da Serasa Experian, “o nível recorde da inadimplência com cheques observado em janeiro deste ano é consequência direta do aprofundamento da recessão econômica, do aumento do desemprego e da queda do poder de compra da população. Todos estes fatores comprometem de forma significativa a capacidade de pagamentos dos consumidores, levando muitos deles ao inadimplemento”.
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome