A tragédia de Bandeira do Sul

Do Jornal da Mantiqueira

Acidente com trio elétrico provoca mortes e pânico em Bandeira do Sul

Poços de Caldas, MG, 28/02/11 –    Um acidente com um trio elétrico em Bandeira do Sul deixou ao menos 17 pessoas mortas e 52 feridas, segundo a Polícia Militar. 
Testemunhas e a PM afirmam que, por volta das 18h de ontem, o trio se chocou contra fios elétricos de postes de rua e provocou o acidente. 
“Alguém soltou um foguete que partiu o fio do poste. Aí, caiu o fio em cima do trio, que estava totalmente lotado”, afirma Daniel de Oliveira Castro, 25, que trabalha em um frigorífico da cidade. 
Ele faz parte da diretoria de um dos blocos que participavam da festa. “Então, foi o caos. As pessoas foram eletrocutadas, muita gente caiu do trio. A luz acabou na hora. Foi um horror”, afirmou à reportagem por telefone. 
O trio elétrico fazia parte do evento de encerramento da festa de pré-Carnaval chamada Carnaband, que atraiu mais de 10 mil foliões para a cidade (de 5.340 habitantes, de acordo com o IBGE). 
A festa começou às 14h e era animada pela banda Oba Oba, e teria ainda a apresentação da banda Swingueira, programada para as 21h. 
Iniciativa da Prefeitura de Bandeira do Sul, o Carnaband dura três dias, conta com a participação de blocos carnavalescos e bandas e estava em sua sexta edição. 
Feridos 
As vítimas foram resgatadas pelo Corpo de Bombeiros e o Samu de Poços de Caldas. 
Ao menos 35 feridos deram entrada na Santa Casa de Poços de Caldas -outros feridos foram levados para hospitais de cidades da região. Várias pessoas sofreram queimaduras leves nas mãos, de acordo com a PM. 
Depois do acidente, o fornecimento de energia elétrica e o serviço de telefonia fixa de Bandeira do Sul foram interrompidos. 
Na comunidade do Carnaband no Orkut, que tem 599 membros, internautas manifestavam pesar pelo acidente. Outra versão do acidente é que um folião teria jogado uma fita metálica na rede elétrica provocando o curto circuito. Agora de manhã o IML de Poços havia liberado 15 corpos.

Corpos identificados em Poços de Caldas

Marcos Ruela Silva, sem identificação de cidade.

Adrianne Caroline Assis Zanete, 13 anos, Bandeira do Sul

Jaqueline Maria Lopes, 19 anos, Bandeira do Sul

Admir Ramos do Lago, 36 anos, Bandeira do Sul

Josmarque Henrique de Melo, 18 anos, Bandeira do Sul

Welliton Diego dos Reis, 22 anos, Caldas

Fabio Henrique Santos Domingues, 16 anos, Machado

Karistone Felipe da Silva, 13 anos, Bandeira do Sul

Weslley Paulo Ferreira, 16 anos, Bandeira do Sul

Jessica helena da Silva, 17 anos, Campestre

Paola Fredd Marcolino, 17 anos, Bandeira do Sul

José Grenio Olavo Roseno, 24 anos, Poços de Caldas

Calebe Edson Andrade, 15 anos, Botelhos

Flávio de Castro Tibúrcio, 18 anos, Botelhos

Luan Tales de Bem, 20 anos, Campestre

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome