Alta de enterros leva Prefeitura de São Paulo a abrir 600 sepulturas por dia

Abertura será feita em cemitérios da periferia da cidade, e a construção de um cemitério com 26 mil sepulturas está em estudo

Foto: Nelson Almeida/AFP

Jornal GGN – A prefeitura da cidade de São Paulo começou a abrir 600 sepulturas por dia em quatro cemitérios na cidade, por conta do aumento do número de enterros devido à pandemia de covid-19.

Segundo informações do portal UOL, as 600 sepulturas diárias serão abertas nos cemitérios de Vila Formosa e Itaquera, na zona leste, São Luiz, na zona sul, e Dom Bosco, na zona norte, de acordo com comunicado emitido pela Secretaria de Subprefeituras da cidade.

A prefeitura também começou a estudar a construção de um cemitério vertical no bairro de Itaquera, com capacidade para 26 mil sepulturas no estilo de gavetas, que pode ter início em 90 dias após a finalização dos estudos.

Dados do Serviço Funerário da cidade de São Paulo mostram que, desde 16 de março, são feitos mais de 300 enterros diários, sendo que 426 pessoas chegaram a ser enterradas em um único dia (30 de março).

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora