As mais belas canções brasileiras: sugira

Comecei a lista pensando em 15 músicas. Não deu. Foi para 30, 50 e não deu. Aqui uma lista montada com sugestões de vocês. Aceito mais sugestões.

É uma maneira de reforçar a ideia de que o verdadeiro Brasil resiste.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Bolsonaro terá reunião com corregedor que irá julgar caso das “rachadinhas”

33 comentários

  1. Nassif. Essa é uma missão impossível! Não conheço no brasil nenhuma manifestação cultural, seja ela de que natureza for, que tenha a dimensão, criatividade e a diversidade da nossa música.

  2. Sem ordem:

    Bachianas Brasileiras Nº 2 – IV. Tocata (O trenzinho do caipira) (Vila-Lobos), Pela Luz Dos Olhos Teus (Tom Jobim), Construção (Chico Buarque), Travessia (MIlton Nascimento), Carinhoso (Pixinguinha e João de Barro)

  3. Caçador de Mim – Sérgio Magrão, Luiz Carlos Sá (Milton Nascimento)
    Coração civil -Milton Nascimento, Fernando Brant
    Bela bela – Milton Nascimento, Ferreira Gullar
    Canção Amiga – Milton Nascimento, Carlos Drummond de Andrade
    Sonho de moço – Francis Hime, Milton Nascimento
    Clube da Esquina 2 – Lô Borges e Marcio Borges
    Chuva na Montanha – Fernando Oly
    Trem das Cores – Caetano Veloso
    Nuvem Cigana
    A Força do Vento
    Maria, Maria
    O Medo de Amar é o Medo de Ser Livre
    Paciência – Lenine
    Um Rapaz Latino-americano – Belchior
    Como Nossos Pais – Belchior (Elis)
    Fé Cega, Faca Amolada
    Morro Velho –
    Ponta de Areia
    Cais
    Nascente
    Caxangá
    Solar (com Milton e Gal)
    Vaca Profana – Língua – Gente (Caetano)
    Sina – Samurai – Oceano – Flor de Lis –
    Vento de Maio (Borges)
    Me faz bem” (Milton Nascimento / Fernando Brandt) – com Gal Costa
    Refavela – Refazenda – Realce – Gil
    Papel Marchê – Mestre Salas dos Mares
    Andança
    Asa Morena (com Zizi Possi)
    Porto Solidão – Jessé
    Nuvem Passageira – Hermes Aquino
    Linda Juventude – F. Venturini
    Paixão – Kleiton e Kledir
    Sol de Primavera – Amor de Índio – Sal da Terra – Quando Te Vi – Beto Guedes
    Canção da América – Encontros e Despedida
    Toada – Quem Tem a Viola – Bicicleta (Boca Livre)
    Beijo Partido – Céu de Brasília (Toninho Horta – Milton)
    Nada Será Como Antes
    Construção

    Tem muito mais – Lista impossível de se fazer sem colocar no mínimo umas 500 músicas

    • Lúcio Vieira (domingo, 25/10/2020 às 13:38),
      Só de ter Beijo Partido já se torna suficiente a sua seleção. Eu gosto ainda de Ave Noturna e Astro Vagabundo do disco Ave Noturna de Fagner. Gosto também de Chula no Terreiro de Elomar Figueira de Melo e Patria Amada Idolatrada Salve Salve de Geraldo Vandré e Manduka.
      Clever Mendes de Oliveira
      BH, 26/10/2020

  4. Escolher as melhores canções?
    Tarefa hercúlea. Temos a maior diversidade musical do planeta.
    Talvez teremos que esgarçar a lista para: “As melhores 2 mil canções”.
    Obviamente, sem classificação de “a melhor”.
    Desistam, aqueles que têm bom gosto musical: a tarefa é impossível.

  5. Como jornalista e músico, eis minhas sugestões: Chão de Estrelas (Orestes Barbosa e Sílvio Caldas), João Valentão (Dorival Caymmi), A Felicidade (Tom Jobim e Vinícius de Moraes), Manhã de Carnaval (Luiz Bonfá e Antônio Maria), Disparada (Melodia de Theo de Barros, letra de Geraldo Vandré), Domingo no Parque (Gilberto Gil), Ponteio (Edu Lobo e Capinam), Sinal Fechado (Paulinho da Viola), Roda Viva, Construção, Olhos nos Olhos, a mais bela canção com eu lírico feminino da nossa música, À Flor da Terra ou O Que será, na versão que abre o disco “Meus Caros Amigos” (Chico Buarque), Viagem (João Aquino e Paulo C. Pinheiro) e há ainda muitas, mas por hora vamos recordar estas, na data em que lembramos 45 anos do assassinato do jornalista Vladimir Herzog em um aparelho paulista da repressão e na qual o Chile pode avançar na derrota do legado da ditadura pinochetista. Viva a MPB!

  6. – “Estrada do Sol” (Dolores Duran/Tom Jobim), sugiro com Agostinho dos Santos, pra relembrar o grande cantor, mas há várias belas gravações por outros.
    – “Chovendo Na Roseira” (Tom Jobim), gravações?
    – “Nada Será Como Antes” (Milton Nascimento/?), com Elis

  7. Eu acrescentaria duas com certeza:
    A NOIVA DA CIDADE com Chico Buarque e FLOR DO CAFEZAL com Pena Branca e Xavantinho.

  8. Bela lista e belas adições dos colegas para esta felizmente lista a perder de vista… Vou olhar com mais tempo, mas não achei “Primavera”, de Carlinhos Lyra. Dentre muitas, há uma versão com Bethania. Voltarei mais tarde pois é muito bom falar de bons temas braSileiros neste tão obscuro braZil de hoje.

  9. Beatriz (Edu Lobo e Chico Buarque)
    Todo o Sentimento (Cristóvão Bastos e Chico Buarque)
    Wave (Tom Jobim)
    Treze de Dezembro (Luiz Gonzaga e Gilberto Gil)
    Pavão Mysteriozo (Ednardo)
    Na batucada da vida (Ary Barroso e Luiz Peixoto)
    Lamento (Pixinguinha)
    Bachianas brasileiras nº2 (Villa-Lobos)
    Conversa de botequim (Noel Rosa)
    Sampa (Caetano)
    Flor amorosa (Callado)
    Samba da bêncão (Baden e Vinicius)
    Chega de saudade (Tom e Vinicius)
    Evocação nº1 (Nelson Ferreira)
    Paralelas (Belchior)
    . . .

  10. valsinha, todo sentimento, olê olá, meu guri, tatuagem – chico buarque
    coisa do mundo, minha nêga, sei lá, mangueira – paulinho da viola
    espelho – joão nogueira
    baticum – gil e chico
    se eu quiser falar com deus, domingo no parque, drão, sitio do pica pau amarelo, expresso 2222 – gil
    disparada, canção primeira – vandré
    alegria alegria, o ciume, terra, você é linda, trem das cores – caetano
    o violeiro – elomar
    avohai – zé ramalho
    olho de boto – nilson chaves
    vira virou – kleiton e kledir
    wave – tom e vinícius
    suite dos pescadores – caymi
    samurai – djavan

  11. Ihh tá faltando um monte:
    Diana de Toninho Horta
    Londrina de arrigo barnabé
    Aquele abraço do Gilberto Gil
    Juventude tranviada luis melodia
    Fico louco de Itamar Assumpção

  12. Opinião russa:
    Chico Buarque – Essa Moça Tá Diferente
    Chico Buarque – O Que Será
    Chico Buarque – Construcão
    Chico Buarque -Cálice
    Zé Ramalho, Elba Ramalho – A Terceira Lâmina
    Alcione – não deixe o Samba morrer
    Tom Jobim – Garota De Ipanema
    João Bosco – Pret-à-porter de Tafeta
    Os Tribalistas – Velha Infância
    Kaoma – Lambada
    Dorival Caymmi – Marcha dos Pescadores
    Oswaldo Montenegro – Bandolins
    Carrapicho – Tic, Tic, Tac

  13. Nassif,
    Um grande problema que eu vejo nos programas de TV, de rádio, e até em listas como essa que você está propondo, é citar uma canção associando-a ao nome de seu intérprete, mas sem dar o devido crédito aos seus autores, o que, evidentemente, é uma tremenda injustiça. Já que é difícil mudar a mentalidade dos muitos que atuam na exploração da área musical, acho que pelo menos o GGN poderia dar o exemplo, adotando o padrão de, além do nome do intérprete, sempre indicar o nome dos autores das músicas mencionadas em suas matérias.

  14. Vai aí uma lista:
    1) Futuros amantes- Chico Buarque
    2) Valsa brasileira-Chico Buarque
    3) Construção- Chico Buarque
    4) Apesar de você-Chico Buarque
    5) Luiza-Tom Jobim
    6) Travessia – Milton Nascimento/Fernando Brant
    7) Sampa-Caetano Veloso
    8) Drão-Gilberto Gil
    9) A linha e o linho-Gilberto Gil
    10) O que será – Chico Buarque
    11) Passarim – Tom Jobim
    12) Canto triste- Edu Lobo
    13) Chega de saudade- Tom Jobim e Vinícius de Moraes
    14) O trenzinho do caipira- Heitos Villa-Lobos
    15) Cantilena (Bachiana nº 5)-Heitor Villa-Lobos
    16) Carinhoso- Pixinguinha
    17) Ingênuo- Pixinguinha
    18) Doce de côco – Jacob do Bandolim
    19) Ponteio acutilado-Antonio Madureira/Antônio Nóbrega
    20) Viola quebrada – Mario de Andrade/Heitor Villa-Lobos

  15. Nossa, me emociono em ler os títulos… difícil não querer dar pitacos! Sugestões de músicas que adoro…
    O Cio da Terra – Milton Nascimento
    Tocando em Frente – Almir Sater/Renato Teixeira
    Atrás da Porta – Elis – Chico Buarque/Francis Hime
    Insensatez – Tom Jobim
    Trem das Onze – Demônios da Garoa – Adoniran Barbosa
    Canto das Três Raças – Clara Nunes – Mauro Duarte / Paulo César Pinheiro
    Tente Outra Vez – Raul Seixas
    Disparada – Geraldo Vandré
    Primavera – Carlos Lyra / Vinícius de Moraes
    Um Dia Um Adeus – Guilherme Arantes
    Universo no Teu Corpo – Taiguara
    Roda Viva – Chico Buarque
    Semeadura – Kleiton e Kledir – Fogaça, Vitor Ramil
    Codinome Beija-flor – Cazuza
    Maria Fumaça – Kleiton e Kledir
    Vira Virou – Kleiton e Kledir
    Ave de Prata – Zé Ramalho
    Beira-Mar – Zé Ramalho
    Xote das Meninas – Gonzagão
    Sangrando – Gonzaguinha
    Dança da Solidão – Paulinho da Viola
    Verdade – Zeca Pagodinho
    Disritmia – Martinho da Vila (com o Zeca Baleiro ficou maravilhosa também!)
    …são só algumas, vai… ah, desculpe se errei autores 🙂

    Abraços! Sou fã do GGN!

  16. Faltaram, pelo menos, Luar do Sertão, de Catullo da Paixão Cearense, Lua da Estiva Noite, de Machado de Assis, Piazito Carreteiro, de Luis Menezes e Disparada, de Vandré, além de Pra não dizer que não falei de flores. E Mulher Rendeira. E o Hino da Legalidade (1961).

  17. Chovendo na Roseira (Tom Jobim)
    Sá Marina (Antônio Adolfo)
    BR 3 (Tony Tornado)
    Casaco Marrom (Trio Esperança)

    Tenho muito mais a sugerir, mas farei isso aos poucos.

  18. Como sou fã do Rauzito, sugiro Maluco Beleza e Tente outra vez; além de O bêbado e a equilibrista, com Elis Regina; Para não dizer que não falei das flores, de Geraldo Vandré; Coração de Estudante, com Milton Nascimento; Asa Branca, de Luiz Gonzaga; Carinhoso, de Pixinguinha; Aquarela do Brasil, de Ari Barroso; Trem das Onze, de Adoniram Barbosa; Dezembros, do Fagner; e Primavera, com Tim Maia, entre muitas outras.

  19. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome