Bertholdo, o trunfo de Carlucho contra Rodrigo Maia

Era na sauna de sua mansão, no Lago Sul, que os deputados se encontravam com Maia e negociavam o apoio político no ambiente da sauna - sem chance para escutas ou grampos.

Um dos trunfos da família Bolsonaro contra Rodrigo Maia é Roberto Bertholdo, advogado curitibano recentemente detido pela Lava Jato do Rio de Janeiro, acusado de falcatruas na área de saúde. Ele se tornou um dos principais operadores do Centrão.

Bertholdo foi um dos braços direitos do atual líder do Centrão, deputado Ricardo Barros, ex-Ministro da Saúde no governo Temer. Foi nesse período que passou a ser mais conhecido em Brasilia, quando se tornou o “facilitador” de apoios ainda indecisos à eleição de Rodrigo Maia para a presidência da casa.

Era na sauna de sua mansão – sem chance para escutas ou grampos -, no Lago Sul, que os deputados se encontravam com Maia e negociavam o apoio político . Vinhos finos, lagostas e camarões, preparados pelo próprio anfitrião, completavam os encontros que, aliás, não ficavam restritos a parlamentares.

Com isso, Bertholdo tornou-se um dos principais operadores do Centrão.

As fotos mostram Bertholdo celebrando a eleição de Rodrigo Maia, entre deputados, no espaço restrito reservado aos parlamentares.

Esta semana, Bertholdo foi detido pela Lava Jato Rio por acusações de falcatruas na saúde do Rio de Janeiro.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Governo Bolsonaro ajudou a transportar só 6% do oxigênio que Manaus precisa por dia

12 comentários

  1. Agora está explicada a razão pela qual Rodrigo Maia se sentou por sobre a montanha de pedidos de impeachment de Bolsonaro: um bandido curitibano. O uso da sauna não é original: era assim que Pablo Escobar se reunia com parceiros do narcotráfico para acertar as partidas de drogas para os Estados Unidos e Europa, sem o perigo de escutas, todos bandidos e peladões.

    13
  2. Agora está explicada a razão pela qual Rodrigo Maia se sentou por sobre a montanha de pedidos de impeachment de Bolsonaro: um bandido curitibano. O uso da sauna não é original: era assim que Pablo Escobar se reunia com parceiros do narcotráfico para acertar as partidas de drogas para os Estados Unidos e Europa, sem o perigo de escutas, todos bandidos e peladões.

  3. E a PF tornou-se uma guarda pessoal do “clã” (inacreditável essa palavra em pleno século 21).
    E a PGR, AGU e min.Justiça tornaram-se defensorias particulares, com dossiê e tudo.
    E os ministérios tornaram-se anti-ministérios, contra suas próprias áreas.
    E as polícias militares “estaduais” estão alinhadas pelo federal contra seus próprios “chefes”.
    E as presidências do congresso passíveis de nova eleição com o centrão e verba$$$.
    E o STF vai ter um presidente Fux amicci.
    E o STF vai substituir 2 ministros não alinhados por outros fiéis e obedientes.
    E o pior das FFAA no comando delas e espraiadas pelo governo.
    E o governo calcanhar de Aquiles do RJ sob controle, com possível indicação do MPE.
    E a gente tratando o idiota apenas como idiota.
    E a oposição cada vez mais incompetente.
    E a míRdia passando a ambiguidade de focar na pessoa mas não no governo.
    E a opinião pública parecendo começar a gostar do pesadelo.
    E a idiotice mandando cada vez mais no braZil.

    13
    1
  4. Aqui em Curitiba o lobista e meliante Roberto Bertholdo (que está foragido) tem um apelido muito conhecido: “Papel Higiênico”. Quando não está todo enrolado, está na m****!

  5. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome